Revista GGN

Assine
imagem de lucianohortencio
Profissão Advogado

CONTEÚDOS DO USUÁRIO

Postagens

O Trem-Bala de Ana Vilela

Seleção de Luciano Hortencio

 

Não é sobre ter

Todas as pessoas do mundo pra si

É sobre saber que em algum lugar

Alguém zela por ti

É sobre cantar e poder escutar

Mais do que a própria voz

É sobre dançar na chuva de vida

Que cai sobre nós

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

E Agora José? José para onde?

Seleção de Luciano Hortencio

E AGORA JOSÉ - poema de Carlos Drummond de Andrade, musicado por Paulo Diniz

E agora, josé?

A festa acabou,

A luz apagou,

O povo sumiu,

A noite esfriou,

E agora, josé?

E agora, você?

Você que é sem nome,

Que zomba dos outros,

Você que faz versos,

Que ama, protesta?

E agora, josé?

Leia mais »

Média: 5 (7 votos)

Em sendo de Maroca, não se dá, não se vende, não se troca...

por Luciano Hortencio

Meu bom amigo Nirez, sempre que me envia seus raros fonogramas, de quebra também tece considerações, manda preciosas informações e observações sobre o materal que está gentilmente enviando. Dessa vez, ao mandar alguns arquivos com o título relacionado a Maroca, fez a observação que trago a seguir:

"Você sabe quem foi Maroca? Maroca era uma prostituta que já vivera sua fase de ouro e estava em decadência e dela se contavam muitas histórias ligadas a figurões do Recife, servindo de gozação aos poetas e músicos.

Existem várias músicas que se referem a ela. Como:  “Não puxa, Maroca”, “Maroca só qué Golfinho”, “É de Maroca”, “Tadinha da Maroca”, “Maroca só qué puxá”, “Maroca só quer sortêro”, “Cutuca, Maroca”, “Maroca só qué Seu Freitas”, etc."

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Chora, bananeira...

por Luciano Hortencio

Chora Bananeira,marcha de roda  inspirada em motivo popular,  é cantada pelo Brasil afora com o refrão correto e as demais rimas quase sempre alteradas por trocadilhos engraçados e muitas vezes impublicáveis.

Não há uma excursão da moçada, sobretudo quando em ônibus ou em batucadas improvisadas, que não seja cantada informalmente essa Chora Bananeira.

As rimas e os motivos são inesgotáveis. Cada um faça a que lhe aprouver...

Leia mais »

Média: 3 (4 votos)

Tudo muda, tudo passa, neste mundo de ilusão...

Uma edição comemorativa pelos 6 anos do canal lucianohortencio no Youtube

CORAÇÃO - poema de Guilherme de Almeida.

Lembrança, quanta lembrança

Dos tempos que já lá vão!

Minha vida de criança,

Minha bolha de sabão!

 

Infância, que sorte cega,

Que ventania cruel,

Que enxurrada te carrega,

Meu barquinho de papel?

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Todo tempo quanto houver pra mim é pouco...

por Luciano Hortencio

Quinteto Violado - NUMA SALA DE REBOCO - Luiz Gonzaga e José Marcolino.

Álbum: Quinteto Violado - Pilogamia do Baião.

Ano de 1979.

Coisas que o tempo levou.

 

"É a primeira do disco "Pilogamia do Baião", do Quinteto Violado, de 1979.

Leia mais »
Média: 4.3 (6 votos)

Luciano Hortencio oferece casinhas de todos os tipos e em vários lugares...

Luciano Hortencio oferece casinhas de todos os tipos e em vários lugares...

Hoje é domingo e temos muito tempo para escolher o que a gente mais gosta.

Pensando nisso, o canal youtube luciano hortencio resolveu oferecer, através de músicas, várias casinhas, de todos os tipos e em lugares diversos.

Temos Casinha Bonitinha, Casinha Branca, Casinha Pequenina, Casinha da Colina, casinha da  Marambaia, Casa no Campo, Casa Branca da Serra, Casa Portuguesa, Casa de Caboclo, Casa de Sapê e até um Rancho fundo, que fica bem prá lá do fim do mundo.

O bom de tudo é que não precisa comprar e nem alugar. É tudo 0800. Nosso pagamento é a sua atenção e audição.

Bom domingo pra todo mundo, cada qual em sua casinha bem escolhida.

Leia mais »

Vídeos

Veja o vídeo
Veja o vídeo
Veja o vídeo
Veja o vídeo
Média: 5 (3 votos)

Dolorosa interrogação..., por Luciano Hortencio

por Luciano Hortencio

Fiquei sem saber se a pessoa que desenhou essa grosseria pensava estar escrevendo o nome da bela árvore existente no Parque Estadual do Cocó, se estava se referindo a alguém de sua família, se é uma pessoa imbecil ou se é só uma pessoa escrota mesmo...

Dê sua opinião!!!

Leia mais »

Média: 4.6 (5 votos)

Vai, vigarista... Boa viagem!

Resgate de Luciano Hortencio

Gilberto Alves - VAI VIGARISTA - Arnô Provenzano - Otolindo Alves.

Disco Copacabana 5.510-B.

Janeiro-fevereiro de 1956.

Disco constante do Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

A Princesinha do Luperce Miranda

Resgate de Luciano Hortencio

Luperce Miranda - PRINCESINHA - Luperce Miranda.

Álbum: Luperce Miranda - O Bandolim e o Mestre - Prodígio LPP-002.

Luperce Miranda dedicou PRINCESINHA à sua querida filha Estael Miranda Diogo.

Ano de 1970.

Fonograma gentilmente enviado pelo instrumentista Celso Almeida (Dois Irmãos).

Coisas que o tempo levou.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

A Mulata, de Mello Moraes Filho e Xisto Bahia, na interpretação de Clara Petraglia

Resgate de Luciano Hortencio

A MULATA - Mello Moraes Filho - Xisto Bahia

Eu sou mulata vaidosa,

Linda, faceira, mimosa,

Quaes muitas brancas não são!

Tenho requebros mais belos,

Se a noite são meus cabelos,

O dia é meu coração.

 

Sob a camisa bordada,

Fina, tão alva, arrendada, bis

Treme-me o seio moreno:

É como o jambo cheiroso,

Que pende ao galho frondoso bis

Coberto pelo sereno.

 

Nos bicos da chinellinha,

Quem voa mais levezinha, bis

Mais levezinha do que eu?

Eu sou mulata tafula,

No samba, rompendo a chula, bis

Jamais ninguém me venceu.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Coro Pio XI da Matriz do Carmo - Com Flores a Maria - Tantum Ergo

Seleção de Luciano Hortencio

Coro Pio XI da Matriz do Carmo - direção do maestro Oswaldo Antonio Urban - COM FLORES A MARIA - TANTUM ERGO.

Disco  D. S. D.  044-B.

Disco constante do Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

Célia Siqueira Farjallat

Campinas possui muitas realizações admiráveis. Uma delas é o Coral Pio XI. Surgiu no Dia de Reis de 1948, quando foi fundado por um grupo de universitários, de ex-seminaristas, de marianos e, ainda, de estudantes e operários. Este Coral, só de vozes masculinas, continua cumprindo seu objetivo: o de cantar as glórias do Senhor e de divulgar as composições do imortal compositor Carlos Gomes.

Seu repertório foi ampliado com músicas de todos os gêneros: popular, lírico e folclore de diversas nações. Outro aspecto, que também o distingue, é o fato de ser construído por homens de todas as idades, raças e condições sociais. O professor doutor Oswaldo Antônio Urban assumiu a regência deste Coral três meses após a sua fundação, e sempre esteve presente com seu entusiasmo e competência.

Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Fala Bandolim, pedem o piano e o violão!

Garimpagem de Luciano Hortencio

Carolina Cardoso de Menezes e Garoto  (piano e violão) - FALA BANDOLIM - José Augusto Gil.

Disco Victor 80-0207-B - matriz S-078011.

Gravação de 30.06.1944.

Disco constante do Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Meiga Flor

Seleção de Luciano Hortencio

Francisco Alves – MEIGA FLOR – samba-canção de Henrique Vogeler e Freire Jr.

Disco  Parlophon 12.909-A – matriz 2215.

Janeiro de 1929.

Disco constante do Arquivo Nirez.

Coisas que o tempo levou.

Essa composição de Henrique Vogeler, além da belíssima melodia, possui três letras diferentes: a primeira, de Freire Júnior, versão aqui interpretada por Francisco Alves. A segunda, de Cândido Costa, com a denominação de LINDA FLOR, gravada por Vicente Celestino e  ainda a letra com versão que ficou consagrada através da interpretação de Aracy Cortes, denominada IAIÁ e conhecida como AI IOIÔ, da lavra de Luís Peixoto  que, segundo consta, foi escrita de improviso no palco do Teatro Recreio.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

O Trio paraguaio CALANDRIA ÑU e a misteriosa polca NDE QUEGUY PE!, por Luciano Hortencio

 

O Trio paraguaio CALANDRIA ÑU e a misteriosa polca NDE QUEGUY PE!

por Luciano Hortencio

Tenho o costume de pesquisar novas “velhas” músicas através de títulos peculiares. Muitíssimas vezes os resultados são interessantíssimos e faço edição para o youtube.

Comecinho da semana encontrei , no Arquivo Nirez, o trio paraguaio CALANDRIA ÑU, que consta no selo do disco como Calandria Nhu, na interpretação da polca denominada NDE QUEGUY PE, da autoria de Paulino Rivarolla, disco Continental 16.206-B, matriz 10932, gravado em 18 de agosto de 1948 e somente lançado em junho de 1950.

O Trio Calandria Ñu era formado pelo harpista e compositor Aristides Valdez, pelo compositor Hilarión Correa e pelo músico Paulino Rivarolla. O que chama a atenção é o fato de constar no selo do disco que o vocalista é Corrêa Rivarolla, constando Paulino Rivarolla como compositor e Aristides Valdez como diretor do Grupo. Em realidade, Aristides Valdez é o harpista e Hilarion Correa e Paulino Rivarolla são os vocalistas cantando em duo.

Leia mais »

Média: 4.2 (5 votos)

Fotos

Sem colaborações até o momento.

Vídeos

Centenário de Dilu Mello - 25.09.1913-25.09.2013

Comemora-se hoje, oficialmente, o CENTENÁRIO DE DILU MELLO. Homenageando a Instrumentista, Cantora, Folclorista e Compositora Dilu Mello, editamos SANS SOUCI, de sua autoria e com sua maviosa interpretação.

Veja mais sobre Dilu Mello em http://jornalggn.com.br/blog/lucianohortencio/centenario-de-dilu-mello-o-melhor-da-festa-e-esperar-por-ela-25091913-25092013

 

 

João Villaret - LIBERDADE - Fernando Pessoa - ano de 1951

João Villaret - LIBERDADE - Fernando Pessoa - gravação de 1951

 

Moacyr Luz - AO AMANHECER - Cartola

Ainda não estou conseguindo fazer funcionar o EMBED MEDIA. Postei no multimidia do dia, porém, anexo novamente aqui MOACYR LUZ interpretando, de Cartola, AO AMANHECER. Tenho certeza que tudo vai se acertar. É só uma questão de tempo e paciência.

 

Chiquita e Mãe Véia - Patativa do Assaré

 

Patativa do Assaré - CHIQUITA E MÃE VÉIA

Miles Davis - A NIGHT IN TUNISIA - Paparelli-Gillespie

Miles Davis - A NIGHT IN TUNISIA - Paparelli-Gillespie - 1955

 

Saramandaia - Ednardo - PAVÃO MYSTERIOSO - Tema de Abertura

Saramandaia - EDNARDO - PAVÃO MYSTERIOZO - Gravação de 1974 - Tema de Abertura.

 

 

.

Nana Caymmi & Chico Buarque - ATÉ PENSEI - Chico Buarque

Nana Caymmi & Chico Buarque - ATÉ PENSEI - Chico Buarque

 

 

Em Homenagem a ORESTES BARBOSA - nascido aos 07.05.1893

Elizeth Cardoso & Sílvio Caldas - CHÃO DE ESTRELAS - Sílvio Caldas-Orestes Barbosa

.

Johnny Alf & Chico Buarque - SEU CHOPIN, DESCULPE

Johnny Alf & Chico Buarque - SEU CHOPIN, DESCULPE

Chico Buarque, Odete Lara e MPB 4 - MEU REFRÃO - Gravação de

Chico Buarque, Odete Lara e MPB 4 - MEU REFRÃO - Gravação de 1970

 

Chico Buarque - QUANDO EU FOR EU VOU SEM PENA - P. Vanzolini

Chico Buarque - QUANDO EU FOR EU VOU SEM PENA - P. Vanzolini

 

Ana Bernardo - CARA LIMPA - Paulo Vanzolini

Ana Bernardo - CARA LIMPA - Paulo Vanzolini

 

Ana Bernardo - TOADA DE LUÍS - Paulo Vanzolini

Ana Bernardo - TOADA DE LUÍS - Paulo Vanzolini

 

 

Ana Bernardo - SEU BARBOSA - Paulo Vanzolini

Ana Bernardo interpreta, de Paulo Vanzolini, SEU BARBOSA. Vanzolini faz aqui um chiste com Adoniran Barbosa, tendo em vista que, além do título, coloca na letra que o cidadão que o denunciou chamava-se Rubinato, nome civil de Adoniran, João Rubinato.
Álbum: Acerto de contas de Paulo Vanzolini.

 

 

Ana Bernardo - PEDACINHOS DO CÉU - Waldir Azevedo-Vanzolini

Ana Bernardo - PEDACINHOS DO CÉU - Waldir Azevedo-Paulo Vanzolini.

 

Documentos

Sem colaborações até o momento.

Áudio

Sem colaborações até o momento.