Os arrufos de Marta para retornar aos salões

Aceitam-se críticas ao governo não propriamente por falta de transparência, mas pela dificuldade em comunicar seus programas. Aceitam-se críticas à condução da política econômica por parte de Guido Mantega.

Mas não as críticas de Marta Suplicy. Marta é uma pessoa criada nas altas rodas de São Paulo, mas que se fez na política através do PT. Sua crítica é oportunística, um passaporte para retornar ao seu habitat natural.

Seu universo de relacionamento sempre foi a elite paulistana; sua parceria central, os jornais, com quem sempre cultivou boas relações. Na entrevista ao Estadão, em que procurou detonar Dilma, gabou-se do jantar que promoveu com grandes empresários e Lula.

Nada contra.

Tornou-se sexóloga por conta própria e da Globo, locomotiva social por conta da junção dos sobrenomes Smith de Vasconcellos e Suplicy  e política por conta do peso de Suplicy. Foi uma boa prefeita para a periferia, conforme atestam ainda hoje seus índices de popularidade.

Comprometeu sua carreira política colocando o coração acima dos objetivos políticos – dependendo do ponto de vista, pode até ser um componente humanizador da sua personalidade – mas tratando Eduardo Suplicy, o Bom, com a mesma falta de respeito que dedica, agora, ao governo do qual participou.

Depois, alçou vôo na área federal.

Como Ministra do Turismo mostrou gana, visão estratégica, montando planos estruturantes e conseguindo estimular o setor.

Depois, murchou. Sua passagem pelo Ministério da Cultura foi pífia. Pior: utilizou-a como passaporte para retornar  aos salões.

O primeiro sinal foi a manutenção do abandono dos pontos de cultura e de demais políticas estruturantes do MinC. Alguém se lembra dela – a pessoa que critica a falta de transparência do governo – prestando contas públicas uma vez sequer de sua estratégia à frente do MinC?

O único tema que a sensibilizou foi a iniciativa de direcionar recursos da Lei Rouanet para a moda, atropelando decisão da Comissão Nacional de Incentivo à Cultura, que vetara um projeto de R$ 2,8 milhões do estilista Pedro Lourenço.

Saudada no expressivo blog Chic, de Glorinha Kalil, Marta colocou a Lei Rouanet a serviço de Lourenço, Alexandre Herchcovitch, estilistas conhecidos no exterior, que atuam em nível de mercado.

Para tentar dar consistência a essa escolha, definiu quatro eixos de análise dos projetos de moda: internacionalização, simbolismo, preservação de acervos e formação de novos estilistas ou de outras pessoas ligadas à moda. Os quatro critérios abarcavam tudo, até desfile de moda no Brasil.  Pouco público? Sem problema, porque há muita mídia, rebatia a musa dos estilistas.

Em outros momentos, a moda mereceu uma atenção maior das autoridades. Mas sempre foi tema do MDIC (Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio) e da Apex (Agência Brasileira de Promoção das Exportações).

Fosse uma gestora menos fútil, Marta teria tratado de procurar seus colegas de Ministério para discutir uma política conjunta de promoção da moda. Aí, sim, lançaria algo estruturante, um projeto de exportação e promoção cultural no qual o componente cultural fosse um adereço. No rastro dos desfiles internacionais, poderia acoplar outros aspectos da cultura brasileira, como a música e a dança.

Mas aí seria abrir mão do prazer indizível de comportar-se como mecenas de rico com dinheiro público.

Agora, dá início ao segundo tempo de reinclusão nas rodas sociais, exercitando o esporte preferido da elite paulistana: pau no governo Dilma e na “falta de transparência”.

Outros podem e devem exercitar essa crítica. Marta, não.

Mulher fútil.

https://www.youtube.com/watch?v=XvxsIA3_z3g

 

 

89 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

armandolo

- 2015-01-29 00:06:25

Desisto ! A senhora carece de

Desisto ! A senhora carece de logica.

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 22:52:11

Nao confunda linguistas com professores de Português caga-regras

A Linguística serve exatamente para denunciar essas bobeiras! Por isso me mobilizei tanto com o seu comentário. Quem manda na língua É O USO. Ponto. Esse besteirol de certo e errado é coisa de professores de Português ULTRAPASSADOS. 

E as palavras nao têm um significado só, têm vários. Até palavras banais sao polissêmicas, embora a gente raramente pense nisso (com exceçao dos linguistas, claro, rs). Por ex., casa: um tipo de construçao, normalmente de um ou 2 andares, normalmente unifamiliar; o lugar em que se mora, seja ele uma casa no primeiro sentido ou nao (a minha casa fica ali -- dito por alguém apontando para um prédio de apartamentos); a família com quem se mora num dado lugar ou se morou durante a infância e a adolescência (tenho saudades de casa); o lugar que é adequado para algo, em que algo está no seu melhor ambiente: A língua portuguesa é a casa de Fernando Pessoa; a família é a casa do amor (frase mentirosa, claro, mas de sentido plenamente compreensível); casa de botao; casa de tabela; casa de jogo (no xadrez, por ex); casa vazia (elemento previsível pelas regras de um sistema mas nao existente realmente nele: ex: os fonemas fricativos sonoros no Latim; o Português preencheu as casas vazias do sistema fonológico do Latim; e estou citando de memória, sem dicionário, é bem capaz de haver vários outros sentidos. Li uma vez uma tese sobre o verbo passar que analisou as relaçoes entre 128 sentidos descritos para o verbo. 128! 

Sergio Saraiva

- 2015-01-28 22:31:28

A linguística como exercício do poder.

Primeiro elencam palavras de uso comum e dizem que usá-las é errado ou ofensivo.

Depois ensinam quais as palavras "certas" a serem usadas.

Incentivam pessoas frágeis e carentes de reconhecimento a patrulhar seus colegas, censurar as palavras "erradas" e só autorizar o uso das "certas".

Pronto, acabam de doutrinar uma população a pensar como eles querem.

Vá usar "risco de vida" perto de quem assiste telejornais.

Palavras são como pequenas doses de arsênico.

Pensando bem, você como linguista começa a me parecer uma pessoa venenosa.

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 22:10:13

Só agora percebi essa possibilidade de leitura

Nao tinha pensado na possibilidade de ser mal interpretada, e sim no reforço dessa idéia de que a estrutura ou a etimologia das palavras determina o significado delas. Muita gente leva a sério essa bobagem, e pior, usa como "argumento". Sou linguista, nao resisto é ao meu lado professora de esclarecer as coisas... Rs. 

Sergio Saraiva

- 2015-01-28 21:57:53

Humildes desculpas.

Quem enxergasse qualquer conotação outra nas sua palavras não a conheceria.

Talvez eu não tenha avaliado que a expunha a esse risco.

Mas como disse Oscar Wilde: eu resisto a tudo, menos a uma tentação.

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 21:42:20

Vc fez como brincadeira e sabendo disso; MAS (sempre há 1 mas)

Fez em público, e sem que o fato de ser brincadeira estivesse claro. Sua brincadeira podia induzir outros a erro... 

Interessante a etimologia de mulato, nao conhecia. 

Sergio Saraiva

- 2015-01-28 21:38:49

Não resisti.

Arrisquei mas uma vez a perder a amiga para não perder a piada.

Mas saiba que já fui repreendido por usar vários termos,

Mulato - meu interlocutor insistia que eu ao usá-lo estaria comparando pessoas a mulas. E não adiantou eu explicar que o conceito na origem da palavra era de híbrido e que ao longo de tempo recebeu conotações positivas e que quando estudei biologia era usado em genética. Nada adiantou, a pessoa procurava um palavra em português que pudesse ser censurada no sentido do "niguer" americano.

Aluno - não deveria ser utilizado pois originalmente significa o que não tem luz, o correto seria usar educando. 

Eu, pelo menos, só fiz uma provocação.

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 21:11:11

Né por nada nao, Sérgio, mas q jogo de palavras bobo...
O significado das palavras nao é determinado pela sua etmologia, e sim pelo uso. Denegrir hoje nao tem mais nada a ver com negro, a nao ser como herança de uma desvalorizaçao associada ao negro. Mas a palavra hoje só significa isso, desvalorizar, e nao tornar negro.

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 21:03:44

Incrível como tem gente q projeta p/ os outros o próprio caráter

Você pode se vender facilmente, mas isso nao significa que todos façam o mesmo. 

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 20:58:28

Discutir c/ esse sujeito é perda de tempo, saliva e latim

Ele nem é anarquista nem é sério, é apenas um troll de Direita. Que adora chamar a atençao e se fazer de palhaço publicamente. Em vez de amarrar uma melancia no pescoço, ele "comenta". O melhor é deixá-lo falando sozinho. 

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 20:55:05

"Madame" é falta de respeito! Critique a política, nao a mulher!

Haja machismo! 

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 20:52:59

Haja machismo! Tipo d "argumentos" nunca usados c/ homens

Afinal, mulheres só lidam com emoçoes, né? Sao super preocupadas com idade (coisa que nao aflige os homens, claro). Problemas com o marido passam por cima de qualquer coisa política, etc. Argh! Nao sabe discutir politicamente? Tanto a censurar na conduta POLÍTICA da Marta, e vc apelando desse jeito para a vida pessoal, além do mais imaginada por você. 

Anarquista Lúcida

- 2015-01-28 20:48:03

De uma premissa errada só se chega a conclusoes erradas

Primeiro que o efeito NAO É o mesmo para homens e mulheres. E o Nassif nao criticou o Suplicy, criticou a Marta, e nao foi porque a separaçao ocasionaria perda de votos. Além de bem grosso, você nao é muito inteligente e decididamente nao sabe interpretar textos. Mas atribui essa sua caracterísitca aos outros... 

lenita

- 2015-01-28 12:35:35

Caro Sérgio, como eu tb disse

Caro Sérgio, como eu tb disse no comentário pode ser uma questão de habito, tão arraigado, que nem seja percebido pelos homens, apenas pelas mulheres. Mas não me  considere uma feminista  sem qualquer autocrítica.  E se vc costuma ler os meus comentários poderá ter lido o que disse a respeito das mulheres na política e que se aplica à Marta tb. Pelo histórico, ainda é muito recente o papel das mulheres no meio, faltando ainda certo amadurecimento  em algumas questões, o que explica o comportamento delas, em certos casos quase  infantís mesmo. Penso que estou até sendo incoerente no que disse, mas o culpado é o "nosso" Nassif, que tem exposto esse lado de uma forma exagerada ultimamente. rsrsrs. Sou humana , simplesmente. Abraços.

Rabuja

- 2015-01-28 02:24:40

O que é ser progressista?

Perdendo meu tempo lendo comentários que vêm das manadas raivosas que gostam de "patrulhamento", eu me lembrei de quando esta senhora, num ato típico de seu egocentrismo, sentiu que sua chance de ganhar a eleição era cada vez mais remota, jogou sua máscara de progressista no chão e foi pra cima do Kassab com o papo sobre a sua (dele) orientação sexual.

Eu não me lembro de ter lido na época comentários indignados dos tais progressistas indignados que estão patrulhando o Nassif agora.

 

armandolo

- 2015-01-28 02:12:26

Post eh exemplo perfeito do o

Post eh exemplo perfeito do o que vale eh a versao. E qual seria a versao? A de que Marta rebelou-se por ser preterida por Haddad. E o fato? Marta cansou-se dos desvios partidarios, incompetencia e roubalheira.

cabocla

- 2015-01-28 01:46:17

Então...

as críticas do Diogo ficam mais consistentes? vc leu?

assim seja.

porque não discutimos aqui? (ou eu perdi)

mas quero ver os adjetivos ressentido e quejandos para um cara que tanto fez e é homem

Sergio Saraiva

- 2015-01-28 01:41:45

Água e óleo.

Não há nenhuma correlação entre o caso de Marta Suplicy e o de Adriano Diogo.

Marta não é mais petista e, no entanto, nunca faltou apoio de PT a Marta. Mesmo após suas várias derrotas seguidas, o PT sempre lhe reservou um cargo de prestígio no governo. 

Marta está agastada com o PT por ter sido preterida na campanha para a prefeitura em 2012, mas se ela tivesse sido candidata, Serra seria o prefeito de São Paulo.

cabocla

- 2015-01-28 01:40:00

Pior..

Fútil,no contexto do FHC, é a sua - dele- superficialidade..

Quase como uma irresponsabilidade juvenil

Marta, a pessoa, a mulher.

Porque classe alta, porque arrufa (pombos, não?), porque se separa do "bom"..

Como se precisasse de passaporte para voltar de onde nunca saiu...

A mesma Marta que foi prefeita e enfrentou um monte de coisas...

Sucesso na periferia até hoje, vejam a votação de Haddad e Dilma e comparem..

Escrito triste, muito triste, porque apolítico quando usa desses argumentos ad hominem.

E a música?

Agora essa prá aguentar....

cabocla

- 2015-01-28 01:29:58

Nem eu

Gilberto, não entendi nada...

E fiquei triste, mas ok, quem sou eu?

cabocla

- 2015-01-28 01:28:22

Eu voto

Ela tem meu voto Sergio.

E não, não precisa ir até Higienópolis.

Vá na perifa e veja porquê.

E, vejam o mapa de votação de Haddad e Dilma nessa mesma perifa...

TUDO em política se pode discutir, maso artigo não se propõe a isso...

Triste demais, há 9 anos escrevo aqui...

Sergio Saraiva

- 2015-01-28 01:27:27

Relaxa e goza.

Não sei se Marta consegue surfar na onda do anti-petismo. Mas sei que é o que sobrou para ela, porque Marta está queimada. A Marta boa de voto na periferia é uma ilusão há mais de uma década.

Na sequência, Marta perdeu para o Serra, perdeu para o Kassab e perdeu para o Aloísio Nunes. Só ganhou de Netinho de Paula por pouco. E olha que Netinho carregava contra si ter batido na mulher.

Marta está queimada entre as mulheres, as que me são proximas não votam nela.

Marta está queimada no PT paulistano, não participou da campanha do Haddad, foi para Paris, ocorre que Haddad ganhou mesmo assim. É isso significa que Marta perdeu.

Enfim, sobrou para Marta surfar no anti-petismo. Mas aí vai somando hipocrisia à imagem de pernóstica.

Agora, visto de Higienópolis, talvez o quadro seja outro, mas de onde eu vejo, Marta tira votos de Serra não de Haddad.

 

cabocla

- 2015-01-28 01:25:48

Difícil de acreditar que li aqui...

E lamentável..

Não me animo a comentar o que acho da atitude política porque o escrito não é político.

Adriano Diogo vai merecer o mesmo tratamento?

http://spressosp.com.br/2015/01/22/abandonando-carreira-politica-adriano-diogo/

 

 

Sergio Saraiva

- 2015-01-28 01:21:15

Missão impossivel.

Lenita, o que você pede ė impossivel.

Como separar a política Marta da mulher Marta? Como separar a mulher Dilma da política Dilma. Como separar o homem Lula do político Lula? Ou os políticos Serra e FHC do que são como homens?

Marta é como todos os exemplos citados. É na vida pública o que é na vida pessoal, como poderia ser diferente?

E Marta é o que é: a madame que roda a baiana e põem ordem na criadagem.

Ah, e quando perder de novo, vai novamente culpar o machismo. O machismo, inclusive, das mulheres que não votam nela.

 

 

Andre Araujo

- 2015-01-28 01:09:02

Ela não é diplomata e a

Ela não é diplomata e a Presidente Dilma jamais iria nomea-la.

Sergio Saraiva

- 2015-01-28 01:04:04

OMO

FHC é um pavão e Aécio é um playboyzinho.

Agora, você tem razão, ser da classe alta não denigre ninguém. Ao contrário, embranquece.

armandolo

- 2015-01-27 23:31:56

Quem acha eh a senhora.

Quem acha eh a senhora. Jamais mencionei amantes. Observei apenas que se o efeito da perda de votos vale tanto para o homem quanto para a mulher, entao o episodio nao eh machista. Entendeu agora, rainha dos avestruzes ?

Anarquista Lúcida

- 2015-01-27 22:50:15

Pois é. Criticam a mulher, nao a política

Mas machismo pouco é bobagem mesmo. Se sentem o máximo fazendo isso. 

Anarquista Lúcida

- 2015-01-27 22:48:18

Só q o significado da palavra p/ 1 homem nao tem a mesma força

Há muitas expressoes que têm sentido diferente quando aplicadas a um homem ou a uma mulher. Fútil nem é o exemplo maior disso, mas de qualquer forma o adjetivo é muito mais pejorativo para uma mulher, porque a coloca dentro de um estereótipo. Que aliás já foi usado no tópico, ao falar de "volta aos saloes", e outras coisas semelhantes. Ser de classe alta nao é denegridor de ninguém, quando a pessoa age em favor dos menos favorecidos, como foi o caso de Marta. E nunca vi aqui nenhum homem ser criticado por ter nascido na alta sociedade. 

Gilberto .

- 2015-01-27 22:45:52

do artigo e dos comentários

Concordo geral Nilva, o artigo e vários comentários por aqui.

Não será assim que iremos avançar.

Sinceramente, não entendi Nassif... 

Triste!

Anarquista Lúcida

- 2015-01-27 22:43:02

Clap, clap, clap.

Nao aprovo a conduta atual da Marta. Mas atacá-la com esses argumentos é realmente baixo. Além de exibiçao de machismo, claro. 

Gunter Zibell - pró-Rede

- 2015-01-27 22:33:51

Faz falta mais pesquisas...

de opinião pública.

Pelo menos as públicas, tipo Datafolha e Ibope, pois das encomendadas pelos partidos não temos os resultados.

Talvez nós viessemos a saber de uma resilência maior da imagem de Marta que a suspeitada.

Por ora, dado o conjunto de alternativas para 2016 limitado a Haddad, Chalita, Marta, Aloysio e Russomano, tendo a preferir Marta mesmo.

Anarquista Lúcida

- 2015-01-27 22:32:06

Avestruz é vc; e desonesto

Acha que ela e ele deveriam ter amantes mas nao formalizar as relaçoes, por serem políticos? Políticos sao pessoas, e têm direito de ter vida pessoal. O que vc está pregando é hipocrisia e mentira. Eu nao confiaria num(a) polí[email protected] que agisse como vc diz. 

Nilva de Souza

- 2015-01-27 22:14:41

Artigo de gosto duvidoso, um

Artigo de gosto duvidoso, um absurdo falar de uma mulher nestes termos. Podia ser só sobre a política Marta, sem envolver o "Bom" Suplicy e sem depreciá-la. O vídeo então, sem comentários!

 

Baixou o nível geral.

Frederico69

- 2015-01-27 20:52:01

a vaca engasgou de tanto tossir!!

foi a melhor parte!!

JBzinho

- 2015-01-27 20:38:30

Outro burraldo,

Outro burraldo, pseudoconservador. Só entra aqui para resmungar que nem velho. Quem critou essa qualificação de progressista? Só vale para mentes monocórdicas como a sua. O machismo não é prerrogativa de progressista, de direitista. E nem considero o post machista. Ser futil não é característica de mulher: é de caráter, valendo para homem e mulher.

JBzinho

- 2015-01-27 20:32:42

Mas é uma besta mesmo. O que

Mas é uma besta mesmo. O que se discute é o simbolismo da mensageira, é evidente. Quanto à mensagem, aqui mesmo já li inúmeras críticas similares às da Marta.

luisnassif

- 2015-01-27 20:28:41

https://jornalggn.com.br/blog/

https://jornalggn.com.br/blog/luisnassif/a-superficialidade-futil-de-fhc

lenita

- 2015-01-27 20:28:27

Longe de mim querer defender

Longe de mim querer defender a Marta, pois acho que está colaborando e muito p/ a fase atual do PT (em sua grande maioria, inventada). Porém concordo com a Maria Luisa em sentir como ela - mesmo não dizendo claramente - um resquício de machismo no que foi colocado. Mulher = madame,  fútil, pitizeiras, etc. Todas as vezes que levanto a questão, caem matando. Para amenizar, digo que talvez não se seja intencional, é o hábito.

anarquista sério

- 2015-01-27 19:54:54

Foi uma das poucas x que não

Foi uma das poucas x que não vi 5 estrelas em nenhum dos comentários.

       Isso demonstra o quanto o assunto é palpitante,

              ''Mulher fútil'' Nassa?

                 Ela é assim desde a fundação do PT.

                    E vc só descobriu agora?----vc fez campanha pra ela muitas x. Basta ler os arquivos do blog,

                         Que feio, Nassa!!!!!!!!!!!!'

JBzinho

- 2015-01-27 19:43:59

O que mais se faz aqui é

O que mais se faz aqui é criticar Álvaro Dias e FHC. Dias não é fútil: é grosso. FHC é futil.

Calvin

- 2015-01-27 19:21:05

Tiro ao alvo na reputação

Mas Nassif, diga cá, o que ela criticou faz sentido ou não? A mensagem (não a mensageira) presta e espelha a realidade?

anarquista sério

- 2015-01-27 19:11:31

Não faz isso

Não faz isso comigo,não.Justamente comigo? Isso indica o seu despreparo pra comentar.

Maria Luisa

- 2015-01-27 18:35:54

Pra que discutir com machistas?

Concordo em parte com o texto, mas o titulo e o conteudo ficaram pesados. Ela é mulher, da alta sociedade, esta dando pitis, logo também é futil. Se fosse um artigo sobre Alvaro Dias, teria titulo parecido ? E sobre FHC, que além de um pavão, também tem suas futilidades. Enfim, Marta esta pisando em sua propria historia nessa metralhadora giratoria que se tornou, o mal maior fara a si mesmo no final dessa historia, mas acho que ela sofre muito mais do ego, da vaidade, como todos os outros politicos do primeiro plano, que simplesmente ser uma madame futil. 

Ana Arrigoni

- 2015-01-27 17:39:53

Nassif:

desnecessário e machista finalizar sua crítica com "mulher fútil".  Veja bem: isso não é uma questão menor. Você não falaria isso para um homem.

Klaus BF

- 2015-01-27 17:37:01

Servidor enfurecido!!!

Essa Senhora vem falar de trasparência?!?!?!? Sua gestão aqui no Minc só serviu para ela aparecer! Nós servidores éramos tratados com o lixo! Quero vê-la explicar o contrato com a Fiocruz para benificiar bolsistas em detrimento dos servidores! Nem Ana de Hollanda foi tão ruim!

Ozzy

- 2015-01-27 17:26:34

Machismo agora,
Machismo agora, Nassif??? Interessante ver os pseudoprogressistas tendo que apelar para o machismo tosco pra desqualificar a Marta Suplicy. Desrespeitou o marido? Mulher fútil? Que papelão, Nassif!

Orlando Soares Varêda

- 2015-01-27 17:22:56

  Enquanto isso, as

 

Enquanto isso, as refinarias da Petrobras estão bombando. É recorde após recorde anual de processamento de petróleo das refinarias brasileiras. Isso, sem contabilizar os recordes de extração de óleo do pré-sal. Um horror!  A continuar nessa toada, vai ficar difícil aos tucanos, fazer cumprir o combinado com os gringos.

A Petrobras ainda não havia nascido, e os cafajestes da imprensona anti-Brasil, a troco de trinta dinheiros, já moviam monumentais campanhas contra a dita cuja. Aliás, ao que tudo indica, foi graças a esses continuados massacres, que levaram a Petrobras S. A. a engrossar o pescoço, ao ponto de se tornar indestrutível.

Ah!  Por falar em Marta, ela já voltou a figurar na grade da programação da Rede Bobo?

 

Orlando

 

LC

- 2015-01-27 17:22:51

Que a Dilma é brizolista a gente já percebeu

Só isso explica esse governozinho de merda que ela está fazendo...

Zanchetta

- 2015-01-27 17:19:33

Bom, isso só depõe a favor

Bom, isso só depõe a favor dela!!!

armandolo

- 2015-01-27 17:09:16

Mas a senhora parece ser um

Mas a senhora parece ser um avestruz. O que o artigo disse não tem nada de machismo. Tanto faz, homem ou mulher seriam prejudicados com a separação. A imagem de casal ideal vale para o casal, e politicamente perderiam votos. 

alfredo sternheim

- 2015-01-27 17:07:15

concordo

Concordo, Anarquista Lúcida, ela tinha toido o direito de se separar. Ele foi deselegante quando permitiu que a sucessora (a sua namorada) em plena época de eleição, desse uma entrevista publicada pela Veja (justo quem) onde detonava a pessoa de Marta. O novo casal Suplicy não lembrou que roupa suja se lava em casa. Ele disse, naépoca, que não sabia da entrevista. Então, tá.

Luís Carlos Gonçalves de Oliveira

- 2015-01-27 17:06:15

Alguém disse que o homem é  a

Alguém disse que o homem é  a sua aldeia. No estado democrático de direito quem decide é o eleitor. Permitam Dona Smith de Vasconcellos retornar aos salões da juventude para esconder a idade provecta e engrossar as fileiras do bovarismo bandeirante. A histeria antiPT, da qual ela é o mais recente arauto, será útil ao PT se madame abandonar o partido antes das próximas eleições e for substituída por um quadro alinhado com o tempo que vivemos. Caso contrário nem o mais conservador dos paulistas ou paulistanos suporta tanto faniquito em tão curto intervalo de tempo e o salão também dirá não a Marta nas eleições.

 

Saudações democráticas dona Marta.

Marise

- 2015-01-27 17:05:00

Nem uma coisa,nem outra

Silvio Torres, ninguém conhece ninguém. Podes conhecer por fora,mas os sentimentos muitas vezes ficam escondidos.Quanto a mim  não é briga politica nem vingança,pois não convivo com menhuma delas que citei aqui. Apenas uma realidade sentida nos posts e comentários do Facebook. Aliás o Face parece que fez com que muitas pessoas colocassem para fora o que tinham escondido. O Face faz com que muitos mostrem o que na realidade são. O Facebook é um caso a estudar. Porque lá conseguem se desnudar? Porque lá conseguem retirar as máscaras? Deixo para os inteligentes nos explicar isso,porque eu não consigo entender.

Antônio - Minas Gerais

- 2015-01-27 17:04:04

O texto

O texto fala por si só, antes de tudo Marta é paulistana. O resto é demonstração de mediocridade e despeito... Até que ela escondeu por muito tempo uma suposta elegância.

alfredo sternheim

- 2015-01-27 17:02:39

Filmes brasileiros na TV paga

Um equívoco. A exigência de filmes brasileiros na TV paga consolidou-se antes de Marta, nas gestões anteriores, mais por força da Ancine. E se Dilma tem voluntarismo, Marta deveria ter combatido no seio do governo e/ou do partido, não depois de deixar o governo e atirando pedras em um momento que muitos tentam ao máximo fragilizar a gestão Dilma. Atitude feia, voluntariosa a de Marta que foi uma boa prefeita, mas não sei se foi boa senadora. Não existe transparência em sua gestão.

joel lima

- 2015-01-27 16:57:35

O encerramento do artigo me

O encerramento do artigo me deixou chocado, pela baixeza, que não é marca desse blog = mulher fútil.

Fico imaginando qual seria o adjetivo que Nassif colocaria num artigo sobre Agnello Pacheco (aliás, não entendi porque até agora não houve esse artigo ) , o governador que deixou Brasília quebrada e se mandou para Miami.

Acho que Martha não está abrindo a boca só por oportunismo político. É um embate pessoal contra Dilma. Agindo com o coração. 

No início do artigo, fala-se ' critica-se mais o governo não pela falta de transparência, mas pela dificuldade de comunicar os seus programas.  Pergunto = a contabilidade criativa de Mantega é falta de transparência ou dificuldade de comunicação? 

Leo Dias

- 2015-01-27 16:45:27

Estão fazendo críticas injusta a Marta

Estão fazendo críticas injusta a Marta. No ministério do turismo foi responsável pelo programa melhor idade. No Ministério da Cultura implementou o Vale Cultura, que a meu ver é uma iniciativa interessante para destinar recursos aos bens culturais. Outra medida importante foi exigir produções nacionais nas salas de cinema e TV a cabo. Dia desses descobri que a Caixa e BB somente a poucos meses aderiu ao Vale cultura. Como assim? As estatais deveriam ser as primeiras empresas a aderir ao Vale cultura. A impressão que tenho é que o governo federal estava cagando e andando para o programa. Até hoje várias estatais ainda não aderiram. É muita falta de respeito com um Ministro atuante em um governo repleto de ministros invisíveis. Acredito que a gota d'água foi o veto da Dilma ao projeto do Eduardo Suplicy que a anos luta pela limitação de um nível de pobreza. Acho até que a Marta engoliu sapo demais! O problema do PT e do Governo não são os dissidentes ou a crítica interna, mas sim a Dilma e seu voluntarismo ilegítimo. Votei nela pelo partido, por acreditar no PT e sua relação com os movimentos sociais. Porém não me sinto representado por ela. É uma grande incógnita, nunca foi um quadro de destaque no partido, muito menos uma liderança política. Qual a bandeira que representa, o setor energético? Isso é muito pouco para ser um presidente da república. É loira com olhos azuis, tem cara de elite, mas Marta quando prefeita fez um governo que lutou pela justiça social e tem sua imagem fortemente ligada a liberdade sexual e a questão de gênero. Indicar o nome da Dilma para a presidência foi o maior erro do Lula e do PT.

Silvio Torres

- 2015-01-27 16:39:44

Cara, nós que conhecemos um

Cara, nós que conhecemos um pouquinho as mulheres notamos: isso aí não tá parecendo briga política. Tá parecendo vingança por outras coisas... Elas com a palavra. 

anarquista sério

- 2015-01-27 16:38:08

E petista reconhe verdades

E petista reconhe verdades quando é contra ele?

     Ou é a imprensa golpista  ou o pig.

            Agumentos?

                ZERO!!!!!!!!!!!!!!!!

             

Marise

- 2015-01-27 16:34:30

interessante os expetistas

`E interessante ve rexpetistas baterem no PT e principalmente em Dilma. As mulheres então é muito interessante.

O Facebook me fez conhecer algumas hoje expetistas. São algumas que rodeavam Lula e só o elogiavam. Babavam em volta dele. Hoje eu vejo que na realidade o que elas esperavam é serem as "escolhidas" por ele.

Bem ,Lula escolheu uma que nem havia sido uma das fundadoras do PT, e o mundo veio abaixo. Nenhuma critica Lula, mas caem em cima da Dilma. As mais conhecida:Marina, Martha.Heloisa Helena.Outras menos conhecidas do público em geral entraram no cordão de desetabilizar a presidenta.

Quando vi no Face esta perseguição,me veio logo o motivo. Inveja por não terem elas sido as escolhida por Lula. E a inveja corrroi a pessoa por dentro e ela se torna uma pessoa má. Não vi nenhuma delas,até agora falar contra o Lula.Elas não são bobas.Aliás algumas são bem inteligentes. Agora,Dilma elas não perdoam e esta raiva cada vez fica maior,pois estão sempre se imaginando no lugar de Dilma.

Reconhecer que pode a presidenta ter errado em algumas coisa,tudo bem.Mas os expetistas esquecem tudo de bom que ela já fez.

Acompanhando posts e comentários no Face,fui me desiludindo com algumas que eu admirava e vendo o verdadeiro interior delas.

Na hora em que deveriamos estar unidos para que Dilma supere esta fase difícil,o que se vê? São estes que se dizem não ser oposição,mas agem pior do que a oposição.

Lula pode até estar achando que errou,não acredito nisso, mas acertou ,pois qualquer uma dessas se fossem elas as escolhidas seria um desastre total. Nenhuma delas tem a estatura de Dilma. E nosso Brasil precisa de gente forte,sincera e humilde.

 

Aldrei

- 2015-01-27 16:23:50

Fazer história

Dilma veio do PDT de Leonel Brizola! Dilma já está nos livos de história. Só você que não conhece a história de dilma!

Ze Borba

- 2015-01-27 16:08:55

O pior de tudo é que a Marta

O pior de tudo é que a Marta só disse verdades. 

Ze Borba

- 2015-01-27 16:08:54

O pior de tudo é que a Marta

O pior de tudo é que a Marta só disse verdades. 

Carioca

- 2015-01-27 16:06:10

NADA QUE UMA NOMEAÇÃO PARA A

NADA QUE UMA NOMEAÇÃO PARA A EMBAIXADA DE PARIS NÃO A FAÇA RELAXAR E GOZAR.

 

altamiro souza

- 2015-01-27 15:46:57

de oportnista a abominável, é

de oportnista a abominável, é um passo.

em falso.

sergio g

- 2015-01-27 15:44:57

será?

Lembro-me que ela ela disse para "relaxar e gozar", ou algo assim.

É bom que se diga o mesmo a ela.

Parece que a senadora não anda muito relaxada.

 

alfredo sternheim

- 2015-01-27 15:34:28

arrogância pouca é bobagem

Arrogância pouca é bobagem. Pelo menos para Marta que pisou na bola ao dar aquela deselegante entrevista à jornalista tucana (aparentemente pelos textos e por ser ou ter sido casada com marqueteiro tucano). Ela agora volta a carga com esse texto publicado na Folha de hoje. Um tiro no pé. Quando senadora, poderia ter feito esses comentários junto ao PT. Quando ministra, deixou a desejar na área da cultura e mostrou-se leniente com as irregularidades denunciadas; ela devia ter dado um jeito nas irregularidades . Tempo houve. E falando em transparência, gostaria de saber o que Marta fez como  senadora. Votei nela, ela abandonou o cargo e no lugar ficou um malufista. Marta,por favor, creio que Nassif não vai lhe negar espaço para mostrar a sua produtividade no caro (bota caro nisso) Senado e também no Ministério da Cultura. Ou então, pare de dar broncas no governo do qual participou. Pare de se acomodar nessas críticas que ressoam arrogantes , parecem despeito de alguém perdendo espaço. Mesmo assim, creio que aqui, alguns exageraram, nada temos a ver com a sua vida particular. Porém, publica, sim.  

Fernando J.

- 2015-01-27 15:30:56

Colégio Nossa Senhora de Sion, 1960

Resultado do teste vocacional aplicado à aluna Marta Teresa Smith de Vasconcellos, 15 anos: "encrenqueira fútil"

Rabuja

- 2015-01-27 15:28:53

Não é marta

Lá vai a doninha expelindo mau cheiro e deixando seu rastro fedorento.

Eduardo O.

- 2015-01-27 15:24:53

Nassif, essa amargura recente

Nassif, essa amargura recente da Marta Suplicy com a Dilma e o PT não teria relação com a nomeaçõa do KASSAB para o ministério das cidades? A Marta, que em 4 anos mudou e fez muita coisa por São Paulo, não seria o nome ideal para esse ministério? Aliás, ela e o Maluf, por ironia da vida, foram os prefeitos que mais fizeram por São Paulo. O que acha?

Lucinei

- 2015-01-27 15:19:25

Faz sentido. Ela vai se

Faz sentido.

Ela vai se enredar cadda vez mais nessa. Se fizerem uma pesquisa de opinião perguntando pra população se as razões dessa birra são (1) raivinha porque o Lula não escolheu ela; e (2) olho grande na prefeitura (além da que o Nassif expôs), vai dar um percentual altíssimo de sim. Aliás podem até fazer uma por telefone pra consumo interno e mostrar pra ela o resultado.

Mas o importante mesmo são as votações no Senado, ambiente em que ela não se mostrou ainda nem um pouco confortável e motivada. Quero ver se ela vai se alinhar com o PSOL ou com o PSDB.

Sorocaba

- 2015-01-27 15:10:36

Bom, então os Petistas que

Bom, então os Petistas que fazem parte da alta sociedade não podem fazer críticas, por serem futeis.

A lista começa começa o atual Prefeito de São Paulo, que faz parte da alta sociedade.

Luiz mauro roque

- 2015-01-27 15:00:54

'E politica

A Marta, apenas esta dando o troco no PT pelo que o PT fez com ela...Este pseudo presidente do partido que está o levando para o ostracismo, mostrou isto ao desrespeitá-la em carros de som, eventos com dilma, etc. Demonstrou desrespeito e a surra que o PT levou é a resposta a tudo isto.

Posso não concordar com o método e ela pode não ter feito um bom ministério na cultura. Mas sem dúvida foi a melhor prefeita que sp já tv, e uma prefeita que foi pra briga contra a mafia dos transportes, que é muito pior que a atual, mas diferente do Haddad, que é ousado em alguns tema, porem se cala em outros.

 

Não vamos esquecer a história e quem é quem neste jogo de xadrez, tudo faz parte de um mundo em que eu nao acredito em coitados e mocinhos. Se a dilma esta apanhando tanto,é porque merece. Chega de defender quem apanha da midia e da rios de dinheiro pra ela.

Por falar nisto cade o processo contra a revista veja, dona Dilma ? pipocou ? Não fazer é equivalente a um estelionato eleitoral, pois foi isto que você disse que ia fazer aos seus eleitores.

Vladimir

- 2015-01-27 14:57:21

Mulher fútil? Não haveria

Mulher fútil?

Não haveria necessidade deste encerramento. Fôsse um homem teria o mesmo tratamento?

O post aborda com clareza quem é quem foi Marta Suplicy. No entanto,esquecemos sempre,todo político é movido por uma vaidade muitas vezes maior do que a que é merecedor. Marta não foge a regra e ainda tem o "agravante" da arrogância da elite paulistana,

A situação de Marta é irreversível? Não dá para termos certeza. A julgar pelo ocorrido com tantos outros dentro do próprio PT,parece que sim.

O PT optou por sacrificar-se enquanto partido em busca de um projeto de governo factível e que melhorasse significativamente as condições de vida dos brasileiros e que impedisse um retrocesso a condição anterior.

A reeleição da presidenta Dilma talvez tenha sido o último passo nesta direção. No entanto,é sempre bom ressaltar,é preciso concluir o governo para que esta ameaça de retrocesso não ocorra e é justamente por isso que a mídia porca dste país,associada a interesses internacionais,tenta bloquear cada ação deste governo.

O país está muito próximo de consolidar-se como alternativa viável de poder global e isto não é aceito pela elite mundial tal qual nossa elite não aceita um governo inclusivo em nosso país.

Hans Bintje

- 2015-01-27 14:50:41

A volta do Boemio

Turco, caro Turco:

Por que esqueceste, ao descrever essa história, de Nelson Gonçalves?

A VOLTA DO BOÊMIO

Boemia, aqui me tens de regresso
E suplicante te peço a minha nova inscrição.
Voltei pra rever os amigos que um dia
Eu deixei a chorar de alegria; me acompanha o meu violão.
Boemia, sabendo que andei distante,
Sei que essa gente falante vai agora ironizar:
"Ele voltou! O boêmio voltou novamente.
Partiu daqui tão contente. Por que razão quer voltar?"

[video:http://www.youtube.com/watch?v=2FdkFFIPLRc]

Luiz Gonzaga da Silva

- 2015-01-27 14:48:45

"Como Ministra do Turismo
"Como Ministra do Turismo mostrou gana, visão estratégica...Depois, murchou." Depois de relaxar e... é normal murchar. Não é nem político, é biológico mesmo. O que está assustando Marta é a maré baixa do PT em São Paulo. Aliás, nem tão baixa assim, afinal temos a prefeitura da capital do estado, por coincidência,  a maior cidade do país e uma das maiores do mundo. Creio que a elegante senhora está se precipitando na ânsia de pular fora do barco. O interessante é que a senadora diz que o partido tem que mudar, mas não dá a mínima contribuição para isso. Pelo contrário, tenta cativar o outro lado na maior desfaçatez. Na verdade, a ex-prefeita já está fora do PT. Mesmo que o partido desse o espaço que ela se acha merecedora, já falou o suficiente para que os adversários detonem qualquer discurso seu em campanha. Seria praticamente impossível fazer valer o dito pelo não dito. Esse lenga lenda de Marta tentando ser espulsa do partido para não perder o mandato de senadora está causando mais desgaste a ela do que ao partido. Talvez, quem sabe, esteja esperando a criação dos dois novos partidos, a Rede e o novo PL. O difícil seria sua acomodação nas novas legendas. Se não vejamos: Na Rede seria a união de duas viúvas de Lula. Tal qual duas Porcinas, seriam sem nunca terem sido. Mais interessante seria sua ida para o partido do Kassab. Lá, bem de pertinho, poderia atestar se o dono do partido é macho, ou não. A dúvida que lançou na campanha em que foi derrotata, finalmente, seria desvendada.Aguardemos os próximos e emocionantes capítulos da novela "A Mágoa de Marta".

Anarquista Lúcida

- 2015-01-27 14:48:38

Só queria saber pq ela tratou o Suplicy c/ falta de respeito...

Que história é essa? Por ser uma pessoa política ela nao tem direito de se separar? Eu hem... De novo o machismo imperante. 

zeba

- 2015-01-27 14:35:23

O melhor é deixar a madame

O melhor é deixar a madame falando sozinha. Vai chegar a um ponto em que ela vai ter tanto destaque pra falar mal do PT que sua contradissão em continuar no partido, fará que ela entrew num beco sem saída. Se queimará no PT e na oposição que já não gosta dela. Que partido vai querer uma pessoa tão desagregadora para ser candidata a prefeita de SP?

Paulo P Ribeiro

- 2015-01-27 14:28:46

Marat Suplicy não está

Marat Suplicy não está lidando bem com a velhice e tenta agir como uma menina mimada. Deve estar com algum problema afetivo com o seu atual marido, 15 anos mais novo, e tenta descontar a sua frustração na presidenta Dilma. Que tenha um final de vida mais digno!

Rui Daher

- 2015-01-27 14:24:12

Todas as ações

recentes de Marta visam candidatar-se à Prefeitura. Não se conforma com o PT/Lula ter escolhido Haddad como candidato. Pior: ele venceu e fez Marta achar que também venceria. Com a esperteza dos bem nascidos, sabe que dois anos é um bom período para arregimentação política. Também, desconfia que Haddad vai permanecer mal avaliado até o final do mandato, e que a força de Marta, na periferia, é mais significativa do pouco que o atual prefeito faz por lá, preocupado com pedais e cruzamentos em X.

Marta teria que criar a cizânia no PT para ser candidata do partido. Não tem bala e são poucos os asseclas que a seguiriam com o tiroteio que promove contra Dilma.

Resta Lula, não muito satisfeito com a condução, ao mesmo tempo, teimosa e errática de Dilma. Creio ser o único que ainda tenta manter Marta no PT.

Vivíssima, ela cutuca a onça com vara curta para saber até aonde pode ir. Burramente, não vê o quanto são exíguas suas opções fora do PT.

Coisa de mimados.

anarquista sério

- 2015-01-27 14:18:20

Marta é fundadora do PT,Não

Marta é fundadora do PT,Não caiu de paraquedas como Dilma vinda do PTB nos anos 90--cujo chefe dizia: ''Pra Lula ser eleito ele até pisa no pescoço da mãe. 

       SE tivéssemos a máquina de leitura dos pensamentos, a imensa maioria petista estaria do lado de Marta.

          Porque Dilma foi a PIOR presidente do Brasil desde que a república foi declarada.

                             NÃO TEM PRA NINGUÉM.

             Agora imagine uma '''petista''( de araque) fazer esse estrago todo com um partido que sofreu MUITO pra estar aonde está.Estrago com um partido e com o Brasil.

                Incompetência maior não existe e nunca existiu.

                 Dilma ficará pra história.

Wilson Moreira

- 2015-01-27 14:17:29

Pede para sair, Marta!

O PT sabe que o objetivo de Marta é forçar sua expulsão, para assim manter o mandato e de quebra entrar em outro partido para sair candidata a prefeita. Creio que a estratégia dos dirigentes petistas é "conzinhá-la em banho maria", até que ela se toque e peça pra sair. É uma estratégia interessante, pois evita que ela seja vista como vítima neste processo e de qubra ainda cola nela a imagem de "Judas de Saía" ou de ressentida porque levou um pé-na-bunda.

 

armandolo

- 2015-01-27 14:12:11

No mundo encantado de Oz isso

No mundo encantado de Oz isso faria sentido.Afinal a bruxa malvada ameaca o status quo partidario. Sua arma nao eh uma vassoura, mas em Oz, eh proibido criticar a rainha e seus bobos.

[email protected]

- 2015-01-27 14:09:41

"Não Dar Milho Pra Bode", né "Diretor Sumido"?

Muito pelo contrário, segundo o primeiro mandamento político: Não darás milho a bode.  

Luis Craveiro

- 2015-01-27 13:56:46

Marta; é um quadro do PT que

Marta; é um quadro do PT que abomino......

armandolo

- 2015-01-27 13:42:14

Ou seja, seria ideal que

Ou seja, seria ideal que Marta ocupasse uma diretoria da Petro. Garanto que a roubalheira seria bem menor.

Fernando J.

- 2015-01-27 13:37:08

O Conselho de Ética do PT precisa agir. E rápido.

O artigo que Marta assina hoje na Folha (onde mais?) é torpe do começo ao fim. Ela quer ser expulsa. Nem Álvaro Dias, Caiado, Aécio, Serra seriam capazes de produzir algo minimamente semelhante. Dane-se o mandato, que se expulse essa senhora do Partido. E rápido. 

j. Adailton

- 2015-01-27 13:31:34

Mais Marta

Marta Suplicy: O diretor sumiu

....................................................................................................................................................................................

"Se tivesse havido transparência na condução da economia no governo Dilma, dificilmente a presidente teria aprofundado os erros que nos trouxeram a esta situação de descalabro. Não estaríamos agora tendo de viver o aumento desmedido das tarifas, a volta do desemprego, a diminuição de direitos trabalhistas, a inflação, o aumento consecutivo dos juros, a falta de investimentos e o aumento de impostos, fazendo a vaca engasgar de tanto tossir."

http://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2015/01/1580901-marta-suplicy-o-diretor-sumiu.shtml

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador