Bolsonaro nega 113 mil mortos e promove evento ‘Brasil vencendo a Covid-19’ na segunda-feira

Mais uma vez, mandatário nega a gravidade e a crise sanitária provocada pela doença, que já infectou 3.532.330 pessoas e fez 113 mil vítimas fatais no Brasil

Foto: Reuters/Adriano Machado

Jornal GGN – Em mais uma atitude negacionista, Jair Bolsonaro (sem partido) irá participar na segunda-feira, 24 de agosto, do “Encontro Brasil vencendo a Covid-19”, no Palácio do Planalto, ignorando as mais de 113 mil vidas perdidas para doença. No entanto, o comportamento não espanta, já que esta é a linha trilhada por Bolsonaro desde o início da pandemia. 

De acordo com informações de O Globo, o evento abre a agenda oficial da próxima semana, divulgada na noite desta sexta-feira, 22 de agosto, mesmo dia em que o Brasil contabilizou 3.532.330 casos do novo coronavírus, segundo os dados do Ministério da Saúde. 

O tal evento deve acontecer das 11h às 12h de segunda-feira e o governo ainda não deu detalhes da programação, que será aberta à imprensa e transmitida ao vivo pela TV Brasil.

No entanto, apesar de ser um evento com tema focado na pandemia, o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, não deve participar, já que tem marcado para o mesmo horário uma cerimônia de início das operações da unidade de apoio ao diagnóstico da Covid-19 na Fiocruz Ceará.

Ainda, logo após o evento, Bolsonaro deve encontrar o médico Roberto Kalil, que assim como ele defende o uso da cloroquina e hidroxicloroquina no tratamento de casos da Covid-19, mesmo sem comprovações científicas da eficácia da droga sobre a doença. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora