Quem vai dar o golpe no Brasil? Por Wagner Iglecias

Por Wagner Iglecias

No seu Facebook

Na minha humilde opinião, o golpe contra o governo Dilma deverá ocorrer. Amanhã tudo pode mudar, mas se tivesse de apostar hoje, diria que vai ocorrer. Afinal, há uma conjunção de fatores negativos e muito delicados na política e na economia que debilita muito a situação da presidente. Além disso, há uma conjunção de atores, de fora e de dentro do país, cada vez mais convencidos de real possibilidade de que o governo dela possa ter um ponto final em breve. Reconheçamos: 

a) O partido derrotado na eleição presidencial e seu candidato jamais aceitaram de bom grado o resultado das urnas e desde então não foram poucos os sinais emitidos de dúvida em relação à legitimidade de um segundo governo Dilma;

b) A grande imprensa sempre temeu o petismo, por conta da proposta de regulação de seu ramo de negócios (que ocorre em países como EUA e Inglaterra, por exemplo);

c) A classe média, que está ensandecida, odeia o petismo e quer de volta sua empregada e seu pedreiro conformados com o destino, bem como seus aeroportos vazios e livres daquela “gente diferenciada”;

d) A nova classe média – vítima da péssima educação pública deste país, e com nível de politização muito baixo (similar ou ainda pior que o da classe média tradicional) – segue embasbacada com a ascensão social que experimentou nos últimos anos, comprou o ethos da classe média tradicional e agora também culpa o petismo porque já não pode consumir tanto;

Leia também:  Os dez mistérios cifrosos não revelados do beato Dallagnol, por Wilson Luiz Müller

e) O PMDB e demais partidos aliados do governo seguem sendo aliados, mas só até certo ponto, e se o vento realmente virar já sabemos que não se deixarão guiar pelas estrelas, conforme já foi dito para quem quiser ouvir;

f) A oposição de esquerda, exceção de um expoente ou outro, segue em sua postura de superioridade olímpica, entendendo os dois projetos de Brasil em jogo, neste momento, como a mesmíssima coisa, como só iria acontecer com as esquerdas em geral, em várias partes do mundo, em momentos como o que o país está vivendo.

E o petismo? Oras, o petismo continua estranhamente acuado. Adoraria saber o porquê.

Qualquer pessoa com um mínimo de discernimento sabe que a corrupção é só o argumento para a mudança que deverá ocorrer. Serve a alguns incautos, ainda que em tempos de Google nem em incautos se possa acreditar mais, dado que a corrupção no Brasil é estrutural, as informações sobre isso estão a dois ou três toques no teclado, mas os indignados só a enxergam no PT.

O que está em jogo nestes dias, acho, não é a corrupção, nem a mudança dos costumes relativos à gestão da coisa pública, mas sim a manutenção do atual modelo econômico e de inserção do Brasil no cenário mundial, ou de sua derrubada.

E no caso de derrubada já sabemos o que deverá vir por ai: a reversão do moderadíssimo processo de redistribuição de renda iniciado no governo Lula, um ataque ainda mais pesado que o atual aos direitos dos trabalhadores e às políticas sociais, a retomada da agenda mais hardcore da privatização, a mudança do marco regulatório do pre-sal de modo a favorecer petroleiras estrangeiras e uma mudança acentuada na política externa, tirando o Brasil do caminho dos BRICS e da América do Sul e levando-o de volta a uma aliança preferencial com Washington.

84 comentários

  1. Problema

    Um dos problemas do golpe é a linha sucessória da Dilma.

    1- Michel Temer

    2- Eduardo Cunha

    3- Renan Calheiros

    4- Lewandowski (esse é neutro)

    Duvido que o PSDB apóie um golpe com este triunvirato.

      • 2 e 3 investigados pela lava

        2 e 3 investigados pela lava jato, para que 1 assuma é preciso que o impeachment seja aprovado por 2/3 da câmara e 2/3 do senado, será esse congresso com inúmeros parlamentares investigados pela lava jato que votarão o impeachment?

        Além dos motivos citados acima, o PGR disse que não há o que ser investigado ou arquivado em relação à Presidente, diante dessas circunstâncias, somente se quiserem transformar o País num trem desgovernado onde eles são passageiros também.

      • 1 – foi eleito pela mesma

        1 – foi eleito pela mesma campanha que Dilma;

        2 e 3 – abraçam qualquer coisa que aceitar o abraço – mas o PSDB quer o abraço deles, numa situação em que eles estariam sentando na cadeira presidencial?

        4 – Até quando vai o mandato dele como presidente do Supremo, e quem vai sucedê-lo?

    • Se houver impeachment, quem

      Se houver impeachment, quem assume é Temer. Se resolverem impedí-lo – agora é assim: não gostei, peço o impeachment, aí teríamos novas eleições, desde que o impeachment ocorra até 31/12/2016, caso contrário o novo presidente seria escolhido pela Câmara dos Deputados.

  2. Hoje escrevi um poeminha para

    Hoje escrevi um poeminha para os paneleiros aristocratadas que querem depor a presidenta eleita pelos brasileiros:

     

    “Na Inglaterra foi escrito

    The Lord of the Rings

    No dia 15 de março

    The Rings of the Lords

    Irão por terra no Brasil”

     

    • Lembrei de uma cena da série

      Lembrei de uma cena da série “Downton Abbey” (tem a ver também com o post sobre as empregadas domésticas) em que o personagem advogado, classe média, portanto, “sentindo” a hostilidade da aristocracia por faltar-lhe os trejeitos aristocráticos busca mimetizar os hábitos do ambiente… E exorta o mordomo a servir-lhe o desjejum. O mordomo, então, o adverte que no café da manhã os lordes se servem!

      Tragi-omédia!

      Neste momento, na  TV Camara, o Deputado do DEM da Bahia, o Aleluia, acusa o Lula pela morte de alguém por “causa” de alguma ação do MST.

       

       

       

  3. Texto mais pessimista

    Texto mais pessimista impossível. Qual o objetivo de publicá-lo neste momento? Desanimar quem está querendo se manifestar amanhã?

  4. Não acredito… o objetivo
    Não acredito… o objetivo não é dar “golpe”… é condicionar o governo… um governo fraco politicamente, dirigido por medíocres é facilmente condicionado… nisso a direita vem obtendo pleno sucesso.

  5. Preocupante

    Até bem pouco tempo, não acretiva que teriam coragem de chegar ao golpe. Vão usar os midiotas para chegar a seus fins, isto esta bem claro. E também não estou entendendo por onde anda o quadro do partido que esta no poder ? Rui Falcão, Lula, deputados e senadores ? Muito estranho o PT assitindo tudo calado. Fica parecendo que Dilma perdeu apoio do proprio partido. De toda forma, nos, da base da pirâmide, continuamos apoiando a presidente eleita democraticamente. E não havera golpe sem reação.

  6. Não entendo a postagem de

    Não entendo a postagem de certos textos.

    Este, por exemplo, é mais um daqueles que “joga pro inimigo”.

    Não vai ter golpe nenhum. E dar atenção a esses retardados não vai acrescentar nada.

  7. Quem fala em golpe esta

    Quem fala em golpe esta dissimulando.

    Não entendem o que é democracia pelo visto.

    O voto não da poderes  absolutos e permanentes ou temporários.

    A eleição não é para se colocar um  rei temporário.

    Não se elege pessoas mas planos de governo, se o eleito não executar o plano de governo  deve ser retirado do comando.

    Trem bala alguém viu?

    [video:https://www.youtube.com/watch?v=lRgQcTklxyY%5D

    • Santa Ignorância!

      Infelizmente plano abortado em virtude da conjuntura econômica desfavorável.

      O dia que essa coxinhada deselegante e retrógrada deixar o país trabalhar e crescer a gente faz nosso trem bala.

  8. Concordo

    Concordo com o Wagner. O golpe contra a Dilma sera concluído, é uma questão de tempo. Quanto à linha sucessória, esqueçe, basta dar ao PMDB um grande pedaço de queijo, o resto é com a tigrada do PSDB de Sâo Paulo.

  9. Motivos para o golpe

    Motivos para o golpe:

     

     

    1) petróleo;

    2) petróleo;

    3) BRICS;

    4) desdolarização;

    5) o mercado consumidor brasileiro;

    6) a Globo é a Globo.

     

  10. É obvio que nao vai haver

    É obvio que nao vai haver golpe, e por um simples motivo, o País se tornará completamente ingovernavel em qualquer das estimativas posteriores, aí sim vao ver o que é reação . . . 

  11. A impressão que eu tenho

    nesses últimos dias é que a grande mídia e a oposição estão tentando esfriar um pouquinho os ânimos para o protesto , mas também começo a achar que infelizmente eles puxaram demais a corda. Não sei se tem volta.

  12. Que tipo de golpe?

    O golpe clássico, pela via militar, está fora de questão. O golpe via impeachment não se faz do dia para a noite. Primeiro é preciso que a Câmara dos Deputados aceite um pedido desta natureza. Mas para aceitá-lo não bastam recortes de jornais ou o beicinho d’algum tucano tetra vice.

     

    Depois de aceito, tem toda uma tramitação e é necessário, posteriormente, o voto de 2/3 dos deputados federais para que a intentona siga o seu curso. A intentona segue então para o Senado, onde mais uma vez é necessário o voto de 2/3 dos senadores para que o golpe tenha chancela. De onde é que as pessoas tiraram que a oposição fracassada e tetra vice tem 2/3 dos votos na Câmara e no Senado?

     

    De onde é que as pessoas tiraram essa ideia de que não haveria reação popular contra um golpe desta magnitude, com milhares de pessoas nas ruas protestando a favor da democracia, da legalidade e da soberania do voto popular?

     

    De onde é que as pessoas tiraram essa ideia de que se derruba um presidente que conta com o apoio de vastos setores da sociedade brasileira, mesmo estando com uma avaliação ruim, que é meramente conjuntural?

    • “De onde é que as pessoas

      “De onde é que as pessoas tiraram essa ideia de que se derruba um presidente que conta com o apoio de vastos setores da sociedade brasileira, mesmo estando com uma avaliação ruim, que é meramente conjuntural?”

      Da fundada suspeita, Diogo, que esses “vastos setores” vão ficar acompanhando pela TV “bestializados”. Já fizeram isso antes e estão motivados. Não pensam noutra coisa.

      Querem crer que isso é “consciência cívica” e exercício da “cidadania”.. Repito: estão motivados.

      Soobre o procedimento no Congresso, ah, mera racionalização…

      Não digo que vá acontecer, mas que estão motivados, estão. Isso é inegável. Preocupar-se somente com a “legalidade” e com os procedimentos é temerário.

      • Está havendo, neste intante,

        Está havendo, neste intante, uma mamobra na Camara. No momento em que o Sergio gabrielli está na CPI está em votação nominal na Sessao plenária a PEC das domésticas…

  13. Sugiro chamar o chamar o

    Sugiro chamar o chamar o protesto do dia 15 de “Marcha dos Corrutos”.

    Senão, vejamos os principais promotores:

    Aécio “Cláudio” Neves, José Agripino “DETRAN RN” Maia, Beto “demolidor do PR” Richa, sonegadores do HSBC (muitos moradorres dos Jardins e Higienópolis” e por aí vai..

  14. Acho que o PT está na

    Acho que o PT está na defensiva porque depende do congresso para aprovar o orçamento e da equipe ecomômica para ajuda-la a melhorar os números das contas do país. Uma vez aprovado e retomado o crescimento, mesmo que na casa dos 1%, a coisa muda. Mas não no campo do PIG, que é falar na frente das câmeras. Tenho certeza que o governo tem algum plano para uma nova bandeira, como foi o combate à fome e o fim da miséria. Mesmo que não tenha, acho que a base está à espera do início das investigações da Lava Jato para saber qual a linha que o STF vai seguir e, caso o estrago seja grande, de quem buscar apoio. E mais: tem o 15 de março coxinha (porque o de verdade foi o do direito de resposta do Brizola no JN, em 1994). Algo me diz que, mesmo que junte quórum, será um fiasco pelo perfil egóista dos grupos que vão aderir e pela incapacidade de conviver com o de interesse diferente. Vão brigar entre si.

  15. Golpeando a panela no domingo

    Caros debatedores,

    no Brasil há golpes todos os dias. Portanto, ajustando a pergunta do caro colega debatedor e autor do texto:

    Quem vem dando  golpes no Brasil? É preciso responder essa pergunta.

    Não obstante,  é bem provável que, neste exato momento, alguém está dando  algum golpezinho por ai.

    Um golpe na panela no horário de almoço não faz mal a ninguém. Todos tem o direito de golpear uma panela, sobretudo, hoje em dia, com a redução dos miseráveis famintos brasil afora.

    O problema são os golpes na  merenda escolar, golpe na licitação, golpe na internet, golpe na água, golpe nos salários, sobretudo, dos professores do sul, golpe de machado  na amazônia, golpe tributário, golpe financeiro. Portatno, golpe é o que não falta por aqui.

    Pena que não ficamos sabendo das coisas boas. Ora, é claro que  há também coisas boas acontecendo no Brasil neste momento.  Pena que não conseguimos essas informações em nossa “adorável mídia. Logo, elas também, nossos “adoráveis” veículos de comunicação de massa , nos brindam com golpes diários de informação.

    Mas se o autor acredita em golpe de estado, assim, na marra, ai o papo é outro.

    Fomentar a  desordem pública e agredir  franca e abertamente nossas instituições democráticas para fundamentar ações autoritárias,  ai a conversa muda.

    Neste caso, sua excelência terá não apenas  o direito , mas sim a responsabilidade, o dever de DECRETAR ESTADO DE DEFESA, sob pena de permitir uma possível  convulsão social, o que, enfatizo, não espero que aconteça.  Mesmo porque na eventualidade de uma situção remota dessas, os “golpistas” encontrarão pela frente milhõe de pessoas que não são  imbecis, idiotas,  palermas, bobocas em pleno século XXI.

    Por fim, para os que gostam, recomendo golpearem a panela. Cuidado com a obesidade, no entanto. No domingo, por exemplo, para os que assim desejarem, golpeiem a panela de feijoada. Coma laranjas  para ajudar na digestão. Ouvi dizier que um banco tem  fornecido “laranjas” a custos razoáveis. Laranjas estrangeiras heim!

    Tenham cuidado com os gases pós golpe.

    Boa sorte

     

     

    Saudações

  16. Outro fator que se

    Outro fator que se desencadearia com as privatizações a mil por hora seria a entrega do pré sal às empresas do setor americanas, além de ser o fim da participação do Brasil no MERCOSUL, BRIC’S, ou qualquer outro projeto que não tenha a anuencia dos EUA.

  17. Caro Wagner, interessante

    Caro Wagner, interessante leitura. Porém, preocupa-me na sua crítica essa insistência de ainda querer colocar uma parcela da culpa na “oposição de esquerda” sobre a situação atual.

    Após todos os erros cometidos pelo PT e o atraso (abandono?) de bandeiras históricas fundamentais para a esquerda (como reforma agrária e urbana, reforma tributária progressista, reforma política, combate ao estado punitivista, legalização do aborto e das drogas, defesa da população indígena…), acho bem complicado aceitar esse argumento.

    Parece-me mais uma resposta psicanalítica defensiva pois a esquerda “crítica” alertou sobre muitos dos problemas que hoje sairam do fundo do oceano e chegaram à superfície – e que portanto não eram, de forma alguma, imprevisíveis ou inevitáveis.

    Você fez uma leitura de todos os outros atores no campo político, mas a pergunta que permanece – e é a chave de tudo – foi a que você mesmo colocou:

    “E o petismo? Oras, o petismo continua estranhamente acuado. Adoraria saber o porquê.”

    Pois é. Por quê? Estamos há DOZE anos no poder e não conseguimos ter essa resposta fundamental?

    Não chegou a hora de fazermos uma autocrítica pela esquerda?

    Talvez aí apareça essa resposta.

    Penso que só assim será possível não apenas vencer o golpismo, mas avançar no campo progressista. Ou nós na esquerda temos que ficar calados enquanto se faz ajuste fiscal, aumento de juros, atrasos no pagamento de bolsas de educação (e agora virá uma limitação no FIES), mudanças em seguro-desemprego?

    Desde quando cobrar de um governo de esquerda que o ajuste fiscal seja feito nos mais ricos, que até agora não contribuiram com NADA (e tiveram ganhos elevadíssimos nos últimos 12 anos!), é agir com “superioridade olímpica”?

    Não é hora de tentar entender o conteúdo dessas críticas de esquerda, ao invés de desqualificar a priori seus atores como se fossem tolos ou idealistas?

    Não seria mais do que hora de revisitar a história do PT e suas bandeiras? Pois o que se defende hoje nada mais é do que a defesa das bandeiras que colocaram o PT no mapa da esquerda mundialmente, e que foram gradualmente sendo colocadas de lado nos últimos anos.

    E isso não quer dizer que não houve avanços – houve e foram fundamentais, mas estão longe, muito longe do que é o minimamente justo para o país. E não foram nem sequer TOCADAS as questões estruturais que geram a situação de miséria, precariedade e desigualdade. Atuamos parcialmente nas consequências (o que sem dúvida deve ser feito também, dada a urgência das necessidades humanas mais básicas) mas abandonamos por completo o enfrentamento das causas. Isso precisa ser reconhecido e enfrentado.

    Sugiro refletir sobre isso.

  18. Santa ingenuidade

     

    g) alguém acha que o Obama ia engolir a seco os desaforos públicos da Dilma por conta do wikileaks (inclusive com discurso na Assembleia-geral da ONU)? Alguém acredita mesmo que a operação Lava-jato chegou “por acaso” ao doleiro ao investigar um posto de gasolina onde ele era inquilino?

     

    É obvio que, não obstante haver o esquema de corrupção, não é a moralidade no trato dos negócios da Petrobrás que motiva isso tudo, mas sim interesses poderosíssimos que contavam com a eleição do Aécio para que os negócios de petróleo e gás no Brasil fossem radicalmete mudados com a mudança do modelo de exploração.

  19. Tempos nebulosos

    A possibilidade de golpe, é claro, não pode ser descartada, uma vez que se vê, em alguns, pouco apreço pela democracia, haja vista, a quantidade, perigosamente crescente, de apelos por uma intervensão militar. Não que isto seja de pronto uma preocupação, no entanto, a inércia do PT é sim muito preocupante. Me atrevo a especular, que parece até uma tentativa de dar uma lição na Dilma, uma forma de obrigá-la a pedir penico.

    Sinceramente, espero que não seja assim, pois este jogo está tornando a coisa, com uma bela ajuda da mídia, insustentável. Na há governo que se sustente com tantos ataques, inclusive de aliados. 

    A quem serviria uma instabilidade política e institucional severa? Considerando que as perdas financeiras neste caso seriam gigantescas, quem em sã conciência toparia o pário?

    No Paraguai o golpe deu certo, mas o Brasil não é o Paraguai e as chances do tiro sair pela culatra são enormes.

     

     

  20. Golpe frustrado

    Mais um dos textos apocalípticos tão em voga em certos setores da esquerda.

    Não haverá golpe nenhum. 

    O evento desta sexta feira 13 será bem maior do que a marcha midiática coxinha do Domingo. Fora o aspecto politico na marcação de posição dos brasileiros, que deixará as células golpistas de nossa mídia um tanto quanto assustadas com o confronto. 

    Nas redes socias o embate já começou. A Globo está apanhando de todos os lados. A opção de demarcar o território usando a Globo como  alvo foi excelente

    A marcha coxinha se esvazia. Dos anti-dilmisttas que eu conheço, antes entusiasmados agora nem falam mais sobre o assunto. Anti-climax total De “apartidária” o ato virou um cafofo de partidos de oposição: PSDB, Dem, PPS e outros. É de assustar o ódio que os golpistas estão usando. Isso não é atraente para alguém digamos “neutro” participar de uma manifestação como essa.

    Ao fim o resultado deste final de semana será provavelmente o seguinte: O governo Dilma poderá renascer das trevas e do outro lado, empresas de mídia como Globo, Folha e outras envolvidas no ato do dia 15 vão ficar numa situação muito delicada. Vão ter que tirar o pé. 

    Acreditem: Domingo vai ser um dia bastante divertido com aquelas figuras bizarras povoando a Paulista e outras capitais.

     

    • Esse cara é maluco!!!

      Caro Nassif:

      Colocar o tal do Walter Iglésias dizendo que o GOLPE É INEVITÁVEL e VIRÁ não dá para entender.

      Os Nassifs,PHAs e tantos “blogueiros sujos” são as nossas fontes de informação e resistência – deixa os Walters e outros do genero, na páginas golpistas da grande imprensa [.

      Abraços

      Pedro Luiz

    • Pois é…

      Fiquei com impressão que o professor Wagner, quis dar uma de Wanderley Guilherme dos Santos, versão 2015.

      O dia que o jornalista Wanderley Guilherme, escrever alguma coisa nesse sentido, eu me preocupo.

    • Quero muito acreditar em tudo

      Quero muito acreditar em tudo que você disse, mas o que eu estou vendo é uma mobilização de toda a imprensa que jamais pensei ser possível: jornais e rádios convocando abertamente para a manifestação exigindo o golpe, distribuição de panfletos nas ruas. É fato que muita gente está assustada, mas ainda acho que o resultado nas ruas em 15/03 vai surpreender a esquerda, que talvez então, já não tenha tempo de reagir.

    • … e resta saber, se a coisa

      … e resta saber, se a coisa for adiante, se mais da metade da população vai assistir à pantomima de braços cruzados. No mais, histeria coletiva está sempre à espera da catarse, do gozo final. Pra mim, tá com cara de ejaculação precoce.

  21. Golpe? Só se for do PMDB. A

    Golpe? Só se for do PMDB. A insatisfação não é só da classe média e a direita procura tirar proveito dessa situação. O  resultado da eleição (legítima em todos aspectos) mostra que essa divisão de forças  merece uma análise menos simplista. O governo deveria assumir a sua parcela de culpa e procurar um interlocutor tarimbado para falar no lugar de Dilma e explicar de maneira clara e didática as medidas que foram e precisam se tomadas. Figuras carimbadas como Mercadante e Kassab só vão piorar a situação. É prudente que a propaganda (João Santana) seja substituida pela ação. Se não der resultado, mudamos na próxima eleição.

     

     

  22. A possibilidade há

    Sim, a possibilidade de golpe há. Basta olharmos a história.

    A situação é, no entanto, um pouco mais delicada.

    Os militares não farão o trabalho sujo.

    Um pedido de impeachment, para entrar no congresso, precisa ter um mote claro. A Dilma não é desonesta. É desastrada, mas isso não é motivo para impeachment.

    Se o pedido for aceito, terá de passar por um processo traumático no Congresso. E não nos esqueçamos: noves fora a insatisfação atual, o país está dividido. Corremos o risco de transformar os radicalismos no país em algo pior, bem pior do que e supõe que seja o radicalismo venezuelano. Com 50% para cada lado, desculpe, impossível um impeachment. 

    Finalmente, a reação. Não se esqueçam: dia 15 os caras vão querer linchar este governo. Alguém acredita que esta provocação não será o combustível de uma reação ainda maior?

    A verdade é que nossa extrema-direita-redeglobo-proto-fascista está semeando chuva. Vai colher tempestade.

     

     

    • E que tempestade………….

      Eles plantam raios e vão colher tempestade, sem duvidas !!!!

      Só que lamentavelmente, o que vemos, é que os abutres e gafanhotos estão querendo justamente isto:

      uma nação dividida, tumultuada o suficiente para deixar a porta aberta a estes aproveitadores.

      Pena que poucos, bem poucos conseguem exergar o que eles pretendem, e estão se deixando serem lmanipulados e massa de manobra.

      É como disseram ” uma ascensão economica sem uma consciência politica !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Excelente vídeo!
      Nos lembra o que está por trás do “inconformismo” dos perdedores da eleição.

      Obama declarar a Venezuela um “perigo! para os EEUU é brincadeira, né não? Voltaram a interferir pesado na América Latina. Se a Dilma for derrubada acaba definitivamente as possibilidades de nos desenvolver.

      Gabrieli agora à tarde na CPI foi magistral. Demonstrou que não existe corrupção institucionalizada na Petrobrás!

  23. Wagner foi feliz em sua

    Wagner foi feliz em sua exposição de motivos pelos quais os interessados em golpe planejam.

    “…  no caso de derrubada já sabemos o que deverá vir por ai: a reversão do moderadíssimo processo de redistribuição de renda iniciado no governo Lula, um ataque ainda mais pesado que o atual aos direitos dos trabalhadores e às políticas sociais, a retomada da agenda mais hardcore da privatização, a mudança do marco regulatório do pre-sal de modo a favorecer petroleiras estrangeiras e uma mudança acentuada na política externa, tirando o Brasil do caminho dos BRICS e da América do Sul e levando-o de volta a uma aliança preferencial com Washington.”

    Além destes, acrescentaria também, como motivos para tal, o abaixo;

    – Compra dos aviões.

    – Destruição das Empreiteiras nacionais, para dar lugar as estrangeiras.

    –  Destruição do Mercosul.

    – Posse da Base de lançamentos de foguetes de Alcântara.

    – E finalmente, mas não menos importante, a tentativa de mediação do conflito Israel/Irã, até hoje atravessado na gargante de Bibi e Cia.

    E tem muito mais…………, que possivelmente só os agentes envolvidos podem discriminar.

  24. sim

    o golpe esta chegando

    e hora de se preparar para a resistencia.

    criar pequenos grupos que se encontrem olho no olho e nao pela internet.

    e pensar o que esse pequeno grupo pode fazer para garantir a legalidade.

    a rede da democracia tem que estar preparada.

    e ser ampla.

    a justicia pode tirar do ar os blogs.

    entao nao se pode imaginar que eles serao o suporte da democracia.

    depois de dilma outros serao perseguidos.

     

  25. O post é um desfilar de

    O post é um desfilar de bobagens e achismos. Nem o PSDB apoia o impeachment. O que há, isso sim, é uma revolta grande da população e dos políticos em geral com a incompetência mastodôntica da Presidente Dilma e seu governo, que tiram a credibilidade do país. Então haverá protestos, mas impeachment não foi apoiado nem pelos revoltosos, conforme pesquisa divulgada recentemente. Não há comprovação, até agora, de dolo da Presidente na corrupção da Petrobras, logo não se pode falar em impeachment por mera incompetência.

  26. Não haverá golpe nenhum

    Não haverá golpe nenhum, porque ogoverno está caindo sozinho. A própria presidente convocou o carrasco para seu ministério. Resta saber se vai dar-lhe poderes suficiente para tomar todas as medidas impopulares necessárias.

    O que pode acontecer é Dilma ser obrigada a renunciar, e é possível que isso seja exigido pelo próprio PT, que em breve estará ocupado com a campanha de Lula para 2018 e será crucial evitar que a imagem elameada de DIlma suje a imagem imaculada de Lula.

  27. 50 milhões contra o mundo?
    O governo, através de alguns de seus integrantes, já separaram o que é manifestação legítima, democrática, do que é um crime contra a democracia, que parte de perdedores e não tem respaldo legal, político ou popular. Podem levar 50 milhões às ruas. E daí? São os 50 milhões que perderam. Respeitem os 53,5 milhões que ganharam. E ponto. Mas esse é o problema: entre os que ganharam esta aquele povo imundo, o brasileiro, especialmente o nordestino e, para desilusão de muitos, o mineiro, terra que viu nascer esse embuste chamado Aécio Neves. Resta lamentar que a esquerda brasileira não dê importância para esse ataque à democracia, e queira aumentar as fileiras dos coxinhas porque consideram que assim reverteram os atos de governo enfeixados no chamado “Ajuste Fiscal”. Pois o Ajuste continuará, infelizmente, com Dilma, e seria agravado sem ela, radicalizando-se, com cortes profundos em todos os programas sociais, e outro programa mais radical ainda de privatizações. Devemos nos manifestar, sim, pelo respeito à democracia, ao mandato da presidente eleita. depois, se passar essa marola de indigentes mentais, a gente vai à rua por um programa político e econômico de esquerda. 2018 bate às portas.

  28. É mesmo né? Verificando todo

    É mesmo né? Verificando todo o teor dos itens de A a F, “reeeeeeeeeeeeeeealmente” isso, para os facistas,  digo, para a mér, mídia e oposição já seria motivo para o impedimento da Presidenta.  Isso, na cabeça, (cérebro, massa cinzenta???) deles.

  29. Só falta combinar com os russos

    Talvez fique claro que a social-democracia na América Latina e a democracia burguesa seja inviável na região.

    Alguns acham que um golpe judicial-midiático-parlamentar seja um passeio

    Terão que envolver as Forças Armadas para derrubar Dilma.

    Quem quiser embarcar no Golpe que embarque.

    E acham que o Brasil vai engolir o que São Paulo e sua burguesia tacanha quer.

    Tirem Dilma e veremos como conseguirão governar fora de um regime ditadorial repressivo.

     

     

     

     

     

     

     

  30. Desgaste mirando a renúncia

    Embora quase boa parte dos oficiais que passam para reserva, quando se manifestam sobre o quadro político, revelem forte anti-petismo e mentalidade de Guerra Fria, creio ser muito dificil um engajamento institucional das Forças Armadas numa aventura golpista, pois ao contrário de 1964, não há manifestações de quebra da hierarquia militar, politização do meio militar e projeto do que fazer uma vez no poder e espero que seja preponderante o espírito legalista em seu seio. Se pelo lado militar a  chance é  remota, resta o lado jurídico-legal. O próprio MP e a Justiça Federal não relacionaram Dilma em seus pedidos e acatamento de investigações, o que, caso isto ocorresse, poderia ensejar um pedido de impeachment por crime de responsabilidade. Ainda sim, pedidos ocorrerão mas seria um tanto paradoxal um processo de impeachment ser aceito e conduzido por um Congresso cujos presidentes de suas respectivas casas estão eles sim sob investigação. Mesmo aceito , como já foi ressaltado, para dar seguimento  será necessário 2/3 do Congresso, o que, embora nao impossível, é muito dificil de ser obtido, pois ao contrário de Fernando Collor, que surgiu do nada como salvador da pátria mas confiscou poupança, teve inflação  de 20 % ao mês e queda do PIB em cerca de 3%, e era denunciado pelo próprio irmão, ficando isolado e sem base parlamentar e social, Dilma ainda que enfrente grandes dificuldades, tem ainda uma estrutura partidária e base social, sobretudo nas regiões mais carentes do país, e uma poderosa caneta para atender diversos interesses.

    Acho que a estratégia dos opositores e “revoltados” é pela “opinião pública e pela sociedade civil”, como já registrou o ex-ministro Bresser Pereira. Mitigar cada vez mais a presidente Dilma, criar uma atmosfera de esgotamento a partir de factóides dos setores conservadores da Midia, e calúnias não combatidas por meio de redes sociais, colocar uma pressão fortíssima pela a renúncia, algo que se depender da personalidade da presidente, dificilmente será bem sucedida, mas numa conjuntura de agravamento econômico  e decomposição de apoio parlamentar poderá ter alguma chance.

    O que fazer? Bem acho que a presidente não pode se omitir. Viajar pelo Brasil inaugurando obras e programas, ter contato com povão, refazer a articulação política com novos ministros, conversar, conversar e conversar(embora nao aprecie muito mas é necessário) e ter claro onde quer chegar.

     

  31. “Grupo fascista” Revoltados Online

    “Grupo fascista” Revoltados Online

     

    O grupo é conhecido por defender o regime militar, disseminar o preconceito contra nordestinos, e contra minorias, como gays, de liderar manifestações pelo impeachment da Presidenta Dilma, e ter se associado à campanha de Aécio Neves para presidente. “É um grupo de extrema-direita, que se diz representante do povo, que está tumultuando o trabalho do Congresso Nacional”, acusou Pimenta.

     

    Marcello Reis postou fotos ao lado do cantor Lobão, pedindo doações em dinheiro e divulgando contas bancárias para dar continuidade à “guerra entre o Bem e o Mal”, pois “não temos ninguém por trás de nós”. Além disso, o grupo Revoltados Online comandou ameaças e impediu a entrada de diversos parlamentares no Congresso Nacional ao longo do dia.

     

    Quem é Marcello Reis, o fundador do Revoltados Online – Antes de iniciar o Revoltados OnLine, o fundador Marcello Reis criou diversos sites com oportunidades de negócio “incríveis”. Desde ofertas de precatórios federais, créditos de ICMS e até mesmo vendas de apartamentos no exterior. Marcello Reis possui extensa “ficha corrida” de tentativas de golpe pela Internet.

     

    Nas ações de Marcello Reis, é possível verificar diversos indícios de fraude. Em todos eles, Reis utiliza símbolos de órgãos do Governo tentando vincular sua imagem a instituições reguladoras, como Banco Central, CVM e Receita Federal. Além disso, alega fazer parte de uma organização formada por “renomados” profissionais Os blogs que Marcello Reis administra têm algo em comum: todos têm a palavra online, assim como o Revoltados Online.

     

    Sites: http://ativosfinanceirosonline.blogspot.com.br | http://precatoriosonline.blogspot.com.br| http://brasilbusinessonline.blogspot.com.br

    • Pode ser…
      mas o “pescoço da

      Pode ser…

      mas o “pescoço da girafa” cresceu muito da década de 70 pra cá. O “estilo de vida” dos ricaços e das classes médias tradicionais também…

      A ver.

  32. # MOTIVOS PARA ” UM TREM

    # MOTIVOS PARA ” UM TREM DESGOVERNADO”(IMPEACHMEANT):

    1) A classe média é burra e sempre foi…”em todos os tempos e em todo o lugar”(ex.: Alemanhã de 39).

    2) O PSDB está tb sendo guiado pelo ódio.

    3) Dilma não é o LULA.

    4) Pré-sal.

    5) Regulação de mídia.

    6) A conjuntura econômica não é apocaliptica ,mas tb não é 1000 maravilhas(” e a classse média é burra”).

    7) Para mim o pior: se faltar água em SP(“falta total e não o racionamento, que já existe”),o caos social em SP vai engolir o governo federal …e a “classe média é burra”.

  33. Não sei o que esses malucos

    Não sei o que esses malucos acham de adminstrar um pais com as características do Brasil!?

    Pensam que é assim, vamos todos berrar na rua, xingar da janela e dizer que estamos insatifeitos por não sermos mais ricos, poderosos, bonitos etc etc  e podemos substituir o Governo como substituir um jogador na rede do volei, um goleiro na pelada ou um calouro no reality show, contiunuando alegres e felizes, aplaudindo e indo para nossas casas alegres e satisfeitos!

    Quem e o que pensam em colocar no lugar dessa que se “foi”?

    Haverão novos descontentes com o próximo e como temos premissas, ah! vamos derrubar esse dai também, pq esse não permite que eu seja rico, poderoso, bonito etc etc.

    Assim, não haverá governo firme nunca. 

    E pensem: Quando isso ocorre, só tem um caminho: O autoritarismo de destruir os opositores e aqueles que pensam diferente.

    Ai, não será bom para ninguém!

    Deixem essa mulher governar com tanquilidade e cumprir seu mandato. Vivo no mesmo Brasil de todos Vcs e acredito nisso!

    A democracia via voto, foi inventada e implementada em substituição às guerras e às revoltas, situações em que os vencedores destruiam os perdedores. Os vencedores viviam e o perdores morriam. Eu não quero isso em nosso pais em pleno seculo XXI.

     

  34. midia

    El padre de la propaganda nazi fue Joseph Goebbels, responsable del Ministerio de Educación Popular y Propaganda, creado por Adolf Hitler a su llegada al poder en 1933.

    Hoy en día sus principios son utilizados por las grandes trasnacionales de la comunicación.

     1.- Individualizar al adversario en un único enemigo

     2.- Reunir diversos adversarios en una sola categoría o individuo

    3.- Cargar sobre el adversario los propios errores o defectos

    4.- Principio de la exageración y desfiguración. Convertir cualquier anécdota, por pequeña que sea, en amenaza grave.

    5.- La capacidad receptiva de las masas es limitada y su comprensión escasa; además, tienen gran facilidad para olvidarlas

    6.- Si una mentira se repite suficientemente, acaba por convertirse en verdad. Un principio que aplican a diario con toda la ola de rumores que suelten incluso a través de las redes sociales.

    7.- Hay que emitir constantemente informaciones y argumentos nuevos a un ritmo tal que cuando el adversario responda el público está ya interesado en otra cosa

    8.- Construir argumentos a partir de fuentes diversas e informaciones fragmentarias

    9.- Callar sobre las cuestiones sobre las que no se tienen argumentos y disimular las noticias que favorecen el adversario

    10.- La propaganda opera siempre a partir de un sustrato preexistente, como un complejo de odios y prejuicios motivo por el cual se han encargado primero de disociar a todos sus seguidores.

    11.- Principio de la unanimidad. Llegar a convencer a mucha gente que se piensa como todo el mundo, creando impresión de unanimidade.

    Texto tomado de la publicación: http://laradiodelsur.com.ve

     

     

  35. Expectativa superdimensionada

    O brasileiro foi convidado a escolher Presidente entre: um baixinho folclórico de bigode; um sujeito “zen”; uma patricinha de esquerda; um Pastor doido; um playboy; uma viúva do Lula e a Dilma, dentre outros nanicos desconhecidos. O cardápio era esse mesmo! Não tinha nenhum loiro de olho claro falando “ingrés”. Ganhou a Dilma, mas parte do povo ainda assim não gostou. O povo queria o que?  O Bill Clinton, John Kennedy ou alguém mais chique?

    Alguns “brazileiros” irão sair no dia 15 por causa de que o Brasil real não os deixa sonhar com a sensação bacana de morar nos EUA ou na Europa. Cada vez que olham o povo na rua, uma fila no aeroporto, ou alguém do Governo, os “coxinhas” são lembrados diariamente que pertencem apenas a este terceiro mundo. Que tortura! Ataque de “pobrefobia”!

    • Cada ves que vejo as filas no
      Cada ves que vejo as filas no Aeroporto, não culpo ninguém por ter trazido milhões de pessoas a um novo patamar econômico, mas culpo sim o governo, aqui representado pela Anac, por não fiscalizar, investir e garantir um serviço de boa qualidade. Se querem ser bons, não se comparem aos BRICS, se comparem a Europa e EUA. Ser o melhor entre os subdesenvolvidos não é vantagem alguma.

      • Alessandro:
        Seja um pouco

        Alessandro:

        Seja um pouco sensato.

        Ninguém, nem o próprio Governo, tinha uma idéia exata da dimensão da mobilidade econômico-social que as Políticas Sociais, implantadas pelo PT, provocariam na sociedade brasileira.

        Era impossível preparar ANTES a infraestrutura do país em aeroportos, portos, estradas, escolas, hospitais, saneamento básico, etc

        Constatados os efeitos da ascenção social, o GF tem procurado ampliar e melhorar a infraestrutura, inclusive com as concessões´à iniciativa privada. Não há como negar.

        As filas nos aeroportos se devem não só à nova classe média mas, também ao enorme fluxo de turistas brasileiros que foram ao exterior durante os últimos 12 anos gastando, em média, US$ 20 bilhões de dólares por ano.

        Devido ao dólar barato, as classes médias tradicionais foram altamente beneficiadas em realizar os seus sonhos de consumo no Brasil e no exterior.

        Hoje, reclamam do que ?

        Reclamam do empoderamento da classe trabalhadora, dos camponeses e, pasme, da empregada doméstica sobre os quais o patronato e a dona-de-casa já não tem tanto poder de mando.

  36. A minha opinião ainda é a

    A minha opinião ainda é a mesma: bater panela é do jogo. Mas recusar resultado eleitoral, chamar Obama, golpe militar, paragauio ou hondurenho é ridículo.

    E é esse ridículo que está na rua. Repito: estão motivados; e já passaram do ponto de retorno. É bom não desprezar; são perigosos; foi assim que o nazismo começou.

  37. Be a Bá de Economia

    A reversão do processo de redistribuição de renda já ocorre com o aumento da inflação e perda da renda via desvalorização da moeda. 

  38. contra ataque

    Na sua opinião qual deveria ser o movimento da Dilma antes de domingo?

    Comentei noutro post que poucos leram. Volto a colocar a minha opinião “sem noção” aqui:

    Pronunciamento da presidenta Dilma que iria ao ar às 20 horas (da novela) deste sábado:

    Minhas amigas e meus amigos,

    O meu partido, o Partido dos Trabalhadores e esta presidenta são a favor do direito de livre manifestação para todos as pessoas. Por esse direito sempre lutamos, muitas vezes perdendo nossa própria liberdade pessoal.

    Sabedores que somos de convocações para passeatas com fundo político, marcadas para esse domingo, determinei aos Ministro da Justiça, Exército, Marinha e Aeronautica, estado de prontidão para garantir a segurança dos manifestantes e assegurar que não sejam reprimidas as opiniões e o direito de manifestação de nenhum brasileiro ou brasileira.

    Em outras palavras: O PT quer que cada um brasileiro e brasileira participe da política e ajude com a sua opinião a construir um pais mais igualitário para todos.

    O direito de livre manifestação é uma conquista recente do Brasil e todo esforço faremos que ele perdure.

    Muito obrigada.

  39. Silas Bisonho Malafaia
    Silas convoca fiéis para manifestação de 15 de março.Estelionatário da fé alheia.As pobres ovelhas, diariamente tosquiadas dentro de igrejas é que deveriam dar uma boa de uma banana para estes falsos profetas 

  40. …me perguntaram ali o que eu achava deste dia 15/03, respondi.

    …me perguntaram ali, o que eu achava do dia 15/03, respondi :
    Uma coisa é certa: vai haver quebra-pau, pois sem isto não haverá repercussão na TV;

    Vão contratar um bando de brequebostas desocupados, com camisas vermelhas, falsa carteirinhas do PT nos bolsos para fazerem o serviço
    Outra coisa certa, é que sacrificarão algum idiota, pois precisarão de um defunto para ser carregado em cortejo no outro dia pra aumentar a comoção.
    Depois convocarão outra marcha…depois outra…depois outra…até virar um evento turístico e social aos moldes da parada Gay, ou como antigamente, nas cidadezinhas do interior, quando as moças e os rapazes iam para a praça a fim de uma paquera.
    As mensagens no WhatsApp serão tipo:

    uma:” Iaí gata ??? Combinado ??? Agente se encontra no fora DILMA, no domingo,  falou ???”

    outra: ” -Iaí mano ? Tú tá dentro do fora Dilma deste domingo ?
    – Craro manôô, craro, muita mina de grife, arguma coroa na necessidade, vai que rola né não ? E tú ?

    outra: ” Nequinha, estou ansiosa para o próximo FORA DILMA, conhci um corroa legal. A DILMA precisa ficar pois estas passeatas não podem parar…ui ui ui !!! “

    Vão permanecer nesta até 2018, quando o PT elegerá novamente o seu candidato.

  41. A narrativa se tornou um conto de realidade…

    Não há como o país progredir em forma de conteúdo e institucionalmente se essa narrativa desprovida hoje de fatos concretos continuar. 

    Dentro da perda de conteúdo: eu me deparei com alunos e formandos no Brasil rejeitando qualquer proposta para o futuro do país de forma analítica. O que me preocupa é encontrar alunos escrevendo abertamente quanto a fazer uma pesquisa sobre Karl Marx, seus escritos e sua analíse sobre o sistema capitalista. Hora bolas, eu não sou Marxista pelo simples fato de não crer na sua visão escatológica do desenvolvimento histórico, mas suas analíses críticas sobre as contradições do sistema capitalista e sua relação com o humano são importantes. Além do mais, mesmo que não seja Marxista, me negar a fazer uma análise crítica sobre o seu trabalho me declarando um defensor da democracia é defender a ditatura do pensamento sem ao menos perceber que é isso que eu estou fazendo. Veja que Marx e as suas visões sobre contradições do capitalismo são debatidas na LSE Lodon School of Economics) por David Harvey, em Yale sobre (pasmem) um curso sobre capitalismo (que está aberto online e no ITunes University),  na Universidade de Nova York (que hoje tem Paul Krugman como porfessor), e até mesmo o Sarkozy foi pego lendo o livro em plena crise financeira…. Ou seja, o debate sobre Marx, quer eu concorde com suas idéias ou não, deve ser feito… Hora bolas, falar isso na época da internet e com a abertura que isso permite a acesso de conteúdo é chover no molhado! Ou seja, o que me assusta hoje no Brasil é simplesmente perceber que existe um bom bocado de gente sem saber o que pensa dentro do contexto de hoje,

    A outra perda significativa será institucional. Se a Dilma cai simplesmente devido a uma narrativa defendida com unhas e dentes por aqueles que perderam as eleições (ver o PSDB e outros partidos dar apoio a isto aí é revelador), deve se questionar como se dará o formato de discussões políticas no país no dia seguinte! sim, por mais elementar que seja isso, é pela perca do que é mais elementar numa democracia – a institucionalização e organização do debate através de eleições livres e abertas que se estará em jogo! Pois como explicar a aqueles que ganharam dentro das regras colocadas que eles não são aceitos a priori? Como se dará o reestabelicimento da confiança na democracia brasileira novamente? Como dar a esquerda mais centro que o país já possuiu uma justificativa que seja ao menos digna do conceito de justificativa? Horas, aqueles políticos do PSDB e oposição e líderes que estarão nas ruas se organizando tem o dever de perceber que sua organização já é a maior vitória, pois daí ja se tem um grupo para se pensar a uma alternativa daquilo que eles desaprovam, e então por consequência há de se pensar em como se debater como organizar e apresentar propostas para o futuro do país nas próximas eleições! Além disso, como pode líderes políticos eleito pelo voto pregar algo contrário? Qual a autoridade que esles conclamam para si? Como pregar a queda de um eleito pela força de ser um eleito também?

    A quebra da democracia aqui será tamanha e sem volta que me pergunto se realmente quero votar para o Brasil como um acadêmico no futuro, pois como ser um acedêmico sem poder discutir o amanhã? ou pior: como ser um democrata e não viver sobre tal liberdade garantida? 

  42. “Após frustrar

    “Após frustrar irremediavelmente a generosa expectativa da nação, resta a Fernando Henrique uma única atitude: reconhecer o estado de ingovernabilidade do país e propor ao Congresso uma emenda constitucional convocando eleições presidenciais para outubro, dando um desfecho racional ao seu segundo e melancólico mandato, que terminou antes mesmo de começar.”

    Tarso Genro, em 25 de janeiro de 1999, na Folha,24 dias depois da posse no segundo mandato.

  43. “Na minha humilde opinião, o

    “Na minha humilde opinião, o golpe contra o governo Dilma deverá ocorrer”.

    Só li essa primeira linha.

    Num congresso que seu parte de seus membros estão envovidos até o teto com falcatruas,imoralidade, armações, conchavos, terá moral e condiçoes de dá golpe em alguém ?

    Na minha opinião que vai levar um golpe do povo são esses parlamentares nas próximas eleições.

    • “Num congresso que seu parte

      “Num congresso que seu parte de seus membros estão envovidos até o teto com falcatruas,imoralidade, armações, conchavos, terá moral e condiçoes de dá golpe em alguém ?”

      Talvez o golpe aconteça exatamente por este motivo.

      Lembram da carta do Ricardo Semler? A corrupção só está sendo exposta por causa da Presidenta Dilma.

      Estes que arrotam querer mudança na verdade não querem mudança nenhuma. O que querem é continuiar como antes, roubando sem medo.

      O Cunha é o exemplo máximo dissso.

  44. Que mané golpe, que nada . Participem no twitter #GloboGolpista

    #GloboGolpista. Líder de trend topics

    Às 23:00 desta quarta-feira (11) a hastag #GloboGolpista era o assunto mais comentado do Twitter no Brasil.

    Pouco tempo depois, a emissora caiu para o segundo lugar em número de comentários.

    Nas postagens, os internautas lembraram episódios polêmicos em que a Rede Globo esteve envolvida, como a edição do debate entre Lula e Collor em 1989, além do papel do grupo durante a ditadura militar.

    “Não esquecemos a edição Lula/Collor, a bolinha de papel, e nunca vamos esquecer a capa ‘Eles sabiam’, fora PIG, fora #GloboGolpista”, escreveu Ivaldo Moraes (@IvaldoMoraes).
    https://twitter.com/IVALDOMORAES/status/575838720764608512

    “Não vamos deixar que 64 se repita!!! #GloboGolpista”, twittou Danusi (@DanusiRodrigues).
    https://twitter.com/DanusiRodrigues/status/575841439013343232

    “A #GloboGolpista quer sangrar o governo até o fim. Sangram, na verdade, a população, a maior vítima desse ‘jornalismo’ golpista e criminoso!”, opinou Flavia Pais (@FlavinhaPais)
    https://twitter.com/flavinhapais/status/575841068907913216

    “A #GloboGolpista deve bilhões ao governo e na peroba quer derrubar um governo eleito legitimamente…SF #GloboGolpista…”, disse Ana Araujo (@Ana_tearaujo)
    https://twitter.com/ana_tearaujo/status/575841062436085761

    Veja outras manifestações, via twitter, com a hastag #GloboGolpista no link:

    https://twitter.com/hashtag/globogolpista?f=realtime&src=hash

  45. Águas de Março.

    http://brasileiros.com.br/2014/03/os-memes-sobre-o-retorno-da-marcha-da-familia/ 

    Os memes sobre o “retorno” da Marcha da Família

    Manifestação da ultradireita, articulada por simpatizantes do Golpe de 1964, é alvo de zoeira nas redes sociais

    21/03/2014 16:42, atualizada às 21/03/2014 18:52 

    Ah, você sabe que a Brasileiros ama a internet, apesar de tudo o que vemos sendo disseminado. É uma relação difícil, mas ela é lugar onde existe a possibilidade de potencializar e instrumentalizar o pensamento mais reacionário e boboca, mas é, fundamentalmente, o lugar de se informar e responder à altura – e com toda força – qualquer iniciativa equivocada, daí a “importância” de um meme. Aliás, a internet é um fluxo orgânico e feroz, mas cada vez mais é um lugar de consagrar e consolidar a memória e as versões. ENFIM. 

    Tudo isso para dizer que cinquenta anos após a primeira Marcha da Família com Deus pela Liberdade – movimento deflagrado em 19 de março de 1964 contra o governo João Goulart -, pelo menos 15 capitais terão a versão “reeditada” do protesto neste sábado (22). Mas que a internet não perdoa.

    A resposta foram as imagens compartilhadas aos montes ironizando a marcha. Na galeria abaixo separamos as mais divertidas, sarcásticas e as respostas dos movimentos sociais para tal manifestação ultradireitista.

    Em São Paulo, os manifestantes que celebram o Golpe de 1964 vão se concentrar a partir das 15h na Praça da República, centro da capital. No mesmo dia, na Praça da Sé (no centro, também) duas marchas – a “Marcha antigolpista” e a “Marcha antifascista” – vão se reunir no mesmo horário.Brasileiros vai estar lá.

    E para quem não sabe ainda, vale a pena ler o nosso novo blog “Diário do Golpe”, em que nossa repórter premiada Luiza Villaméa narra episódios dos últimos dias de governo de João Goulart. Para ler sobre a marcha, clique aqui.

     1 / 14       

    PS. Para saber o quão brutal era a ditadura leia a série de reportagens Filhos do Brasil.

    Link curto: http://brasileiros.com.br/9iOsN

    Tags: 

     

       

  46. O que me chateia realmente,

    O que me chateia realmente, SÃO OS BRASILEIROS VENDENDO O BRASIL!

    Ganham dinheiro no Brasil e não contentes ESTÃO LUTANDO PARA SATISFAZER FORÇAS EXTERNAS!

    É de endoidar…

  47. O que precisamos e de reação

    Wagner – Vejo que, como você e todos jornalistas de esquerda estão a lamentar, mas não se propõem a fazer alguma coisa efetiva, como por exemplo reunirem-se, para estudar como organizar a defesa da democracia, orientando os sindicatos e organizações para resistência contra o golpe que me parece esta próximo, não podemos ficar de braços cruzados esperando acontecer, não acontecerá nada com vocês, Vladimir Herzog, já pagou por isso.

    Ricardo                       

  48. resistência

    Wagner – Vejo que, como você e todos jornalistas de esquerda estão a lamentar, mas não se propõem a fazer alguma coisa efetiva, como por exemplo reunirem-se, para estudar como organizar a defesa da democracia, orientando os sindicatos e organizações para resistência contra o golpe que me parece esta próximo, não podemos ficar de braços cruzados esperando acontecer, não acontecerá nada com vocês, Vladimir Herzog, já pagou por isso.

    Ricardo

  49. O importante é estudar a história.

    Muitas pessoas começam com conjecturas sobre a possibilidade de um golpe ou não, porém estas pessoas abrem a sua opinião sem considerar o passado do país, pois então vamos tentar recuperar um pouco isto para nos localizar melhor.

    Nos últimos oitenta anos de república tivemos os seguintes golpes bem sucedidos e mal sucedidos ( os mal sucedidos ficaremos nos mais importantes).

    Em 1930 tivemos a revolução de trinta, que foi uma verdadeira cronica de uma morte anunciada, por anos ocorreram diversas tentativas de golpes, grandes movimentos militares foram feitos (lembrar coluna Prestes) e as eleições eram fraudadas de forma desavergonhada. Com todo este cenário, tiveram que ocorrer eleições em que o núcleo do poder se dividiu e haviam governadores dos Estados que se envolveram militarmente na deposição do governo, na época grande parte do exército brasileiro se concentrava no Rio Grande do Sul devido o inimigo mais importante ser a Argentina, e com a Brigada Militar, que possuía armamento pesado na época e apoio de grande parte do terceiro Exército as tropas chefiadas por Getúlio Vargas começaram o movimento.

    Logo quais as características básicas: Contestação da legitimidade do poder central (que não é arguida nestes dias), precedentes de revoltas militares, divisão do poder central, flagrante corrupção nas urnas e outros itens que não são acessórios, mas talvez os mais importantes. Um estado que na época era poderoso nacionalmente, falando como base do golpe, e por coincidência um líder do golpe que governava este estado. Em Porto Alegre inclusive a guarda municipal treinou durante semanas a invasão de um dos quarteis que não tinha apoio através de marchas que passavam a frente deste quartel.

    Em 1932 os paulistas tentaram a famosa revolução constitucionalista para derrubar o poder instalado na revolução de 1930. Houve um estado relativamente poderoso que se insurgiu contra o governo provisório, mas mesmo com este estado, por não conseguirem apoio em outros estados, foram derrotados por forças legais.

    Em 1945 há a derrubada de Getúlio Vargas, havia uma constituição de inspiração fascista, o estado estava organizado de mesma forma e saiu-se de uma guerra em que se lutava contra o fascismo. A partir deste cenário todas as forças democráticas e as não democráticas também se aliaram para obrigar a renúncia de Vargas, com a condição de um “exílio” dentro do território nacional (São Borja no Rio grande do Sul) o presidente se afastou mas ainda conseguiu eleger seu sucessor (que veio a traí-lo depois).

    Em 1954, após ampla mobilização da oposição ao governo eleito de Vargas, que contrariou interesses internacionais com a criação da Petrobras, com a mobilização de forças populares de apoio ao Presidente Vargas e já no período da guerra fria, Getúlio Vargas dobra o salário mínimo, há agitação nos quarteis com entrega até de manifestos contra o governo, o governador da Guanabara, Carlos Lacerda e sublevação de várias unidades militares que desde a eleição de Vargas queriam a sua deposição. Somados a isto há o assassinato de um major da aeronáutica, que fazia a segurança de Lacerda, sob o mando do chefe da segurança da presidência da república, há fortes pressões pela renúncia. Ao se sentir acuado Getúlio Vargas se suicida e inverte totalmente os programas de ação dos golpistas tendo mesmo que Lacerda se exilar no exterior.

    Em 1961 com a renúncia de Jânio Quadros exatamente no momento que o vice-presidente se encontrava na China Maoista, há uma tentativa de golpe que militar que tenta evitar a volta de Jango ao Brasil ameaçando derrubar o avião, esta tentativa foi abortada pela resistência dos Governadores Leonel de Moura Brizola no Rio Grande do Sul e Mauro Borges em Goias.

    Em 1964 no auge da guerra fria, o golpe abortado em 1961 é executado em 1964, com o apoio de governadores de Estados importantes como Minas Gerais que já vinham conspirando abertamente com o governo norte-americano, os norte-americanos mandam tropas embarcadas para costa brasileira (Operação Brother Sam) e Jango se nega a resistir, auto-exilando-se. O General Castelo Branco, preferido pelos norte-americanos assume o governo.

    O que se vê, que golpes não são feitos sem o comprometimento militar de forma clara e inequívoca, com a existência de estados com governantes que estão numa forte oposição ao governo central e para que haja um golpe o governo é mantido sob tensão por um ou dois anos, sendo que neste período há movimentos militares (da ativa, e não da reserva) claros contra o governo. Também o apoio externo tem que ser oficial.

    Caso alguém identificar as condições atuais, que eu não identifico, pode-se esperar um golpe para já, porém o que se verifica são situações PRÉ-GOLPE, que conforme a evolução pode ocorrer daqui a um ano.

  50. COMO ASSIM?

    Não se dá golpe com ajuda dos EUA num ‘BRIC’ (Brasil, China, Russia, India e Africa do Sul…) Tem dois aí no meio “C” e “R” que não deixariam barato. Mas de jeito nenhum!! Já que estamos discutindo a cor da cueca do papa, ouso dizer: se isso um dia vier acontecer é por aqui que começa a terceira guerra mundial. Viajei na mionese? Porra, mas vcs todos estão viajando. Também tenho direito né? abs

  51. Exatamente, e acontecendo a

    Exatamente, e acontecendo a derruaba e suas eventuais consequências catastroficas para a nossa democracia, povo, liberdade e principalmente para a singela autonomia que vinhamos conquistando como uma nação em relação aos Estados Unidos, a culpa para a desgraça das classes mais vulneráveis será toda associada ao PT. Eles vão dizer que o estrago foi tamanho, que demandara muito tempo para recolocar o país nos seus eixos. Tempo esse em que voltaremos a ser uma das nações mais elitistas do mundo, senão a maior.

    É uma pena, daqui á algumas décadas vão perceber o quanto estavamos no caminho econômico certo e ousado. 

  52. DEFESA DO INDEFENSÁVEL

    E de espantar tanta cretinice em tão poucas linhas….

    Uma campanha baseada na metira, no deboche, na enganação e, finalmente, com dinheiro desviado do  aor assalto aos cofres públicos de um país na história da humanidade.

    A transferência de responsabilidade, como bem pregava GOBBELS, é uma das armas dos calhordas que defendem uma quadrilha que se apossou do poder e, ela sim, planejava UM GOLPE DE ESTADO….

    Perde eleições faz parte do jogo democrático, o que não se pode é perder a ética e o compromisso com a verdade.

    O ódio foi semeado durante todos esses anos por essa classe avessa ao trabalho, que criou votos de cabretos em classes sociais dsfavorecidas, tal qual fizera a ditadura militar, ódio esse bem expresso na maior representante deste sentimento, a déspota Marilena Chauí….

    Um bando de irresponsáveis einconsequentes, além de incompetenes, que levaram à derrocada a maior empresa do país e uma das maiores do  mundo…..

    Mas, enquanto esses canalhas possuírem ecos em caolhos ideológicos, continuarão suas atrocidades, como bem o fazem a AL QAEDA, O ESTADO ISLÂMICO,  e por aí vai….

     

     

  53. Nada disso estaria

    Nada disso estaria acontecendo se a Dilma não fosse tão incompetente na condução da economia. Ela é que deu combustível para os golpistas. Quanto ao golpe, espero que não aconteça.

  54. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome