Com apoio de Lula, Kalil cresce 13 pontos e pode ultrapassar Zema em Minas Gerais

Sem apoio de Lula, Kalil perde para Zema. No segundo turno, Zema teria hoje 48% das intenções de voto, contra 35% de Kalil

Os números da segunda pesquisa Genial/Quaest para o governo de Minas Gerais, divulgados nesta sexta, 13 de maio, indicam que o governador Romeu Zema segue na frente com 41% dos votos. Seu principal adversário, o ex-prefeito de Belo Horizonte Alexandre Kalil cresceu três pontos percentuais e agora tem 30% da preferência do eleitorado. Mas há reviravolta quando Lula vira o cabo-eleitoral de Kalil.

Com o apoio do ex-presidente Lula, Kalil chegaria a 43% das intenções de voto, enquanto Zema, ao lado de Felipe d’ Ávila, ficaria com 22%. Sem Lula, no segundo turno, Zema teria hoje 48% das intenções de voto, contra 35% de Kalil.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer que o jornalismo independente, corajoso e contundente, tenha vida longa. Apoie o Jornal GGN: www.catarse.me/jornalggn

Em relação aos apoios, 32% dos entrevistados preferem que vença um candidato mais ligado a Lula, enquanto 22% gostariam que o futuro governador fosse ligado a Bolsonaro. Para 40%, porém, o ideal é um candidato que não seja ligado nem ao atual presidente nem ao ex-presidente.

40% também é o índice de eleitores que garantem que seu voto está cristalizado – ou seja, não pretendem mudar. Outros 58%, no entanto, dizem que podem modificar sua escolha.

SENADO

Na corrida para o Senado, Cleitinho Azevedo largou na frente, com 17% das intenções de voto, seguido por Reginaldo Silveira (9%) e Alexandre Lopes (8%), empatados na margem de erro.

LULA x BOLSONARO

Na disputa pelo Palácio do Planalto, Lula tem a preferência de 44% dos mineiros – em março, tinha 46%. Bolsonaro tem 28%, sete pontos a mais do que na sondagem anterior.

A diferença em um eventual segundo turno também diminuiu: em março era 56 para Lula e 28 para Bolsonaro. Agora está 54 a 32.

AVALIAÇÃO DE GOVERNO

O governo Zema é bem avaliado: considerado positivo por 42% dos eleitores. Outros 35% afirmam ser regular, contra apenas 17% que classificam como negativo. Além disso, 61% dos mineiros acham que ele merece um segundo mandato.

A pesquisa também indica que, hoje, 47% dos mineiros avaliam como negativo o governo Bolsonaro, contra 28% que consideram positivo. Para 64% dos entrevistados, Jair Bolsonaro não merece um segundo mandato, enquanto 33% gostariam que ele fosse reeleito.

Recomendado:

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Filomeno Castro Gomes

- 2022-05-15 07:34:44

As lives prograssistas deveriam se entenderem no sentido que podéssemos assistir a todas. O GGN é somente no máximo 1 hora por dia. As lives da TV 247 é mais de 5 horas diárias. As lives dos Galãs Feios é de mais de 2 horas. As lives do Edu Moreira é de 2 horas por dia e assim por diante. Se fóssemos assistir todas as lives progressistas o dia precisaria ter mais de 72 horas. Há lives progressistas carregadas de achismo o que não leva nada. Os antagonistas deveriam participar de todas as lives. Paz e Bem

RICARDO DA SILVEIRA CARVALHO

- 2022-05-13 14:19:29

Boa tarde, Nassif. Os nomes dos candidatos ao senado estão invertidos: Reginaldo Lopes e Alexandre Silveira. Abração.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador