Manaus: 235 pacientes são transferidos para outros estados

Familiares corriam a cidade em busca de oxigênio para poder salvar seus queridos em unidades de saúde da capital amazonense.

Jornal GGN – Com o sistema de saúde de Manaus em colapso, pacientes de Covid-19 são transferidos para outros estados. As redes sociais, os meios de comunicação, todos menos o Governo Federal, denunciaram e clamaram por soluções, e uma primeira ajuda veio dos estados. Pacientes asfixiados em seus leitos, morrendo aos poucos, sem ar, no Pulmão do Brasil.

As denúncias começaram na manhã desta quinta, 14, e por todo o dia vídeos mostrando o desespero na cidade ganharam espaço. O terror instaurado. A desesperança.

Reconhecendo o colapso do sistema, o governador Wilson Lima (PSC) informou que 235 pacientes seriam transferidos de Manaus para outros estados. Familiares corriam a cidade em busca de oxigênio para poder salvar seus queridos em unidades de saúde da capital amazonense. Com a falta do produto, a abertura de novos leitos, já prontos segundo a Secretaria de Saúde do estado, não aconteceu.

O general ministro Eduardo Pazuello esteve em Manaus quando o colapso do sistema já estava acontecendo. Ele sabia da crise de oxigênio em Manaus e suas respostas quanto à solução do problema foram indignas de um ministro, basicamente que o que se tinha que fazer era esperar. Esperar e tomar medicamentos sem eficácia comprovada e que é a tônica deste governo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora