Aldo Fornazieri: O Brasil não pode ser governado por uma quadrilha

O Brasil não pode ser governado por uma quadrilha

por Aldo Fornazieri

Se durante o breve período do segundo mandato de Dilma não havia governo, com a assunção de Temer ao governo através de um golpe, o Brasil passou a ser governado por uma quadrilha. O golpe foi uma trama inescrupulosa que envolveu muitos lírios perfumados, mas, como escreveu Shakespeare, “os lírios que apodrecem fedem mais do que as ervas daninhas”. A remoção de Dilma não obedeceu nenhuma intenção de alta moral, de salvação do destino do país, de construção da grandeza da pátria, da conquista da glória pelos novos governantes através atos de exemplar magnitude em prol do povo. Não. O que moveu o golpe foi a busca da reiterada continuidade do crime,  de assalto ao bem público e para salvar pescoços da guilhotina da Lava Jato. Até a grama da Praça dos Três poderes sabe que a parte principal da camarilha que tramou o golpe o fez em nome da paralisação da Lava Jato.

As quadrilhas se orientam por dois princípios: a traição, sempre que for do seu interesse, e a ousadia na persistência do crime. Consumada a traição para alcançar o poder, a quadrilha não titubeia em mobilizar a mais alta esfera do governo – o próprio gabinete presidencial – para viabilizar negócios privados ao arrepio da lei e com ameaças explícitas a órgãos governamentais de controle, o caso o Iphan. A sociedade brasileira viu, perplexa, que diante de um crime de improbidade administrativa, o presidente da República, ao invés de adotar o partido do interesse público e da moralidade, demitindo o agente da delinqüência, busca mediações de terceiros para acomodar a prática criminosa com a desmoralização da probidade.

Temer, no mínimo, cometeu dois crimes: foi conivente com uma investida delituosa e prevaricou ao não adotar nenhuma atitude em face dela. Mas não seria de se esperar outra coisa de quem não tem legitimidade, de quem subiu pela via da traição e de quem assumiu o poder com o perverso objetivo de abrigar o interesse de um grupo sedicioso. Se alguém estava procurando um exemplo veemente de Capitalismo de Quadrilha pode parar de procurar, pois esse governo o representa de forma inequívoca. E, pasmem, diante desses fatos da mais alta gravidade, o inimputável Aécio Neves, propôs investigar o denunciante.

Leia também:  E o Lula, heim? Rap e esquizofrenia no STF, dinheiro na cueca, por Armando Coelho Neto

A ousadia da quadrilha é de tamanha envergadura que no silêncio sinuoso das noites brasilienses conspirava-se à larga para anistiar centenas de corruptos, não só pelo caixa 2, mas por todos os crimes conexos envolvendo as propinas relativas a desvios de empresas estatais. A conspiração atravessava os corredores do Planalto, da Câmara dos Deputados e do Senado e tinha em Temer um dos principais interessados por ser beneficiário direto. Inviabilizado o indulto pela forte reação da opinião pública, a quadrilha não teve pudor em anunciar, neste domingo, um “pacto” para impedir a anistia natalina daqueles que corromperam as eleições regando suas campanhas com dinheiro sujo. Fraudaram a democracia e a república e enganaram o povo.

Este governo precisa acabar

O governo Temer é o mais degradado e degradante da história da República. Fruto de uma conspiração e de manifestações manipuladas para combater a corrupção, as suas principais figuras têm a face escrachada da própria corrupção. Sim, porque se há um partido que é o campeão da corrupção da Petrobrás, este é o PMDB. A imprensa e os analistas estrangeiros, com espanto, não conseguem compreender como, em nome do combate à corrupção, se entregou o poder a  um condomínio de partidos articulados em torno de interesses corrompidos. Dizer que não haviam alternativas é falso, pois se existissem propósitos honestos em todos aqueles que orquestraram o golpe, teriam proposto uma saída negociada ou que implicasse eleições diretas, garantindo a soberania do povo na escolha de um governo de transição.

Leia também:  Réquiem para os militares nacionalistas desenvolvimentistas, por Mauricio B. de Sá

Esse governo corrupto e ilegítimo se bate para sacrificar direitos e degradar políticas sociais em nome de um falso ajuste fiscal. Sua caminhada foi feita sobre um turbilhão de mentiras: prometeu a retomada imediata do crescimento econômico, a criação de empregos e a volta dos investimentos. A economia, o emprego e os investimentos se deprimem todos os dias penalizando os mais pobres.

 Ao assumir a presidência, Temer, cercado de corruptos, prometeu combater a corrupção e de não interferir na Lava Jato. Como presidente, abrigou os corruptos em seu ministério, deixou que a corrupção entrasse em seu gabinete através de Geddel Vieira Lima e deu vazão às conspirações para enfraquecer a Lava Jato e outros órgãos de controle. A Lava Jato, que em boa medida coadunou o golpe, agora tem no condomínio governamental, incluindo o PSDB, o seu maior inimigo.

Seguindo-se à posse, esse governo salvacionista, mostrou-se interessado em salvar interesses de grupos, em vilipendiar as empresas e as riquezas nacionais, em praticar a propina, o compadrio, o clientelismo e os abusos através de seus braços legislativos. No Senado, autorizou-se parentes de políticos a repatriarem dinheiro mal-cheiroso, com uma vergonhosa omissão da  oposição. O presidente da Câmara é um serviçal do Planalto. Enfim, esse governo não serve ao Estado e ao interesse público, mas se serve do Estado e do bem público.

Esse governo precisa acabar. Que moral tem ele para pedir sacrifícios aos brasileiros? Como pode um governo ilegítimo conspirar contra o sentido manifesto da Constituição de 1988 feita por uma Constituinte, que é o de assegurar direitos? Como pode o Supremo Tribunal Federal ser, vergonhosamente, cúmplice desses atos e conivente com o governo que desmoraliza o Brasil? Como pode a lerdeza do STF deixar que criminosos ocupem altos cargos da República, usando-os para agredir direitos conquistados por décadas de luta? A mesma leniência do STF que foi vista diante de toda sorte de abusos de Eduardo Cunha agora é observada em relação a Temer, a ministros denunciados na Lava Jato, ao presidente do Senado e a vários senadores e deputados. O STF, de tabernáculo da Constituição que deveria ser, transformou-se no matadouro da decência e da moralidade pública.

Leia também:  Jilmar Tatto e o extravio petista, por Aldo Fornazieri

Já que os poderes da República não funcionam, acumpliciados que estão, a opinião pública e as mobilizações de rua precisam estabelecer um fim a  este governo. Se os partidos, sem legitimidade, não são capazes de garantir uma transição até 2018, que seja honesta e que não agrida direitos e a Constituição, que esta transição seja construída pela Sociedade Civil. O Brasil não pode ser deixado a mercê de um governo ruinoso. Está mais do que provado que a capacidade de degradar o país e seu povo não tem limites. O único projeto que as elites políticas e econômicas desse país têm é o projeto do seu próprio bolso, dos seus próprios interesses. Para essas elites não importam as dores, as tragédias, os massacres de todos os tipos de violência perpetrados contra os mais fracos. O mais trágico de tudo isso  é que boa parte da sociedade valide essas perversidades contra seus próprios interesses.

Aldo Fornazieri – Professor da Escola de Sociologia e Política.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

23 comentários

  1. Exato! Eles fazendo cortes e

    Exato! Eles fazendo cortes e mais cortes… Cada vez mais profundos! Criando novas formas de endividar o estado com títulos estaduais com a segunda maior taxa do planeta! Dando como justificativa a “crise”, e a necessidade de ganharem dinheiro do povo. Ainda têm a pachorra de dizer que é uma taxa pequenininha. Só se for comprada a maior do mundo, que também é brasileira. POis é… Com este iumpedimento organizado por eles, os camundongos sairam do armazém e estão tentando fazer a festa! Já conseguiram com os títulos federais com as maiores taxas de juros reais do planeta e isso sem considerar a inflação, que sabe se lá até que valor ela vai… E quais produtos estão atrelados. Podemos estar pagando com os títulos federais as maiores taxas do universo! rsrs É rir para não chorar! Tendo o banco central comandado por bancos de origem privada, o problema pode ser muito maior do que imaginamos… O movimento pela auditoria já nos disse que eles emitem títulos com taxas acima das comunicadas por eles. Ou seja… Pegaram a cozinha (estado) de nosso restaurante e estão fazendo a festa… Acabando com a comida dos clientes (povo).

  2. Temer o Breve

    Isso é tudo que gostaria de dizer  e que aqui foi dito pelo professor Fonazieri de uma forma simples, verdadeira e cristalina. Temer pelas razões colocadas pelo professor não pode ficar mais um dia no governo. Se lhe resta ainda um pingo de dignidade o que acho difícil, pois os traidores não as tem., renuncia imediatamete anunciado eleições diretas para presidencia e por tabela do congresso nacional também, quase totalmente podre.

  3. O Brasil….

    Estamos sendo governados por quadrilhas há 30 anos, desde a fraudulenta Constituição Cidadã. O resultado daquele golpismo esta aí. O que produziu este Brasil de agora? E Canalhas dissimulados tentam parecer à parte deste crime. Megasalários para abutres manterem seu feudo dentro do latifundio do Orçamento Público (municipal, estadual e federal). Eleições Obrigatórias Ditatoriais. Participação Popular para apertar um botão. E agora, somente agora, progresisiats, socialistas, democratas de plantão, farsantes na realidade, pedem eleições diretas. O Brasil se explica.    

  4. O Brasil pode ser governado

    O Brasil pode ser governado por uma quadrilha sim !!!

    Esse governo Temer na melhor das hipóteses será trocado por uma quadrilha mais discreta e nociva. Nada de progressista irá governar o Brasil, até por que o povo não quer.

    O povo Brasileiro quer Cunha, Temer, FHc, Alckmin, Aécio, Zé Serra, Mendonçinha, Alexandre Frota, Olavo de Carvalho !!!

    Eu quero que Temer continue no cargo, ridicularizando o Brasil e os Brasileiros todos os dias até 2018. As eleições municipais, que consagraram o governo Temer nas urnas com uma vitória que o PT jamais teve em 13 anos no poder, é a prova inequívoca que o Brasileiro merece esse governo !!! E a PEC 241 será aprovada ou por Temer ou por quem o suceder (espero que os tucanos não saiam ilibados por não terem aprovado ela e só usufruído.)

    Temer está na presidência por acidente. A queda dele agora só serve aos interesses do golpe e dos golpistas. Na impossibilidade de Dilma voltar ou de uma revolução popular, a desmoralização completa de todos os golpistas é o melhor. Esse governo não está desmoralizado. Ele venceu de forma acachapante as eleições municipais. E com mais prestigío que Temer, só os verdadeiros golpistas, ligados a interesses estrangeiros, que querem eliminar o intermediário que está na cadeira da presidência.

    Se Temer ficar no cargo até o fim do ano, que fique até 2018. Fica Temer !!! Fora PSDB !!!

  5. Novo Salvador da Pátria

    Quem será que a Globo indicará como novo salvador da Pátria? A escolha já deve estar a todo vapor. Será que os  coxinhas cairão de novo no conto do vigário?

  6. Acabar já acabou. Só precisam

    Acabar já acabou. Só precisam remover o cadáver que já está incomodando pelo fedor.

  7. “O ruim aqui são os bem

    “O ruim aqui são os bem alimentados, os estudados, os ricos”. Anos de 1990, Darcy Ribeiro em entrevista no Programa “Vamos sair da crise” de Alexandre Machado.

    Nossas elites odeiam o país, pois se veem como os colonizadores dessa “colônia”.

  8. Uma quadrilha no governo, uma

    Uma quadrilha no governo, uma quadrilha no stfede, uma quadrilha no MP, uma quadrilha na PF, uma quadrilha no congresso, vai faltar gaveta nesses tribunais.

    • Uma quadrilha dentro da

      Uma quadrilha dentro da esquerda aliada dos golpistas, inclusive com ramificações dentro do PT que saboam a resistência ao golpe e tem atitude capituladora…

  9. Contra Fatos Não Há Argumentos

    Nassif: no caso do Aldo, a intelectualidade tem dessa, sonhos humanísticos, utopias de lobos e cordeiros pacificamente convivendo. Tá vendo o Papa Francisco, que o pessoal da Barão de Limeira só falta chamar de agitador comuna? O resto da grande mídia pensa semelhante, mas a conversa é reservada. Só aguardando prá dar o bote.

    Mas, voltando ao Aldo, o artigo é bom e honesto. Vai fundo na questão. Mas diz o novo do mesmo.

    Quem não desconfia que o Informante do Jaburu, mesmo antes de engrossar a fileira dos meninos do Congresso, já não frequentava as falcatruas? Você põe a mão no fogo? Pergunte ao Cunha!

    Essa do ministro baiano é só uma pequenina mostra. Sabe porque o Jaburu queria que o caso fosse à AGU, depois de passar pelo crivo da ministra da Cultura? Esse apartamento é menos que a ponta do iceberg. E o Angorá carioca perde pra alguém do bando? Contra fatos não há argumentos.

    Aliás, estou propenso a aceitar que somos um Pais de bandidos. Acompanhe o raciocínio.

    Se o Congresso é a imagem e semelhança, representante do Povo. Se nesse dito Congresso, segundo a grande mídia, 2/3 dos parlamentares são, de alguma forma, “bandidos” (ladrões, escroques, estelionatários, ora isto, ora aquilo, ora ambos, ora tudo). Sendo tais bandidos a imagem e semelhança do seu eleitorado, quem é esse “eleitorado”? A quase totalidade das Prefeituras do Pais (90%)depois dessa eleição de 2016, tá na mão da bandidagem. Dizer o quê?

    Por isso cobro mais do Aldo, que capacidade não lhe falta. A denúncia é oportuna. A aula de sociologia, excelente. Mas sem indicar um caminho esvazia o discurso, apesar da precisa a lição do que “deveria ser”, ante ao que ai está.

    Só que discurso não põe feijão e arroz na mesa dos sans-culottes, como nós!

  10. Temos que ficar de olhos abertos

    “Ao assumir a presidência, Temer, cercado de corruptos, prometeu combater a corrupção e de não interferir na Lava Jato.”

    O fato é que Temer é a essência mesmo da corrupção politica brasileira. Esta no seio desta e não teria jamais como promoter combatê-la e, cereja do bolo, não interferir na Lava Jato.

    O que temos que tomar muito cuidado é que sabendo que esta com os dias contados, Temer e seu bando podera deixar o Brasil totalmente liquidado. Eu desconfio que Michel Temer é daqueles que detestam o Pais e visto que não é querido pelos brasileiros, se vingaria muito bem antes de deixar a presidência.

  11. Prontidão

    O Brasil não pode ser governado por uma quadrilha, mas foi tomado de assalto por uma. Com a cumplicidade da degradada grande mídia, do apodrecido legislativo e do omisso judiciário, usurparam o poder para praticar a esbórnia financeira e patrimonial, e, então, aniquilar, dia a dia, a democracia, as riquezas, a soberania e a decência no estado de direito. Estamos de prontidão, sempre, para, se necessário for, tirá-los e expulsá-los vergonhosamente do escudo de proteção formado pelas lerdas autoridades municipais, estaduais, federais e pelo poder da grande mídia, que não sabe mais o que é verdade, o que é imparcialidade, o que é ética, o que é honra e o que é grandeza de espírito.

  12. Lá o Krugman diz o mesmo !!

    http://www.nytimes.com/2016/11/28/opinion/why-corruption-matters.html?action=click&pgtype=Homepage&clickSource=story-heading&module=opinion-c-col-left-region&region=opinion-c-col-left-region&WT.nav=opinion-c-col-left-region

    ………….Olha  só quem é a  secretária de educação do Trump ….

    …….Let’s start relatively small, with the choice of Betsy DeVos as education secretary. Ms. DeVos has some obvious affinities with Mr. Trump: Her husband is an heir to the fortune created by Amway, a company that has been accused of being a fraudulent scheme and, in 2011, paid $150 million to settle a class-action suit. But what’s really striking is her signature issue, school vouchers, in which parents are given money rather than having their children receive a public education.

     

    • Parece que um dia desses….

      ….eu ouví um camarada  deste AMWAY  dando pitacos na política industrial dos golpistas por aqui….Ele tava  junto com a turma que ” não ia pagar o pato ”  !!

      È mole !!

  13. Comentário censurado

    Equipe do GGN,

    Fiz um comentário crítico a este artigo, mas não foi publicado. Qual o motivo para a não publicação? Censura?

    • Parece a síndrome do Exilado cubano em Miami…

      …Reza  todo o dia  para que Cuba  volte  a ser o que era antes da revolução: o bordel dos americanos  !!

      L a casa de la madre Huana !!

       

  14. Empresas estatais e os vendilhões do Brasil

     

    A muito velha corrupção, amplamente conhecida, filha querida do sistema capitalista, pura delícia das elites, desonestas, entreguistas e traidoras da Pátria, ganhando fortunas sem trabalho algum, da noite para o dia, vendendo o Brasil, nunca tiveram a menor disposição para efetivo combate à praga da corrupção. Por isso mesmo, as grandes corrupções nunca são devidamente investigadas apesar das incansáveis denúncias realizadas, em vão, por grandes e corajosos jornalistas, desde os tempos da ditadura militar. Dentre esses destemidos, não podemos nunca esquecer, do valente e nacionalista Jornalista Helio Fernandes.

    Além da corrupção e do entreguismo lhes possibilitarem ficar ricos em pouco tempo, sem trabalho algum, as custa da labuta do trabalhador, ainda lhes permite, vez por outra, usar essa deformação do sistema como arma de pressão e chantagens contra adversários em situações desfavoráveis. Só vantagens para os vagabundos. Não querem outra vida.

    Nunca se interessaram em operações semelhantes à Lava Jato, ainda que direcionada, expondo na grande mídia “livre”, verdadeiras bombas recheadas de verdades, de mentiras, de vazamentos, de distorções e muito cinismo, por conta da suspeita de corrupções em obras envolvendo o PT. Sabe-se que os golpistas só fizeram isso visando exclusivamente o impeachment de Dilma/PT, mulher nacionalista honesta e humana. Também, para inviabilizar o PT, principalmente, o ex Presidente Lula/PT, conferindo deste modo, a esperança que o PSDB e camarilhas tanto precisam para tentar chegar ao Poder – desta vez pelo voto – nas eleições de 2018.

    Se a quadrilha de golpista estivesse atrás das siderais fortunas tomadas do povo, nunca poderiam deixar de investigar todas as privatizações e vendas de ativos a preços de bananas, principalmente, as inacreditáveis privatizações FHC/PSDB. Por certo que encontrariam coisas que até Deus duvida. Que fariam as roubalheiras de até agora, furtos de pivetes, de ladrões de galinhas. Acredito mesmo, que se contabilizarem todos os prejuízos decorrentes das privatizações FHC/PSDB a valores de hoje, por certo que totalizariam mais de R$ 10 trilhões.

    Apesar de tudo, temos que ter em conta que a operação das empresas públicas, empresas estatais e municipais, torna-se complicado devido a natureza dessas empresas, “padrão pró socialista”, antagônicas com a sociedade capitalista, visando somente o lucro e o capital. É quase que tentar misturar água e óleo. Por outro lado, o sistema capitalista ficaria inviável, sem a presença dessas empresas, estupidamente atacadas pela desinformada direita.

    Sabe-se que as empresas estatais e municipais, são capazes de pesados investimentos em estratégicos setores onde a iniciativa privada jamais arriscaria um vintém. Além do que, em tempos de grandes crises, como este de agora, que a quadrilha golpista arranjou para o Brasil visando deposição de Dilma/PT, as empresas estatais e municipais são capazes de manter grande número de empregados com algum poder de compra, fazendo a economia girar. Sem elas, a grande crise do sistema capitalista aflorada em final de 2007, teria desmantelado o sistema capitalista mundial. Na época, estima-se que os recursos públicos direcionados a salvar as montadoras, as financeiras e os bancos, da desastrosa gerência de seus incompetentes executivos, passaram de US$ 20 trilhões. 

  15. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome