Indústria terá desempenho negativo em 2019, 15% abaixo de 2013

Os últimos dados divulgados pelo IBGE, até novembro de 2019, apontam  para uma retração da indústria de 0,68% em relação a doze meses atrás, e de 1,25% em relação ao mês anterior.

Das 28 seções analisadas pelo órgão, 18 caíram e apenas 10 registraram alta.

Em relação a janeiro de 2015, a Indústria registra uma queda de 9,38%. No período, 26 setores caíram e apenas 2 foram positivos.

Em relação ao nível de novembro de 2013, o desempenho da indústria tem ficado sistematicamente abaixo. No momento, encontra-se mais de 15% abaixo.
Desagregando por grandes grupos, o quadro fica mais feio. A indústria de transformação, que geralmente é considerada o motor da econonomia, terá desempenho pífio em 2019, mantendo uma quadr bruital em relação a 2013.

 

Em relação a novembro de 2013, fica mais claro a devastação na indústria brasileira.

 

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Obras censuradas por Bolsonaro são base de festival em SP

6 comentários

  1. Tá passando da hora do Guedes e o Bozo privatizaremo IBGE, só trazem noticias ruins para o governo, esse instituto comunista.
    Quem sabe vendendo os números não melhoram?

    9
    2
  2. Todas as coisas que que eu leio sobre economia dizem que estamos num franco processo de afundamento. Para além da mídia corporativa e sua ideologia, algo real ocorrer e tem impacto. Temo que venha numa lufada de uma vez só e escangalhe tudo!

  3. Enquanto a imprensa estimula a mentira a economia real, a da produção de bens e serviços, se debate e afoga.
    O que se atribui a uma recuperação nada mais é do que a lógica de que “chega-se a um ponto em que não dá mais para deixar de comprar uma camisa nova porque a velha já não tem mais remendo possível”. E daí que você acredita que a economia está em franca recuperação? Mesmo?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome