Comissão da Câmara aprova impeachment contra a presidente Dilma Rousseff

 
Jornal GGN – A Comissão Especial da Câmara dos Deputados votou pela aprovação do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, por 38 votos, contra 27 deputados que foram contra o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO). O processo segue agora para o Plenário da Casa.
 
A votação final está prevista para ocorrer neste final de semana, tendo o desfecho neste domingo (17), paralelamente a manifestações organizadas por movimentos pró-impeachment em todo o Brasil, decisão que foi planejada, previamente, por Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara.
 
Agora, o Plenário necessita de 172 votos para barrar o processo no plenário da Câmara. Já os opositores precisam de 342 deputados a favor do impeachment, para mandar o julgamento político ao Senado. 
 
Um dos partidos com bancadas mais indecisas no posicionamento é o PP. O presidente nacional do partido, senador Ciro Nogueira (PI), garantiu ao menos 30 dos 51 deputados em reuniões com o ex-presidente. Entretanto, o PMDB procurou líderes da sigla e acredita que conseguirá angariar mais de 50% dos dissidentes, além do PP, do PR e do PSD. 
 
O deputado Jerônimo Georgen (PP-RS), por exemplo, anunciou na noite deste domingo (10) que nove diretórios estaduais do PP tinham fechado posição favorável ao impedimento, incluindo os de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e Goiás.
 
 
Somado ao orquestramento do impeachment, também se espera que uma nova fase da Lava Jato seja deflagrada nesta semana, com mais pressão à crise política enfrentada pela presidente Dilma – possibilidade adiantada por grandes veículos, que receberam previamente as informações.
 
A imprensa prevê que o “furo” jornalístico de duas delações premiadas de ex-executivos da Andrade Gutierrez implicando as campanhas de Dilma com dinheiro proveniente de corrupção da Petrobras foi decisivo para virar o cenário favorável de Lula e do PT, que articularam junto aos parlamentares do PP, PR e PSD – garantindo, por exemplo, cadeiras do Executivo deixadas pela PMDB.
 
O pedido de impeachment aceito por Cunha e aprovado pela Comissão do Impeachment tem como fundamento as chamadas “pedaladas fiscais” do ano de 2014, apontadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU). 
 
Confira, abaixo, as orientações de cada partido:
 

SIM
PSDB
PSB
DEM
PRB
PTB
SD
PSC 
PPS
PV
PMB
Minoria

Leia também:  Paulo Guedes e o financiamento externo da política social, por André Roncaglia

NÃO
PT 
PR
PSD
PDT
PTN
PC do B
PSOL
Rede
PT do B
PEN
Governo

LIBEROU BANCADA
PMDB
PP
PHS
PROS

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

54 comentários

  1.  
    O resultado mostra que

     

    O resultado mostra que Cunha manda em 58% da Comissão.

    E não manda em 42% dela.

     

    Vamos ver o quanto ele manda na Câmara.

     

    E o STF segue assistindo passivamente o #*&§”£  destruir a democracia e buscar a cadeira de vice-presidente.

     

     

     

     

  2. amigos e inimigos

    Carl Schmit estava certo política é uma relação entre amigos e inimigos. No meu caso os inimigos são: Bolsonaro, Cunha, Temer,  toda a bancada do DEM, PSDB, PPS, a clase média que bate panela dos apartamentos etc.etc. etc. Inimigos novos: bancadas do PV e PSB, OAB nacional etc. etc. 

    Meus amigos: Chico Buarque, Wagner Moura, Boff, as bancadas do PT, PC do B, Psol, os brasilieros críticos que desejam uma revolução republicana 

  3. Perdeu mas venceu,

       Pode-se considerar uma vitória do governo, mas que não se sentem sobre estes parcos louros, a situação irá esquentar, pode-se esperar ataques midiáticos reforçados nos próximos dias, ataques a reputação de deputados serão aumentados ( é facil encontrar “pelos” em nossos nobres representantes ), a pressão sobre eles, de ambos os lados, será terrivel, aliás nem é necessãrio que ataques sejam baseados em fatos reais, basta publica-los, ou melhor ainda : apenas ameaçar a publicação.

        Foi um primeiro round, o governo ficou bem longe do nocaute, mas eu não me espantaria, se o grupo pró – impedimento, Cunha/Temer a frente do processo, procurassem adiar a votação do impedimento em plenário, tentar ganhar mais tempo para o convencimento, tanto pessoal, financeiro, como midiático, dos parlamentares, pois eles sabem, o governo tambem, que a proposta não conseguiria os 342, mas seria votada por boa margem, já agora, tal calculo deixou de ser confiavel ( o que importa nesta votação é a maioria, nem precisa dos 342, é fragilizar cada vez mais o governo ).

        P.S.:  Achei a “sociedade civil anti – golpe ” em meu bairro ( classe média alta, São Paulo, entre Perdizes e o Principado PSDB de Higienópolis, um local  conhecido como Pacaembú/ Sumaré ), e sempre aqui ocorria um barulhão nas “noites das panelas”, os “fora PT”, ” Lula na cadeia”, e demais elogiosas manifestações da direita idiotizada, mas hoje, agora pouco, após a publicação do resultado da comissão, pela PRIMEIRA ocasião, ocorreram fortes manifestações de pessoas, que conheço, e sei que não são petistas, sequer simpatizantes, bradando de suas sacadas , jardins, churrasqueiras, o ” Não vai ter golpe”, achei até estranho, estas manifestações, que apesar de contestadas, foram superiores, tanto em barulho como em persistência. Até um vizinho meu, professor da USP/FEA cometeu um “pecado bairristico”, ao desfraldar uma bandeira do PT ( aquela da Dilma com a estrelinha ).

        E Sr. Nassif , caro moderador deste sitio, não coloque a todos os “centristas” ( sua definição ), como marinistas ou golpistas, pois os democratas que atualmente situam-se no “centro”, que como EU consideram o governo Dilma uma bela porcaria, são os que devem ser convencidos, pois reafirmo, Dilma nem serve como sombra, sequer uma razoavel assistente de Lula ( para mim Dilma foi o maior erro de Lula, mas perdoavel ), portanto não apoiamos cegamente o governo Dilma, mas a Democracia como um valor da sociedade, e se para continuar valorando a Democracia, a “lame duck” Sra. Rousseff, faz parte do pacote, não existe espaço para manobras ou tergiversações juridicas, ela foi eleita, devemos “carrega-la” – è básico, questão de cidadania, de valores.

    • Verdade, Junior.

      Aqui em Higienópolis não ouvi uma panela, uma voz contra a Dilma.

      Meu mero palpite é que os reaças (inclusive os moderados, hehe, brincadeirinha), bem, os reaças perderam o ponto de apoio que tinham no PSDB, não gostam do Temer (e quem gosta?), e se decepcionaram com o pedido de desculpas do Moro ao STF.

       

      Mas aguardam a nova pauta bomba jurídico-midiática. São uns hipócritas, mas se encontram tão descrentes quanto nós, os comunistas, hehe.

      • “Aqui em Higienópolis não

        “Aqui em Higienópolis não ouvi uma panela, uma voz contra a Dilma.”

        Por mais que odeiem Dilma, estão começando a ponderar “o dia seguinte”.

        Começam a perguntar a si mesmos:

        Quem governará este país?  Com que legitimidade?

        “Legitimidade” de quem está na lava jato acusado de receber 5 milhões da OAS?

        E o vice? Cunha?

        Como andarão os projetos na Câmara?

        Até quando o Brasil ficará ingovernável?

        Com um governo legítimo a Câmara ficou mesês parada por conta de “pautas bomba” impostas pelos golpistas achacadores, como será isso com um governo ilegítimo?

         

      • Concordo,

        a coxinhada do meu convívio também está absolutamente muda nos últimos dias, sumiram até das redes de esgoto sociais. Dá impressão que a “ficha começou a cair”! 

    • “Não vai ter golpe” é a

      “Não vai ter golpe” é a palavra de ordem que une gente de um espectro muito amplo. Podem ser tudo, mas é uma ampla parcela que tem consciência democrática, que vive agora a sua “Diretas” particular. A tendência será isso crescer nos próximos dias. 

  4. PEC 21/2015 JÁ!

    Pela PEC 21/2015, o povo é quem decide no voto a cassação de políticos, junto com as eleições a cada 2 anos, dando tempo nas TVs, para que se defendam. Imaginem a Dilma com tempo nas TVs pra explicar o que está por trás do golpe. Além de ser absolvida, ainda elegeria seu sucessor…

    REDE GLOBO E DEMAIS VEÍCULOS DE MÍDIA PRECISAM EXPLICAR SUAS MENTIRAS!

    A corrupção está sabotando nossa economia! Os meios de comunicação de massa, como a globo, veja, folha, etc; não expõe ao nosso povo a dimensão da crise econômica mundial, como deveriam; dando a impressão de que apenas o Brasil está em crise; numa propaganda orquestrada para desgastar o atual governo, sem se preocupar, se isso também prejudica o resto do país. Confiram os dados da economia mundial, que vocês também ficarão com nojo dessa gente:

    DESEMPREGO!

    Nosso desemprego, ainda estão falando que pode chegar em 10%, quando se chegasse a 12%, ainda estaria mais baixo que muitos países europeus:

    http://pt.tradingeconomics.com/country-list/unemployment-rate

    Na época do PSDB do Fernando Henrique, chegamos a 15%, com o agravante do arrocho salarial. Ou seja, mesmo quem estava empregado, mal ganhava pra comer e pagar o aluguel. Por isso, naquela época consumíamos só 30% de uma pequena produção de automóveis, com o resto sendo exportado. Enquanto hoje consumimos mais de 90%, além de lotarmos os shoppings, comprar casa e apartamentos, e frequentar universidades. Coisas que não tínhamos direito há pouco tempo atrás:

    http://www.espacoacademico.com.br/016/16col_borges.htm

    O Atual governo tem feito o que pode para manter o consumo elevado, e evitar ao máximo o desemprego. E poderia fazer muito mais, se não estivesse sendo sabotado:

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/714327955369536/?type=3&theater

    O TAMANHO DA CRISE!

    A crise chinesa, pelo menos para o Brasil, é pior que a de 2008, e o mundo inteiro está sentindo. O Brasil foi um dos primeiros países a sofrer seus impactos mais graves, porque atualmente somos um grande parceiro dos chineses:

    http://www.brasil247.com/pt/247/economia/194086/Pânico-global-atinge-em-cheio-o-mercado-brasileiro.htm

    E ainda assim, a queda no PIB concentrou-se mais no setor exportador. Por isso não sentimos tanto a crise, como na época do PSDB com o Fernando Henrique, que criminosamente voltou a economia para a exportação, deixando-nos muito vulneráveis às crises externas.

    No decorrer desse estudo, vocês verão como nossa economia está sendo sabotada pelos vagabundos do congresso. Não fosse isso, a crise ficaria restrita ao setor exportador, e o governo não precisaria cortar gastos, cancelar contratos, que provocam demissões em todo o país.

    DÍVIDA EXTERNA!

    Reparem a confirmação daquela história que dívida pra investimento é dívida boa! Confiram como os principais países desenvolvidos são grandes devedores. Entretanto, países como o Brasil, com uma moeda fraca e sujeita a ataques especulativos, não devem se arriscar a isso. Tanto que nossa dívida está baixíssima, e o governo não deve nada; os valores referentes ao Brasil são dívidas no exterior de nossas empresas privadas:

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_países_por_dívida_externa

    Ou seja, estamos muito longe das crises enfrentadas no passado, quando precisávamos pedir dinheiro emprestado ao FMI. A única explicação, para o dólar ter disparado, é a especulação com a moeda, que gerou prejuízos em todo o país; mas felizmente está voltado ao normal.

    DÍVIDA PÚBLICA!

    Observem como nossa dívida pública está controlada, e num patamar em torno de 60% do PIB, semelhante ao dos Estados Unidos, e bem menor que muitos países europeus:

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Lista_de_países_por_dívida_pública

    E mesmo com toda essa crise, chegamos em 2016 com nossa dívida pública aumentando apenas para 66% do PIB. Por conta do governo precisar emitir mais títulos da dívida pública do que resgatá-los.

    RESERVAS INTERNACIONAIS EM MOEDAS ESTRANGEIRAS!

    Isso é fundamental para nosso comércio exterior, e o financiamento de nossas empresas multinacionais pelo mundo. Lembrando que tais empresas remetem seus lucros obtidos no exterior de volta para cá, e são um dos principais motivos do enriquecimento de países como Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Inglaterra, Itália, etc.

    Quem é mais velho se lembra das dificuldades de não se ter reservas internacionais, e ter que pedir dinheiro emprestado ao FMI, como fez o México recentemente. País que adotou todas as receitas “liberais” exigidas pelos Estados Unidos, e assinou o tratado da Alca com eles:

    http://exame.abril.com.br/mundo/noticias/mexico-pede-73-bilhoes-de-dolares-ao-fmi-para-blindar-sua-economia

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/755327931269538/?type=3&theater

    Na questão das reservas, é importante ver como elas estavam em 352 bilhões de DÓLARES lá pelo ano de 2011, logo depois que a Dilma assumiu o primeiro governo:

    http://www.valor.com.br/financas/1161998/reservas-internacionais-brasileiras-fecham-2011-em-us-352012-bilhoes

    E que hoje, depois de toda essa crise, elas estão em 373 bilhões de DÓLARES. Confiram:

    https://www.bcb.gov.br/?RP20160329

    Ora, mas não era a Dilma que metia a mão nos recursos públicos? Nunca tivemos uma economia tão forte e com tanta austeridade. Daí a revolta dos ladrões, que já estão se vendo na cadeia…

    TEMOS QUE SER RESPONSÁVEIS!

    Nossas reservas valem cerca de 1,5 trilhões de reais. Montante que não pode ser entregue a gente do tipo do Cunha, ou do Temmer, que repudiou tudo o que o PMDB tem de bom, e ficou com os vagabundos do partido, aqueles que estão na lista da propina da Lava Jato! Confiram:

    http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/223470/Mello-Franco-foto-de-apoiadores-pegou-muito-mal-para-Temer.htm

    VITÓRIAS DO GOVERNO CONTRA A CRISE:

    __Já está controlando as contas externas:

    http://www.panrotas.com.br/noticia-turismo/brasil/2016/01/contas-externas-tem-menor-deficit-em-5-anos-veja_122940.html

    __Já está controlando a inflação:

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2016-03/inflacao-cai-em-sete-capitais-indica-pesquisa-da-fgv

    http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2016/03/inflacao-medida-pelo-igp-10-cai-para-0-58-em-marco

    OS TRAIDORES!

    Reparem como são amiguinhos da globo, que faz estardalhaços por vários meses em cima de fatos contra o atual governo, enquanto encobre a sujeira desses traidores, que conspiram contra nosso próprio país. Lutam pelo quanto pior melhor, tentando prejudicar ao máximo nossa economia, que encontra-se em ótimo estado; apenas para justificar a queda do atual governo. Confiram como nossa economia sofreu sistemáticos ataques especulativos:

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/680343992101266/?type=3&theater

    COBRANÇA DE IMPOSTOS NO MUNDO!

    O Brasil está muito longe dos maiores cobradores de impostos do mundo! Confiram:

    https://luizmullerpt.wordpress.com/2015/02/12/mitos-economicos-brasileiros-o-brasil-tem-a-maior-carga-tributaria-do-mundo-so-que-nao/

    A TRAIÇÃO DO CUNHA E DO CONGRESSO!

    NOSSA CRISE PODERIA SER MUITO MENORE MAIS CURTA!

    MAS ESTAMOS SENDO SABOTADOS!

    Com a crise chinesa nossa arrecadação de impostos caiu drasticamente, e o governo precisa fazer um ajuste fiscal, aumentando a cobrança de impostos. Esse problema e o aperto na economia foi alertado pelo Dilma antes das eleições de 2014. Ela quer cobrar mais impostos principalmente sobre os mais ricos, através do aumento dos tributos sobre os ganhos de capital.

    O ajuste é necessário para evitar cancelamento de contratos, desaceleração da economia, fechamento de empresas, e desemprego. Pois é isso que ocorre, quando o governo reduz seus gastos. Embora pareça bonito para muita gente, não é nada agradável pra quem perde seu emprego.

    Entretanto, os ladrões do congresso querem justamente prolongar essa crise, para queimar a imagem do governo, e facilitar a queda da Dilma. Por isso, sabotam nosso país, e não aprovam o ajuste fiscal, que já deveria ter sido votado no início de 2015. Confiram

    http://www.dci.com.br/politica/dilma-cobra-acao-para-votar-medidas-de-ajuste-no-congresso-em-meio-a-clima-melhor-id527514.html

    Em vez disso, o Cunha e seus comparsas deram andamento ao processo de impeachment, deixando de lado nossa economia; que, para eles, quanto pior melhor. Ou seja, existe uma sabotagem sistemática em cima da economia, para enfraquecer a Dilma. O que somado à crise chinesa, acaba nos deixando nessa situação. Ou seja, a Dilma está fazendo seu papel, e não tem culpa pela atual crise prolongar-se mais do que deveria.

    Quem perder o emprego, ou encontrar-se em dificuldades financeiras, reclame ao Cunha, aos deputados, e senadores; que estão se recusando a votar o ajuste fiscal.

    MENTIRAS DA GLOBO DÃO NOJO!

    A globo e seus associados querem denegrir e derrubar o atual governo, para melar a Lava Jato e a Zelotes, que estão prestes a lhes pegar. Para isso, promovem o Cunha e o Temmer, que querem nos impor goela abaixo um novo programa de governo, e

    SEM PASSÁ-LO PELAS URNAS!

    Esse é o golpe, confiram:

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/762140693921595/?type=3&theater

    Querem tirar do poder uma pessoa contra a qual nada foi encontrado. O juiz Moro, cuja esposa é assessora do PSDB, o pai fundador do PSDB em sua cidade, e o primo financiador de campanhas do PSDB; vasculhou a vida da DIlma, e nada encontrou contra ela!

    O que a globo está querendo nos socar goela abaixo, é tirar a Dilma do poder, por conta de uma redução MUNDIAL da atividade econômica, e colocar em seu lugar os piores políticos do país, ligados a tudo quanto é escândalo de corrupção. Pois não aceitam que o ajuste fiscal recaia sobre os ganhos de capital. Querem que o povão pague mais uma vez a conta da crise, mas precisam derrubar a Dilma pra isso. Para que durante a depressão econômica em que entraríamos; eles, que tem dinheiro sobrando, comprassem ativos no país muito abaixo do preço, e ficassem ainda mais ricos.

    NÃO PRECISA SER ECONOMISTA, BASTA SABER LER!

    ESTAMOS SENDO ENGANADOS!

    SÓ O POVO NAS RUAS PODE DETER O GOLPE!

    Vá aos protestos de apoio ao governo, mas principalmente, converse com seus sindicatos. Pois se o processo do impeachment avançar para o senado, precisaremos colocar milhões de pessoas em Brasília no dia em que os ladrões forem julgar a Dilma. E a única coisa que pode proporcionar isso é uma

    GREVE GERAL NA SEMANA DO JULGAMENTO!

    Para que o trabalhador possa se manifestar livremente, e fazer com que eles respeitem o voto que depositou nas urnas em 2014…

    • isto sim, a meu ver…

      pode estar regulando a cabeça de muitos

      muitos estão revoltados com a sua estratégia de protelação descarada

      vergonha mundial por ninguém poder fazer nada, principalmente STF

      é como se as leis não existissem para ele

  5. O governo precisa gerar as

    O governo precisa gerar as suas “bombas midiáticas” também. Entrar com uma ação no Supremo e invalidar o relatório e a votação, pois (como bem demonstrado pelo Advogado Geral da União) é nulo do ponto de vista jurídico. Trazer o Lula para perto e dialogar com as classes C e D. Colocá-las nas ruas. Apontar para o desenvolvimento com inclusão social, mas com ações práticas e de grande potencial simbólico. Porque se deixar, só a mídia vai pautar e aí eles vão ganhando força.

  6. Quorum da comissão

    Nassif, a rigor a provação nesta comissão também não deveria

    obdecer os 2/3 como acontecerá no plenário ?

    Não cabe recorrer ?  Afinal….

  7. Se a proporção de mantivesse no plenário

    teríamos 303 a 210 ou 302 a 211. As coisas, não assim matemáticas mas, há que se ter esperança.

  8. Há pouco na RBN Jaques Wagner

    Há pouco na RBN Jaques Wagner deu uma longa entrevista à imprensa. Vi ao lado dele a repórter da CBN. Ela, descaradamente, pega algumas falas do ministro, e quando não agrada, leva o microfone para as costas. 

    Wagner não deixou barato. Disse que se domingo o inpeachment não passar Temer deveria pedir sua renúncia, porque ficaria muito feio um conspirador do Governo continuar como vice. Foi bem legal a entrevista.

    Foi trsite a não obtenção de votos da Comissão, mas não devemos perder as esperanças, embora já hoje, como havia lido no MSN há três dias atrás, uma delatora da Operação Acrônimos, conseguiu validar suas denúncias contra o governador de Minas, Pimentel, que hoje foi dennciado. Nessa matéria que li há 03 dias, também Palocci seria indiciado pela mesma operação. Ou seja, mais uma pitada de veneno antes de domingo, conforme rezava e sabia a imprensa golpista, e que está se concretizando. Por isso, não sabemos mesmo nada sobre o daqui a pouco, sobre o amanhã; temos que estar atentos.

  9. Uma retrospectiva da “classe média-alta e o Impeachment

    2014 – Vila Mariana – São Paulo – Bairro de classe média alta. 

    Aécio 83% de votos no segundo turno

    Dilma 17% de votos no segundo turno.

    No primeiro turno, se a memória está boa na minha sessão eleitoral Dilma teve 24 votos. 

    2015 – março (manifestação – dia 13 – barulheira total, adesão em peso).

    Dilma na TV – panelaço absurdo. 

    Abril – manifestação diminuiu muito a presença dos moradores daqui.

    Maio – Programa do PT panelaço de média intensidade.

    Dezembro – manifestação do Katiguri & Cia. sem ninguém daqui.

    2016 – Março – Perseguição implacável ao Lula – manifestação 15 de março – adesão grande ao Golpe. Qualquer aparição de Lula na Globo panelaço. 

    Março – Moro e a condução coercitiva de Lula, grampos de Lula e Dilma. Descoberta de quem era Moro. Acordando para o Golpe. Dilma e Lula começam a aparecer na TV Globo e as panelas pararam de bater.

    Hoje, as pessoas de classe média-alta paulistanas, em sua maioria já sabem que é Golpe e estão caladas. Nenhuma panela para o resultado da comissão do Cunha. Alguma buzina tímida e alguns fogos mais tímidos ainda. 

    Eu tenho uma tese: a informação demora mais para processar nos bairros onde a Revista Veja, o JN e a Globonews estão presentes no cotidiano das pessoas quando buscam informações sobre o Brasil e o Mundo. 

    O tema Impeachment não é um tema banal, certo? É central. As pessoas precisaram se informar. Descobriram que o trio Temer, Cunha e Renan assumiriam o Poder. Tiveram a sensação do Golpe no aúdio antecipado do já golpeu do Temer, pondo a faixa antes da hora. Que sem crime de responsabilidade é Golpe. Que muitos governadores já fizeram pedaladas. Que os golpistas querem acabar com a Lava-Jato. E, assim por diante.

    Hoje, o Golpe não está nas ruas. Só na Câmara dos Deputados, na velha mídia capitaneada pelo GAFE (Globo, Abril, Folha e Veja) e no Judiciário via Moro, Gilmar e Janot.

    É o Golpe dos desesperados. Por três razões:

    1) Financeira – mídias em decadência por causa da Internet (patrocínios migrando para o virtual) e políticos sem cofre para fazer negociatas.

    2) Combinaram entregar a preço de banana os bens públicos e nossas riquezas para a iniciativa privada – pro capital internacional e estão desesperados para cumprir o trato, porque esses políticos vivem pelo dinheiro apenas. 

    3) Querem reverter a realidade da Justiça brasileira que começou a ter coragem de investigar a todos. Quem sabe até buscar silenciar a Internet e o Jornalismo independente para ajudar neste feito.

    Fica claro: se o Golpe vingasse não teria respaldo de nenhuma parte da população, apenas da extrema-direita. Por isto será freado. Haverá uma parcela maior de silenciosos do que se espera, penso eu. Silenciosos: os que não aparecerão em plenário para votar.

    E ficará explícito no muro da vergonha, a discrepância de pessoas contra e a favor do Impeachment.

    A turma do Não vai ter Golpe será muito maior! 

    E inibirá parlamentares para votarem pelo Impeachment.

    Não vai ter Golpe! Vai ter Luta!

    • Tudo isso

      pode sim acontecer. E embora nunca tenham estado tão perto de tomar o poder, a minha impressão é que a maioria silenciosa do país está com os dois pés atrás com o golpe, que perde adesão a cada dia que passa e por isso tem de ser acelerado à velocidade da luz. Uma liminarzinha do STF e uma ou duas semanas de atraso no golpe, e o Datafolha vai registrar uma maioria contrária. Essa é a minha convicção.

      Temo pouco a Lava-Jato. Nesse momento o país só pensa em impiti. Nenhuma operação da PF será poderosa o suficiente para desviar a atenção do que está em jogo (a não ser, claro, o afastamento de Cunha). Entramos num redemoinho que só vai parar na segunda-feira.

      No fundo, qualquer q seja o resultado vamos descobrir o que sempre soubemos: os entusiasmados no dia seguinte ao golpe se resumem apenas aos delirantes hidrófobos de extrema-direita, que não chegam a 10% da população (taí a votação do Bolsonaro q não me deixa mentir). E então os que ficaram sentadinhos na cadeira por comodismo ou porque não gostam da Dilma vão chorar lágrimas amargas de não o terem impedido enquanto era tempo.

       

      • Verdadeiro seu comentário, Joseph.

        O que poderíamos ver brevemente após o Golpe é um Contragolpe. 

        Lembro do Hugo Chavez.

        Dilma pode ser reconduzida ao Poder pela população nas ruas. 

        Vamos fazer a nossa parte e lutar até o último instante para debelar o Golpe!

        E proteger a nossa Democracia, ainda jovem!

        Abraço,

        Alexandre.

  10. A lamentar

    Marina Silva e Luciana Genro. Ambiciosas e péssimas perdedoras. Dilma acabou com as duas nos debates da campanha.

     

    Agora estão  por aí defendendo novas eleições.

     

    E ainda tem quem acredite nelas!!!!

  11. O espírito a ser criado é o da votação de Maluf x Tancredo

    É fazer com que os deputados tenham ORGULHO de votar por quem defende a democracia e não a corrupção.

    E é isto que Dilma representa.de um lado.

    Contra o que Eduardo Cunha, Temer, Aécio, Paulinho da Força, Bolsonaro e quetais representam do outro.

    A verdadeira volta da corrupção que MANDA e pela míRdia bandiad, esconde da Nação.

    Eu acompanhei a gloriosa vitória da eleição (indireta, como a do impeachmente) de Tancredo

    E acompanharei a vitória da democracia nesta câmara Eduardiana Cunhestra…

    Até lá!

  12. Veja como votou cada deputado

    Saiba como votou cada deputado na comissão especial do impeachment

    Do Portal EBC—11/04/2016 22h06—–Brasília

    A comissão especial de impeachment da Câmara dos Deputados aprovou, na noite de hoje (11), por 38 votos a favor, 27 contrários e nenhuma abstenção, o parecer do relator Jovair Arantes (PTB-GO), que recomenda a abertura de processo de impeachment contra a presidenta Dilma Rousseff.

    Veja como votou cada deputado:

    Placar da votação do parecer do impeachment na comissão especial : Placar do Impeachment na comissão

    Placar da votação do parecer do impeachment na comissão especial

    URL:

    http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2016-04/saiba-como-votou-cada-deputado-na-comissao-especial-do-impeachment

     

  13. Rede orientou pelo SIM

    Ao contrário do que afirma o artigo, a REDE defende o SIM ao impeachment, mas permite que cada deputado vote como desejar.

  14. Ritmo acelerado

    Votação do parecer do relator demonstra que o Vice-Presidente está blefando.

    A se confirmar o resultado no plenário o governo terá pelo menos 215 votos para barrar o processo.

    Vamos aguardar mais alguns dias.

  15. Alguém casou os dados para

    Alguém casou os dados para saber do grupo que tem processos, inquéritos no STF quantos votaram a favor do parecer do Relator?

    Pode ser uma boa relação para a gente divulgar.

    Processo no STF – favorável ao Impeachment.

    Sem Processo – Não favorável ao Impeachment. 

  16. Não vai ter golpe, vai ter luta

    Um sangue vermelho, igual, sem distinção, de valor inestimável

    Falta pouco, mas ainda exige muita luta.

    A Comissão escolhida para condenar Dilma, cumpriu seu contrato, mas não teve força para entregar o acordado.

    Foram  58,4%, dos votos e, nem mesmo numa comissão escolhida a dedo para acolher o impeachment foi possível obter o percentual de 66,6% para consumarem o golpe.

    Ainda assim, utilizando estes dados para fins de projeção, para sermos exatos, num Universo de 513 deputados (o total da Câmara) ainda faltariam, nestes cálculos, com este percentual, 42 deputados.

    Mas, isso em tese, e num ambiente ideal, com todos comparecendo, o que é praticamente impossível.

    No entanto, como a falta de 5 ou mais é dada como certa, mercê de vários problemas, inclusive doenças pessoais ou de familiares, este total de votos faltantes se elevaria para um número próximo de 50, muito difícil de ser obtido neste tempo exíguo de menos de uma semana.

    Principalmente porque não é só obter, mas, pela quantidade total, tão importante quanto obter novas adesões é não perder os já cooptados.

    Tarefa que, neste momento se revela muito difícil para a oposição golpista.

    Portanto, mais um motivo para fazermos todos os esforços nesta reta final, porque eles, com este cenário estão fazendo tudo e mais um pouco para tentar reverter este quadro desfavorável.

    Este é o momento da ofensiva final.

    Devemos disputar cada milímetro de espaço, seja na internet, no trabalho, em casa, nas ruas, praças, cidades… aonde houver gente e disposição de luta.

    Eles cometeram um grande erro.

    Subestimaram o povo brasileiro.

    E este povo, ouviu os sinais, entendeu os apelos e veio em defesa de suas conquistas.

    De todos lugares, surgem trabalhadores, os mais diversos, dos campos, das fábricas, do comércio, das bancas, da arte, do ensino, da música, intelectuais de todos os matizes, estudantes de todas as séries, cidadãos de todas cores, de todos os cantos, de todos os credos, de todos amores, negros, brancos, índios, brasileiros, estrangeiros, todos, com uma imensa capacidade de se doarem por algo que se lhes entranhou no sangue, um sangue vermelho, igual, sem distinção, e com um valor inestimável e um exponencial amor pela democracia e pela vida.

    Nas ruas, já se vê claramente que um clarão esta tomando conta do horizonte.

    “É noite ainda. Mas já vai amanhecer.”

    Esta nova tomada de consciência e de sua irmã gêmea na construção de uma democracia, a disposição de luta, fez com que grande parte da intelectualidade brasileira, dos movimentos de trabalhadores e sociedade civil, ao perceberem que estava havendo um ataque a democracia, via golpe institucional, pudessem reagir e forjar um formidável movimento de cidadania (talvez já suficiente para parar o golpe), pois, pela primeira vez, as pessoas – todas as pessoas – precisaram saber o que estava em jogo, bem como o que elas querem deste país e porque querem e como fazer para obter isso.

    Ao mesmo tempo, souberam (já sabiam, foi reavivado na memória)  que não podem se informar pela Globo, pela Globo News, pela Veja, pela Folha SP,  que elas precisam ouvir o contraponto, elas que diariamente são vítimas das mentiras desta grande imprensa, agora aprenderam a não mais confiar nela, nem nos seus protegidos.

    E ao fazerem suas escolhas, isso, escolhas, estão aos poucos cerrando fileiras contra o golpe, contra a Globo, contra Eduardo Cunha, contra a corrupção que tomou conta dos bens do povo, e passaram a lutar pela existência de uma democracia efetiva, que deverá emergir das futuras eleições sem financiamento de empresas.

    Aliás, este é a grande questão, sem financiamento de campanha por empresas, qual o papel da grande mídia, o último baluarte da corrupção.

    Este pode ser o grande legado deste movimento, a derrubada dos monopólios de comunicação e, enfim um pouco de democracia efetiva neste, que então será o “nosso” grande país.

  17. 35 ratos com um monte

    35 ratos com um monte de processos nas costas, inclusive o relator, fugindo da ratoeira e de olho no gordo cofre da Repúlbica: num pais sério eles só não estariam nesta comissão como já nem seriam mais parlamentares, pais bananeiro esse nosso: estamos condenados a sermos o cu do mundo… se bem que desta vez esses golpistas não terão sossego, a não ser que implantem uma sanguinária ditadura mas, mesmo assim, ela não será eterna..

    Sobre as figuras da futura “República Refundada” pela Lava: não me passa pela cabeça que, Jovair Arantes será um dos homens fortes da tal  “Republica Refundada” pelos intocáveis da Lava Bunda sic Jato: jesus cristino, trocar Dilma por essa quadrilha é a total inversão de valores

    http://www.viomundo.com.br/denuncias/35-dos-38-que-votaram-pelo-impeachment-sob-suspeita-de-corrupcao-mas-isso-e-pouco-perto-do-caso-de-jovair-arantes.html

     

  18. A esquerda venceu

    Em qualquer resultado, a esquerda venceu. Se o impeachment for aprovado no próximo domingo, Temer e Eduardo Cunha farão um péssimo Governo, e Ciro Gomes, voltará vitorioso em 2018. Temer criaria um desastre econômico, o desemprego explodindo na estratosfera, e o povo em peso iria exigir a volta da esquerda ao poder, em 2018.Assim como a vitória de FHC em 1998 aplainou o caminho para Lula ganhar em 2002, assim seria com a posse de Temer. E o melhor, os coxinhas levarão uma invertida, com a crise, que perderão até a graça.

    Por outro lado, se o impeachment for rejeitado, a crise em breve irá se dissipar, o dolar continuará subindo e a economia se recuperando com mais exportações, aí Ciro ou Lula retornarão de novo em 2018.

     

    Em resumo, qualquer que seja o resultado, a esquerda venceu. 

     

     

  19. STF

    O Cardoso e o Damous disseram antes da votação que o relatório não mostrava os fatos anunciados que caracterizavam o pedido de cassação e por conta caberia recurso ao STF ( o MAM já havia sinalizado com esta possibilidade do STF ser provocado e se manifestar).

    Foram ou vão ao STF ?

  20. Não é hora de fazer contas mas fazer PARA fechar as contas

    É um erro ficar tecendo considerações sobre quem ganha e quem perde, pois é sabido que “jogo só acaba quando termina”.

    A oposição mais a míRdia e seus conspiratas estão razoavelmente quietas, sinal de que estão trabalhando ferrenhamente nas sombras para disparar várias baas de prata até o resultado da votação que traz vergonha internacional para este país secularmente ainda dominado por uma elite meRdíocre.

    Não podemos relaxar até o resultado final que será o fim desta nefasta dominação que faz deste um país inválido.

    Até a comemoração da derrota dos conspiratas golpistas.

    Atentos e ativos até então.

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome