The Guardian: Indignação no Brasil com Bolsonaro desrespeitando isolamento

O jornal relata que pelo menos quatro assessores ou funcionários próximos a Bolsonaro foram diagnosticados com o vírus desde o retorno da viagem feita aos EUA

People wear masks as they participate in a motorcade demonstration in favor Brazilian President Jair Bolsonaro amidst the outbreak of the coronavirus. Photograph: Andressa Anholete/Getty Images

Jornal GGN – Jair Bolsonaro ignora conselhos médicos, deixa o palácio presidencial e vai cumprimentar apoiadores do lado de fora – apesar de ter sido isolado por estar esperando para realizar novo teste de coronavírus. Quem evidencia esta cena é o jornal inglês The Guardian, um dos mais ativos na cobertura da pandemia.

O jornal relata que pelo menos quatro assessores ou funcionários próximos a Bolsonaro foram diagnosticados com o vírus desde o retorno da viagem feita aos EUA, na semana passda, e o presidente terá que fazer novo teste, após ‘relatórios confusos que sugeriram inicialmente que ele havia testado positivo para Covid-19’.

E com tudo isso, Bolsonaro resolveu cumprimentar e tocar apoiadores neste domingo, durante os controversos protestos antidemocráticos que ele vem promovendo.

Na matéria, a informação de que Bolsonaro também tuitou vídeos e fotos de protestos pró-ele em todo o país, apesar dos riscos de tais reuniões, dada a disseminação do coronavírus no país.

Segundo o jornal, a decisão de Bolsonaro provocou fúria entre oponentes e cidadãos comuns, que estão cada vez mais alarmados com a propagação do coronavírus no Brasil. Grandes cidades como Rio e São Paulo começaram a anunciar medidas estritas, como o fechamento de escolas e cinemas, em uma tentativa de conter a crise.

‘O presidente Bolsonaro está promovendo o dia da coroa’, twittou Vera Magalhães, uma importante jornalista e comentarista política.

‘Bolsonaro deve ser detido imediatamente, tuitou a estrela do rock Lobão, um ex-partidário que se tornou um dos críticos mais ferozes do presidente.

Leia também:  Caixa deixa trabalhadores sem resposta e prorroga trabalho remoto só até dia 17

Em um editorial publicado na manhã de domingo, um importante jornal brasileiro lamentou: ‘A grande crise que o Brasil enfrenta agora não é a economia gaguejante ou a ameaça de coronavírus. A crise real carece de um governo quando é mais necessária’.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

5 comentários

  1. Nessa questão do boçal ter ido encontrar-se, na rua, com seus idiotizados seguidores, só resta uma conclusão: o jeito mesmo é IN CORONAVIRUS WE TRUST…ESPERANDO QUE MATE PELO MENOS METADE DOS IDIOTAS E COMO CEREJA DO BOLO O PRÓPRIO BOÇAL. Afinal, as bostas legislativas e judiciárias que deviam por limites no imbecil, mesmo sendo elas os alvos do momento, essas bostas acovardaram-se faz tempo e a boçalidade ganhou asas…Mas quem sabe confiando no corona a gente possa comemorar mais tarde. Pelo menos eu já comprei rojão.

    12
  2. Podem me xingar de fascista, questionar minha humanidade, mas nada me fará não desejar o que escrevi no comentário anterior: que o corona leve pelo menos metade dos idiotas seguidores do boçal e ele próprio como cereja do bolo. Afinal, se as instituições de merda no papel de alvos não reagem por covardia, elas que têm poder para tanto, se nós não podemos pegar em armas para revolucionar a mentalidade fascista que quer predominar sobre nós, que pelo menos o capeta seja agraciado no inferno com a presença deles, o quanto antes possível….somos um povo frouxo, copiadores da covardia das instituições sob ataque e isso só nos causa desalento, a poucos passos até do suicídio. Mas esse não é meu caso, pois se tiver que visitar o capeta, quero que os imbecilóides bolsonaristas vão primeiro. Repito: no CORONA I TRUST, JÁ QUE NÃO TEMOS OUTRO MEIO DE LIMPAR A FACE DA TERRA DESSAS BESTAS

    12
    • Apoiado

      chega desta esquerda namaste, que adora passar pano em notinhas indignadas e na coluna semanal no jornal golpista elogiando fhc e criticando Dilma

      Acordem

  3. O que fazem o Legislativo e Judiciário, nada?
    Tanto um quanto o outro estão com medo de uma pessoa que já carrega a desconfiança de mais de uma morte, quer dizer, assassinato.
    O camarada, até aqui, não foi capaz de fazer um gesto para a maioria da sociedade, aliás, só fez bater nos que mais precisam, e sempre confirmando um elevado nível de perversidade. Como classificar um sujeito que é capaz de fechar a torneira de água para milhões de pessoas?
    E o Legislativo e Judiciário observam comportados este festival de sadismo que não encontra paralelo no mundo.

  4. O indigente político está em desespero. A sua retórica está se desfazendo frente aos fatos. Infelizmente, talvez tenhamos chegado a um ponto em que medidas de contenção da crise (econômica, pois do ponto de vista de saúde pública, entidades como a Fiocruz dão exemplo de instituições que devem nossos aplausos… cadê a horda boçal que falou contra os médicos cubanos, vamos lá, chegou a hora que mostrar que não são um bando de imbecis) tenham chegado num limite.
    Não duvido que, frente à situação, com Congresso em vias de fechamento, o Judiciário funcionando precariamente, o Boça não tente um golpe de Estado. Sim, aproveitando-se da situação sanitária do país. Não duvido. Paranoia ou teoria da conspiração, ok. posso considerar, mas é ponto pacífico a sua ausência de escrúpulos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome