Vacina da J&J gera imunidade duradoura, mostra estudo

A vacina da Johnson & Johnson difere das demais por ser de dose única, mas atualmente ainda se encontra na fase 2 de testes clínicos.

Foto: Mike Blake

Jornal GGN – Estudos preliminares com a vacina contra a Covid-19 da Johnson & Johnson gera imunidade duradoura. A vacina do conglomerado norte-americano difere das demais por ser de dose única, mas atualmente ainda se encontra na fase 2 de testes clínicos.

Ainda assim, os resultados das investigações mostram resultados promissores. Uma dose foi capaz de gerar uma imunidade de mais de 90% nos voluntários analisados, após quase 2 meses.

Publicado no The New England Journal of Medicine, o estudo indica que os anticorpos foram encontrados em 100% dos 805 voluntários, entre 18 e 55 anos, no 57º dia após a aplicação da dose única. Os anticorpos permaneceram estáveis também no 71º dia.

Entretanto, a Johnson & Johnson informa que ainda é preciso coletar mais dados, por meio da observação e acompanhamento dos participantes, por um período de um ano, para concluir a tese da resposta imune a longo prazo.

Mas, até agora, os testes de segurança do imunizante foram positivos. Ainda não há resultados disponíveis sobre os testes da fase 3, que está em andamento e deve ser divulgado até o final deste mês.

Além da dose única, entre as características positivas da vacina contra a Covid-19 da J&J é que o armazenamento não exige temparaturas extremamente baixas, como outras vacinas. O preço também tem a estimativa de ser acessível aos governos, custando menos de 10 dólares cada dose única.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora