Inércia de Bolsonaro obriga 10,5 milhões a pagar Imposto de Renda

Uma das promessas de campanha eleitoral do mandatário era a correção da tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, caso isso fosse feito essa parcela da população estaria isenta do imposto

Foto: Carolina Antunes/PR

Jornal GGN – A falta de comprometimento de Jair Bolsonaro (sem partido) com uma de suas promessas de campanha deve afetar o bolso de 10,5 milhões de brasileiros neste 2021. Segundo o mandatário sua intenção era corrigir a tabela do Imposto de Renda da Pessoa Física, caso isso fosse feito essa parcela da população estaria isenta do imposto.

A omissão da tabela representa um novo aumento dos impostos e, a cada ano, mais brasileiros são obrigados a pagar IR. Além disso, quem já presta contas ao leão paga cada vez mais. 

Segundo informações do Uol, caso houvesse a correção da tabela, o cálculo é que 10,5 milhões de brasileiros estariam isentos do imposto.

Hoje, a isenção do imposto só vale para quem ganha até R$ 1.903,98 por mês (menos de dois salários mínimos). Mas, se a tabela fosse corrigida ao menos pela inflação, a isenção deveria valer para todos que ganham até R$ 4.022,89. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora