Espanha registra 832 mortes de coronavírus no dia mais mortal de todos os tempos

A Espanha disse que 832 pessoas morreram de coronavírus nas últimas 24 horas, o dia mais mortífero desde o início do surto. Isso eleva o total para 5.690.

 Da Bloomberg

A Espanha está quase totalmente fechada por duas semanas, com os cidadãos confinados em suas casas, exceto por atividades essenciais, como a compra de alimentos e remédios, em um esforço para reduzir a propagação do vírus. O ministro da Saúde, Salvador Illa, alertou na sexta-feira que a pandemia ainda não atingiu seu pico na Espanha.

O surto está afetando o sistema de saúde da Espanha, com os médicos às vezes tendo que escolher quem deve viver ou morrer. Madri, o epicentro do surto no país, instalou um hospital temporário no principal centro de conferências da capital espanhola e está preparando um segundo espaço para acomodar a inundação de pacientes que precisam de tratamento, informou o El Pais no sábado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  E se faltar arroz? Desafios políticos e sintomas históricos na alta do preço do alimento, por Valter Palmieri Jr. e Max Jaques

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome