Revista GGN

Assine

A cooperação internacional e o negócio da Globo

Há tempos vimos alertando sobre o papel econômico e geopolítico da cooperação internacional - os tratados de cooperação entre Ministérios Públicos e Polícias Federais de vários países. Os Estados Unidos são um país no qual o conceito de interesse nacional está estreitamente associado às estratégias de suas multinacionais.

Passaram a ser o ponto central da cooperação e a exercer uma espécie de jurisdição internacional, utilizando o instrumento como estratégia de guerra comercial.

No Brasil, a cooperação já vitimou empreiteiras que se internacionalizavam, a Eletronuclear e a Petrobras. Sua próxima vítima serão os grupos de mídia nacional, graças ao desmantelamento das organizações criminosas que orbitavam em torno do futebol.

Para entender melhor.

Na grande expansão das multi norte-americanas no pós-guerra, houve tentativas de internacionalizar os grupos de mídia, mas que sempre esbarraram nas legislações nacionais, obrigando-os a se associar ou ocupar papel secundário na relação com os parceiros nativos.

Veja o caso Globo-Time/Life. Os americanos bancaram o investimento, o know how, forneceram a tecnologia e os quadros técnicos e acabaram tendo de abrir mão da sociedade devido à reação política interna – que, sendo aparentemente contra o acordo, acabou beneficiando Roberto Marinho.

Com a Internet e a popularização da TV a cabo, as barreiras legais foram superadas. Os grupos tiraram do baú seus projetos internacionais  e passaram a montar estratégias visando conquistar audiência nos países-alvo.

Aí entra o futebol. Desde as históricas lutas de Jack Dempsey, nos anos 20, eventos esportivos sempre foram o carro chefe das audiências das emissoras. E, fora dos Estados Unidos, o futebol sempre o esporte por excelência.

Ao longo das décadas, os eventos futebolísticos tornaram-se a grande mina de ouro. Em torno dos contratos de patrocínios às transmissões de futebol  montou-se uma tentacular cadeia tendo como epicentro a FIFA e como braços os grupos de mídia hegemônicos em cada país, influenciando governos e ajudando a consolidar a influência das confederações filiadas.

Se dependesse das estruturas nacionais de combate ao crime organizado, seria  mais fácil um elefante voando do que a o Ministério Público Federal ou da Polícia Federal investigando para valer as ligações da Globo com FIFA, CBF e os clubes esportivos. Essa mesma dificuldade deve ocorrer em outros países politicamente frágeis.

Usando a cooperação internacional como alavanca, os Estados Unidos lograram desbaratar a quadrilha que atuava na FIFA e, por tabela, os esquemas viciados de compras de transmissões de campeonatos nacionais.

O quadro midiático tornou-se tão demolidor que a própria Globosat foi obrigada a aceitar transmitir os canais concorrentes.

A cada dia que passa, maior é o peso da Globosat nos resultados gerais das Organizações Globo, na mesma medida em que há queda nas receitas dos demais veículos. Essa a razão da própria Globosat ter admitido incluir os canais concorrentes em sua programação.

E aí se tem o grande paradoxo.

O Ministério Público Federal, um órgão do Estado brasileiro, mandou uma missão aos Estados Unidos, chefiada pelo próprio Procurador Geral da República, levando informações contra a Petrobras, que é uma empresa de controle estatal, que deverão ser utilizadas nas ações empreendidas contra a empresa.

A mesma equipe voltou dos EUA com informações contra a Eletronuclear, outra empresa pública, em outro setor-chave para os interesses setoriais norte-americanos.

E, no entanto, não se tem informação sobre a contrapartida brasileira na cooperação internacional contra a máfia das transmissões esportivas e, especificamente, investigando os contratos da Globo com a CBF.

Média: 4.6 (34 votos)

Recomendamos para você

69 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Paulo F. Souza
Paulo F. Souza

Burocracia

Meu partido
É uma televisão transmitindo
E os meus sonhos, ser um Big Brother
Os meus sonhos são todos de novela
Tão raso que eu nem acredito
Eu nem acredito

Que aquele garoto seria um global
Frequenta agora as festas do Projac

Meus heróis são todos burocratas
E meus inimigos: são os empresários
Burocracia, eu quero uma para viver
Burocracia
Burocracia, eu quero uma para viver

O meu sonho
É fazer concurso público
No Brasil, se vence a vida marcando "X"
Eu vou me juntar a burocracia
Pra nunca mais ter que saber quem eu sou
Pois aquele garoto que ia mudar o mundo
(Mudar o mundo)
Agora assiste a tudo pela telinha da TV

Burocracia, eu quero uma para viver
Burocracia
Burocracia, eu quero uma para viver

Meu herói é o presentador do tele-jornal
Acusa os inimigos com provas de novela
A tv é o diário oficial
Ela transmite e vira verdade

Burocracia, eu quero uma para viver
Burocracia
Burocracia, eu quero uma para viver

A verdade é o que menos importa
A liberdade é sufocada pela PM
Que cumpre regras sem pensar
As regras são para sufocar a sociedade

Burocracia, eu quero uma para viver
Burocracia
Burocracia, eu quero uma para viver

É a ditadura das regras e do controle
O controle é um fim em si mesmo
A livre iniciativa é criminalizada
A liberdade, esfacelada

Burocracia, eu quero uma para viver
Burocracia
Burocracia, eu quero uma para viver

Ninguém pensa mais em produzir
Todos querem se juntar aos vencedores
O burocratas venceram
O país perdeu
A liberdade morreu
O trabalho acabou
Vida longa a Burocracia

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Ele merece 

Que os brasileiros  agradeam a Lula pelo milagre que ele conseguiu que foi o de mudar a imagem do Brasil e dos brasileiros perante o mundo

Seu voto: Nenhum (1 voto)

 

...spin

 

 

O Brasil desde que foi

O Brasil desde que foi invadido por Portugal tem feito "a cooperação internacional". E fomos esbulhados.

A atual situação da Petrobrás deve-se, em oarte, a um juiz bem afeito à tal da cooperação. No seu rastro a apresentação de uma PL de iniciativa do PSDB que visa continuar a privatização e internacionalização em grande escala das empresas brasileiras.

Portanto, olho aberto.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Bloco da Didi

CLIQUE NA IMAGEM PARA MAIS TIRINHAS!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Fato

A Rede Globo é a unica emissora nacional e internacional (tirando as propias americanas) a passar diariamente, na totalidade de seus telejornais, noticias sobre o que eles consideram o seu País-mãe. E sempre, com tom ou viés positivo.

Aliás, desafio alguém apontar uma noticia ou reportagem negativa ou desabonadora da Rede Globo sobre os Estados Unidos em seus mais de 50 anos.

Seu voto: Nenhum (6 votos)

O jornalismo venal de Juca Kfouri

O jornalismo venal de Juca Kfouri

Como se apadrinhamento não fosse corriqueiro no Brasil...
Como se os clubes do Brasil não estivesse abarrotada de gente apadrinhada de dirigentes, empresários, jornalistas e... políticos, recebendo em sua maioria, polpudos salários...

Como se Andrés Sanches não devesse favores ao Lula ao eleger-se deputado...
Como se o Corinthians, após 100 anos da sua fundação, não devesse a construção do seu estádio e a sua escolha como sede da Copa ao Lula e ao Governo do PT...
Como se este beneficios devessem ter sido direcionados aos tucanos do Morumbi do Rogério Ceni e Marco Aurélio Cunha (e olha que torço pelo SPFC, hein), uma festa para Alckmin, Serra, FHC et caterva...

Como se o filho do Juca, André Kfouri, um mediocre  repórter e cover de apresentador, não fosse "apadrinhado" pelo ex-diretor da ESPN Brasil e amigo pessoal dele, José Trajano (aliás um dos poucos jornalistas esportivos que respeito)...

Logo o Juca, que ignora que o filho de FHC é diretor da Disney, dona da ESPN onde trabalha seu filho, e que mudou curiosa e claramente a sua linha editorial independente após a sua nomeação, entulhando a emissora de coxinhas e reaças, e demitindo excelentes profissionais que a casa possuia (aliás, a Disney não é dona da JovemPan também?)

Logo o Juca que plantou aquela noticia sobre Aécio para favoercer o Serra em 2010...
Logo o Juca que apresentou Soninha Francine, pivô do seu divórcio, ao proprio Serra num churrasco na casa dele. Logo o Juca que nunca nada falou de seu amigo José Luiz Portella, secretário de Esportes no Governo Serra. Nem de Paulo Preto...
Logo o Juca, que trabalha para as "Organizações" Globo e não dá um pio sobre seus escândalos na compra dos direitos televisivos, as suas relações promiscuas com a CBF, sonegação a Receita, Projac, empréstimos do BNDS e seus obscuros interesses comerciais esportivos.

Há muita hipocrisia, cinismo e um pisca de mau-caratismo e desonestidade na imprensa "pseudo-independente" deste País...

----------------------------

O TEXTO DELE NO LINK ABAIXO:

"Andrés Sanchez impediu a demissão de Luís Cláudio Lula da Silva no Corinthians

Juca Kfouri - 08/02/2016 06:55
http://blogdojuca.uol.com.br/2016/02/andres-sanchez-impediu-a-demissao-do-filho-de-lula-no-corinthians/

Não é de hoje que se comenta no Corinthians  que quando, em 2012, Mário Gobbi assumiu a presidência do clube, sucedendo a Andrés Sanchez, era certo que Luís Cláudio Lula da Silva, filho de Lula,  seria demitido da área de marketing do clube.

Dizia-se que ele pouco fazia.

Andrés Sanchez, à época no comando da operação Arena Corinthians, impediu a demissão ao alegar que se tratava de uma “indicação política”

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Pago pra ver. Mas pra mim a

Pago pra ver. Mas pra mim a Rede Globo é o principal veículo de comunicação que os americanos tem no país. Seus jornalistas trabalham para destruir a auto estima nacional e as principais e mais decentes lideranças do país. Sua veiculação "cultural" não tem um mínimo de respeito aos valores do povo brasileiro e a Globo nunca atuou para defender os direitos da população.

Eles pegaram o J. Háwila e não deu em nada. E tem mais: no caso da Globo ter prejuízo o próximo governo que eles colocarem no poder se encarregará de pagar as contas tipo como feito na construção do Projac com veiculação de propaganda do Banerj. Pagamos para sermos destruídos como nação. 

Os Marinho e sua corja de sabujos são canalhas e traidores da pátria como o Procurador da República Rodrigo Janot.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Vera Lucia Venturini

Big Brother, 50 anos de alienação

Golpe militar de 1964, financiado e patrocinado pelos americanos...

Rede Globo, criada em 1965, e financiada  pelos americanos...

Alguma coincidência?

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Nassif, lembra quando o

Nassif, lembra quando o congresso queria regular o MP com a PEC 37?

Pois é, quem foi que colocou na pauta nas manifestações de 2013?

REDE GLOBO...

A gratidão do MP com a GLOBO é imensa!

Gratidão essa acima da interesses nacionais.

Vamos aguardar a renovação do nosso congresso com menos bolsomitos .

Seu voto: Nenhum (5 votos)

  BUROCRATAS DA "LEI"

 

 

É inequívoca a constatação de que se formou ao longo do tempo no país, uma casta privilegiada de burocratas da lei.

Assim, pode-se definir o poder judiciário e as instituiçoes correlatas, como MP, Cartórios Judiciais, de Registro de Imóveis, de Títulos e Docuementos, etc...

Podem ser comparados aos burocratas do tempo do regime militar, que se constituía noutra casta privilegiada que foi se consolidando em seus privilégios e, aprofundando o absolutismo econômico e social de então. Esta classe era poderosa, composta de Ministros e auxiliares do poder Executivo, judiciário, legislativo, etc...

Hoje em dia, as formas de ação são outras. O poder econômico hegemônico( termo um tanto batido, mas que define com clareza quem manda, que é o capital internacional) se utiliza das grandes bancas nacionais entreguistas, que fazem tudo por dinheiro,  para se locupletarem de nossas instituições.

A ampla rede de conexões entre os burocratas da lei, que falam a mesma linguagem neoliberal, trabalho por um projeto de manutenção e ampliação de suas benesses e influências, num alstrtamento que perpassa como disse, o Judiciário, o MP e os auxiliares desta rede burocratica.

Pessoalmente travo uma batalha judicial que já dura 13 anos, contra uma multinacional francesa a LOUIS DREYGUS COMMODITIES BRASIL S.A. Na verdade fui arrastado ao centro do poder judiciário, numa demanda forjada por esta multinacional, que SIMULOU DÍVIDA INEXISTENTE, para Sequestrar 20 carretas de soja de minha produção, numa Ação Cautelar de Sequestro apoiada num Título Podre - uma CPR- Cédula de Produto Rural sem lastro.

 

A Dreyfus vendeu a soja sequestrada no caixa dois, sendo que a soja é financiada pelo BB e, continua na posse mansa e pacífica do dinheiro resultante da venda ilegal e sem nota fuscal.

 

Tudo está muito claro na matéria muito bem elaborada pelo jornalista Luiz de Queiroz, veja o LINK a seguir: 

http://jornalggn.com.br/noticia/como-as-grandes-bancas-deturparam-o-credito-rural

O que tem a ver com o tema atual, é que faço denúncias seguidas em todos os Órgãos Públicos( MPSP, MPFSP, MPFRP, PGR, RF, PF, CGU, COAF, MF, ETC...) à 13 anos e, nada de investigação.

Nenhuma denúncia foi apurada e, o dinheiro Público continua com a Dreyfus ( algo em torno de R$ 1 milhão hoje se atualizado devidamente).

As propagandas repetitivas de combate à corrupção no MP e na CGU, entre outros, com gastos elevadíssimos na mídia, com recuros Públicos, deveriam, pelo menos ter algum valor principiológico e não oportunístico, como nos leva a crer, comparando o que se prega, com  aquilo que se pratica nesses Órgãos Públicos.

Há sem sombra de dúvidas um fortíssimo tráfico de influência, exercido com ajuda das grandes bancas, para blindar certas empresas, de investigação contra frude, desvio de recuros Públicos e lagagerm de dinheiro, como ocorre no caso citado com a LOUIS DREYFUS COMMODITIES BRASIL S.A.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de altamiro souza
altamiro souza

num páis cujo futebol não é o

num páis cujo futebol não é o priomeiro esporte, como os estados

unidos, o pújblico nos estádios para ver futebol lá é maior do

que aqui no brasil, em media 17 mil contra 16 mil em cada jogo,.

.pois  o modele deles não é concentrado

numa só emissora como aqui, nem beneficia só os times das grandes torcidas......

 a globo provoca paradoxos incríveis  - certos estados com

grandes publicos sequer estão dispiutando ..

nos eua a verba é dada aos últimos colocados para que cresçam  e o

campeonato seja mais dispiutado. não apenas um embate já previsto

antecipadamlente como ocorre na espanha de barcelona e real madrid....

o número de times campeões é mais diversificado nos states...

oito csmpeoes diferentes em dez anos...

a globo na verdade cria capitanias hereditárias...

a band é uma capitania hereditária da globo,

passa o mesmo jogo que a globo permite........

aí voce fica com a abominável opção entre ouvir o abominável neto

numa band ou ouvir o abominável homem das obviedades na globo, alex escobar...

argh....

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Severino Januário
Severino Januário

O problema é que entre os

O problema é que entre os três filhos do Roberto Marinho não há nenhum que tenha um mínimo da genialidade de seu pai. Excusado classificar a natureza, a oportunidade e o escopo dessa genialidade. Todos eles consideram que seu pai era uma figura divina, e que têm a obrigação divina de ser fiéis à sua imagem. E a imagem que têm de seu pai é aquela onde ele aparece aos abraços com Carlos Lacerda, símbolo máximo da UDN. Não lhes ocorre que Lacerda,  em fúria santa, depois espalhou pelos quatros cantos do Rio o fatal outdoor: "Roberto Marinho: Al Capone da imprensa brasieira". Relevam isso. Eles têm que ser fiéis ao pai que abraçava o Lacerda. Se pelo menos um deles questionasse o passado e tentasse ver o país sob novos horizontes, haveria a perspectiva de uma grande imprensa de fato nacional, que peitasse a imprensa internacional defendendo os reais interesses do país. Muito dinheiro e muita emoção brasileira foram empregados na Globo, em sua grandeza e seu sucesso, para que ela agora seja o esteio da destruição dos sonhos e dos projetos genuinamente nacionais.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Samuel Ponsoni
Samuel Ponsoni

China

Muito boa análise e apresenta o problema numa amplitude pouco debatida. No entanto, gostaria de acrescentar que a crise brasileira - sobretudo esta que se dá na cadeia de óleo e gás, bastante estratégica - também conta, a meu ver, com um inimigo na trincheira.

Com os problemas financeiros enfrentados pelas empreiteiras brasileiras, qual foi o primeiro país a oferecer verbas para investimento infraestrutura? A China. Logo no primeiro trimestre de 2015, diante do cenário ruim que se acumulava, a China demonstrou a intenção de aportar investimentos - inclusive o projeto transoceânica - para suprir a carência de condições da construção civil brasileira.

As empreiteiras brasileiras, durante os governos Lula-Dilma, se expandiram bastante nas terras africanas, fazendo construções importantes em diversos países. Acontece que lá já era um reduto chinês - para relembrar que a copa da África, 2010, teve boa parte de sua infraestrutura bancada por empreiteiras chinesas -, portanto o perigo de uma concorrência. Sendo assim, há forte interesse da China em nosso mercado há muito tempo, sobretudo em nosso Know-How de construção de infraestrutura. Além de carecermos de muitas, mercado interno, estavamos expandindo a mercados "já conquistados" por eles. Além disso, a economia chinesa mostra sinais de retração, logo mais ainda a necessidade de expansão, sobretudo em um setor que gera cifras altas de retorno e circulação de capital.

E qual o papel americano nisso? Notadamente, o de ser o rosto a pressionar o Brasil para a abertura desse mercado. Primeiro, os Eua(embora aparente conflito) têm fortes relações comerciais com os chineses. Segundo, os EUA têm forte ascendência sobre o imaginário brasileiro. Logo, se os americanos estão dizendo, ajudando, é "bom". O interesse se legitima. Também por isso os EUA excluíram o Brasil dos tratados Transpacífico, fechando assim o cerco econômico para que o Brasil adira a um "parceiro" acolhedor, China. 

Na prática uma colonização de mercados via fatores econômicos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Samuel Ponsoni
Samuel Ponsoni

A China

Olá Nassif

 

Muito boa análise e apresenta o problema numa amplitude pouco debatida. No entanto, gostaria de acrescentar que a crise brasileira - sobretudo esta que se dá na cadeia de óleo e gás, bastante estratégica - também conta, a meu ver, com um inimigo na trincheira.

Com os probelmas financeiros enfrentados pelas empreiteiras brasileiras, qual foi o primeiro país a oferecer verbas para investimento infraestrutura? A China. Logo no primeiro trimestre de 2015, diante do cenário ruim que se acumulava, a China demonstrou a intenção de aportar investimentos - inclusive o projeto transoceânica - para suprir a carência de condições da construção civil brasileira.

As empreiteiras brasileiras, durante os governos Lula-Dilma, se expandiram bastante nas terras africanas, fazendo construções importantes em diversos países. Acontece que lá já era um reduto chinês - para relembrar que a copa da África, 2010, teve boa parte de sua infraestrutura bancada por empreiteiras chinesas -, portanto o perigo de uma concorrência. Sendo assim, há forte interesse da China em nosso mercado há muito tempo, sobretudo em nosso Know-How de construção de infraestrutura. Além de carecermos de muitas, mercado interno, estavamos expandindo a mercados "já conquistados" por eles. Além disso, a economia chinesa mostra sinais de retração, logo mais ainda a necessidade de expansão, sobretudo em um setor que gera cifras altas de retorno e circulação de capital.

E qual o papel americano nisso? Notadamente, o de ser o rosto a pressionar o Brasil para a abertura desse mercado. Primeiro, os Eua(embora aparente conflito) têm fortes relações comerciais com os chineses. Segundo, os EUA têm forte ascendência sobre o imaginário brasileiro. Logo, se os americanos estão dizendo, ajudando, é "bom". O interesse se legitima. Também por isso os EUA excluiram o Brasil dos tratados Transpacífico, fechando assim o cerco econômico para que o Brasil adira a um "parceiro" acolhedor, China. 

Na prática uma colonização de mercados via fatores econômicos.

 

Grande abraço

Samuel

Seu voto: Nenhum
imagem de Samuel Ponsoni
Samuel Ponsoni

A China

Olá Nassif

 

Muito boa análise e apresenta o problema numa amplitude pouco debatida. No entanto, gostaria de acrescentar que a crise brasileira - sobretudo esta que se dá na cadeia de óleo e gás, bastante estratégica - também conta, a meu ver, com um inimigo na trincheira.

Com os probelmas financeiros enfrentados pelas empreiteiras brasileiras, qual foi o primeiro país a oferecer verbas para investimento infraestrutura? A China. Logo no primeiro trimestre de 2015, diante do cenário ruim que se acumulava, a China demonstrou a intenção de aportar investimentos - inclusive o projeto transoceânica - para suprir a carência de condições da construção civil brasileira.

As empreiteiras brasileiras, durante os governos Lula-Dilma, se expandiram bastante nas terras africanas, fazendo construções importantes em diversos países. Acontece que lá já era um reduto chinês - para relembrar que a copa da África, 2010, teve boa parte de sua infraestrutura bancada por empreiteiras chinesas -, portanto o perigo de uma concorrência. Sendo assim, há forte interesse da China em nosso mercado há muito tempo, sobretudo em nosso Know-How de construção de infraestrutura. Além de carecermos de muitas, mercado interno, estavamos expandindo a mercados "já conquistados" por eles. Além disso, a economia chinesa mostra sinais de retração, logo mais ainda a necessidade de expansão, sobretudo em um setor que gera cifras altas de retorno e circulação de capital.

E qual o papel americano nisso? Notadamente, o de ser o rosto a pressionar o Brasil para a abertura desse mercado. Primeiro, os Eua(embora aparente conflito) têm fortes relações comerciais com os chineses. Segundo, os EUA têm forte ascendência sobre o imaginário brasileiro. Logo, se os americanos estão dizendo, ajudando, é "bom". O interesse se legitima. Também por isso os EUA excluiram o Brasil dos tratados Transpacífico, fechando assim o cerco econômico para que o Brasil adira a um "parceiro" acolhedor, China. 

Na prática uma colonização de mercados via fatores econômicos.

 

Grande abraço

Samuel

Seu voto: Nenhum
imagem de IA2
IA2

Os canalhas da Lava Jato que

Os canalhas da Lava Jato que levam informações pros USA não sabem que o jogo dos caras é: CARA EU GANHO E COROA VC PERDE.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Pedro Rinck
Pedro Rinck

  Será como o governo

 

Será como o governo americano vê a Rede Globo ? Como uma potência ? Ou seria apenas como uma empresa qualquer ?

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Marcos K
Marcos K

Só sei que a Globo é mestra

Só sei que a Globo é mestra em destruir tudo o que toca, especialmente se tem apelo com a cultura popular. Foi assim com o carnaval, está sendo assim com o futebol. Onde a Globo mexe não nasce mais nem urtiga.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Detonou com tudo

Marcos, esqueceu da MPB e do cinema nacional, convertido em meros folhetins anexos da dramaturgiia mediocre da emissora...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de jose antonio santosj
jose antonio santosj

são silvestre também

Pode acrescentar ai, corrida de são silvestre.

Já teve a sua importancia em São paulo, quiçá no Brasil. Hoje ninguem fala mais. Pena!

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de sabra
sabra

Indignação suspeita.

Curiosamente nestes assuntos , quando  fica dificil defender uma posição contrária, uma tropa   aparece sempre com o mesmo discurso, sempre culpando o PT e a Dilma , por não baixarem o pau. .  Esta é uma tática suis generis, pois são estes mesmos que acusavam o Chaves e o Maduro de truculência.   Diante do falado , e conhecendo o mecanismo de escolha,   e conhecendo mais ainda o mecanismo de cooptação,  se torna dificil   ter salvaguardas para qualquer escolha. Toffolli e Fachin que o digam.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

O Brasil é mestre em criar jabuticabas

Criou  oMPF  independente, criaou a obrigação do presidente indicar o PGR  mais votado de uma lista organizada pelos próprios procuradores, criou  a correção monetária, fez um plano para acabar com a inflação mas criou  contratos públicos com preços reajutados autormaticamente segundo a inflação. 

Agora a Dilma está criando e forlalencendo uma Polícia Federal política e independente e para isto criou um ministro fantasma que, como um boneco de ventríloquo, vive repetindo, "vou fazer a revolução republicana, mesmo que não sobre pedra sobre pedra" , Aliás, aí está mais uma coisa jabuticaba, a revolução que não  revoluciona, a revolução que involuciona. 

Viva eu,viva tu, e vamos dançar que a vida é bela,

O seu Romeu, que sorte a sua,

casado com a mulher 

que acha tudo pela rua.  ................rre....s.s...s.s.s.s...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Rosa Maria Anello dos Santos
Rosa Maria Anello dos Santos

E a CPI sob o comando do

E a CPI sob o comando do Romário, já está encerrada ou ainda tem chance de chegar na Globo???

Seu voto: Nenhum (6 votos)

kkkkkk.....

... ele já era, ta mais sujo que pau de galinheiro; tem que ficar quietinho; em breve nem para vereador ganha mais.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

kkkkkk.....

... ele já era, ta mais sujo que pau de galinheiro; tem que ficar quietinho; em breve nem para vereador ganha mais.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Os liberalóides tupiniquins

Os liberalóides tupiniquins operadores do Estado (juízes, promotores, parlamentares e demais funcionários públicos graduados do executivo) pensam que é possível existir capitalismo sem Estado, acreditando no blá blá blá que vem no norte em função das suas cabecinhas colonizadas. Os capitalistas norte-americanos entendem perfeitamente que há uma conexão direta entre as políticas estatais, tanto internas quanto externas, com os seus negócios e isso desde que o Estado com o exército promoveu o genocídio dos indígenas para abrir terras aos negócios ferroviários e outros dele derivados. A ação da Lava Jato causando enorme impacto econômico no país é a prova mais cabal disso combinada com a idéia descabida de punir para o todo o sempre grandes empresas assim como o absurdo de criminalizar a ação de Lula promovendo nossas empresas em outros mercados.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

 

Combatendo a hipocrisia nacional que alimenta o fascismo.

imagem de Milton Pereira Neves
Milton Pereira Neves

Paisinho bolivariano esse tal

Paisinho bolivariano esse tal EUA. Como assim corporções que defendem a soberania nacional? E o mercado como fica? E a livre concorrencia? E o direito de ir e vir? Temos que derrubar esse Baraco-Chaves-Obama!!Cansei!!!

 

 

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de andre sousa R S
andre sousa R S

Alerta: Globo, Alckmin,

Alerta: Globo, Alckmin, Promotor tucano e coxinhas armamam cilada contra Lula e Dona Marisa no próximo dia 17

http://www.blogdacidadania.com.br/2016/02/promotor-da-veja-prepara-armad...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Poderíamos defender as nossas empresas de comunicação

As grandes empresas de comunicação do Brasil não defendem o Brasil, são contra o Brasil. As famiglias criminosas do PIG (Marinho, Civita, Frias, Mesquita) são empresas nacionais que tem que ser destruídas pelas multinacionais de comunicação. Torço para que empresas multinacionais enfraqueçam cada vez mais o PIG, quem ganhará com isto é a democracia, a diversidade e a nossa cultura.

A famiglia Marinho é a principal responsável pela crise econômica no Brasil, pois ela acaba influenciando as outras famiglias do PIG, que, como papagaios, repetem o discurso da famiglia Marinho. A Fox, a ESPN e outras empresas multinacionais tem que tirar o futebol da famiglia Marinho e enfraquecê-la de vez. Com isto o PIG se enfraquecerá e os papagaios repetidores da famiglia Marinho poderão se tocar que são empresas brasileiras de comunicação e começar a defender o que é do Brasil.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Cris Kelvin
Cris Kelvin

Dá no memo, Luis...

 Pra começar, a Globo não é uma empresa "nacional"mas porta voz do mesmo ideário neoliberal que norteia as grandes corporações de comunicação norte americanas e as estratégias economicas e geopolíticos dos EUA. Ainda: é mais fácil a Globo sobreviver com uma fusão do que ver diminuído sua fatia de poder antes audiência. Para escapar ao domínio (esse é o problema) e termos a democracia que você espera, mas sem depositar esperanças num mercado suspeito, só com a criação de uma lei de meios para regulará e fiscalizar o setor, e o fortalecimento  e investimento em TVs públicas que os interesses Nacionais da sociedade.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de João de Azevedo
João de Azevedo

Saindo um pouco de foco, como

Saindo um pouco de foco, como o pessoal de direita aqui no Brasil está preocupado com uma possível vitória da candidatura de  Bernie Sanders, um auto-proclamado “socialista democrático” que defende as falidas ideias esquerdistas do governo gigante e provedor onde tudo é “de graça”, imposto de renda de até 90% e que coloca a responsabilidade de todos os males da humanidade, do aquecimento global até unha encravada nos grandes bancos e no sistema capitalista.

 

http://blog.libertaglobal.com/o-fim-do-superciclo-do-credito-e-a-dor-da-...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de IRG
IRG

Futebol era nosso

 

No negócios da midia associada ao futebol esta sendo repetido o modelo de ocupação que ocorreu em outras área.

Aqueles que conhecemos, defensores dos made in usa (like globe), sem perceber que vão ser deixado de lado!

O negócio do futebol, o maior negócio do esporte mundial, gerenciado por amadores brasileiros e alguns europeus, esta sendo destruído pela justiça (made in usa) que irá controlar esse negócio.

Vamos ver os próximos lances! 

Eu acredito que com essa "justiça tupiniquim  subserviente da casa grande branca" o placar já esta definido em favor de qualquer um made in usa!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de IRG
IRG

Futebol era nosso

 

No negócios da midia associada ao futebol esta sendo repetido o modelo de ocupação que ocorreu em outras área.

Aqueles que conhecemos, defensores dos made in usa (like globe), sem perceber que vão ser deixado de lado!

O negócio do futebol, o maior negócio do esporte mundial, gerenciado por amadores brasileiros e alguns europeus, esta sendo destruído pela justiça (made in usa) que irá controlar esse negócio.

Vamos ver os próximos lances! 

Eu acredito que com essa "justiça tupiniquim  subserviente da casa grande branca" o placar já esta definido em favor de qualquer um made in usa!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de IRG
IRG

Futebol era nosso

 

No negócios da midia associada ao futebol esta sendo repetido o modelo de ocupação que ocorreu em outras área.

Aqueles que conhecemos, defensores dos made in usa (like globe), sem perceber que vão ser deixado de lado!

O negócio do futebol, o maior negócio do esporte mundial, gerenciado por amadores brasileiros e alguns europeus, esta sendo destruído pela justiça (made in usa) que irá controlar esse negócio.

Vamos ver os próximos lances! 

Eu acredito que com essa "justiça tupiniquim  subserviente da casa grande branca" o placar já esta definido em favor de qualquer um made in usa!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

PEC 37

Nassif, sei que você foi contra a PEC 37, mas não seria a hora de voltar a discutir essa questão do poder do Ministério Publico investigar e oferecer denuncia???

Seu voto: Nenhum (6 votos)

só completando....e  arquivar

só completando....e  arquivar segundo as próprias conveniencas do promotor, como Janot fez com os rolos de Aecio Neves compravados com caminhões de provas, como pode um agente publico fazer isso sem ser punido por prevaricar

Seu voto: Nenhum (7 votos)

 

...spin

 

 

imagem de Marcelo R S
Marcelo R S

Eles não falaram e os

Eles não falaram e os midiotas cairam na cilada. O que mais assustou a Globo e psdb foi que a PEC previa o fim dessa prerrogativa do arquivamento por livre arbitrio do pgr, isso seria pessimo para os tucanos

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Fabio SP
Fabio SP

Tentaram reformar a piscina

Tentaram reformar a piscina da casa do ministro da Fazenda em Brasília (1987). Minha mulher os pôs para correr. Era o que devia ter feito Lula. Não o fez, e isto foi um erro político.

BRESSER PEREIRA, MINISTRO DA FAZENDA NO GOVERNO JOSÉ SARNEY, NAS REDES SOCIAIS

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de sabra
sabra

Bresser

Palmas para Bresser, porém eu pergunto e daí?  Existe algum crime nisto.?  Obviamente a discussão não é entre o que Bresser fez e o que Lula fez. Isto poderia talvez estar numa página de  fofoca, mas no caso de Lula vira processo judicial

Sem cinismos, acho que todos sabemos sobre do que se trata.o que esta se falando.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de sabra
sabra

Bresser

Palmas para Bresser, porém eu pergunto e daí?  Existe algum crime nisto.?  Obviamente a discussão não é entre o que Bresser fez e o que Lula fez. Isto poderia talvez estar numa página de  fofoca, mas no caso de Lula vira processo judicial

Sem cinismos, acho que todos sabemos sobre do que se trata.o que esta se falando.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Lobby, uma aula e Eletronuclear

     Procuradores americanos, nomeados pelo Presidente e demissiveis a qualquer momento, são recrutados após carreiras juridicas sólidas, não são "concurseiros" que tornam-se funcionários publicos "eternos", eles "estão procuradores", mas na realidade continuam advogados, que não perdem suas anteriores ligações com o setor privado/coorporativo, pois a qualquer momento, por uma simples descisão presidencial, podem ter que voltar a seus escritórios de origem, portanto, mesmo enquanto "procuradores" , alem de defenderem juridicamente a administração publico partidária, tambem defendem empresas e corporações, discretamente fazem lobby. ( uma mão lava a outra, as duas lavam o rosto ). 

      Janot encontrou-se nos Estados Unidos, com a Procuradora Leslie Caldwell ( adjunta da procuradoria criminal federal de Nova York , nomeada por Obama em 05/2014 ), que trabalhou no caso Enron, mas que desde 2004, até sua nomeação, trabalhava no Morgan, Lewis e Bockus de NY, junto a Bradley Fragg, responsavel pela area de constenciosos, especificamente relativos ao setor de  energia, entre empresas e governos, praticamente todas as empresas americanas envolvidas em energia nuclear, desde beneficiamento a usinas, são clientes deste escritório, a maior delas a Westhinghouse. Pergunta :

      Quais as empresas/paises que apresentaram propostas a Eletronuclear para 4 novos reatores ? A Areva-Siemens européia com o ATMEA 1000, que saiu sem apresentar nada, a russa Atomstroyexport  com o WRE 1000, e a Wethinghouse com o AP1000, considerada a melhor proposta, a unica que assinou um MOU ( memorandum of understanding ), inclusive comprometendo-se a gerar empregos ( thousand high - paying jobs in Brazil ) - www.world-nuclear-news.org/C-Brazilian-AP1000-collaboration-for-Westingh...

       O MOU foi assinado em junho de 2015, mas muitas pessoas, pesquisadores, engenheiros, acreditavam que pelo extenso horizonte do programa, reatores próprios, de ciclo completo, semelhantes a estes "1000 series", poderiam ser aqui desenvolvidos, com base nos desenvolvidos pela MB em Aramar, pois até é lógico, mesmo para quem não é do ramo : Se um País consegue desenvolver um reator para um submarino, tem tecnologia e engenharia mais que suficientes para um simples reator para fornecimento de energia.

         Othon, o pai de Aramar, foi preso, perseguido pelos procuradores e massacrado pela midia.

        Entenderam um pouco do  lobby juridico empresarial , operações contra a soberania, e eliminação de concorrência.

        

Seu voto: Nenhum (2 votos)

junior50

Programa Nuclear Brasileiro - o retorno do embate

Prezado Junior, você sabe bem dessa história: 

No pano de fundo do policiamento político Operação Lava Jato sobre a Eletronuclear está a velha clivagem entre a visão nacionalista e  a chamada vertente "entreguista". Ou seja, a diferença histórica entre aqueles que defendem a importação de tecnologia americana, e a outra, os defensores do desenvolvimento autônomo.

Se Angra I pode ser considerado uma "vitória" da chamada ala "americanista", o acordo celado com a Alemanha Federal no governo Geisel não deixa de ser a consolidação da vertente "nacionalista"; em ambos os casos, prevalece o pivot de interesse norte-americano como direcionador dos ventos de nossa política nuclear. Se no primeiro caso (acordo Westinghouse), a construção americanista se deu no âmbito do programa "Átomos para a Paz"encetada pelo presidente Eisenhower, no segundo caso, está na decidão, no anos 80, da  ruptura unilateral pelos Estados Unidos no fornecimento de tecnologia, o que fez com que procurássemos a Alemanha Ocidental (acordo com a Kraftwerk Union-Siemens, para o subsequente desenvolvimento de nosso programa nuclear.

Portanto, há precedente histórico, com a mesma dialética entre os interesses. Ou seja, é da época também as rusgas e os interesses pautados pela imprensa em defesa de um ou outro lado. 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Luiza
Luiza

Cooperação sé se for no interesse yankee. Br vira-lata !

Pois é....nunca essa cooperaçao entregaria informaçoes que viessem a prejudicar empresas yankees, jamais,,,,porque a cooperaçao internacional foi criada exatamente para funcionar como um instrumento de intereferencia norte americana em outras naçoes para garantir unicamentes os seus próprios interesses. A que ponto chegamos -  brasileiros vao aos eua entregrar informaçoes que serão usadas para instruir processos contra a nossa propria petroleira(!), e, ainda por cima, a "contrapartida" deles para nós foi a de "entregar" graciosamente  informaçoes contra a nossa Eletronuclear(!) . Quem vê inocência e boa fé nessa tal de "cooperaçao interncaional" acredita até em saci-pererê. Á mim esses brasileiros nao enganam..

Seu voto: Nenhum (1 voto)

temos 3 poderes...

e não é segundo nós, nossas leis, nossa constituição,

mas sim segundo os verdadeiros donos de tudo, de todos os mercados, que não pode haver nenhum outro poder totalmente independente ou que seja capaz de fazer todo um país retroceder, qualquer um

o sinal verde para os estados unidos se beneficiarem deste entendimento vem daí, pois consideram que alguém tem que ter o poder para fazer tal coisa, fazer um país retroceder, e fazem pela força militar e paramilitar, sem que nenhum outro poder do país alvo se intrometa

se por aqui estão conseguindo, pois estamos a ver o país ser destruído, enfim, se conseguem isso sem o uso daquelas forças, e manter estas forças custa muito caro atualmente, temos mais é que protestar mesmo contra qualquer poder acima dos 3 que temos, pelos quais muitos morreram e outros seguem desaparecidos

protestar também pela forma como os presos da lava jato estão sendo tratados e pela forma como o MPF tem se alinhado contra os interesses nacionais

chega

nenhuma força pode seguir acima das leis, ou melhor, acima do representante maior de qualquer um dos 3 poderes

se nem por um segundo, que dirá por meses e anos

Seu voto: Nenhum (1 voto)

"não se tem a menor

"não se tem a menor informação se sobre a contrapartida brasileira na cooperação internacional":

 

Nunca vai haver essa contrapartida. O eua enganaram os tontos do mp e pf e ficaram com todas as informações das empresas brasileiras. 

Pense no contrario. Um orgão dos eua munindo a justiça brasileira para ferrar as empresas americanas aqui no Brasil. Isso é impossível e improvavel...

É uma esculhambação total...

Tudo isso ainda é culpa desse republicanismo tosco e infantil da dupla infernal dilma/cardoso.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

por aí mesmo...

foi por isso que brinquei de recomendar o Master Empresarial

não sacam porra nenhum desse mundo e se julgam deuses

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Cooperação Internacional é a forma tucanizada de imperialismo.

Nossos empresários, como Marinho ( e friso empresario e não jornalista)  tendem sempre a buscar o amparo ou em outros paises, como consumidores de tecnologia , ou associados e muitas vezes usam o nosso estado para defender seus interesses. Só gritam contra o estado quando pensam que vão perder o controle sobre ele.  Foi assim desde a colonia, quando usineiros primeiro desgostosos com os impostos  se uniram aos Holandeses, até que deram o  seu golpe  usando as tropas da coroa portuguesa ou espanhola, na verdade não importava, a nação contanto que lucrassem. Portanto as agruras da Globo com ( por ironia) a globalização, não me comovem . Mas me comove sim a possibilidade da destruiçao  de nossa economia,.

Destruir nossas empresas não significa colocar nada de bom em seu lugar. A destruição de nossas empreiteiras, o controle do nossa agricultura , através de ações  fortes nos nossos agronegócios  e principalemente a destruição de nossas empresas estatais não significa modificar o panorama social significa apenas a submissão total  Este caos instalado no congresso, tem sido o espaço para aqueles que aproveitam para passar emendas a favor da  flexibilização das leis trabalhistas , que segundo eles nos colocariam em pe de igualdade com o resto do mundo. Será mesmo, ou é apenas a preparação para a entrada deste capital selvagem. As emendas sobre o pre-sal , querem salvar a Petrobrás??? Mudanças no contrato do pré-sal não nos favorecem em nada. Além de outras  emendas que congelam as verbas tornando-as controláveis por congressistas pagos por interesses  que nada tem a ver com o pais. Este caos todo em nossa política só comprometeu nossa economia e favoreceu a banca.  

  Este caos, esta cruzada contra a corrupção é apenas  fumaça que esconde   e cria condições para este tipo de ataque. Só e apenas num momento como este, o Procurador Geral da Republica  se sentiria a vontade para  cometer um verdadeiro crime  a luz do dia.  Como se pode aceitar que   Ministério Publico  va municiar a destruição de um bem publico construido com muito trabalho, com desenvolvimento de muita pesquisa, com muita produção e objeto de tanta cobiça.  Isto para mim é crime de lesa -patria. Estes documentos, municiam acionistas que no meio de uma crise do petróleo, viram suas ações definharem. Assim as montanhas de dinheiro que até o momento não se provou que tenha saido dos cofres da Petrobrás, mas sim dos cofres das empreiteiras,  são usadas contra a petrobrás, para fragilizá-la . Ao mesmo tempo  o ataque longo e demorado contra as empreiteiras , com requintes de discursos  anti-corrupção, tem como efeito, não a punição mas sim quase dois anos de paralisia.  Prisão preventiva não resolve e nem pune corrupção, mas pune o país.  Curiosamente usam o  mote  de que agora estamos acabando com a impunidade.  Mas o pau continua batendo apenas em Chico.

  Não me venham dizer que isto é nacionalismo atrasado, pois com disse Nassif o nacionalismo americano é multinacional.  Eles sabem do papel do estado  e sabem que no Brasil de empresários que são consumidores de tecnologia, que não investem em pesquisa e desenvolvimento, num país onde a burguesia jamais fez sua revolução industrial,  só o estado foi capaz de nos trazer aonde chegamos. Só se tem pesquisa de alto nível nos Institutos de pesquisa estatais, nas universidades, nas empresas estatais, ou nas empresas que nasceram de estatais. Empresas que sempre tiveram em seu DNA , departamentos de pesquisa e desenvolvimento , departamentos que visando o novo, não se submetiam apenas ao lucro imediato. Este é um conceito que nossas empresas não tem.  E é por isto que  os ataques começam sempre com um discurso de Estado mínimo ou de privatização do ensino superior. Temos no Brasil uma grande parte do  empresariado que ou é apenas financeiro ou apenas consumidor de tecnologia . empresários  cujo sonho é se associar a uma multinacional. As raras exceções são para comprovar a regra. Inventaram então os economistas que colocaram empresas nacionais em bolsas internacionais.  Juntando isto à enorme quinta coluna,  temos agora um Procurador Geral da Republica que municia a destruição do que é não apenas uma empresa, mas é de fato o maior exemplo do Brasil que deu certo.  Um Brasil que cresce e é imenso, e apesar dos sanguessugas,  vai em frente, Mas este  fato criminoso só mostra que uma procuradoria e parte do judiciário  e da policia, e parte da camara, tem patrões estrangeiros.

Observo com cautela os acontecimentos na FIFA, não que ela em si não seja corrupta, e que tudo que está saindo a tona não tenha a ver com esta corrupção, no entanto é crucial observar  que de fato tudo parece convergir para um país que sequer tem o futebol como maior esporte.  Não  posso conceber  que isto tenha boas intenções. Um pais que até agora não puniu  os famosos CEOs de Wall Street que há bem pouco tempo , e de forma criminosa, jogaram o mundo numa crise sem precedentes.  Este país não tem a menor moral para falar em impunidade,

E para finalizar  este país   a quem o procurador  municia é o mesmo país que há anos faz  pressões incriveis contra a possibilidade do Brasil criar uma industria de refinamento de  Urânio. Isto me força a concluir que  como tantos outros réus na Lava jato, Othon SIlva e a Nuclebras não são alvos da luta contra a corrupção.

Não é atoa que criminalizam tanto as ações internacionais de Lula.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Ugo
Ugo

parabéns

Conhecimentos e lucidez, parabéns.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

muito obrigado pela aula...

quando bem colocada, com esta sequência, outra mais didática é impossível

Seu voto: Nenhum (2 votos)

peregrino

Assino junto com vc.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

lenita

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.