Brasil vive crise democrática, aponta estudo

Menos de 20% dos brasileiros estão satisfeitos com seu sistema democrático, indica relatório da Universidade de Cambridge, que também detecta ampla insatisfação global com a democracia

Por Alexandre Schossler

Do DW Brasil

A satisfação com a democracia atingiu seu patamar mais baixo das últimas décadas no mundo em nível mundial, afirma um relatório publicado nesta quarta-feira (29/01) pela Universidade de Cambridge, que analisou dados disponíveis desde 1995.

Na média mundial, o número de pessoas insatisfeitas com o sistema democrático em seus países é recorde e chegou a 57,5%, ficando 9,7 pontos percentuais acima de 1995.

A tendência negativa é especialmente forte desde 2005, ano que marca o “início de uma recessão democrática global”, segundo os pesquisadores. Naquele ano, apenas 38,7% dos cidadãos estavam insatisfeitos.

Entre os motivos listados para a atual situação estão eventos políticos e sociais como a crise financeira de 2008, a subsequente crise do euro de 2009 e a crise dos refugiados na Europa, em 2015. A insatisfação com a democracia subiu 6,5 pontos percentuais após o colapso do banco Lehman Brothers, em outubro de 2008, afirma o relatório.

Brasil é país em crise democrática

No Brasil, a insatisfação pública com a democracia alcançou níveis recordes em meio à série de escândalos de corrupção revelados pela Operação Lava Jato, afirma o relatório. Menos de 20% dos brasileiros estão satisfeitos com o sistema democrático, aponta.

“Uma breve exceção ocorreu durante a primeira década do século 21, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva, de 2003 a 2010”, observa o relatório. “Colhendo os frutos de um boom global de commodities, o governo Lula investiu em programas para reduzir a pobreza amplamente disseminada e reduzir a desigualdade.”

Leia também:  Manchetes dos jornais da Europa

“Em retrospecto, porém, esse foi apenas um hiato entre dois períodos de instabilidade – um marcado pelos efeitos da crise dos mercados emergentes do final dos 1990, e outro que começou com a Lava Jato […] Ao que parece, o futuro foi mais uma vez adiado para o Brasil.”

Quatro categorias de países

O relatório separa os países analisados em quatro grupos: satisfação com a democracia, casos de preocupação, mal-estar e crise. O Brasil está no quarto, ao lado de Venezuela, México, Ucrânia, Colômbia, Peru e Moldávia, onde há democracias que enfrentam uma “real ‘crise’ de legitimidade” e três quartos dos cidadãos ou mais declaram insatisfação com o sistema democrático.

Os únicos países onde as pessoas estão satisfeitas com a democracia são Suíça, Dinamarca, Luxemburgo, Noruega, Irlanda, Holanda e Áustria.

A maioria dos países está nas duas categorias intermediárias. A Alemanha está entre os casos de preocupação. Reino Unido, Estados Unidos, Espanha, Itália e França estão abaixo, na categoria “mal-estar”.

O relatório também observa que a perda de confiança na democracia pode ter consequências futuras. “Muitos dos países que, nos anos 1990, tinham os menores níveis de confiança na democracia – como Rússia, Venezuela e Belarus – são exatamente aqueles que experimentaram uma erosão democrática na década seguinte, geralmente com a eleição de homens-fortes que, uma vez no cargo, começaram a minar direitos civis e liberdades.”

6 comentários

  1. Crise Democrática? Quando tivemos Democracia no Estado Ditatorial Caudilhista Absolutista Assassino Esquerdopata Fascista? Doutrinação de Projeto que se inicia em Golpe Civil Militar de 1930 e é estruturado durante Ditadura Fascista. Voto Obrigatório em Urnas Eletrônicas com Biometria Escravagista? Isto é a Democracia Brasileira? Estrutura criada por Ditador Caudilho, apoiado e mantido pelo Nepotismo de seus Familiares Leonel Brizola, João Goulart, Tancredo Neves, Ivete Vargas, Aécio Neves, Francisco Dornellles,… A partir de Regime Degradante toda estrutura estatal como Universidades Federais, Sindicalismo Pelego, USP, Justiça do Trabalho, MEC. Lacaios como UNE (38) , OAB (30). Seus parceiros de Movimento Tenentista como o Nazista Dutra e o Stalisnista Carlos Prestes. Como chegamos até esta prospera Democracia Tupiniquim?! Não entendemos !! Democracia? Quando? É para levar a sério? Pobre país rico. Mas de muito fácil explicação.

  2. Penso que enquanto chamarmos o GOVERNO DAS IGREJAS de governo Bolsonaro pra dar um astral de política tradicional ao caos que MPF e STF promoveram e estão promovendo no país, não vamos dar nenhum passo. Vamos continuar pensando e agindo politicamente,ou seja limitados por leis, fiscalizações,situações concretas… para conter um avanço livre de todo tipo de amarras,capilaridade,impensável para qq partido, quantias monstruosas livres de comprovação de origem, espaços livres de impostos e total liberdade para ataques ou crimes de ódio sob o manto da liberdade de culto e qq tentativa de enquadramento à legislação eleitoral que, na verdade, nunca houve, vai ser entendida como intolerância religiosa. Bolsonaro é só fachada política, pro governo das igrejas que ñ se enquadra em nenhum aspecto, com a democracia. Não se submetem ao Judiciário, o Legislativo, praticamente, não existe,MPF só existe pra fazer denúncias que afastem candidatos que ameacem os seus. O judiciário, prontamente, os afasta e a mídia tradicional,inexiste face a máquina de realidade virtual montada com a cumplicidade do TSE . Há um ano o país não promove debates relevantes e,só assiste a desmontes: Educação, saúde, ciência, tecnologia,política, diplomacia… Enfim, o papo aqui, é imposto sobre o pecado, terra plana, abstinência sexual,etc… A pauta do país não é política, é religiosa e, como tem milícias espalhadas pelo país inteiro, armadas até os dentes, podem fazer o que bem entender.o Brasil, é governado pelas igrejas, Bolsonaro é só o cara ligado às milícias que deu o suporte armado pro governo da igrejas. Por mim, nenhum partido disputaria ” eleições” pq serão, fraudadas,como as de 2018, custarão caro para quem não tem igreja bancando e só servirá para dividir mais ainda a oposição ao governo das igrejas. Bora deixar Pai, filho e o Espírito Santo governando pra ver como eles se saem. Até agora, só desgraça.

  3. Ze Sérgio, esta página, democraticamente, publicou teu exaustivo comentário. Invoco o mesmo benefício em meu favor, sugerindo que vc tente, talvez, receitas de pastelão, pão de queijo, drinks…sei lá…

  4. Democracia nunca combinou com povo manso, gaiato e mentiroso…
    acrescentarem duas pitada de falta de educação, uma de putaria e outra de burrice cultural e religiosa, ou fanatismo, e ficamos com Bolsonaro

    o povo brasileiro merece o que está acontecendo no Brasil, pois é o único do planeta que acredita que é possível melhorar de vida perdendo tudo o que conquistou com outros governantes

    • “…o povo brasileiro merece o que está acontecendo no Brasil,..”Não meu caro, isto é DOUTRINAÇÃO de 9 décadas que foi arraigado no Coletivo Nacional. “Morreu porque reagiu”. NÃO !!! “Mereceu ser estuprada”. NÃO !!!! O Brasileiro não comanda seu próprio destino, delegado a um Representante Político que não tem ligação alguma com a Sociedade. Farsa de Democracia e Redemocracia, representado por Voto Obrigatório e Estado inalcançável, produzido e replicado por Ditadura Caudilhista Esquerdopata Fascista. Mudemos tal realidade. O Brasileiro não é assim. É o que Ele quiser ser. E está descobrindo isto rapidamente.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome