“Brasil já paga preço alto pelas palhaçadas de Bolsonaro”, diz Financial Times

"Se a realidade fosse um relato da moral, as palhaçadas de Bolsonaro contra o coronavírus levariam o Brasil se voltar contra o seu presidente populista"

Arte feita pelo Financial Times

Jornal GGN – “O populismo de Jair Bolsonaro está levando o Brasil ao desastre”. A frase é o destaque da capa do jornal norte-americano Financial Times, nesta segunda-feira (25), em artigo ilustrado com Bolsonaro gritando a um microfone, rodeado por uma serpente, que seria o coronavírus.

O artigo de Gideon Rachman inicia com uma analogia comparativa entre a liderança brasileira e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. A diferença, segundo uma economista reconhecida ouvida por ele, é que “Bolsonaro é muito estúpido”. “Essa resposta só me fez lembrar que o presidente dos EUA nem sequer é considerado por ter um intelecto imponente. E o coronavírus me fez lembrar esta observação”, disse o articulista.

Continuando a comparação, Rachman afirma que as primeiras posturas de ambas lideranças frente ao coronavírus foram similares, mas a de Bolsonaro “muito mais irresponsável e perigosa”.

“Ambos os líderes ficaram obcecados com as propriedades supostamente curativas da droga hidroxicloroquina. Mas enquanto Trump está apenas tomando o medicamento, Bolsonaro forçou o Ministério da Saúde brasileiro a emitir novas diretrizes, recomendando o medicamento para pacientes com coronavírus. O presidente dos EUA brigou com seus consultores científicos. Mas Bolsonaro tirou um ministro da saúde e provocou que o novo substituto se demitisse. Trump manifestou a sua simpatia por manifestantes contrários ao isolamento social; Mas Bolsonaro participou destes atos”, exemplificou o artigo, em tom incrédulo.

“Infelizmente, o Brasil já está pagando um preço alto pelas palhaçadas de seu presidente – e as coisas estão piorando rapidamente. O coronavírus atingiu o Brasil relativamente tarde. Mas o país tem a segunda maior taxa de infecção do mundo e a sexta maior taxa de mortes por Covid-19. O número de mortes no Brasil, responsável por aproximadamente metade da população da América Latina, agora está dobrando a cada duas semanas. (…) A composição econômica e social do Brasil significa que o país será severamente atingido à medida que a pandemia se acelera.”

Leia também:  Covid GGN: Brasil continua liderando total de óbitos no mundo

Apesar de apontar que Jair Bolsonaro “não é o responsável pelo coronavírus, nem pela pobreza e superlotação que tornam o Covid-19 uma ameaça ao país”, sua “resposta caótica” foi sim responsável por “permitir que a pandemia saisse do controle”, acrescentando que até países com situações mais críticas de vulnerabilidade que o Brasil, como a África do Sul, “tiveram uma resposta muito mais disciplinada e eficaz”.

E continua “Se a realidade fosse um relato da moral, as palhaçadas de Bolsonaro contra o coronavírus levariam a população brasileira a se voltar contra o seu presidente populista.”

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. Nosso despresidente (cercado de desministros) está nos honrando “bem na fita”.
    Já foi taxado de BolsonNero, Aberração, palhaço, pior do mundo…
    O 7×1 foi só um jogo de 90 min.
    Esse jogo já passou dos 500 dias.
    E temos que aguentar a vergonha alheia por ele.
    E a vergonha (de 45%, também alheia) de tê-lo eleito!

    4
    2
  2. The Guardian? Financial Times? Bolsonaro além de triturar a Velha Política ainda está pisando no calo daqueles que se consideravam donos do Brasil, não é mesmo Biden? !!!

    1
    5
  3. Não sou a favor do Bolsonaro, nem dos atos dele, mas eu acho engraçado pacas, os “brasileirinhos” que aparecem do nada reclamando sobre as mortes e tal do virus, mas 10 minutos depois de deixar comentário aqui, vai pra rua soltar pipa, faze churrasco na calçada, ficar jogando truco na rua, no meio desse inferno. Depois morre um familiar por conta do virus ai vão procurar alguém pra culpar, qual o alvo mais fácil já que todo mundo ta falando? Pois zé.
    O Bolsonaro não ta na casa de ninguém filhão, se vc quer ficar em casa ou não é você que decide, então aqueta essa bunda em casa ou se proteja pra sair, e para de reclamar infeliz.

    Independete do presidente, todos queriamos o melhor, mas parece que tem gente que torce pra dar tudo errado, só pra falar — “oia la eu avisei” morte à todos por conta do teu ego.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome