newsletter

Assinar

A desconstrução do choque de gestão mineiro

Nas eleições norte-americanas de 1877, o magnata William Henry Smith, um dos principais acionistas da Western Telegraph (o monopólio estatal de telégrafo sem fio) e da Associated Press (única agência de notícias do país) aliou-se ao New York Times para promover a candidatura de Rutherford Hayes à presidência da República.

A estratégia adotada foi a de enaltecer cada espirro de Hayes e desconstruir cada declaração do adversário.

***

Esse modelo de atuação política da mídia atravessou o século 20.

Hoje em dia tem-se uma Lei de Acesso à informação que, universalizada, permitirá construir indicadores de desempenho de cada governante. Mas, por enquanto, dados, especialmente estaduais, ficam em uma caixa preta que só é aberta quando assume um novo governador.

***

É o caso do modelo de gestão de Minas Gerais, pelo PSDB.

Seu início foi promissor, resolvendo a questão do déficit fiscal de Minas, implementando ferramentas de gestão do setor privado, definindo planos de ação detalhados.

Depois, gradativamente foi perdendo vitalidade especialmente depois que o ex-governador Aécio Neves submeteu o sucessor, Antônio Anastasia, a um conjunto de acordos políticos que na prática desmontaram a gestão do estado.

***

Esta semana o novo governador, Fernando Pimentel, divulgou no site Diagnóstico MG (http://migre.me/pn72E) os resultados da apuração feita sobre o trabalho do seu antecessor.

Um dos argumentos para a construção da Cidade Administração era o da redução dos custos de aluguéis. De 2010 a 2014, os gastos com alugueis saltaram de R$ 13 milhões para R$ 65 milhões.

***

Na área da Inovação, por lei estadual o estado investe 1% do ICMS na Fapemig (Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais). Em 31 de dezembro passado, estavam retidos, sem uso, cerca de R$ 580 milhões, o equivalente a um ano e meio de seu orçamento. Mesmo abrigando algumas das melhores universidades federais, o estado obteve apenas 7% dos repasses do Ministério de Ciência e Tecnologia, contra 27% de São Paulo e 19% do Rio de Janeiro.

***

Na saúde, segundo a Secretaria estadual o rombo é de R$ 1,5 bilhão. Dos 12 hospitais regionais, apenas o de Uberlândia ficou pronto. Outros três não saíram do papel e oito estão com as obras paradas.

De janeiro de 2006 a janeiro de 2015 houve redução de quase 5 mil leitos nos hospitais que atendem à rede SUS, o correspondente a 13% dos leitos.

***

Andou-se para trás mesmo em programas que não dependiam de recursos estaduais.

Até fins de 2014, apenas 25% dos municípios mineiros tinham acesso ao SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) fornecido pelo Ministério da Saúde . Minas tornou-se o terceiro estado do país com menor cobertura de ambulâncias. Segundo o site, bastaram três meses, para esse percentual saltar para 55%.

O mesmo ocorreu com a oferta de remédios na rede pública. Em janeiro faltavam 165 tipos diferentes de medicamentos, 77 dos quais eram de grupos de alto risco.

O belíssimo trabalho inicial da Secretaria foi desmontado, depois que acordos políticos de Aécio entregaram o comando a aliados políticos.

***

Muitos dos vícios apontados na área federal reproduziram-se de forma muito mais intensa em Minas. A diferença de imagem reside unicamente na oligopolização da mídia e na forma enviesada da cobertura.

Média: 4.3 (41 votos)
160 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Murilo Costa
Murilo Costa

Dívida pública de MG

Caro Nassif,

Em relação ao  propalado choque de gestão de Aécio Neves, como é possível afirmar que "Seu início foi promissor, resolvendo a questão do déficit fiscal de Minas", se a dívida pública cresceu vigorosa e persistentemente entre 2002 (R$ 34 bi) e 2014 (R$ 88 bi)?

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de francisco sobral
francisco sobral

é o que eu digo, plantou-se

é o que eu digo, plantou-se no Brasil uma idéia de que existe um partido ou grupo ruim e outro que é a salvação. Muitos só estão vendo o lado ruim do grupo governista tido como ruim. AS pessoas estão indo à rua por conveciência, por falta de opção, por ter votado na direita, mas se realmente fosse para a rua com pensamento crítico, pediria coisas diferentes, pedria reforma política de verdade e não fora Dilma, pediria fim da corrupção geral e não ficaria vendo apenas os descalabros do PT. Mas muitos decidiram espiar por vezes sua própria desgraça num único Cristo. Imagina a cena: o povo está indeciso e lá no meio alguém começa a gritar crucifica-o cada vez com mais força.....se vc é fraco começa a gritar tb sem analisar se ele merece ou não ou pior queme stá gritando e instigando e que moral tem pra isso?....já vimos esta cena.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de francisco sobral
francisco sobral

é o que eu digo, plantou-se

é o que eu digo, plantou-se no Brasil uma idéia de que existe um partido ou grupo ruim e outro que é a salvação. Muitos só estão vendo o lado ruim do grupo governista tido como ruim. AS pessoas estão indo à rua por conveciência, por falta de opção, por ter votado na direita, mas se realmente fosse para a rua com pensamento crítico, pediria coisas diferentes, pedria reforma política de verdade e não fora Dilma, pediria fim da corrupção geral e não ficaria vendo apenas os descalabros do PT. Mas muitos decidiram espiar por vezes sua própria desgraça num único Cristo. Imagina a cena: o povo está indeciso e lá no meio alguém começa a gritar crucifica-o cada vez com mais força.....se vc é fraco começa a gritar tb sem analisar se ele merece ou não ou pior queme stá gritando e instigando e que moral tem pra isso?....já vimos esta cena.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de janes salete
janes salete

A única coisa que fica clara

A única coisa que fica clara nos comentários contra o PT, é o desconhecimento, o analfabetismo político que predomina nesses seres teleguiados. A ignorância sobre o próprio país é quase coisa de louco, irracional. O ódio que a mídia propineira e corrupta tem incutido, através de vômito diário,  nesses senhores e senhoras, é algo não humano. É bestial. Defender os interesses da imprensa oligárquica, sonegadora e antipaís, é de envergonhar qualquer cidadão que tenha  conhecimento sobre o próprio país. Esses analfas políticos teleguiados, não raciocinam, odeiam e só. Coisa de louco irracional. .

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de yacov
yacov

Se todas as mães são santas,

Se todas as mães são santas, porque é que o mundo tem tantos canalhas !?!? (um velho sábio chinês)

 

"O BRASIL PARA TODOS não passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÂO & GOLPES - O que passa na REDE GLOBO DE SONEGAÇÃO & GOLPES é um braZil-Zil-Zil para TOLOS"

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de rodrigo Oliveira
rodrigo Oliveira

é para rir desse nassif

Nassif por favor se informe sobre minas antes de publicar este tal de pimentel foi prefeito de bh por 4anos anos de ócio onde ele nao fez nada além como todo bom petista aumentar o iptu. Se reelegeu fazendo uma trincheirinha vagabunda onde o que mais chamou atenção foi uma estátua satanica que ele colocou la dentro como ministro virou as costas para minas e nunca fez nada para o estado. Agora nassif você ta ganhando quanto para publicar isso aí pois aqui em minas isto nao teve repercussão nenhuma. Como dou crédito a um governo que assume dizendo que nao tem dinheiro para pagar o funcionalismo e quando e ameaçado em responder na justiça o dinheiro aparece?

Seu voto: Nenhum (26 votos)
imagem de Flaviano
Flaviano

Estátua satânica

E a tricheirinha vagabunda caiu na cabeça de quem? Ah, não caiu.

Vamos imitar o EI e destruir a estátua satânica para demonstrar nossa civilidade.

Seu voto: Nenhum
imagem de Marcelo Henrique M. Valadares
Marcelo Henrique M. Valadares

Pimente

Não procure saber as coisas sobre o Aécio em Minas. Em Minas nada se publica contra o Aécio e o PSDB. 

Pimentel encerrou seu mandato de prefeito em Belo Horizonte com índices de aprovação superiores a 90%. Sua gestão foi marcada por grandes investimentos nas áreas urbana e social. As obras realizadas em seu mandato mudaram o traçado de Belo Horizonte e proporcionaram avanços na qualidade de vida da população. Melhorias no trânsito, urbanização de vilas e favelas, construção de moradias, manutenção de serviços essenciais nos bairros, repaginação da área central da cidade, além de um planejamento de atuação nas áreas de risco geológico, foram ações relevantes no âmbito das políticas urbanas. Entre os destaques estão o "Vila Viva", considerado o maior programa de urbanização de vilas e favelas do país, a duplicação da avenida Antônio Carlos, a conclusão do Complexo da Lagoinha e a revitalização do centro de Belo Horizonte. Outro feito importante em sua gestão foi a inauguração da milésima obra do programa "Orçamento participativo". 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Por onde anda o Chico Pedro?

Entonces aproveita Rodrigo e me responda uma só pergunta que fiz ao grande Chico Pedro:

Qual foi a obra de Aécio + Anastasia para o Estado de Minas Gerais? Quero só uma rodrigo, eu disse UMA.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Marcos Giraldi
Marcos Giraldi

E você, tá ganhando quanto?

Você está esquecendo de um detalhe 'técnico' irrelevante,

Os dados apontados pelo Nassif, e que estão no site do link que aparece na matéria são...

OFICIAIS.

Isto é, não é um politíco ou um partido ou uma associação qualquer que está informando a quem quiser ouvir ou ler os tais números.

É só o Governo do ESTADO DE MINAS GERAIS!

Percebe o tamanho da diferença do que você disse que os números são para o que os números de fato são?

Um exemplo tucano: Há uns dez anos ou mais o Secretário de Segurança do Estado de São Paulo veio a público e disse: 'A ciminalidade caiu, aqui estão os números...' e citou porcentagens atrás de porcentagens.

Admito que não me lembro exatamente das porcentagens por isso advirto que estou 'chutando'. Em dado momento ele disse; 'E os assaltos a banco caíram 2%'.

E foi aí que o caldo entornou... 

Porque a Fderação dos Bancos, no dia seguinte ou no máximo dois dias depois, veio a público e disse: 'Os números do Governo do Estado de São Paulo, divulgados por seu Secretário de Segurança, estão errados, a prova é que de acordo com um levantamento interno podemos dizer que os assaltos a banco subiram 3%. Foi o maior auê!

Uma semana depois lá estava o Secretário de Segurança de novo para admitir um 'erro no processamento dos dados' e que, 'na verdade', os assaltos a banco haviam subido... 4%! E não era o único número que teve que ser revisto dessa forma...

Um amigo meu (tucano) usa o caso até hoje para ilustrar (segundo ele) a transparência do governo tucano no estado.

Porque, de fato, se o Governo do ESTADO DE MINAS GERAIS diz que é assim que é, e fornece os  números (NESTE CASO) para que possam ser averiguados por terceiros interessados, e você não acredita no que o Governo do ESTADO DE MINAS GERAIS está dizendo... cheque os números.

E conte pra todo mundo os erros que você encontrar, garanto que vai ter quem lhe ouça!

Só não veha fazendo arremedo de acusação difamatória;

PS: 'Não teve repercussão nenhuma' diz mais sobre de onde VOCÊ tira suas informações sobre os fatos que afetam a SUA vida do que outra coisa.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de JFO
JFO

Ele é leitor do jornal Estado de Minas

Praticamente toda a imprensa mineira colocou a reportagem sobre estes desmandos como se fosse inércia do Pimentel em resolver tudo nos três meses de governo.
Triste ler matérias cheias de análises pessoais contra a auditoria do governo, tipo: "utilizando as mesmas palavras da campanha", "praticamente, ainda em campanha", entre outras. E com quadro de destaque para o PSDB responder com um "essa auditoria é o maior fiasco do governo Pimentel!"

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Marcos Giraldi
Marcos Giraldi

Um adendo...

Digite 'Secretaria de Segurança Pública São Paulo erro número de assaltos a banco' no Google.

Foi em janeiro de 2007 e meus números (admitadamente chutados) estão bem errados (os números e a diferença entre ambos possuem dois dígitos).

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Esqueceram de mim

Se eu fosse o Pimentel eu levava um companheiro que dava jeito em tudo isso aí.

Seu voto: Nenhum (23 votos)

Só dói quando eu rio. 

imagem de Josue Calixto Adão
Josue Calixto Adão

A culpa não é minha, eu nunca votei no Aécio !!!

Retirado lá do Blog da Cidadania:

http://www.blogdacidadania.com.br/2015/04/rogerio-correia-aecio-pos-um-p...

-------------------------------------------------

Desconstruindo o “Mito”

Eis aqui uma coletânea de frases do playboy carioca: http://www.recadox.com.br/frases/aecio-neves/3

O discurso: “O que buscamos são alternativas para os desafios do nosso tempo, reunindo a preocupação ambiental”

A prática: http://g1.globo.com/minas-gerais/noticia/2014/06/mp-denuncia-secretario-estadual-de-meio-ambiente-da-gestao-anastasia.html

O discurso: “O sal de nosso batismo, como povo, teve o sabor da liberdade. Não fomos educados para a dócil aceitação do despotismo, mas, sim, instruídos pelas vicissitudes a encontrar a paz no diálogo entre iguais.”

A prática: https://vimeo.com/86113673

O discurso: “Os projetos corretos, bem planejados, serão, todos eles, mantidos e talvez até com um nível de eficiência maior, porque teremos sempre, como tivemos historicamente, o cuidado de não partidarizar excessivamente a máquina pública.”

A prática: https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=w_wnqzwQDsI

O discurso: “A raiz dos grandes problemas brasileiros é a crescente e absurda concentração de receitas tributárias nas mãos da União”

A prática: http://noticias.r7.com/eleicoes-2014/minas-gerais/justica-mantem-minas-como-reu-em-acao-de-uso-indevido-de-r-3-bi-na-gestao-aecio-29072014

O discurso: “É recompensador andar por Minas Gerais e receber o reconhecimento, o abraço afetuoso e o olhar de confiança dos mineiros. Temos lutas enormes a enfrentar, mas vemos uma Minas diferente daquela de 2003.”

A prática: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2014/10/como-explicar-derrota-de-aecio-neves-em-minas-gerais.html

O discurso: “Devemos ressaltar a necessidade de uma reforma do Estado, fazer diferente do governo atual, que tem inchado a máquina”

A prática: http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/helena/2014/07/aecio-e-campos-criticam-dilma-mas-elevam-gastos-publicos-em-mg-e-pe-7762.html

O discurso: “A integração das ações, da inteligência, das diligências da Polícia Civil e da Polícia Militar é o caminho mais curto para nós enfrentarmos com êxito o problema da segurança e da criminalidade.”

A prática: http://www.otempo.com.br/cidades/homic%C3%ADdios-crescem-80-e-minas-lidera-ranking-regional-1.683102

O discurso: “Defendo que as coisas sejam naturais. Não acredito em imposições, em alianças forçadas que vem de cima para baixo, pois elas não se traduzem em votos, em apoio da militância e das pessoas, portanto, o que está ocorrendo em nosso campo são alianças naturais.”

A prática: http://www.cartamaior.com.br/?/Editoria/Politica/Por-que-Aecio-perdeu-em-casa-/4/32128

O discurso: “Vou estar de mangas arregaçadas, caminhando por toda Minas Gerais para que nós possamos continuar avançando, impedindo que qualquer retrocesso tome conta do nosso Estado.”

A prática: http://www.conversaafiada.com.br/politica/2014/07/03/tiririca-e-melhor-que-o-aecio/

O discurso: “A Cidade Administrativa é uma obra que resume o princípio que norteou minha gestão: conferir eficiência e qualidade à administração pública e, ao mesmo tempo, fazer com que ela seja indutora de desenvolvimento econômico e social”

A prática: http://www.otempo.com.br/capa/pol%C3%ADtica/cidade-administrativa-consome-r-120-milh%C3%B5es-por-ano-1.1020666

O discurso: Minas é minha causa, minha casa, meu chão. Minas é minha pátria.”

A prática: http://www.pt.org.br/aecio-gasta-mais-com-viagens-ao-rio-do-que-para-minas-estado-que-o-elegeu/

A criação do Mito em 2004: http://veja.abril.com.br/280404/p_052.html

A revelação da fraude em 2015: http://www.diagnostico.mg.gov.br/

Para acompanhar as verdades ocultas pela velha mídia sobre o playboy carioca visite:

https://aecionevescensurado.wordpress.com

http://aecionevesnao.blogspot.com.br/

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Eduardo CPQs
Eduardo CPQs

EPA!

Olá, Luna,

ainda não li comentário algum, por isso posso estar repetindo: Western Telegraph (o monopólio estatal de telégrafo sem fio), podia ser monopólio, mas não era estatal, nem nunca foi!

Com um abraço.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Ainda faltam dois " top five " a serem levantados...

1- o real motivo do trabalho sem remuneração da irmãzinha....e

2- os imbróglios  dos aécioportos...

fazendo isto,  é caixão e  vela preta nas pretensões do playboy das Ipanemas..

Seu voto: Nenhum (11 votos)

 

A desgraça daqueles que não gostam da "arte maldita" da política, é ser governado por aqueles que gostam......

imagem de Dorival 247
Dorival 247

É o mesmo choque que Haddad promove em SP, apoiado por Gerdau

Mas esse Choque de Gestão serviu de modelo para Haddad em São Paulo.

Leiam essa notícia, que está na web:

"Agora, quando completa 10 anos de sucesso, o Choque de Gestão [de Aécio] será modelo também para a maior prefeitura do país e hoje, do PT. O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, determinou que o seu secretário de Finanças, Marcos Cruz, fosse a Belo Horizonte se reuniu com a secretária de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais, Renata Vilhena. O objetivo: conhecer de perto as bases do Choque de Gestão.

A ação de Haddad, muito mais do que exaltar uma iniciativa do PSDB, tem outro grande simbolismo: ele tem tudo para fazer uma administração diferente do que o PT faz no governo federal e ao longo de suas história. Esta pode ser a primeira vez que um governo petista não seja movido pelo rancor do embate eleitoral ou por interesses partidários, mas sim por métodos modernos, transparentes e eficientes de administração pública, como é o Choque de Gestão criado por Aécio Neves."

ENTÃO:

Se o Choque foi bom, Pimentel está errado e Haddad certo?
Se não, Pimentel acerta e Haddad erra?

Como o texto é de autoria do próprio Nassif, seria interessante que ele respondesse às indagações acima. Defenderá Pimentel ou Haddad?

E mais, esse Marcos Cruz foi colocado para cuidar dos IMPOSTOS e taxas paulistanos pelo GERDAU. O mesmo GERDAU que está todo enrolado na Operação Zelotes, altamente suspeito de ter pago irrisórios 50 milhões de propina para cancelar uma dívida de IMPOSTOS de 4 Bilhões.

De que lado está Haddad? E Nassif?

Mas este texto corre imenso risco de ser censurado pela mídia...

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Dorival 247
Dorival 247

Retificando - o texto de Nassif não é o entre parênteses

O texto de Nassif é o que está postado neste blog e que gerou a minha colocação. NÃO É O QUE ESTÁ ENTRE PARÊNTESES em meu texto. Peço-lhes desculpas pelo engano.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Eliane Ribeiro
Eliane Ribeiro

Cara voces,não tem vergonha

Cara voces,não tem vergonha acha que aqui é igual os blogs de pisicopatas que voces frequenta.

As pessoas aqui passaram pela fila do cerebro.Vem postar um lixo apocrifo destes,e atribuindo ao Nassif!

Aposto que esse lixo foi confecciona ontem. para manter presos os anencefalos,pois ninguem é tão burro assim que não questione a falta de indignação do PSDB,quanto a bandidagem da Zelote.e que não possa ligar 2 pontinhos que é derrota do aecio em Minas e farsa desmascarada pelos numeros!

Seu voto: Nenhum (13 votos)
imagem de Dorival 247
Dorival 247

OBS: o texto de Nassif NÃO é o entre parênteses

OBS: o texto de Nassif NÃO é o entre parênteses, é o postado aqui no blog, o que gerou os posts. Peço-lhe desculpa pela confusão.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Dorival 247
Dorival 247

O ódio seu de cada dia

Amiga, não entendi muito bem seu comentário, pareceu-me que seus dedos estavam com ódio ao teclar. Assista ou ouça às inserções do PT (para mim o melhor partido do Brasil, não misture-o com alguns políticos petistas) contra o ódio da direita.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Só rindo mesmo,desculpa tucana preferida é qrer se igualar ao PT

 procurando pela "notícia" na web acha-se duas fontes: psdb.org.br e queremosaecioneves.com

Seu voto: Nenhum (15 votos)

Putz. Ques fontes hein? Esse

Putz. Ques fontes hein? Esse aí deve acreditar no perito dos EUA contratado pelo psdb por 200 milhões pra dizer que a lista de Furnas é falsa. Ele prefere acreditar nisso do que na perícia feita pela PF e no delator Nilton Monteiro. Ele também não acredita no Youssef quando ele diz que o Aócio recebia mensalão em Furnas mas acredita no mesmo cara quando ele delata "petralhas".

Seu voto: Nenhum (10 votos)

Não me esqueço das diversas

Não me esqueço das diversas matérias que o Nassif publicava elogiando a gestão tucana e, principalmente, a capacidade e inteligência de Anastasia em gerir MG. Cada post continha discussões acalouradas daqueles que moram em Minas ,em contraposição ao Nassif que é mineiro , mas mora em SP.  Era notório que, o que Nassif dizia era diferente do que vivíamos em MG. Nassif, não quero criticá-lo mas que sirva de lição para todos. Por mais que sejamos especialistas e possamos ter a pretensão de conhecer um Estado e as políticas executadas, sejamos mais cautelosos as análises.  Termino com um provérbio bem sugestivo. POR FORA BELA VIOLA, POR DENTRO PÃO BOLORENTO.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Dorival 247
Dorival 247

Faltou você posicionar-se...

Meu caro Gão,

As fontes tucanas são desqualificáveis, concordo. Mas disseram-me que Haddad tem promovido um choque de gestão baseado no do Aécio, está acontecendo, parece. E através das mãos de um afilhado do Gerdau. O tal secretário tá cuidando do galinheiro enquanto o titio lobão aprontou, conforme informa a Polícia Federal. Em relação a isto, faltou você posicionar-se, se não lhe for um incômodo, é claro.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Eliane Ribeiro
Eliane Ribeiro

Não te disseram também que

Não te disseram também que foi o Haddad que desbaratou a mafia do ISS ,deixada pelo serra e seu vice kassab!

e por favor não me venha com mediocridades tipo o kassab é ministro da Dilma.

Voltando a Zelote e esse é seu unico posicionamento,apenas a empresas que vocês conseguem fazer uma ginastica que te disseram que leve ao PT! e a outras bandidas envolvidas? já cobrou do titio aecio a coleta de assinaturas para uma CPI?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Você apenas nos informa que a

Você apenas nos informa que a notícia está na "web".

 

Assim, sem saber quem a publicou, não temos como avaliar se o que está escrito corresponde à verdade e às intenções de Haddad.

 

Note que a afirmação: " Esta pode ser a primeira vez que um governo petista não seja movido pelo rancor do embate eleitoral ou por interesses partidários, mas sim por métodos modernos, transparentes e eficientes de administração pública, como é o Choque de Gestão criado por Aécio Neves."  é apenas uma opinião, dada por um autor até aqui anônimo. Não existem indícios concretos de que sejam verdade nem a primeira nem a seguna partes. Parece apenas opinião, ou pior, propaganda.

 

 

Seu voto: Nenhum (8 votos)

Dorival 247, nem Haddad nem

Dorival 247, nem Haddad nem Pimentel estão errados. O que ocorreu é que o PIG fez do Aécio Neves o maior administrador do mundo. Diante desta falácia,  o Haddad mandou seu Secretário a Minas para ver de perto o que o PIG falava sobre Minas. Como não encontrou nada que pudesse ser aproveitado no CHOQUE DE INDIGESTÃO TUCANO, o Secretário voltou para São Paulo de mãos vazias.

O mal de vocês tucanos é ver a sombra de um anão projetada pelos holofotes do PIG como um gigante e não olharem de onde vem a luz.

Seu voto: Nenhum (20 votos)

Juatiça igual para todos: petistas, tucanos, demos, pmdebistas e todo o resto.

imagem de Dorival 247
Dorival 247

Faltou você posicionar-se sobre.....

Meu caro Gilson.Raslan

Tucano não sou. O PT está pagando pela más escolhas e imposições de Lula: Dilma apanhando por não ter força política e por não ser política, infelizmente, e Haddad do alto da sua arrogãncia tipicamente paulistana (tucana?) indo pelo mesmo caminho, sem correção de rota. Infelizmente, não para ele, mas para o partido (o PT).

Comenta-se que Haddad tem promovido um choque de gestão baseado no do Aécio, está acontecendo, parece. E através das mãos de um afilhado do Gerdau. O tal secretário tá cuidando do galinheiro enquanto o titio lobão aprontou, conforme informa a Polícia Federal.

Em relação a isto, faltou você posicionar-se, se não lhe for um incômodo.

 

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Eliane Ribeiro
Eliane Ribeiro

Gilson voce leu o texto desse

Gilson voce leu o texto desse Dorival!

isso que ele escreveu é lixo apócrifo.....ele atribui tamanha barbaridade ao Nassif e mete a Gerdau no meio,devido a zelote.

Seu voto: Nenhum (9 votos)
imagem de Dorival 247
Dorival 247

Nada foi atribuído a Nassif

Cara Dona Eliane Ribeiro,

Leia com mais calma, pois nada foi atribuído a Nassif, grande jornalista contemporâneo, que admiro e por isso frequento o blog. Gosto muito do blog.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Eliane Ribeiro
Eliane Ribeiro

tudo bem Dorival,talvez eu

tudo bem Dorival,talvez eu tenha entendido errado,mais seus comentarios sairam meio estranho.

de qualquer forma mais AMOR menos ODIO.

Seu voto: Nenhum

Matéria de Outubro de 2014 já desconstruía o Choque de Gestão -

Economista explica como governo maquiou os números para esconder falência

  http://www.brasildefato.com.br/node/30063

06/10/2014

Thaíne Belissa,

Belo Horizonte (MG)

Uma dívida de quase R$ 80 bilhões e uma coleção de déficits históricos. Quem mora em Minas Gerais e está acostumado a ler apenas boas notícias sobre o governo estadual nem pode imaginar que esses números negativos são de seu Estado. Mas uma análise detalhada dos dados da Secretaria da Fazenda feita pelo doutor em economia e professor da Escola de Governo da Assembleia Legislativa de Minas Gerais Fabrício Augusto de Oliveira aponta que, ao contrário do que dizem as propagandas sobre o Choque de Gestão, Minas Gerais está em maus lençóis em sua situação financeira.

O economista, que também foi professor da UFMG e da Fundação João Pinheiro, estudou a dívida mineira e escreveu diversos artigos sobre o assunto, além do livro “Dívida Pública do Estado de Minas Gerais: A Renegociação Necessária”. Para ele, o que acontece é um exemplo da prática da Contabilidade Criativa, técnica usada por empresas públicas e privadas, desde 1970, para mascarar números não favoráveis.

“Os governos começaram a usá-la principalmente depois da Lei de Responsabilidade Fiscal para não sofrerem punições. Eles fazem isso escondendo gastos, jogando despesas em outras rubricas, lançando no orçamento receitas não recorrentes, ou seja, que não vão ocorrer todo ano”, diz. Em Minas Gerais, ele afirma que a prática acontece desde 2003, no início da gestão de Aécio Neves. De acordo com o economista, o governo adotou o conceito de resultado orçamentário em suas contas, o que permitiu a maquiagem dos números.

“Na avaliação de finança pública esse conceito não tem significado e foi usado só para vender boa imagem. A questão é que ele inclui na conta a contratação de crédito, o que não é receita, mas um recurso para o pagamento de uma dívida. Além disso, ele não inclui os juros e amortização da dívida com a União”, explica. Segundo o professor, o conceito adequado para a avaliação das contas no Estado é o de resultado nominal, que inclui os juros da dívida pública. 

Peça de marketing

O economista afirma que, apesar de o governo ter divulgado que estava resolvendo o problema da dívida, a verdade é que o estado nunca deixou de ser deficitário e o Choque de Gestão foi muito mais uma peça de marketing do que uma estratégia eficiente. “Em Minas Gerais todo mundo tem medo de falar, seja imprensa ou consultores. Parece que estamos no paraíso, mas isso é uma ilusão. O governo fala muito em saúde e em educação, mas sempre foi devedor dessas áreas”, frisa.

Baseado em dados da Secretaria da Fazenda do Estado de Minas Gerais, o economista destaca que, no ano passado, o Estado teve déficits em todos os conceitos: orçamentário, nominal e primário. Ele chama a atenção para o déficit primário, de R$86 milhões, que não acontecia desde 1999. De acordo com o professor, esse número é preocupante, pois significa que o governo não está sendo capaz nem de pagar seus gastos básicos.

“Além de não dispor de recursos para pagar um centavo dos encargos da dívida, o governo ainda se vê obrigado a recorrer a novos empréstimos para honrar suas despesas primárias”, afirma. Ele também destaca o déficit nominal, de R$8,9 bilhões, que compromete 20% da receita líquida do Estado. Diante desse desequilíbrio orçamentário, a dívida consolidada líquida só aumenta, tendo saltado de R$70,4 bilhões em 2012 para R$79,7 bilhões no ano passado.

Ataque ao Funpemg

O economista afirma que a situação financeira do Estado ficou tão crítica que ele acabou sem caixa e precisou lançar um pacote de ajuste fiscal, em agosto de 2013. Mas, segundo o professor, como as pequenas intervenções não resolveram o problema imediato do governo, ele arriscou uma manobra maior, extinguindo o Fundo de Previdência do Estado de Minas Gerais (Funpemg) e lançando mão dos quase R$4 bilhões arrecadados pelos servidores.

Aprovadas em tempo recorde e de maneira eticamente condenável, as Leis Complementares 128 e 131, de 2013, não só garantiram o fim do Funpemg, como a transferência de todo seu dinheiro para o Fundo Financeiro da Previdência (Funfip). Para o diretor jurídico do Sindicato dos Servidores da Justiça de 2ª Instância de Minas Gerais (Sinjus-MG), Wagner de Jesus Ferreira, a manobra foi uma atitude desesperada do governo para cobrir seu rombo financeiro. 

“Diferente do Funpemg, no Fumpip não há representantes dos trabalhados e tudo fica no controle do Estado. Na prática, o governo se apropriou dos recursos do fundo, levando tudo para cobrir os déficits de seu caixa”, afirma. Ele explica que, justamente por não ter controle, o Funpip foi alvo de desvios históricos, chegando a uma dívida de R$10 bilhões. Agora, os servidores temem que o ataque à previdência prossiga, ameaçando suas aposentadorias.

http://www.brasildefato.com.br/node/30063

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Demarchi

imagem de Joao Bosco Prudente
Joao Bosco Prudente

Aécio e seu avião

Aécio e seu avião https://www.facebook.com/video.php?v=364515890402841&pnref=story

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Flavio Pepe Calabrez
Flavio Pepe Calabrez

A desconstrução do choque de gestão mineiro.

   Estes fatos só provam como estamos mal de políticos.

   Quase nenhum,dos governos estaduais ao federal,de todos os partidos,tem muitas falhas de gestão.

   Por outro lado também estamos mal de imprensa,pois a maioria dos jornalistas entrou na onda do ".nós ou eles".

   Existe a imprensa golpista e a imprensa chapa branca e pelega,como é o caso do sr Nassif,um jornalista que só enaltece o PT,mesmo nos piores erros do partido.

   Volto a dizer que não existe nós ou eles,existe o Brasil e os brasileiros.

   Desvios devem ser punidos dentro da lei,doa a quem doer,seja PT,PSDB ou qualquer outro partido,e mal governante não deve ser reeleito.

   Nenhum partido comanda um pais,a não ser em ditaduras.

   O que os partidos ganham nas urnas é o direito de governar e expor seus projetos para o país,que nunca são perfeitos,pois são elaborados por seres humanos,por isso mesmo sujeitos a falhas.

   A alternância de poder é um pressuposto da democracia e idéias envelhecem (Marx,por exemplo,é do século 19).

   Idéias e opiniões contrárias não são críticas pessoais,são expressão de opinião.

   Ningém é dono da verdade e ningém é à prova de falhas.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Roberto Aracaju
Roberto Aracaju

Esse ai quer recontar a história

Não existe nós e eles? Tá maluco. É claro que existe patrões e empregados. Psdemb e PT. Vê se eu vou fazer conchavo com essa direita corrupta do psdemb que só sabe destruir os estados que governam: Sampa, Minas e Paraná, só pra cira alguns. Eu, heim cara pálida. Me inclua fora dessa!

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de neotarantini
neotarantini

boçal.

vá se informar seu onagro...

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de marcio100
marcio100

Otima iniciativa de Fernando Pimentel

Fernando Pimentel iniciou o governo em MG com um ato politico de desconstrução da plataforma do PSDB visando claramente 2018. Isso é ótimo por vários motivos:

1. coloca luz e traz a tona dados sobre a realidade do estado

2. ele delimita claramente o que deveria ter sido feito mas não foi ... por exemplo: numeros de hospitais, samu, escolas etc. Assim a população sabe o que deveria ter sido feito e não foi

3. ele se lança a sucessão presidencial em 2018 ou 2022 se, claro, até lá ainda existir o PT

O bom disso tudo é, além de quebrar o mito tucano, é deixar claro as novas metas que Pimentel terá que perseguir no estado. Se, ao final do seu governo, o numero de escolas, SAMU, hospitais não for o que ele julga que deveria ter sido feito a população poderá esfregar na cara dele o proprio documento que ele se apressou em apresentar. TOMARA que ele consiga por tudo em ordem. TOMARA que o mito tucano seja mesmo um mito e que ele consiga arrumar a casa. Quem viver verá.

Aproveito tambem e faço um apelo ao isento Nassif.... coloca aqui a visão do PSDB.... parece que eles responderam ponto a ponto o que foi relatado pelo PT.

Nassif, vc é um cara bom, isento, um exemplo para a midia no pais. Por favor, coloque a replica aqui para os seus seguidores.

Forte abraço!

 

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de marcio100
marcio100

Otima iniciativa de Fernando Pimentel

Fernando Pimentel iniciou o governo em MG com um ato politico de desconstrução da plataforma do PSDB visando claramente 2018. Isso é ótimo por vários motivos:

1. coloca luz e traz a tona dados sobre a realidade do estado

2. ele delimita claramente o que deveria ter sido feito mas não foi ... por exemplo: numeros de hospitais, samu, escolas etc. Assim a população sabe o que deveria ter sido feito e não foi

3. ele se lança a sucessão presidencial em 2018 ou 2022 se, claro, até lá ainda existir o PT

O bom disso tudo é, além de quebrar o mito tucano, é deixar claro as novas metas que Pimentel terá que perseguir no estado. Se, ao final do seu governo, o numero de escolas, SAMU, hospitais não for o que ele julga que deveria ter sido feito a população poderá esfregar na cara dele o proprio documento que ele se apressou em apresentar. TOMARA que ele consiga por tudo em ordem. TOMARA que o mito tucano seja mesmo um mito e que ele consiga arrumar a casa. Quem viver verá.

Aproveito tambem e faço um apelo ao isento Nassif.... coloca aqui a visão do PSDB.... parece que eles responderam ponto a ponto o que foi relatado pelo PT.

Nassif, vc é um cara bom, isento, um exemplo para a midia no pais. Por favor, coloque a replica aqui para os seus seguidores.

Forte abraço!

 

 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Wilson Castillo Llave
Wilson Castillo Llave

Patrocinio

Nada contra vc. Luis Nassif, mas com patrocionios da Caixa e do Sebrae acho que fica díficil ser isento não??

Seu voto: Nenhum (21 votos)

Eu não sei em qual mídia você

Eu não sei em qual mídia você confia, mas já vou avisando que praticamente todas elas recebem dinheiro de publicidade estatal e não é essa mixaria que o Nassif ganha não.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Caixa, Banco do Brasil,

Caixa, Banco do Brasil, Petrobrás, etc, gastam muito mais na grande mídia. Infelizmente, deveriam patrocinar muito mais as redes alternativas de comunicação.

Seu voto: Nenhum (10 votos)
imagem de Pisquila Wine
Pisquila Wine

Pergunte isso também às

Pergunte isso também às Organizações (??) Globo. Ficaram 20 anos mamando nas tetas da ditadura e "foram isentos"...

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Gilberto Neves
Gilberto Neves

Nassif, tenho acompanhado a

Nassif, tenho acompanhado a situação política do meu estado por muito tempo, achei a divulgação do portal Diagnóstico MG uma grande jogada política do Governador Pimentel ao desconstruir o marketing de Aécio, mas tecnicamente não há novidades no que foi apresentado, e a culpa não é necessariamente do Tucano. MG é um estado quebrado há décadas, desde que a turma de outro Neves andou pelas bandas do Palácio da Liberdade que a politicagem foi tomando os quadros do estado, um fenômeno nacional.Políticos do calibre de Newton Cardoso, Helio Garcia e Eduardo Azeredo só colaboraram para que nada fosse adiante, mesmo o respeitado Itamar já governou um estado na penumbra, era constrangedora sua falta de paciência com Azeredo na cerimônia de posse de 99, e sua administração acabou marcada pelo patético episódio da invasão de Furnas... Aécio não tinha como criticar seu antecessor, que o apoiou contra Newtão, e foi seguir com as armas que tinha. Seu choque de gestão tinha bons pontos mas nada que tirasse Minas do buraco, até porque apenas passaria o dinheiro economizado para a manutenção dos parasitas públicos tradicionais.Os investimentos foram todos bancados em empréstimos com bancos públicos e internacionais. Com a derrocada da economia brasileira começou a ficar pesado manter essa linha de crédito, a politicagem que já era grande aumentou muito para garantir o projeto Brasilia 2014 e com o jogo perdido, em um clara demonstração de desamor pela administração pública, o grupo que sai deixou a casa sem convênio algum para garantir seus gigantes compromissos. Politicamente Pimentel fez o que deveria fazer, colocou facilmente a culpa nas costas do grupo derrotado que não tem como explicar. Mas seu futuro será igual do antecessor: Vai aplicar um choque de gestão a sua moda, dando um nome mais popular e entendível, vai alocar os recursos desse choque na manutenção da máquina parasitária e os novos investimentos virão dos mesmos lugares: bancos públicos e parcerias PP. No último debate da TV Globo ele criticou o ICMS de Minas, um dos mais altos do país, mas tenho impressão de que não irá baixar seu imposto dos ovos de ouro... Nassif, Minas é o retrato da maioria dos estados do país, todos vão discutir isso politicamente mas a recuperação da capacidade de investir do Estado só virá com a reforma do Estado Brasileiro e o fim da rapinagem política nos órgãos e empresas públicas, independente do nome bonito que seja dado por um marqueteiro qualquer a um programa de corte de gastos superficiais. Quanto a mídia, bastou um dia para que o Estado de Minas fosse domesticado. Rei morto, Rei posto. Melhor ler "O Tempo" e ouvir a rádio Itatiaia, muita mais independentes e com matérias críticas mesmo durante os "anos de chumbo" do Aécio.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Mgp
Mgp

Me dei o trabalho de ler todo

Me dei o trabalho de ler todo seu texto. Você fez um apanhado e mistura alhos com bugalhos. Não vou perder meu tempo (que gastei lendo seu texto) para responder tudo. Mas, no final do texto, dizer que vai ler o "O Tempo" e ouvia a Itatiaia, que são independentes... Pelo amor de Deus, a Itatiaia é o que há de mais podre em termos de notícia. Devia mudar o "slogan" para a "a rádio mais comprada de Minas"!!! 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Spok da Silva
Spok da Silva

O Brasil tem 376 bilhões em

O Brasil tem 376 bilhões em caixa. Aécio e os tucanos deixaram um rombo de 7 bilhões em Minas. Então, quem quebrou o quê? Um estado que não prioriza nem o SAMU, uma das principais ações de saúde já criadas no país, merece o repúdio da população. 

Seu voto: Nenhum (14 votos)
imagem de JC Tavares
JC Tavares

Mais uma vez perfeita a sua

Mais uma vez perfeita a sua conclusão, Nassif. Os erros e falhas tucanas nunca aparecem, graças ao seu patrono, a "grande imprensa", que é tucana de carteirinha, com o símbolo invisível, um bico enorme e colorido.

Seu voto: Nenhum (11 votos)
imagem de luiz fazza antonio
luiz fazza antonio

Proteção escancarada do jornal Estado de Minas aos tucanos

Ouso afirmar que em nenhum outro estado brasileiro tenha ocorrido proteção tão escancarada de um chamado órgão de imprensa em relação a um período de governo estadual.

Sou assinante do jornal Estado de Minas desde 1998, portanto em período antecedente à tomada do poder estadual pelo PSDB, quando ainda governava o estado o ex-Presidente Itamar Franco, e durante os 12 anos de governo tucano este órgão de imprensa teve uma cínica posição de não fazer qualquer crítica ao ocupante do palácio da Praça da Liberdade, fosse ele o (sempre ausente) Aécio, o Anastasia ou o Alberto Pinto Coelho.

Falta apenas lançar luzes sobre o quarto A do quarteto, a sempre presente Andréia Neves, simplesmente responsável pelo controle das verbas publicitárias oficiais mineiras entre a posse de Aécio em Jan 2002 e o térmiono do mandato de Alberto Pinto Coelho em Dez 2014, aliás, uma autêntica "caixa preta" que deveria merecer um pente fino por parte do Governador Pimentel.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Acho que vou desistir do Nassif

Nassif, o que há?

Esta frase "Muitos dos vícios apontados na área federal reproduziram-se de forma muito mais intensa em Minas. A diferença de imagem reside unicamente na oligopolização da mídia e na forma enviesada da cobertura."

foi desrespeitosa com o governo federal que está cem anos na frente.

Sua birra com o Mantega é desmesurada, para não dizer outra coisa. Comparar aécio com Dilma. Só um detalhe, só um: a Dilma trabalhando 24 horas por dia e o aécio na praia e delegando para qualquer um. Você cantou aqui loas ao anastasia quando ele não merecia. A segurança em minas PIOROU muito com ele, que foi também secretário de segurança do aécio, por exemplo.

Você foi incorporado ao pig? Anda lendo o incrível e baixo e. m.. Parece. 

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Lucca
Lucca

Muito boa a análise. Gostaria

Muito boa a análise. Gostaria de ver uma divulgação similar da administração do Agnelo Queiroz no Distrito Federal.

Seu voto: Nenhum (15 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.