Revista GGN

Assine

Manifestantes na Paulista são de elite, diz Datafolha

Jornal GGN – Segundo o Datafolha, com 500 mil pessoas na Avenida Paulista o protesto de ontem (13) contra a presidente Dilma Rousseff, foi o maior dos últimos tempos. O número representa praticamente o dobro de pessoas que foram ao primeiro ato pró-impeachment, há um ano. No entanto, o perfil dos manifestantes permanece o mesmo: pessoas de alta renda.

Metade dos entrevistados disse que recebe entre cinco e 20 salários mínimos. No município, esse índice é de 23%. 77% dos manifestantes eram da cor branca e 94% não têm ligação com nenhum grupo que promoveu o ato.

Segundo o levantamento, a maioria dos participantes eram homens, com idade superior a 36 anos. 77% possuem curso superior (o número do município é de 28%). O patamar é praticamente o mesmo aferido pelo instituto em outras quatro manifestações realizadas em São Paulo.

12% dos entrevistados disseram que são empresários. O índice total da cidade é de apenas 2%. A quantidade de desempregados presentes foi menor do que na população geral.

Questionados sobre quem foi o melhor presidente do Brasil, 60% dos entrevistados responderam Fernando Henrique Cardoso. Em fevereiro, em pesquisa com a população geral o presidente tucano só foi lembrado por 15% dos participantes.

Mesmo assim, no ato de ontem, o apoio ao PSDB foi consideravelmente mais baixo. Na primeira manifestação contra Dilma, o partido era o preferido de 37% dos entrevistados. Dessa vez, o índice passou a ser de 21%.

79% dos presentes na Avenida Paulista acreditam na possibilidade de Dilma ser afastada do cargo de presidente da República. O número é muito superior ao índice geral de brasileiros. Ao todo, apenas 33% pensam que esse será o desfecho da crise.

No caso da condução coercitiva de Lula para depor na Polícia Federal, 96% dos manifestantes na Avenida Paulista concordam com a decisão do juiz Sérgio Moro.

A cassação do presidente da Câmara Eduardo Cunha é defendida por 96% dos entrevistados. 98% avaliam o governo Dilma como ruim ou péssimo.

Com informações da Folha de S. Paulo

Média: 5 (3 votos)

Recomendamos para você

17 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de era republicana
era republicana

comentaristra dè já tinha

comentaristra dè já tinha dado o perfil desse manifestantes um dia anrtes, no sábado,portankto...

li aqui e a elogie pelo relato sintético e perfeito dessa gente...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

E precisa fazer pesquisa para

E precisa fazer pesquisa para chegar essa conclusão ?

Gastaram dinheiro à toa

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Consagre os seus sonhos e projetos ao Senhor, e eles serão bem sucedidos, creia.

gAS

imagem de Vagalume do Brejo
Vagalume do Brejo

Só tem uma informação

Só tem uma informação claramente equivocada. Mais de 90% é filiada ao PIG, este é o maior partido brasileiro.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Esse número de 500 mil está muito estranho.

Esse número de 500 mil está muito estranho. Nunca confiei nesse jornal que emprestava suas viaturas para transportar prisioneiros políticos para serem torturados na época da ditadura militar. Parece mais uma jogada desse jornalismo canalha típico da folha de são paulo. Estão criando o ambiente propício para darem o golpe.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Ontem em frente de casa

Ontem em frente de casa (perto da Paulista) vi um desfile de Mercedes. Audis e BMWs desfilando com as bandeiras do Brasil.

Primeira vez que vi gente de elite usando os símbolos nacionais (mesmo q seja por motivos escusos).

A pesquisa não traz novidade alguma. Fora o fato, talvez,  que pessoas que tem "curso superior" também podem

ter mentalidade de débil mental. Uma coisa não exclui a outra. 

Mas o que importa agora é saber quantas pessoas estarão nas ruas no dia 18.

O Brasil precisa literalmente parar. Não sendo assim, o fascismo estará livre para tomar posse do país e aí seja o

que Deus ou o Diabo quiser.

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Os cafés nos Jardins idem

Os cafés nos Jardins estavam no "fervo" tripidante no final de tarde de ontem. Pessoas com aquele ar de superioridade, mulheres e homens com comentários efusivos mesclado com as futiludades de sempre. Esse "povo" é desse jeito: "como cansa andar na Paulista, merecemos um cafezinho na patisserie Paris".

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Edivaldo Dias Oliveira
Edivaldo Dias Oliveira

Ainda da Tempo

Os movimentos sociais estão perdendo uma oportunidade única de proporcionar a toda população brasileira uma Aula Pública de Manipulação Midiática ao não convocar para domingo dia 20, a manifestação contra o golpe.

Seria o momento de cobrar da Globo o mesmo tratamento dispensado aos golpistas, que ela certamente não dará e os telespectadores vão achar muito estranho que as manifestações não apareçam na TV duarante a programação normal da emissora e isso irá ajudar a compreender como poucas vezes se viu, como se faz a manipulação das massas.

Sabemos que a Globo não tem nenhum interesse em dispensar o mesmo tratamento e visibilidade aos movimentos sociais, pois para ela derrubar Dilma é uma questão de sobrevivencia, de vida ou morte.

No entanto, os movimentos sociais, CUT-PT à frente, insiste em desprezar esses fatores na hora de convocar manifestações, parecem estar preocupados com o descanço do fim de semana de sua miltancia, como se no caso de uma radicalização extrema, houvesse um acerto entre as partes beligerantes de que os enfretamnetos e perseguições só aconteceriam de segunda a sexta, para não atrapalhar o descanso semanal.

Antigamente, 20, 30 anos atráz, para se produzir movimentos de massas como esses, se imprimiam milhões de jornais, boletins e panfletos, que precisavam chegar em cada sindicato e outros enderços para posterior panfletagem, era uma logistica fant´stica, que eu ajudei a organizar. Portanto a alteração de qualquer data a 3, 4 dias de sua realização era absolutamete impensável, por ser impossível sua impleentação.

Nos dias de hoje, com a internet, pode-se alterar a data de um evento desse porte com antecedencia de 48 horas e ainda assim seu novo counicado atinge um público até maior do que seria atingido por uma panfletagem.   

Seu voto: Nenhum
imagem de José de França
José de França

Entre no site do IBGE. A

Entre no site do IBGE. A estimativa para a população brasileira às 13h34 de 14/03/2016 era de 205.620.351. Se foram realmente 2 milhões de pessoas nas manifestações, isso dá 0,97% da população brasileira. Não chega a 1%.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

(Sem título)

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Amoral Nato

Na sua etimologia, a palavra

Na sua etimologia, a palavra elite vem do francês élite, o que há de melhor. Tínhamos alí os brancos e mais ricos, erroneamente chamados, a meu ver, de elite. Como disse Jesus Cristo, para ficar com essa personagem inquestionável,           ser rico não significa ser melhor (elite), aliás muito pelo contrário.

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de naldo
naldo

Tem que ter muita paciencia,

Tem que ter muita paciencia, é muito mimimi, é Hengel é Engels, é H Arendt, é muita viagem na maionese, o governo tem que governar, usar a caneta, o que dizer de um governo que está quase caindo e preocupado com a previdencia daqui a trinta anos??? São uns estupidos, são uns perdidos. Haja paciencia, ontem fui no forró na zona leste, ninguem de amarelo e ninguem queria saber de manifestação, o governo petista deveria trabalhar para essa gente e esquecer quem os odeia, deveria chamar os movimentos sociais e sindicais e trabalhar para o povo, mas preferem ficar babando ovo de juiz golpista e policia que não tem mais o que fazer alem de derrubar os superiores, aliás, se fosse num governo estadual muitos delegados já estariam na NASA, lendo as noticias pelo jornal, mas num governo perdido como esse estão por aí, curtindo uma de paladinos, ja deu deu! Dilma ou governa ou dá o lugar!

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de tiao
tiao

Mas ontem no Canal  Livre

Mas ontem no Canal  Livre aqueles dinossauros  diziam o tempo todo que era o povo brasileiro que estava nas ruas,e que a voz do povo precisa ser ouvida.Dementes e canalhas.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Algumas considerações

A extenção da Av. Paulista é de aproximadamente 2.000 metros e a largura de 47 metros perfazendo uma área quadrada de 94.000 metros, aí inclusos, canteiros calçadas, pontos de ônibus, etc...

Numa área de 94.000 metros, se considerarmos 5 pessoas por metro quadrado (todos praticamente colados uns aos outros), dariam 470.000 pessoas.

Sabendo-se, de antemão, que não havia a alegada lotação de 5 pessoas por metro quadrado, fica nítida a intenção do Datafolha de superestimar o número de participantes nessa manifestação de ontem dia 13 de Março de 2016.

Sendo assim, depois de provado o erro de avaliação da quantidade de pessoas presentes no evento, o resto das afirmações do instituto ligado à Folha de São Paulo fica irremediávemente comprometido.  

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Tem o certo. Tem o errado. E tem todo o resto. (Cazuza)

Meia verdade

Essa história de que a manifestação de ontem foi "o maior ato político da história de São Paulo", segundo a Folha, parece aquela outra, já desancada pelo Nassif, de que o dólar a R$ 4,00 foi "a maior cotação da história". A comparação está sendo feita com o comício pró eleições diretas, que aconteceu em 1984. Ou seja, trinta e dois anos atrás. Naquela ocasião, além de a população da cidade ser menor, não havia internet nem redes sociais - que são os grandes instrumentos motivadores e aglutinadores desse tipo de manifestação - e todo o establishment midiático era contra o movimento e o boicotava (com exceção, ironicamente, da própria Folha, o único órgão da grande imprensa simpático às diretas). A Globo escondeu o movimento o quanto pôde. Portanto, é uma manipulação grosseira comparar "a frio" essas duas situações separadas por três décadas, olhando apenas o valor de face. Se a manifestação pelas diretas-já tivesse sido organizada nas mesmas circunstâncias que essa de ontem - com apoio maciço da mídia e usando as redes sociais para mobilização - teriam sido milhões de pessoas nas ruas.       

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Não houve 500 mil na

Não houve 500 mil na Paulista.

A Paulista toda (2.730m) só cabe 430 mil e a lotação máxima ontem foi pelos 850 metros que separam as esquinas da Rua Hadock Lobo da Alameda Rio Claro.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Pura Luta de Classes

Alguém tem dúvida?

Estão furiosos porque o custo dos passeios a Miami ficou impraticável.

E já perceberam que quanto mais protestam contra o governo, mais o dolar cai.

É a forma que descobriram para ter Miami de volta por preços razoáveis.

A classe média é volúvel e frívola.

 

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de paulmoura
paulmoura

Somonte uns remediados

isso é que dá o cara ser um remediado.

Auscuta seu ego e acha que é o maioral.

A elite nunca esteve nesse ato e nunca estará na rua. Aquela hora estava saboreando um belo almoço.

Essa turma é uma turminha de remediados que nunca realmente conheceram um rico e poderoso que lhes conduz na coleira da ignorância.

Coitados, só uns remediados.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.