Em SP, vereadora do PSOL é ofendida por colega na Câmara

 
Jornal GGN – Isa Penna, vereadora do PSOL na cidade de São Paulo, afirma que foi empurrada e xingada por seu colega Camilo Cristófaro, do PSB, no elevador na Câmara Municipal.
 
Penna diz que foi chamada de “vagabunda”, “terrorista”, “cocô de galinha”. Além disso, Cristófaro teria dito para ela não ficar surpresa caso tomasse “uns tapas na rua”. Em depoimento, uma testemunha confirmou as ofensas. 
 
A vereadora acredita que Cristófaro ficou incomodado com o discurso que ela fez nesta semana, falando contra a reforma da Previdência proposta por Michel Temer.  “Política no Brasil infelizmente, nos parlamentos, se transformou em uma mercadoria em que nada realmente é debatido, mas sim negociado, e que se chega apenas para a aprovação”, afirmou Isa. 

 
Isa Penna é suplente de Toninho Vespoli, que se licenciou durante o mês de março para que a bancada do PSOL fosse formada somente por mulheres, junto com Sâmia Bonfim.  “Fiquei em choque, foi gratuito. É inaceitável que um vereador agrida outro”, disse Penna.
 
Através das redes sociais, Vespoli disse que o caso “demonstra o machismo que está incrustado em nosso legislativo e em nossa sociedade”.
 
Em novembro do ano passado, o GGN mostrou que a então candidata à Câmara já sofria inúmeros ataques nas redes sociais em razão de seus posicionamentos políticos, principalmente devido a um vídeo no qual criticava o número de candidaturas de militares registradas nas últimas eleições.
 
A Câmara vai instaurar sindicância por quebra de decoro contra o vereador. Isa irá prestar depoimento em uma delegacia e a bancada do PSOL pretende pedir a cassação de Cristófaro. 
 
Segundo a Folha de S. Paulo, o vereador negou que tenha agredido sua colega. De acordo com o jornal, Cristófaro afirmo que “você vem com essa conversa de PSOL. Não vem com conversa para cima de mim, a Folha não me pega. Põe o que vocês quiserem aí”, desligando o telefone em seguida. 
 
 
 
Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora