Fiéis acusam guru de Michelle Bolsonaro de golpe de quase R$ 1 milhão

Pastor teria atuado para abafar caso ligado à Igreja Batista Atitude, em um possível esquema de transferência de dinheiro aos EUA

Jair e Michelle Bolsonaro ao lado do pastor José Valandro Jr., em culto da Igreja Bastista Atitude (foto: reprodução)

Duas frequentadoras da Igreja Batista Atitude estão acusando o pastor Josué Valandro Jr. de participar de um golpe financeiro de quase R$ 1 milhão transferidos aos Estados Unidos, em esquema que seria liderado por outro sacerdote da congregação, o pastor Oséias Oliveira de Abreu.

Os fatos denunciados ocorreram no ano de 2017, mas a notícia ganhou conotação nacional pelo fato de que Valandro Jr. não é um pastor qualquer: é tido como o guru espiritual da primeira-dama Michelle Bolsonaro, e costuma ser fotografado frequentemente em eventos junto a ela ou ao casal.

As denunciantes são Alessandra Costa de Azevedo, que transferiu R$ 200 mil para uma conta do pastor Oséias em Miami, e Sigrid Engersen de Souza, que enviou R$ 726 mil à mesma conta.

Denúncia

Segundo a coluna de Rodrigo Rangel e Fábio Leite, no Metrópoles, a denúncia contra os pastores Oséias Oliveira de Abreu e Josué Valandro Jr. foi registrada em delegacia da Barra da Tijuca e se baseia no relato das duas vítimas, que são fiéis da Igreja Batista Atitude e afirmam que fizeram as transferências devido à promessa do pastor Oséias de que o investimento traria um alto retorno financeiro.

Porém, após certo tempo, segundo o relato das duas fiéis, não só as respostas a respeito do suposto retorno financeiro passaram a ser mais ambíguas como elas perceberam uma movimentação entre os pastores para ocultar o caso, o que teria contado com importante ajuda do pastor Josué, de acordo com a denúncia.

Em seu depoimento, Alessandra Costa de Azevedo conta que chegou a falar por telefone com Valandro após a denúncia: “Ele me ligou. Achei que ele tinha se arrependido, que iria me ajudar, estender a mão, mas não. Pediu para que não envolvesse o nome dele nem o nome da igreja em processo nenhum”.

Por sua parte, Sigrid Engersen de Souza afirma que teria recebido mensagens ameaçadoras por parte do pastor Josué após registrar a denúncia. Em uma delas, enviada através o Whatsapp, Valandro diz que “se arrependa enquanto é tempo! A igreja nada tem a ver com isso e vc sabe! Faz de quem te apoiou a vida inteira teus inimigos? Acha que Deus vai abençoar isso?”.

Ligação com Michelle Bolsonaro

A ligação entre Josué Valandro Jr. e Michelle Bolsonaro é de longa data. A primeira-dama foi intérprete de libras na igreja liderada pelo pastor, que é seu guru espiritual desde antes do início do mandato do seu marido como Presidente da República.

Não por acaso, o pastor já foi fotografado várias vezes ao lado de Michelle ou do casal presidencial, que chegou a participar de um ato da campanha presidencial de 2018 em uma das igrejas da congregação, no Rio de Janeiro.

Em maio deste ano, Valandro chegou a participar de um culto na Câmara dos Deputados, que contou com a presença de primeira-dama. Os dois também estiveram juntos em uma excursão a Jerusalém, realizada dias depois, na qual também estiveram presentes outros políticos da ala evangélica do bolsonarismo.

Para completar a lista de casos que mostra a relação entre o pastor e a família Bolsonaro, deve-se recordar que, em dezembro de 2021, o presidente condecorou Josué Valandro Jr. com a Ordem de Rio Branco, uma das honrarias mais importantes concedidas pelo Palácio do Planalto.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AMBAR

- 2022-08-04 01:08:10

Valandro que é Valandro não ameaça otário. Reaplica o golpe. Tem que ser que nem o Pedir Mais Cedo, dar o dinheiro pra ele sem esperar recompensa. Dar para a obra do senhor a herança dos filhos, imóveis, dinheiro, bens... O irmão Josué, Valandro condecorado, capturou a irmã michele que prega pra mudo e não entrega as safadezas do "ungido do senhor" Esse povo dá um samba legal!

Lima

- 2022-08-02 18:22:53

Isso é apenas mais uma "Valandragem" do pastor de ovelhas negras. A princípio é até café pequeno diante dos sigilos de 100 anos que virão por aí.

Alfredo

- 2022-08-02 12:55:56

Um milhão de reais parece brincadeira. Para quem detém rachadinha de 4 cargos ha varios anos, e quem compra casas e apartamentos acima de 6 milhões isso deve ser o custo do solteiro. 🤣😅

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador