Sem provas e sem convicção contra Lula

A salvação dos procuradores foi reportagem de O Globo que dizia que o imóvel era da família do ex-presidente. O texto, que teve sua interpretação deturpada pela acusação, foi usado por Moro na sentença

Jornal GGN – Igor Leone, do canal no Youtube “Coisas Que Você Precisa Saber”, resume em vídeo de 7 minutos o conteúdo da conversa no Telegram entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol, e entre procuradores de Curitiba num chat particular, que interessam ao caso do ex-presidente Lula, condenado e preso por causa do triplex no Guarujá.

Em mensagens vazadas pelo site Intercept Brasil, Deltan deixa claro que não tinha provas, nem convicção a respeito das imputações feitas a Lula no processo envolvendo o apartamento no Guarujá.

A salvação dos procuradores foi reportagem de O Globo que dizia que o imóvel era da família do ex-presidente. O texto, que teve sua interpretação deturpada pela acusação, foi usado por Moro na sentença.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Após novo vazamento, Moro esconde-se atrás de suposto hacker e suposta fraude

7 comentários

  1. Primeiro, quem determinou a prisão de Lula foi o TRF-4. O Juiz Sérgio Moro apenas executou a ordem.

    Às 17h31 desta quinta-feira, 5, os magistrados Nivaldo Brunoni – substituto do desembargador Gebran Neto na relatoria da Lava Jato no TRF-4 – e Leandro Paulsen, presidente da 8ª Turma da Corte comunicaram o juiz Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, a determinação para a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Desse modo e considerando o exaurimento dessa instância recursal – forte no descabimento de embargos infringentes de acórdão unânime -, deve ser dado cumprimento à determinação de execução da pena”

    Segundo. Quem impediu Lula de concorrer foi o TSE aplicando uma Lei sancionado pelo próprio Lula que impede réus condenados por um colegiado em concorrer:

    O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve, nesta sexta-feira (31/8), o registro de candidatura indeferido pelo Tribunal Superior Eleitoral. Em julgamento que durou quase 10 horas, avançando a madrugada, seis ministros votaram contra a candidatura do petista. A sessão extraordinária durou quase 12 horas, no total, já que o caso do ex-presidente não foi o primeiro item da pauta.

    Não vamos fugir dos fatos.

    1
    11
    • Acho notável o raciocínio das pessoas que vivem só no presente.
      Se algum passado existe em suas memórias, só dão atenção ao que lhes interessa, sem estabelecer nexo com os demais aspectos vividos.
      Assim fracionadas, podem até viver felizes, só não podem ter a pretensão de serem capazes de apreciar o todo.

    • Não tem muita coisa diferente não, um correram mais que lebre no cio para condenar Lula, aumentaram as penas para fugir da prescrição e as sentenças foram coia e cola uma da outra, o tse desrepeitou o proprio entendimento a sobre norma constitucional e infra-constitucional, além de resolução da onu, e tudo isso graças a uma sentença estapafurdia do marreco, é tudo ali, junto e misturado……..

    • Não foi Caifás quem condenou Jesus Cristo à Crucifixão e Morte, foi Pilatos. Portanto, Caifás não tem nada a ver com a morte de Jesus Cristo, né, Li de Brusque?

      Aliás, nem Pilatos tem, porque não foi ele quem crucificou Jesus Cristo.

  2. vídeo resume bem a inominável sacanagem feita a lula….
    o resto é decorrencia disso, só idiotas ou
    maus intencionados não percebem…

  3. A nota da Globo à Agência Pública atacando o Glenn Greenwald tem duas funções:

    1) Chantagear o Gleen a não revelar os podres da Globo com a Lava-Jato, pois a nota o expõe à processo nos EUA e consequente pedido de extradição pelo caso Snowden;

    2) Antecipar o caminho que o bloco golpista da Mídia-Lava-Jato já está tomando, seguindo o exemplo do que fizeram com Assange.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome