Em “Corpos-Secos”, o horror é estar vivo, por Rogério Faria

Essa é a história de um homem que ainda sorri, que ainda luta, de um homem que tem um plano. É a história de como sobreviver no inferno.

Em “Corpos-Secos”, o horror é estar vivo, por Rogério Faria

Segundo a lenda, pessoas muito más – más de verdade!, quando morrem, não podem ser enterradas, pois seus corpos são rejeitados pela terra. Suas almas não são aceitas nem pelo Céu nem pelo Inferno. Ficam por aí, definhando até o fim dos dias. Elas têm um nome.

CORPOS-SECOS

A história em quadrinhos Corpos-Secos vê o que temos por dentro. Vivos ou mortos, não importa, estamos todos vazios. Somos apenas cascas. Um futuro distópico se revela o agora quando enxergamos por cima da superficialidade das formas. Um mundo em pedaços, pessoas desesperadas, estão a décadas no futuro ou aqui mesmo?

Nessa história de ficção científica, há muito tempo, as pessoas pararam de nascer e de morrer. O nosso planeta é uma prisão de segurança máxima na qual bilhões de almas estão condenadas à prisão perpétua, enquanto vermes devoram seus corpos lentamente. Ainda assim, o velho Miguel está disposto a trazer Ju de volta. Tudo o que restou foi o crânio de seu grande amor, mas ele tem um plano.

Miguel é um homem que se recusou a morrer. Seu futuro é a mesma espiral de desespero pra todo o sempre, como o de todos os outros. A sina. Mas, mesmo caminhando entre mortos-vivos, ele se apega à esperança e ao amor.

Essa é a história de um homem que ainda sorri, que ainda luta, de um homem que tem um plano. É a história de como sobreviver no inferno.

O roteiro é de Rogério Faria (Metamorfose, Calafrio, Mestres do Terror) com desenhos de Raimundo Guimarães (Galo Costa, Turma da Mônica, Zé Carioca).

Entre as recompensas da campanha de financiamento coletivo estão outras obras dos mesmos autores, que vão desde misturar Van Gogh e Kafka a narrar um causo acontecido de terror com a tradicional assombração corpo-seco. Para ter mais informações e garantir seu exemplar, acesse  www.catarse.me/corpos-secos.

O lançamento acontecerá no Festival Guia dos Quadrinhos 2019, nos dias 13 e 14 de abril em São Paulo. Quem adquiri-la na pré-venda poderá retirar com os artistas no evento, e aproveitar para bater um papo. Também tem a opção de receber pelos Correios.

Estamos preparando uma recompensa surpresa para dar um gás na nossa meta. Todos que apoiarem vão receber a recompensa surpresa, mas só vale até sexta-feira 29 de março.

“Corpos-Secos” tem 24 páginas em preto e branco, no formato 17 x 24 cm, papel offset 90g e capa em papel cartão de boa gramatura.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora