Copa América começa neste domingo; 12 venezuelanos estão isolados com covid-19

Brasil e Venezuela jogam às 18 horas; para presidente da CLP, evento “é mais um crime do presidente Jair Bolsonaro”

Jornal GGN – A Copa América terá início neste domingo com o jogo entre Brasil e Venezuela, programado para ocorrer às 18 horas, em Brasília, mesmo com todos os avisos em torno da pandemia de covid-19.

Contudo, a delegação venezuelana chegou ao país na última sexta-feira e os testes de PCR realizados pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) indicaram que 12 pessoas da delegação estão com covid-19. Os venezuelanos testados positivos, estão assintomáticos e isolados em seus quartos em um hotel de Brasília.

Em nota, o presidente da Comissão de Legislação Participativa da Câmara dos Deputados (CLP), deputado Waldenor Pereira (PT/BA), denunciou que “é mais um crime do presidente Jair Bolsonaro promover um evento como a Copa América em nosso país, quando a pandemia caminha para uma possível terceira onda e estamos chegando a 500 mil mortos. Falta vacina, comida, moradia e emprego, não é hora pra campeonato de futebol. É desprezo e falta de respeito às famílias das vítimas”.

A CLP realizou uma reunião na última sexta-feira para discutir o impacto da realização da Copa América em meio a uma eventual terceira onda da pandemia, por conta do perigo de propagação do vírus e do surgimento de novas variantes. Porém, o coordenador operacional da Copa América, representando a Confederação Brasileira de Futebol, André Pedrineli, afirmou que severas medidas de segurança estavam garantidas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome