Pesquisa por telefone aponta Bolsonaro reeleito em 2022

No segundo turno, Bolsonaro ganharia de Lula por 42% contra 31%, respectivamente. Contra Moro no segundo turno, Bolsonaro venceria por 38% a 31%

Jornal GGN – Uma pesquisa divulgada nesta sexta (4) pela revista Exame mostra que Jair Bolsonaro seria reeleito em 2022 em qualquer cenário.

Encomendada ao Big Data, o estudo aponta que, no primeiro turno entre Bolsonaro, Lula e Sergio Moro, o atual presidente teria 31% das intenções de voto, contra 17% do petista. O ex-juiz teria 13%. Ciro Gomes, 6%. Luciano Huck, 5%. Marina Silva, 2%. Flávio Dino, 1%.

No segundo turno, Bolsonaro ganharia de Lula por 42% contra 31%, respectivamente. Contra Moro no segundo turno, Bolsonaro venceria por 38% a 31%.

O levantamento foi realizado com 1.235 pessoas, por telefone, em todas as regiões do país, entre os dias 24 e 31 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Em entrevista à TV GGN nesta semana, o presidente do Instituto Vox Populi, Marcos Coimbra, ponderou que as sondagens por telefone durante a pandemia podem não refletir a realidade.

Para ele, há um primeiro viés, que é a pré-disposição em falar de política em quem se dispõe a responder esse tipo de pesquisa por telefone. Depois disso, as pesquisas podem não atingir com a devida proporção as camadas menos favorecidas da sociedade, onde estão os eleitores do lulo-petismo.

Confira:

Marcos Coimbra: “É zero a chance de Bolsonaro terminar o mandato bem”

Leia também:

“Ainda passa muita água embaixo da ponte”, diz Lula sobre popularidade de Bolsonaro

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora