Cúpula do PT analisa expulsar Delcídio do partido

 
Jornal GGN – O senador e ex-líder do governo Delcídio do Amaral (PT-MS) volta às atividades legislativas nesta semana, após passar quase três meses na prisão. Enquanto a cúpula do PT estuda expulsar o senador do partido, Delcídio ameaça: “se me cassarem, levo metade do Senado comigo”.
 
A afirmação teria sido repassada a interlocutores, quando ainda estava preso, de acordo com a Folha de S. Paulo. O parlamentar deve pedir uma licença de até 120 dias. Nesse período, já teria avisado a parlamentares que não admitirá ter o mandato cassado, um de seus maiores temores.
 
Delcídio tentará apoio de colegas, de partidos aliados e da oposição, com quem manteve o diálogo. Contudo, o apoio público ao petista não deve ser concretizado entre os corredores do Congresso. A cúpula do PT deve colocar o assunto em pauta durante a reunião do Diretório Nacional da sigla, nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro.
 
De acordo com o estatuto do PT, o Diretório Nacional pode convocar a Comissão de Ética para analisar as acusações contra o senador, que terá pelo menos 10 dias para apresentar a sua defesa. Em seguida, a comissão elabora um relatório de conclusões, que poderá recomendar a expulsão ou não do parlamentar ou, ainda, a adoção de outras medidas disciplinares. 
 
O encontro que ocorre nesta sexta não contava com o debate em questão. Entretanto, com a volta de Delcídio ao Senado, os dirigentes avaliam que seria melhor decidir logo o assunto. Segunda a Folha, a cúpula entende que o senador “agiu em benefício próprio” e, por isso, não deve ser defendido pela legenda. Em regime de prisão domiciliar, Delcídio do Amaral terá a opção de uma licença por questões médicas ou pessoais. Ao final do prazo, caso não retorne, o suplente é chamado a assumir o posto.
 
O líder do partido no Senado, Humberto Costa (PE), defendeu que a substituição de Delcídio pela senadora Gleisi Hoffmann (PR) na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) – onde o parlamentar ocupava a presidência – já foi, inclusive, publicada no Diário Oficial. Grande parte dos aliados acreditam que a troca é ponto pacífico, uma vez que Delcídio não teria condições morais e força política para permanecer no cargo. 
 

17 comentários

  1. Mene, Mene, Tequel e Parsim?

    A DIreção Nacional do PT vai arriscar um “Mene, Mene, Tequel e Parsim” pra cima do Delcídio?

    Vai pagar pra ver?

    Sei não…

    É bom ter cuidado. A conversa de bastidores tem que ser muito boa. Delcídio não leva nenhum jeito de Dirceu Bom Cabrito.

    Aceitaria calado o me-engana-que-eu-gosto abaixo?

    “Ajudei a criar esse partido [Partido dos Trabalhadores] e, vocês sabem, perdi três eleições presidenciais e ganhei a quarta, mantendo-me sempre fiel a esses ideais, tão fiel quanto sou hoje. Quero dizer a vocês, com toda a franqueza, eu me sinto traído. Traído por práticas inaceitáveis das quais nunca tive conhecimento. Estou indignado pelas revelações que aparecem a cada dia, e que chocam o país. O PT foi criado justamente para fortalecer a ética na política e lutar ao lado do povo pobre e das camadas médias do nosso país. Eu não mudei e, tenho certeza, a mesma indignação que sinto é compartilhada pela grande maioria de todos aqueles que nos acompanharam nessa trajetória.”

    Tá certo que, em rigor, não faz parte daqueles “que nos acompanharam nessa trajetória”; mas já faz parte da turma desde 2001.

    Muita calma nessa hora: Delcídio tem uma certa história e, certamente, muita historinha pra contar. Tenho pra mim que se ele abrir a boca, mil e uma noites vai ser pouco tempo pra tanta história – e de tudo que é reino…

    E o que não falta é gente querendo ouvir.

    Até eu.

      • pindorâmicas

        Ivan, traduzindo bem bem bem livremente a letra que o profeta Daniel jogou pra cima do Rei Belsazar , digamos que em pindorâmico fica assim: “Contado, medido, pesado e pé na bunda do cara”.

    • solidariedade no psdb/moro/gilmau e demos variados

      Este sempre foi um cabo anselmo, os seus bons exemplos em fhc aécio e demos afiliados.

      • Elogio

        Caro Ugo

        Seu argumento ad hominem é um verdadeiro elogio à minha consideração.

        Meus sinceros agradecimentos, Paulo.

        • Mentira, interpretacao de

          Mentira, interpretacao de texto ajuda tambem.  So que voce tomou um “esse” como se fosse enderecado a VOCE, o que quer dizer que voce tem varios nomes e ja comentou antes sob outros nomes.

          Nao, nao era ad hominem nao.  O meu era e continua sendo:  voce eh troll e canalha, isso sim.

          • Caro Ivan
            Gostaria de

            Caro Ivan

            Gostaria de entender por que você me acha um troll e um canalha? É por que eu discordo das suas opniões? 

            Cordialmente,

            Paulo Ress

             

    • O judiciario mentiu a

      O judiciario mentiu a respeito de ambos, multiplas vezes.  QUEM eh voce mesmo?  Ta pensando que eh so trocar de nome e ninguem vai notar nada de errado com as estrelinhas desses comentarios do post?  AD hominem my ass, mostre nos seu background de comentarios aqui ou em qualquer outro lugar pois voce nao tem MORAL pra comentar o que comentou sem ele, all right?

      • Caro Ivan
        Não escrevo em

        Caro Ivan

        Não escrevo em entrelinhas, meu posicionamento político está muito claro em todos os meu posts (basta vê-los aqui).

        Uma última pergunta: você consegue argumentar com alguém que discorda das suas idéias políticas sem ofendê-lo? 

        Sinceras saudações,

        Paulo Ress

         

         

  2. Pt aceitou o tucano Delcídio; agora, se vire com ele..

    A soltura do Delcício foi uma boa estratégia da lava jato[boa no sentido de que os movimentos sao estudados e calculados para “causar” mesmo]. Ele embraça muito mais solto do que preso. A decência manda que esse cidadão seja expulso, óbvio, e sem demora… Se ele ameaça levar metade do Senado com ele, que leve. 

    Se a Dilma tivesse estudado a situção e calculado os seus movimentos talvez tivesse alguma chance nessa guerra, afinal, as informações todas ela tinha muito antes da eleiçao, inclusive da inteligencia Russa, mas refiriu ficar na retranca e agora está aí…

     

  3. nossa jovem e tenra república

    nossa jovem e tenra república tropical em formação… – por causa da molecagem carioca de um mimado mamado filhinho de papai da alta burocracia estatal-burguesa – perde lamentavelmente mais um demóstenes, mais um catão, para a lata de lixo do memorial da história politica da República do Brasil.

  4. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome