Eleitor de Bolsonaro mata Mestre Moa, em Salvador

Jornal GGN – Mestre Moa do Katendê, mestre de capoeira e compositor Romualdo Rosário da Costa, de 63 anos, foi morto a facadas na madrugada desta segunda, dia 8, após discussão política no Bar do João, na comunidade do Dique Pequeno, no Dique do Tororó, em Salvador.

Mestre Moa foi assassinado por um eleitor de Bolsonaro, depois de discordar de suas posições políticas e declarar seu voto no PT. A Secretaria de Segurança Pública da Bahia não revelou o nome do autor do crime até o momento.

O suspeito foi preso e confessou o crime à polícia. No depoimento, disse que chegou perto do grupo em que Moa estava e afirmando ser eleitor de Bolsonaro. E reagiu com violência quando o mestre de capoeira afirmou que o grupo votava no PT.

O assassinato de mestre Moa foi denunciado em redes sociais por familiares e amigos. “Mataram a história, povo sem memória. Mestre Moa Do Katende, o senhor está vivo dentro dos corações de quem esteve perto e conheceu sua trajetória na capoeira, na mísica, e com a humanidade”, escreveu uma internauta.

“Ainda me lembro, eu ainda menino com 17 pra 18 anos em Salvador, quando eu e Ponciano Poncianinho fomos recebidos por ele com toda sua energia e alegria na associacao de capoeira angola no pelourinho-bahia. Deixo aqui meus pesares para a família do Mestre Moa Do Katende e toda capoeiragem que hoje chora! Estou triste e sem palavras para com o Brasil! precisamos de mudancas urgentes!”, registrou outro amigo do mestre. 

Moa do Katendê nasceu em Salvador. Era um artista e ativista cultural ligado às tradições afro-baianas. Compositor, dançarino, capoeirista, ogã-percussionista, artesão e educador, descobriu suas raízes aos oito anos de idade no “Ilê Axé Omin Bain”, terreiro de sua tia e incentivadora. 

Em 1977, consagrou-se campeão do Festival da Canção Ilê Aiyê, o primeiro bloco afro do Brasil, e em maio de 1978 fundou o “Afoxé “Badauê”, que desfilou pela primeira vez no ano seguinte e se tornou campeão do carnaval na categoria de afoxé. Em 1995 com a união de colegas e admiradores da cultura afro-brasileira, surge o grupo de afoxé “Amigos de Katendê”.

Em 1995, com a união de colegas e admiradores da cultura afro brasileira, surge o grupo de afoxé “Amigos de Katendê”, que neste mesmo ano participou do carnaval em São Paulo na Cohab José Bonifácio. Em 1996 o grupo viaja a Salvador reintegrando os componentes do “Badauê” e outros afoxés e desfila no carnaval, estabelecendo assim um intercâmbio entre Bahia e São Paulo. Atualmente, o mestre ministrava oficinas de afoxé na Bahia, Sudeste e Sul do Brasil e na Europa e era o coordenador geral do afoxé “Amigos de Katendê”.

Mestre Moa do Katende falava sobre a “reafricanização” da juventude da Bahia e do processo batizado por Antonio Risério de “reafricanização” do carnaval na Bahia, e atribui este processo a própria dinâmica interna da vida baiana.

Com o jornal A Tarde

 

35 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

jcordeiro

- 2018-10-10 12:44:29

Visionário

Fernando: em primeira mão, você antecipou a foto do novo ministro da justiça.

Rui Ribeiro

- 2018-10-09 11:32:03

Bol$onaro, o encantador de Zumbis

O fascismo de quase 100 anos atrás foi uma tragédia. O nosso fascismo é tragicômico. Imagina negros adorando Hitler, o Führer de pureza ariana. O negro seria fuzilado imediatamente só por ousar idolatrar o puro. Aqui o Bolsonaro, que não tem pedigree nem pureza de raça, precisa dos negros para chegar ao poder. Quando lá chegar, ele se livra desses apoiadores desclassificados.

Rui Ribeiro

- 2018-10-09 10:48:04

Bela, Ciao

Bela, Ciao

(Canção da Resistência Italiana ao Fascismo)

 

Questa mattina mi sono alzato

OH, Bella, ciao, Bella, ciao, Bella, ciao, ciao, ciao
Questa mattina mi sono alzato
E ho trovato l'invasor

O Partigiano, portami via
Oh, Bella, ciao, Bella, ciao, Bella, ciao, ciao, ciao
O Partigiano, portami via
Ché mi sento di morir

E se muoio da Partigiano
Oh, Bella, ciao, Bella, ciao, Bella, ciao, ciao, ciao
E se muoio da Partigiano
Tu mi devi seppellir

E seppellire lassù in montagna
Oh, Bella, ciao, Bella, ciao, Bella, ciao, ciao, ciao
E seppellire lassù in montagna
Sotto l'ombra di un bel fiore

E le genti che passeranno
Oh, Bella, ciao, Bella, ciao, Bella, ciao, ciao, ciao
E le genti che passeranno
Mi diranno: Che bel fiore!

E quest' è il fiore del partigiano
Oh, Bella, ciao, Bella, ciao, Bella, ciao, ciao, ciao
E quest'è il fiore del Partigiano
Morto per la Libertà

E quest'è il fiore del Partigiano
Morto per la Libertà

jcordeiro

- 2018-10-09 10:21:38

Acorda Pra Vida

Wilton: ai você acordou? O cara matou alguém que dizia não votaria do Candidato-daBala e foi condenado? Acorda prá realidade.

O caso vai ser classificado como CrimePolítico. E inocentado. Defensor do Estado, com direito a medalhinha.

Pense na filosofia da DemocraciaBaioneta. Pense, dentro desse conceito filosófico introduzido no programa do Cadidato pelo militares nazifacistas, que o finado era pobre, negro e idoso.

Primeiro, vão alegar necessidade de reforçar o conceito da raça ariana-tupiniquim, pura e eletista.

Lembra daquele grupo semelhante ao daBala, que tinha um meliante "colered" e passaram a chama-lo PauloMoreninho? Dizem que nesse grupo, cujo guru mora em Paris, negro, nem café... E esse é o espírito da coisa.

Portanto, a defesa vai alegar"interesse de Estado" e "ameaça à SegurançaNacional".

Negro e pobre discutindo com membro da TropaEspecial tem mais que ser eliminado. Literalmente...

AMORAIZA

- 2018-10-09 00:17:50

Helenão

A onda do Helenão está crescendo furiosamente aqui no meu pedaço desde ontem, com buzinaço, passeatas e tal.

Agora mesmo tem gente urrando Helenão como se o corinthians tivesse feito um gol.

E olha que moro numa quebrada de coxinhas convictos, outros arrependidos e recalcitrantes.

Em compensação os desempregados, os falidos, os evangélicos, os terceirizados, estão todos  cegos pelo coiso.

Parecem hipnotizados.

A esperança "que tudo isso mude" colore as faces desses incautos.

A nossa esperança, portanto deverá ser afirmativa.

Confiar e manter a serenidade tal como faz o candidato da oposição ao coiso.

Alckmin bateu em todo mundo e saiu apanhando.

Helenão quer matar todo mundo e acaba levando uma facada.

Sem  perder o foco, Haddad chegou ao segundo turno nadando entre essa imensa sujeira que foi a campanha do primeiro turno.

Aprendamos com ele.

Falar em fraude, a urna em que votei não confirmava voto para presidente.

Ela iniciava o processamento sem registrar o último voto.

Denunciei.

 

peregrino

- 2018-10-09 00:08:53

em tempo...

politizar este tipo de barbárie é o maior erro que alguém pode cometer....................................

veja pelos resultados, pela votação ou aprovação que tiveram

 

menos importa o número de mortes, e vão matar muito mais, tampouco como matam; muito mais importante é apontar e alertar para os motivos que levaram às mortes, o simples pensar diferente deles em toda e qualquer situação, não só política

peregrino

- 2018-10-08 23:50:29

tomara que este grito venha em rede nacional...

da própria boca do Haddad, mas não falando das mortes ou culpando o adversário

Haddad deve falar dos motivos que levam um apoiador de Bolsonaro a matar alguém desta forma

 

apoiadores de fascistas matam pessoas, sentem prazer com isso, qualquer pessoa, ou seja, não matam porque são petistas, matam pelas pessoas pensarem diferente deles. Até mesmo entre eles, e mesmo sendo fascistas, matam quem pensa diferente

 

razão de ser muito importante insistir na tecla dos motivos, o pensar diferente, porque fazer de tudo para a  morte do PT eles mesmo já estão declarando nas redes que farão

Dogbert

- 2018-10-08 22:56:10

Vai piorar
As eleições ainda nem acabaram e os bolsonaristas já estão matando (literalmente) petistas. Depois do dia 28, se prepare para uma tropa de choque nacional agredindo fisicamente qualquer pessoa que ouse a ter pensamento independente.

Frederico Firmo

- 2018-10-08 21:33:00

O silêncio ensurdecedor da mídia indica sua posição.

 O silêncio ensurdecedor da mídia  que até onde vi,  não noticiou o fato ou simplesmente relegou a noticia a um canto escondido de uma pagina, mostra exatamente o que significa estimular o que há de pior. A ênfase na UOL é dar a voz ao agressor, que diz que não fez aquilo por questões politicas.  E assim encobrindo, ou minimizando o fato, logo logo teremoss Comandos de Caça agindo por aí, atacando  a seja lá quem for.

Sem denunciar a barbárie, se ´e conivente. Como já o  foram com aquele que com um chicote ameaçou  e atacou manifestantes, e com aquela candidata a vice que também defendeu o relho, com o que atirou na caravana, com os que mataram Marielle.

Sem um grito civilizatório que possa ser gritado esta  eleição tem cartas marcadas. Hoje na midia, a queda do dolar e a subida na bolsa, e um ataque da milícia por horas sem nenhuma ação da tal intervenção, clamando  pelo pulso forte faz campanha para quel  que nada fará, além de querer calar todos os  ativismos.

Wilton Santos

- 2018-10-08 21:00:10

Pena para homicídio

Pena para homicídio qualificado por motivo fútil é de 12 a 30 anos. Ou seja, ele vai passar um bom tempo na cadeia refletindo sobre o que fez, junto com vários bandidos que o Bolsonaro vive ameaçando. 

Lionel Rupaud

- 2018-10-08 20:36:21

Quando chegaram os G.I. 's os kapos de Dachau

estavam todos arrependidos.

Lionel Rupaud

- 2018-10-08 20:12:43

Ele foi o mestre de capoeira da nossa muito querida afilhada,

que está arrasada. A dor está se aproximando da gente.

Aldali bogos

- 2018-10-08 19:36:47

O ódio venceu em
Não há mais nada a fazer. O ódio venceu. Há muito se percebe nas ruas das cidades. O povo não quer saber de paz de cidadania. E só consumo narcisismo egoísmo desrespeito ao próximo. Só Bolsonaro responde a seus anseios.

DSilva

- 2018-10-08 18:34:53

Isso tem que ser usado pela
Isso tem que ser usado pela campanha na tentativa de criar uma onda a favor. Mostrar ao eleitor de baixa renda que a seguranca vai é piorar.

Rui Ribeiro

- 2018-10-08 18:08:32

Os Bolsominions estão desapontados e agressivos

Hoje de manhã passei na esquina perto lá de casa, onde minha amiga vende café e bolos todas as manhãs. Quando cheguei na sua banca, perguntei-lhe: "E aí, amiga, o Bolsonaro foi eleito?"

Um homem bombado e carrancudo que estava tomando café na banca da minha amiga se dirigiu a mim com as seguintes palavras: "Deixa de deboche". Para não render mais a conversa, já que ele estava agressivo, eu lhe disse: "Senhor, não é com o Senhor que eu estou falando". E me fui dali imediatamente.

 

Cartomante

(Ivan Lins)

 

Nos dias de hoje
É bom que se proteja
Ofereça a face a quem quer que seja

Nos dias de hoje esteja tranquilo
Haja o que houver, pense nos seus filhos
Não ande nos bares, esqueça os amigos
Não pare nas praças, não corra perigo
Não fale do medo que temos da vida
Não ponha o dedo na nossa ferida... Ah...

Nos dias de hoje
Não lhes dê motivo
Porque na verdade
Eu te quero vivo

Tenha paciência
Deus está contigo
Deus está conosco
Até o pescoço

Já está escrito
Já está previsto
Por todas videntes
Pelas cartomantes

Está tudo nas cartas
Em todas as estrelas
No jogo dos Búzios
E nas profecias... ah...

Cai, o Rei de espadas
Cai, o Rei de ouros
Cai, o Rei de paus
Cai, não fica nada!!

Fernando J.

- 2018-10-08 17:58:10

Autor de homicídio contra mestre de capoeira
SALVADOR

Autor de homicídio contra mestre de capoeira diz que está arrependido do crime

Vítima estava em um bar perto de casa quando discutiu com o suspeito por se posicionar contra o candidato Jair Bolsonaro

Redação iBahia ([email protected])08/10/2018 às 13h07 - Atualizada em 08/10/2018 às 13h09.   O autor do homicídio contra o mestre de capoeira e compositor Romualdo Rosário da Costa, 63 anos, conhecido como Moa do Catendê, foi preso nesta segunda-feira (08) e alegou uma discussão política como motivação do crime. Paulo Sérgio Ferreira de Santana, 36 anos, se diz arrependido do crime e contou à polícia que chegou a pedir desculpas para a família da vítima. Foto: Alberto Maraux/SSPDe acordo com informações de testemunhas, a vítima estava em um bar perto de casa, no bairro do Engenho Velho de Brotas, quando discutiu o suspeito por se posicionar contra o candidato Jair Bolsonaro.

Após o desentendimento, o autor do crime foi até em casa, saiu do estabelecimento, buscou uma faca em sua residência e retornou ao bar. No local, Paulo deu facadas, nas costas de Romualdo, que estava sentado, e um golpe com a mesma arma branca, no braço de Germínio. Moa do Catendê morreu, no local, e o seu parente foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde está internado.
Foto: Alberto Maraux/SSPNo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o autor do assassinato e da tentativa de homicídio disse à polícia que foi xingado e que estava consumindo bebida alcoólica desde o início da manhã de domingo (07). 
  Foto: Reprodução/FacebookEm entrevista à TV Bahia, a filha do mestre de capoeira Somanair dos Santos, de 35 anos, estava muito abalada e contou que tinha falado com o pai no início do dia. Ela perdeu a mãe há um mês. "Ele não teve defesa alguma. Meu pai era tudo, tudo pra mim", disse. 

 

Maria Luisa

- 2018-10-08 17:57:00

O incentivo à violência

Quando vi essa noticia pensei que se não apaziguarem o brasileiro, nos vamos precisar de caixas e caixas de lenços para chorar a violência que farão com nossos amigos, conhecidos, pessoas na rua, sem terra, sem teto, familiares, conosco. 

PCNEVES

- 2018-10-08 17:50:50

Estamos fodidos. 

Estamos fodidos. 

Edsonmarcon

- 2018-10-08 17:41:12

só duas opções!

Jurgen2010

- 2018-10-08 17:31:42

Eu sei

Por que será que:

"A Secretaria de Segurança Pública da Bahia não revelou o nome do autor do crime até o momento."

HaddadÉLula

- 2018-10-08 17:27:02

Caô eterno

Falaram que o eleitor era de um candidato pequeno. Isso que queima o PT, pessoas inventando mentiras e aí escutamos sempre duas faces da moeda. Nunca iremos vencer com essa rivalidade interna.

Fernando J.

- 2018-10-08 17:21:34

mestre Moa

[video:https://www.youtube.com/watch?v=SLKpm4hiPLo]

[video:https://www.youtube.com/watch?v=a4DBtqROvVY]

Rodrigo Roal

- 2018-10-08 17:20:28

Esquerdistas na mira

Os principais alvos dos fascistas brasileiros são os esquerdistas, vide o caso de Mariele, Mestre Moa e a promessa de campanha do bozo de metralhar petistas. 

Marcos Antônio

- 2018-10-08 16:49:27

A autorização já foi

A autorização já foi dada!

Quem mata, já o faz fora da lei lutando contra a policia!

Agora imagina com a autorização informal dada pelo candidato?

Quem mata não pede alvará nem licença para matar!

Agora que um candidato a presidência com quase vitória no primeiro turno que libera policial para matar ao dizer que são condecorados e que relatou suas aversões a LGBT, negros, mulheres e adversários Petistas - os crimes nestes segmentos aumentarão!

O slogan fascistas, nazistas dizem pouco ao povo, fica melhor -  Bolsonaro é Temer, Haddad é LULA. 

Mr.Rambouz

- 2018-10-08 16:47:10

preparando a resistencia ao quarto Reich tropical

Em caso do bostanazi ganhar as eleições (ou como agir diante do cresciemnto do nazifascismo tropical, mesmo em caso de derrota eleitoral do seu fuhrer):

1) não é hora de medo e desespero, mas de cautela e coragem, dentro das possibilidades de cada um.

2) Não acreditem que estamos em uma democracia, mesmo que se o bostanazi ganhar 'dentro da legalidade'(sic) e a 'legalidade'(sic) seja mantida e 'as instituições continuem funcionando', aja como se se aje em uma ditadura, se prepare para ir para a clandestinidade ou o exilio se for preciso; faça tudo para nunca ser pego por eles e tenha um plano B para sua vida.

3) desconfie de todas as instituições, principalmente a midia, as policias e a justiça. Se tiver laços e contatos com democratas nessas instituições não deixe de preserva-los e usa-los em sua defesa e de todas as vitimas dos fascistas.

4) não discuta como eles, não se mostre: seus crimes não serão punidos e eles não ouviram voce, te usarão como palanque. Apenas observe e registre no seu pensamento e memória. Evite se expor nas redes sociais; não discuta com fascista nelas; apenas denuncie e bloqueie.Cuide de sua segurança digital

5) construa e solidifique redes de solidariedade; elas são importantes para voce ter ajuda se precisar e para voce nunca deixar de ajudar quem precisará de voce, ajude como puder

6) cheque toda e qualquer informação que chegar a voce.

7) não colabore, nunca. Se recuse a colaborar com as instituições fascistas dentro de suas possibilidades

8) Se tem contatos internacionais explique e demonstre o que está acontecendo, denuncie de forma discreta e sigilosa. Essa luta é internacional, os neonazistas e neofascistas do mundo todo já estão agitados com a possibilidade da primeira vez na história da humanidade um nazifascista ser eleito 'democraticamente' (sic) pela maioria dos eleitores.

 

Bruno Cabral

- 2018-10-08 16:46:35

Primeiro de muitos
Nao falei? https://www.brasil247.com/pt/247/pernambuco247/371525/Novo-ataque-bolsonarista-jornalista-agredida-e-amea%C3%A7ada-de-estupro.htm

Fernando J.

- 2018-10-08 16:43:22

Acrescente aí nessa conta de horrores

As milícias paramilitares que se formarão espontaneamente em cada bairro de cada cidade, munidas de porretes caçando recalcitrantes e os indesejáveis (negros, homossexuais, nordestinos, etc) pelas ruas, todos agindo em nome e inspiração no grande líder. 

jcordeiro

- 2018-10-08 16:30:36

Isto É Só o Começo...

Nassif: isto foi só a introdução. Prá aquecer o cenário.

Os capítulos seguintes começarão com a ampliação das forças paramilitares do GeneralMourão e daquele outro do Jaburu, que conspirava contra o governo deposto pelo golpe. Parece os pelotões estão sendo treinadas em fazendas dos corregilionário do eleito governador de Goias.

Depois, a incorporação dessas hordas nas ForçasArmadas, para integrarem a segurança dos Campos de Concentração.

Serão as Forças CC Especiais, imitando a SS europeia.

Todos de cunho ou simpatia socialistas andarão com uma estrela de Davi bordada na manga esquerda de um jaleco especial. As orientações  seguirão normas ensinadas na Escola-da-Américas. Negros, andando depois do toque de recolher das 18 horas (hora do Angelus) serão sumariamente fuzilado. Não sei de desta vez Ciganos e religiosos, com excessão do Pessoal do Templo de Salomão, terão que rezar pela mesma cartilha.

Finalmente, o sonho antigo do Chefe da quadrilha do Rodoanel será implantada na plenitude. Às camadas sociais mais baixa, segundo as intenções já denunciadas por JânioQuadros (1985), serão agraciadas com o "socialismos" do Principe de Paris: ---- No Catecismo da criançada, MainKampf; e Maconha, na merenda escolar...

Cada Povo, diz o ditado, tem o governo que merece. Teremos o democracia da baioneta. Justo...

josecarloslima70

- 2018-10-08 16:26:46

Agora é todos juntos para

Agora é todos juntos para derrotarmos essa extrema-direita assasina cujo mote é a NECROpolítica

https://josecarloslima.blogspot.com/2018/10/extrema-direita-avanca-na-reta-final-da.html

 

Fernando J.

- 2018-10-08 16:23:28

A escalada fascista

Redes sociais - Vc tem amigos gays? Ótimo. Também tenho, muitos. Estes amigos, por sua vez, têm entre seus contatos centenas de amigos igualmente gays. Que publicam relatos, pessoais ou compartilhados de terceiros, angustiados, desesperados. Como o da psicanalista/psicóloga/jornalista Silvia Bellintani (11.460 compartilhamentos, 14 mil curtidas):

  

Silvia Bellintani está com Bob Fernandes e outras 97 pessoas.

 3 de outubro às 03:23 ·  

UMA AMOSTRA DO EFEITO BOLSONARO:

eu poderia dizer q estou sem palavras pra descrever o q testemunhei hj no meu consultório.

mas tive o dever de encontrá-las pra não deixar q algo assim, gravíssimo, fique sem registro.

foram duas situações, ambas na tarde de hj.

dois pacientes meus: um menino e uma menina.

ele, gay, 19 anos.
ela, hetero, feminista, 17.

começo por ele, q entra sem dizer uma palavra e logo começa a chorar.

pergunto o q aconteceu e ele me diz, assustado, q foi abordado por um cara da faculdade com as seguintes palavras:

— “e aí, seu viadinho de merda, já viu as pesquisas? vai aproveitando até o dia 28 pra andar de mãozinha dada, pq qd o mito assumir acabou essa putaria e vc vai levar porrada até virar homem.”

...

e depois a menina, q já entra chorando e me diz:

— Sil, me ajuda... não sei o q fazer... vc não vai acreditar no q aconteceu comigo hj... eu tava na escola e fui pegar um livro no meu armário... tinha uma folha de papel (e aí ela me mostra uma foto no celular, pq entregou a tal folha na diretoria) com esta msg aqui:

“achou mesmo que era só sair gritando #elenão pra parar o bolsomito, feminazi??? perdeu, escrota!! e daqui a pouco você vai ter motivo pra gritar de verdade!!!”

...

perceber o pavor desses dois adolescentes me virou do avesso e despertou uma indignação difícil de descrever; escutei os relatos com a visão nublada pela fúria q senti, seguida por um desejo quase incontrolável de proteger os dois.

o cenário das eleições sequer foi definido, mas já encoraja o sadismo e promete ser palco do terror.

fico imaginando o q vem pela frente.

a homofobia e a misoginia presentes nas ameaças sofridas por esses dois adolescentes são apenas duas amostras dentre tantas outras atrocidades q BOLSONARO, ESSE CRIMINOSO NAZIFASCISTA, incentiva e legitima.

e se vc vota nele, é CORRESPONSÁVEL: não apenas por essas, mas por todas as outras ameaças q ainda estão por vir.

NÃO HÁ JUSTIFICATIVA PARA UM VOTO NO BOLSONARO.

a menos q vc seja fascista como ele — e aí ok, seu voto é compreensível, uma vez q vc já é digno de abandono como projeto humano.

agora, se esse não é o caso e vc for apenas mais um previsível e enfadonho liberal ou conservador, TOME VERGONHA NESSA SUA CARA e escolha outro candidato.

ainda dá tempo de preservar alguma dignidade.

há várias opções interessantes q prometem a defesa do seu patrimônio sem contrapartidas humanas.

...

um garoto de 19 e uma garota de 17.
assustados, angustiados, ameaçados em sua integridade física e emocional.

e vc, louvável cidadão de bem, subitamente politizado e q quer ver o brasil “mudar de verdade”, será CÚMPLICE DO FASCISMO e de suas históricas atrocidades físicas e emocionais.

hj foram MEUS PACIENTES.
amanhã poderão ser SEUS FILHOS.

ou os filhos de parentes, os filhos de amigos ou amigos de seus filhos.

e tudo lindamente avalizado por vcs, honrados cidadãos de bem, heróicos defensores da pátria.

Ou ainda: 

2) Mauricio Horta

4 de outubro às 22:35 · 

Sou gay – e a cada dia temo mais por eu ser quem eu sou.

Sou gay, casado há dois anos com o homem que amo e com quem tenho tantos planos – e não sei mais por quanto tempo nossa relação, iniciada em 2011, será reconhecida em sua dignidade.

Sou gay, amigo de tantos outros gays, lésbicas e bissexuais com quem tenho compartilhado uma vida que prezo tanto – e há semanas os vejo taciturnos, incertos do que poderá acontecer com o resultado das presentes eleições.

Sou gay, jornalista – e há alguns anos tenho-me distanciado da profissão para tentar ingressar no serviço exterior brasileiro, convencido de que minha vida será mais útil ao defender os interesses do Brasil, um Estado comprometido constitucionalmente com prevalência dos direitos humanos.

Agora, estamos em eleições.

Eu entendo o medo, a raiva, o cansaço que têm levado familiares, amigos e conhecidos a quererem votar em certo candidato. Eu entendo a tentação de não levar a sério algumas falas, como se fossem um mal menor, algo que não se quis realmente dizer. Entendo ainda mais quando há tanto para se arrumar neste país. Eu também quero arrumar o país.

Mas, acima de tudo, quero existir.

Estou contra a parede. Temo que eu, meu companheiro e meus amigos venhamos a ser rebaixados a cidadãos de segunda classe, que soframos agressões, que sejamos mortos. Eu quero viver e servir meu país sem ser sujeito à discriminação, e já conheci gente demais que foi preterida profissionalmente, que foi agredida na rua, que foi morta. Mas há um candidato que, enquanto promete mãos limpas, dá carta branca para que sujem mãos de sangue – contra mim e contra outros homossexuais próximos também a você.

Por isso, eu peço, por favor, que você não manche sua consciência, que você não suje as suas mãos. Pois eu quero existir.

3) Mais um aqui, um pouco mais longo: https://www.facebook.com/rodolfo.vianna.35/posts/2122360354482432

4) Após o resultado do primeiro turno, um amigo publicou: 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

 

Pergunta. Como será o dia seguinte? em caso de derrota vão descer do palanque e depor as armas? E em caso de vitória? Será como no cinema, quando o após um cerco de muito tempo o exército invasor entra na cidade que estava sitiada e o comandante libera a soldadesca para relaxar, se divertir? Dá um liberou geral para saquear, pilhar, executar sumariamente, estuprar as mulheres, enfim, passar os vencidos na baioneta? 

Como será o dia seguinte, diante do que já está acontecendo? 

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Jorge Luis

- 2018-10-08 16:16:58

Esperem só até eles se

Esperem só até eles se organizarem em milícias. Cidadãos de bem, armados e tocando o terror contra os "indesejáveis".

 

Será que eu ouvi "Camisas Negras"?

Rui Ribeiro

- 2018-10-08 16:13:16

Se o mito for eleito, a violência não se reduzirá, ao contrário

No Caminho com Maiakovski

(Eduardo Alves da Costa)

 

Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na Segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.

Antonio Carlos Silva - Brasil

- 2018-10-08 15:47:10

Daí pra pior (MUUITO PIOR)

Aqui no RJ bolsonaristas tocarão o terror  !!  

O elemento com o microfone é um juiz que está liderando a eleição para governador do RJ e o que segura a placa destruída que homenageava a querida Marielle Franco é o polítiqueiro mais votado nesta farsa eleitoral .

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador