“Temos um mundo a nossa frente e não temos medo de desbravá-lo”, diz Lula sobre nova política industrial

Nova política vai visar pequenas e médias empresas nas compras para o SUS

Presidente Lula em coletiva falando diante do microfone.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Lula anunciou nesta terça-feira (11) que o setor da saúde vai ser impactado positivamente pela nova política industrial que será implantada pelo governo federal.

Segundo o presidente, o objetivo é favorecer as pequenas e médias empresas do setor por meio das compras governamentais para o Sistema Único de Saúde (SUS).

Lula disse, durante o programa Conversa com o presidente, que a questão já vinha sendo discutida pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento, Indústria, Comércios e Serviços, do qual o vice-presidente, Geraldo Alckmin, é o ministro.

“Um país que tem política industrial correta exporta produtos com maior valor agregado, trazendo mais dinheiro para a população. E o país cresce do ponto de vista científico e tecnológico”, disse o presidente ao criticar o fato de o CNDI não se reunir desde 2015, o que, segundo ele, indica a ausência de uma política industrial para o país.

O presidente acredita que é fundamental que as compras governamentais fortaleçam o mercado interno, ao invés de dar prioridade para produtos estrangeiros. 

“Se abrir para comprar produtos estrangeiros, a chance da pequena e média empresa acaba. E são elas que geram riquezas e empregos para o país”, acrescentou Lula.

Amazônia

O presidente Lula disse também que a região Norte pode se beneficiar com a nova política industrial.

Isso porque, para Lula, a região amazônica tem grande potencial para agregar nas pesquisas científicas da indústria farmacêutica e de cosméticos.

“Temos um mundo à nossa frente, e que não temos de ter medo de desbravá-lo”, finalizou o presidente.

Com informações da Agência Brasil

Isadora Costa

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador