Pesquisadores identificam nova cepa do coronavírus no interior de SP

A cepa com mutação L452R na proteína S, encontrada também na variante originária da Índia, circula na região de Porto Ferreira e sua presença tem crescido

Reprodução

Jornal GGN – Pesquisadores da Universidade Estadual Paulista (Unesp) e da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) identificaram uma nova variante do coronavírus na cidade de Porto Ferreira, no interior de São Paulo. A cepa foi denominada como P.4.

O patógeno é uma variação da B.1.1.28, que deu origem a outras, como a P.1, descoberta em Manaus, a P.2, no Rio de Janeiro, e a P.3, em circulação na Ásia.  

A cepa tem a mutação L452R na proteína S, encontrada também na variante originária da Índia, que é considerada preocupante pelo Comitê de Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos.

“Dentro da variante P.1. existe a linhagem B1.1.28 e, dentro dela, está apresentando uma mutação, a L452R, que também está presente na variante indiana”, informou a prefeitura de Porto Ferreira em comunicado. “Isto, porém, não significa confirmar que a variante indiana está circulando no município. Apenas que uma parte do sequenciamento da mutação é igual”, completou.

A primeira amostra que testou positivo para essa variante é de 18 de fevereiro, de um paciente da cidade de Mococa. A P.4 circula na região de Porto Ferreira e sua presença tem crescido. Por isso, a Rede Corona-ômica, do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI), informou no início deste mês a descoberta de uma “possível nova linhagem”.

O prefeito de Porto Ferreira, Rômulo Rippa (PSD), anunciou nesta tarde, durante transmissão ao vivo, que viajará a Brasília amanhã, ainda de madrugada, para uma audiência no Ministério da Saúde, com o objetivo de pedir a ampliação da vacinação na cidade.

Com informações do Uol e CNN Brasil.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome