Movimentos lançam campanha online pela regularização migratória na América Latina

Hashtags #RegularizaçãoJá #RegularizaçãoMigratóriaJá #NenhumSerHumanoÉIlegal serão divulgadas a partir das 16h

Jornal GGN – Organizações de migrantes da Argentina, Brasil, Bolívia, Chile e Peru lançam, nesta sexta-feira (26), uma campanha nas redes sociais a favor da regularização da situação migratória na América Latina em tempos de pandemia.

“É necessário e urgente que os Estados-nação garantam o acesso à regularização migratória nos países que residimos, já que, em muitos casos, a situação irregular impede e/ou dificulta o acesso aos serviços de saúde, de educação, ao trabalho e/ou aos serviços de assistência social, fazendo com que as famílias tenham que romper com as medidas preventivas de isolamento social por força maior”, alertaram as organizações, em nota.

Por meio das hashtags #RegularizaçãoJá /#RegularizaciónYa, #RegularizaçãoMigratóriaJá /#RegularizaciónMigratoriaYa, #NenhumSerHumanoÉIlegal /#NingúnSerHumanoEsIlegal, os movimentos querem pressionar pela garantia aos direitos previstos na Resolução 04/2019, da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, que estabelece que “os Estados devem incentivar a regularização da migração evitando, em especial, a precariedade das condições de trabalho e outras consequências da situação migratória irregular”.

Os movimentos de migrantes ressaltam que, mais do que nunca, a situação do Covid-19 na América Latina vem cobrando urgência na atenção aos migrantes, que estão expostos com ainda mais força à precariedade e vulnerabilidade sanitárias e sociais.

A ação global será manifestada nas redes sociais, Twitter, Instagram e Facebook, com a bandeira “Regularização Já! – Migrar é um direito humano! Nenhum ser humano é ilegal”, a partir das 14h do horário de Peru, 15h no Chile e Bolívia e 16h na Argentina e Brasil.

Leia também:  A máquina do ódio, por Fábio de Oliveira Ribeiro

Os movimentos também convocam à população a se inscrever no abaixo-assinado para a aprovação do projeto de lei 2699/2020 (leia mais aqui).

Confira o comunicado, abaixo:

COMUNICADO-REGULARIZAcao-JA

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome