Minas inaugura primeira usina fotovoltaica do país

Tecnologia utilizada permite injeção megawatts à rede de energia por até três horas após o pôr do sol 
 
uberlandia_divulgacao_cemig.jpg
Foto: Cemig Divulgação
 
Jornal GGN – Minas Gerais sai na frente dos demais estados brasileiros ao inaugurar a primeira usina fotovoltaica do país com capacidade de armazenamento de 1 MW (megawatt) e geração de 480 mil kW/ano, em 15 de maio, uma iniciativa do governo de Minas Gerais e da Cemig em parceria com a empresa Alsol Energia Renováveis, do grupo Algar, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro.
 
São 1.152 painéis, com energia suficiente para iluminar 250 residências de consumo médio de 150 kWh/mês, durante um ano todo. A cidade abraçou a ideia e os moradores comemoraram com o governador Fernando Pimentel. “O projeto combina usina fotovoltaica e armazenamento ao mesmo tempo”, explica Frederico Bruno Ribas Soares, gerente de Gestão, Tecnologia e Inovação da Cemig.
 
Até então, nenhuma usina desse tipo em operação possuía essa capacidade. O valor total do investimento é de R$ 22,7 milhões – R$ 17,5 milhões aplicados pela Cemig e R$ 5,2 milhões pela Alsol Energia Renováveis, do Grupo Algar, empresa parceira no projeto.
 
Antes desse projeto, todas as usinas desta modalidade em funcionamento no Brasil forneciam energia para a rede apenas durante o dia, suspendendo o fornecimento no momento em que o sistema é mais demandado. Com a nova usina, essa lógica é invertida: mescla envio da energia para rede e o armazenamento ao longo do dia com a presença do sol.
 
Quando o sol se põe, a partir das 18h00, a tecnologia permite que seja injetado na rede seu potencial de 1MW por até três horas. A qualidade da energia é melhor, com mais rentabilidade da empresa e menos desligamentos. Há expectativa de redução de perdas em alimentadores e transformadores durante o horário de pico, o que influencia a qualidade do serviço. Afinal, o Brasil é um país abençoado pelo sol.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora