500 Dias de Prisão Política de Lula, por Arnobio Rocha

Lula é o princípio de um movimento histórico que tirou o país de uma ditadura, com as greves do ABC, seguido de um longo período de ascensão e conquistas da classe trabalhadora e do povo, que culminou nos seus dois governos, e no primeiro de Dilma.

Foto Francisco Proner

500 Dias de Prisão Política de Lula

por Arnobio Rocha

Naquele agora distante 07.04.2019, depois da catarse do discurso e das pessoas carregando Lula nos braços, na porta do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, veio a horrível sensação de despedida de uma época, a derrota da classe se consumara ali.

Lula é o princípio de um movimento histórico que tirou o país de uma ditadura, com as greves do ABC, seguido de um longo período de ascensão e conquistas da classe trabalhadora e do povo, que culminou nos seus dois governos, e no primeiro de Dilma.

A longa agonia, começa com as jornadas de junho, as derrotas se seguem, nem mesmo a vitória de Dilma em 2014 se comemora, pois foi de Pirro.

O pior viria, o impeachment, por fim, a prisão de Lula, um ciclo de 40 anos se fechando.

A vitória e o desastroso governo de Bolsonaro, fazem parte de um novo ciclo iniciado em 2013, que muitos se recusam a entender completamente, encarar os problemas e ajustar um amplo acordo que permita o Brasil e a Democracia saírem das cordas.

A liberdade de Lula é um dos pontos centrais, é simbólico que um ícone de uma época, esteja aprisionado num processo de perseguição baseado no “direito do inimigo”, e essa prática agora completamente despida, demonstrado de como os personagens fraudaram o Direito visando sua condenação de Exceção, para ter um Troféu público do que fizeram.

A questão central que atinge a esquerda e os setores de centro e centro-direita é como reencontrar o caminho para retomada da Democracia, da Política e da volta ao crescimento econômico do emprego e da própria retomada da civilização perdida.

Leia também:  O fetiche da reeleição e seus dilemas: como traduzir o voto em políticas públicas?, por Álvaro Miranda

Nem um dia mais essa prisão política deve continuar, que atinge não apenas Lula, mas todos aqueles que acreditam em justiça e no Estado de Democrático de Direito.

#LulaLivre #SOSDemocracia

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome