Bolsonaro está desobrigado de apresentar exames de coronavírus

Decisão foi tomada pela desembargadora plantonista Mônica Nobre, do TRF-3, e suspende cumprimento de decisão da Justiça Federal de SP

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro não precisa mais divulgar hoje os laudos de todos os exames realizados para verificar se foi contaminado ou não pelo coronavírus. A decisão foi tomada pela desembargadora plantonista Mônica Nobre, depois que a Advocacia-Geral da União (AGU) entrou com recurso no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3).

Segundo informações do jornal O Estado de São Paulo, a decisão da Justiça Federal de São Paulo (e agora suspensa pelo TRF-3) foi tomada depois que o governo encaminhou um relatório, assinado por dois médicos da Presidência da República em 18 de março, informando que Bolsonaro estava assintomático e havia testado negativo para a doença.

O presidente afirmou por diversas vezes que o resultado de seus exames é negativo, mas se recusa a divulgar os papéis – contudo, admitiu em entrevista à Rádio Guaíba, na última quinta-feira, que “talvez” tenha sido contaminado pelo novo coronavírus. “Eu talvez já tenha pegado esse vírus no passado, talvez, talvez, e nem senti”, afirmou.

Enquanto isso, Bolsonaro sucessivamente tem descumprido as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, ao realizar passeios pelos arredores do Distrito Federal, cumprimentando populares e reunindo muitas pessoas ao seu redor.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, até o dia 01/05, o Brasil registrava 91.589 casos de coronavírus e 6.329 mortes pela doença. Nas últimas 24 horas, foram 6.209 casos novos e 428 novos óbitos. Dos 91.589 casos confirmados, 38.039 estão recuperados (41,5%) e outros 47.221 estão em acompanhamento.

 

Leia Também
Hipóteses sobre Bolsonaro ter saído hoje com máscara
Bolsonaro tem 48 horas para apresentar exame de coronavírus

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora