Vida longa e próspera: morre Leonard Nimoy

Jornal GGN – “Vida longa e próspera”. A frase da personagem Spock, de Jornada nas Estrelas foi repetida diversas vezes pelo ator Leonard Nimoy. Hoje, sexta-feira (27), ele faleceu em sua casa, em Los Angeles, aos 83 anos.

Nimoy sofria de uma doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) e estava em estado gravel há algum tempo.

A doença está relacionada ao tabagismo. Ele foi fumante durante décadas, mas já havia abandonado o vício há mais de 30 anos. Era crítico severo dos males provocados pelo cigarro e usava a si mesmo como exemplo para tentar conscientizar outros a largarem o vício.

“Fumantes, entendam, por favor. Se você parar de fumar depois de ser diagnosticado com lesões no pulmão, será tarde demais. Vovô diz: aprenda com minhas lições”, disse certa vez no Twitter.

Imortalizado por seu papel como o Sr. Spock na série de TV, ele voltou a aparecer com as orelhas pontudas e o cabelo tijelinha na longa metragem de J.J. Abrams, como uma versão mais velha, do futuro.

Descanse em paz, Leonard Nimoy. Spock vive. E nele o senhor viverá para sempre.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Com a arte, Calendário Drag 2020 discute censura

26 comentários

  1. Spock foi meu personagem

    Spock foi meu personagem preferido na infância. Por influência dele talvez, já na fase adulta estudei Lógica Formal durante e depois da Faculdade de Direito. Vez por outra retorno aos meus estudos de Lógica Formal ou acrescento uma nova obra sobre este tema  à minha coleção de livros. Quando me deparo com problemas jurídicos complexos sempre recorro aos meus conhecimentos de lógica para encontrar a melhor solução possível para os meus clientes. Vida longa e próspera a todos os Vulcanos com problemas jurídicos no Brasil. Tucanos raramente eu defendo. Ha, ha, ha…

  2. Poucos sabem

    Nimoy foi além do ator: dirigiu, escreveu e produziu. Também gostava de pintar e publicou sete livros de poesias de sua autoria, além de outros três de fotografia.

  3. Fico pensando, quantos

    Fico pensando, quantos milhares de jovens que se tornaram engenheiros, cientistas ou pesquisadores por influência da personalidade cativante do Dr. Spock ? Eu mesmo fui um deles. Essa era a beleza desse heroi, sempre sensato e benigno, disposto a se sujeitar aos maiores sacrifícios e riscos em defesa dos seus companheiros para depois justificar humildemente sua coragem: “era o mais lógico a ser feito !”. Valeu Leo, boa viagem de volta às estrelas, vida longa e próspera na eternidade, missão cumprida, heroi !

  4. Era meio vulcano e meio humano

    Episodio a que se refere o SérgioF: O Pai vulcano e mãe terráquea estão discutindo quando o personagem Spock adentra e assisti à “discussão”. A mãe deixa o comodo furiosa e após um silêncio profundo o filho questiona o pai, em sendo vulcano, portanto sem emoção, porque casou com uma humana cheia de emoções, ao que lhe responde o pai com a frase famosa: “Era o lógico a ser feito”.

  5. inspiração
    Meu personagem preferido.
    Na infância não era do tipo atleta, me inspirei em Spock e me dediquei aos estudos.
    Sempre tento ser racional e usar a lógica para resolver problemas.
    Estou bem nelhor hoje do que os caras que me incomodavam na escola.

    Obrigado Spock.

  6. Um dos grandes ícones do

    Um dos grandes ícones do século XX. O cara era uma instituição.

    Se não estiver enganado a última particpação dele na TV foi na excelente série de ficção “Fringe”.

    Poucos sabem mas Nimoy tambem cantava. Junto com seu companheiro da nave estelar Wiliam Shatner os dois acabaram se tornando (involuntaramente, imagino) cada um em sua própria carreira solo,  nos cantores mais… digamos…. exóticos da música Pop. 

    Descanse em Paz Nimoy e obrigado por tudo.

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=OFUaHWAJ9_4%5D   [video:https://www.youtube.com/watch?v=V1Ar79f8aN8%5D

  7. minha infancia foi marcada

    minha infancia foi marcada por dois seriados, Jornadas nas estrelas e a mulher bionica…rs

    sinto muitissimo sua morte, mas é o fim de todos nos não é?

    descanse em paz spock! 

  8. minha infancia foi marcada

    minha infancia foi marcada por dois seriados, Jornadas nas estrelas e a mulher bionica…rs

    sinto muitissimo sua morte, mas é o fim de todos nos não é?

    descanse em paz spock! 

  9. Eu não falo de brincadeira

    Eu não falo de brincadeira não: um dos maiores personagens da cinematografia do século XX

    Filho de um Vulcano racional (idealizado, é claro) e uma terráquea, passional por definição (também idealizada)…  Que não terminou seu “treinamento”…

    “Pós iluminista”; “pós moderno”, hehe, bem antes dos acadêmicos falarem disso!

    Duas falas do personagem me divertem até hoje: “Então, vou tentar fazer a ‘melho’r adivinhação”; e, quando perguntado pelo pai se tinha alguma mensagem para a mãe dele ele respondeu: “diga que sinto-me bem”, haha!

    Queria muito ler algo do Wilson Ferreira que sempre traz uma análise interessante…

  10. Morte do Vulcano

    Nessa horas é que percebo que estou ficando velho e que o “prá sempre, sempre acaba”. Curti demais Jornadas nas Estrelas principalmente o Spock mas não posso esquecer da sua atuação no filme Invasores de Corpos.

    Paz e bem para o Spock

     

  11. Para registro

    Os fãs devem saber de onde vem o logotipo da Motorola. 

    E mais, o que não teve de adolescentes que embarcou em cursos de Engenharias e Ciências por causa da série não está no gibi. è fato, não conjectura.

  12. Leonard Nimoy não era

    Leonard Nimoy não era vulcano, ou mestiço de vulcano com terráquea, mas judeu, de origem russa e ucraniana. A famosa saudação “vulcana”, na foto acima, e nos vídeos abaixo, tão imitada por fãs no mundo afora, é uma benção judaica. (Imagino o que fariam fãs antissemitas ao saberem disso!) Aqui ele conta a história de sua família, e o papel da cultura yddish em sua formação. Aliás, esse papel nas artes, particularmente no cinema de ficção ainda está por ser contado, dada a importância do teatro e da literatura yddish. Aliás 2: é significativo que tantos, aqui neste post e em toda parte, atribuam a uma personagem de ficção seu gosto pela ciência e pela lógica… Que se perceba a ironia desse papel fundamental da fantasia, da imaginação e da poesia para a ciência e a lógica!

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=DyiWkWcR86I%5D

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=9QAYvI5CC5s%5D

     

  13. Triste

     

    Ele foi responsável através do personagem Spock de uma parte significativa da minha visão de mundo, foi ele que despertou em mim minha intelectualidade pois me encontrei nele, no alienígena que vivia através da lógica e da racionalidade.

    O personagem Spock era a voz crítica da humanidade, a voz do criador e roteirista da série Gene Roddenbery juntamente com escritora D.C. Fontana que desenvolveram o conceito de Jornada nas Estrelas.

    Tive a sorte de poder comparecer a uma convenção do fã clube de Star Trek, o Frota Estelar Brasil com presença dele, foi a Convenção do Capitão Spock (seguindo desenvolvimento do universo de ST no cinema Spock assume o posto de capitão enquanto Kirk foi nomeado almirante), era de uma personalidade gentil e generosa.

    Estranho, há pouco mais de 5 meses faleceu meu pai aos 82 anos, essa semana se foi o criador do Spock um pai espiritual aos 83 anos!

     

    RIP LEONARD NIMOY

  14. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome