Revista GGN

Assine

alckmin

Investigações contra Alckmin e governadores estão travadas no STJ


Foto: Gilberto Marques/Fotos Públicas
 
Jornal GGN - As delações da Odebrecht que atingiram Geraldo Alckmin (PSDB) e demais governadores citados foram remetidos ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ainda nem começaram a virar investigação. Alckmin é acusado de receber R$ 2 milhões por meio de um cinhado, em 2010, de caixa dois.
 
A informação é de reportagem da Folha de S. Paulo que destacou que o STJ ainda precisa autorizar o início das apurações. Há casos em que a Procuradoria-Geral da República (PGR) ainda levanta diligências para verificar se pedirá ou não a abertura de procedimentos.
 
Se os casos relacionados a deputados e senadores, todos os detentores de foro privilegiado, foram tomados com urgência pelo Supremo Tribunal Federal (STF), logo que o ministro Edson Fachin assumiu a relatoria dos processos, as ações envolvendo governadores foram remetidas ao STJ, mas até hoje aguardam respostas.
Média: 3 (4 votos)

Alckmin acha que Doria vai quebrar a cara deixando SP por viagens políticas

 
Jornal GGN - Até a equipe do governador Geraldo Alckmin (PSDB) admite que o correligionário João Doria faz campanha eleitoral viajando o País no lugar de administrar a cidade de São Paulo. Mas a empreitada, na visão do Palácio dos Bandeirantes, é arriscada. "(...) a tese é de que Doria começou a perder a simpatia do paulistano por estar fora da prefeitura."
Média: 5 (4 votos)

Renato Janine: Por que gente "sem limite" tem tanto espaço e poder?

Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Por Renato Janine Ribeiro

No Facebook

Poderoso era, antigamente, alguém como Tancredo Neves ou os políticos mineiros, que pensavam longamente nas consequências de seus atos e não agiam afoitamente.

Hoje, poderoso(a) é quem age sem pensar nas consequências, de maneira impetuosa, até irrefletida. Geralmente angariam admiração e sucesso.

Um exemplo é o prefeito Doria. Aumentar velocidade mesmo contra pesquisas internacionais sérias, desalojar drogados mesmo contra pesquisas internacionais sérias, em suma, fazer o que lhe dá na telha.

Consegue admiração e sucesso.

Leia mais »

Média: 4.3 (6 votos)

Dois anos depois, julgamento da Chacina de Osasco é marcado para setembro

Foto: Agência Brasil

Por Camila Boehm

Da Agência Brasil

Há dois anos, 19 pessoas foram assassinadas em uma série de ataques nas cidades de Osasco e Barueri, região metropolitana de São Paulo. Três policiais militares (PMs) e um guarda civil são acusados pelos ataques, no caso que ficou conhecido como Chacina de Osasco, mas alegam inocência. No dia 18 de setembro, começa o julgamento de três dos acusados, que vão a júri popular por 24 crimes de homicídio – 17 consumados e sete tentativas.

Leia mais »

Média: 1 (2 votos)

Doria tenta impedir que Alckmin seja escolhido candidato a presidente em dezembro

Foto: Reprodução

Jornal GGN - Numa disputa silenciosa com Geraldo Alckmin, João Doria Junior delagrou um plano para tentar evitar que o governador seja escolhido o presidenciável do PSDB para 2018 ainda em dezembro, durante um evento do PSDB. Para isso, Doria quer emplacar aliados nas direções nacional e estadual da legenda. Os prefeitos Paulo Serra (Santo André) e Orlando Morando (São Bernardo do Campo) teriam a missão de votar contra a escolhda do candidato a presidente ainda neste ano.

Leia mais »

Média: 2.3 (3 votos)

Alckmin quer aprovar lei que amplia poder de acionistas sobre a Sabesp

Foto: Reprodução

Jornal GGN - O governador Geraldo Alckmin (PSDB) quer que a Assembleia Legislativa de São Paulo aprove com urgência um projeto de lei que cria uma holding para administrar a Sabesp, a Companhia de Saneamento do Estado. Segundo informações da RBA, na prática, Alckmin amplia a o poder de influência dos acionistas dentro da empresa. A reportagem ainda mostra que, nos últimos anos, a Sabesp vem seguindo a tendência de distribuir a maior parte dos ganhos para acionistas, em detrimento dos investimentos em saneamento e produção e distribuição de água.

Leia mais »

Média: 3.7 (3 votos)

DEM flerta com Doria de olho na eleição presidencial de 2018

Foto: Fabio Pozzebom/Agência Brasil

Jornal GGN - João Doria Junior, prefeito de São Paulo, foi sondado pelo DEM de Rodrigo Maia para ser o candidato a presidente do partido em 2018, caso perca a vaga do PSDB para Geraldo Alckmin. 

O DEM ofereceu a Doria a cabeça da chapa majoritária e um candidato a vice-presidente com base no Nordeste. As opções seriam ACM Neto, prefeito de Salvador, ou o ministro da Educação Mendonça Filho.
 
Rodrigo Maia - que foi flagrado fitando Doria de maneira afetiva - seria candidato ao governo do Rio de Janeiro pelo DEM, enquanto Ronaldo Caiado quer disputar Goiás com apoio do prefeito.
Média: 2.6 (5 votos)

Justiça nega pedido para suspender investigação sobre cartel dos trens

Foto: Divulgação

Jornal GGN - O Tribunal Regional Federal da 3ª Região negou um pedido da CPTM para suspender um inquérito que apura se houve pagamento de propina e lavagem de dinheiro envolvendo empresas que formaram consórcios para executar as obras da Linha 5. 

Segundo o Estadão, o tribunal decidiu que Mário Bandeira, ex-presidente da CPTM, e José Luiz Lavorente, ex-diretor de operação e manutenção da empresa, devem continuar como investigados.

Leia mais »

Média: 3.7 (3 votos)

Meirelles e Alckmin podem disputar voto da centro-direita em 2018

Foto: Ciete Silvério/ASCOM

Jornal GGN - Michel Temer acredita que a economia vai dar uma guinada no próximo ano e quer um candidato a presidente da República para chamar de seu. O escolhido seria o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, incumbido de "defender o legado" do governo Temer junto ao eleitorado de centro-direita. Ele disputaria os votos de Geraldo Alckmin (PSDB), que articulou o fim da aliança entre PSDB com Temer.

Leia mais »

Média: 1 (4 votos)

"Aécio vai ser o Cunha do governo Temer", diz Marcelo Nobre

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Inviabilizado pela Lava Jato, principalmente após o escândalo da JBS, Aécio Neves virou o principal operador do governo Michel Temer. A rejeição da denúncia contra o presidente na Câmara é só o resultado das articulações do grupo liderado pelo tucano para formar um novo centrão, que dará sustentação a Temer até o final de seu mandato. Em troca, esses políticos conseguirão recursos do governo que serão vitais para a disputa eleitoral de 2018, preenchendo a lacuna deixada pelo financiamento empresarial.
Média: 3.2 (5 votos)

Aécio promete a Alckmin que candidato do PSDB será definido até dezembro

 
Jornal GGN - Após o aprofundamento do racha no PSDB por causa da votação da denúncia contra Michel Temer, Aécio Neves, presidente afastado da legenda, decidiu fazer um aceno ao grupo de Geraldo Alckmin e prometeu ao governador paulista que o presidenciável do partido será definido até dezembro deste ano, em convenção nacional. A informação é do Painel da Folha desta sexta (4).
Média: 1.3 (3 votos)

Vox Populi: Lula continua crescendo mesmo condenado por Moro

Foto: Agência PT
 
 
Jornal GGN - Estudo Vox Populi divulgado nesta sexta (4) pela Rede Brasil Atual mostra que o ex-presidente Lula continua liderando pesquisas de opinião sobre a eleição de 2018 mesmo após ter sido condenado por Sergio Moro a 9 anos e meio de prisão no caso triplex.
 
Na pesquisa espontânea, Lula era citado como favorito por 40% dos entrevistados em junho, antes da sentença ser proferida pelo juiz de Curitiba. Um mês depois, o percentual aumentou para 42%. 
 
Para o diretor do Vox Populi, Marcos Coimbra, alguns fatores explicam o crescimento de Lula apesar da tentativa da Lava Jato de inviabilizá-lo na disputa pelo Palácio do Planalto. Entre eles, o fato de que a maioria dos entrevistados simplesmente não acredita que a condenação imposto por Moro foi justa e com base em provas reais.
Média: 3.7 (15 votos)

Maia "saiu maior" da votação e mira 2018, ameaçando domínios do PSDB

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - A vitória de Michel Temer acabou forjando mais um adversário virtual para o PMDB e demais partidos em 2018: Rodrigo Maia. Segundo informações da Folha desta quinta (3), a avaliação em Brasília é que o atual presidente da Câmara "saiu maior" da crise política centrada em Temer e deve disputar a eleição do próximo ano, de olho no eleitorado de centro-direita, principalmente o do PSDB.
 
Os planos de Maia, nesse sentido, passam pela "refundação" do DEM. Para isso, deputados do PSB estão sendo atraídos para entrar na legenda que deverá também mudar de nome. Talvez para MUDE - Movimento de Unidade Democrática.
Média: 2.6 (5 votos)

Novo DEM pode se juntar ao PSDB e formar superbancada

 

Jornal GGN - O DEM - que tenta inflar sua bancada num movimento liderado por Rodrigo Maia - tem feito um discurso diferente a cada interlocutor que tenta descobrir a agenda oculta do partido. Ao aliado eleitoral de décadas, o PSDB, por exemplo, democratas têm dito que se chegarem a 50 deputados, como pretendem, podem se aliar aos tucanos e o resultado será uma superbancada de 100 deputados que "jamais poderia ser ignorada" pelo governo.

Leia mais »

Média: 2 (8 votos)

Lava Jato cria força-tarefa em SP para investigar Lula, Haddad e Genoíno

Grupo formado por 4 procuradores da República lidará com 14 inquéritos a reboque da delação da Odebrecht. Thaméa Danelon já é conhecida por sua campanha pelas 10 medidas anticorrupção e admiração à Lava Jato de Curitiba
 
 
Jornal GGN - A Procuradoria da República em São Paulo conseguiu autorização de Rodrigo Janot, chefe do Ministério Público Federal, para criar uma força-tarefa com o objetivo de investigar supostos crimes relatados na delação da Odebrecht. Quatro procuradores - entre eles, Thaméa Danelon (foto) - serão responsáveis por 14 inquéritos, sendo que 2 são contra Lula, 1 contra Fernando Haddad, 1 contra José Genoíno e mais 1 contra Alexandre Padilha.
Média: 1.4 (11 votos)