Fascismo não se enfrenta com flores, diz Ciro Gomes após atentado contra o irmão

Ciro culpa Jair Bolsonaro e família por esta situação, em que o motim de policiais se torna uma coisa normal, e reagir na base da bala uma ação corriqueira.

Jornal GGN – Ciro Gomes, ao saber do atentado que feriu seu irmão, Cid Gomes, em Sobral, foi ao encontro dele. No hospital, onde Cid foi submetido a procedimentos para retirada das balas, duas de calibre .40, Ciro deu uma entrevista. O político reafirmou que o irmão foi em busca de resolver uma situação em Sobral, já que a cidade estava sitiada por uma minoria de policiais militares, que estavam encapuzados, sem uniforme, armados e tocando o terror entre os habitantes. Cid e Ciro são de Sobral, e a situação, que escapou do controle das autoridades, mexeu com eles.

Ciro culpa Jair Bolsonaro e família por esta situação, em que o motim de policiais se torna uma coisa normal, e reagir na base da bala uma ação corriqueira. Ele reafirma que a milícia do Rio de Janeiro não vai tomar o Ceará, só se matar a família, que vai lutar junto ao povo para impedir.

Reafirmou que ele e o irmão não são políticos de gabinete e de redes sociais, são da luta, e na luta vão ajudar a resolver esta situação. E, por fim, disse que Cid fez tudo que estava ao seu alcance, nada adiantou, e ele tomou uma medida que considerou certa para o momento. E disse mais: fascismo não se combate com flores!

Veja a entrevista a seguir.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Coronavírus: Documentos da Abin contrariam Bolsonaro

9 comentários

  1. Desculpem, mas para mim parece que queriam mais defender o feudo do que a democracia…….me lembrou o covas levando uma cadeirada de grevistas quando forçou a entrada no meio deles……..e quanto essas declarações tem ares que o cidadão está tentando sair das cordas depois da cagada de ir passear na europa ligando o f….-se e dando folega para os milicianos……quem quiser acreditar em politicos, acredite…não fossem eles o país não estaria nessa merda….

    4
    6
    • Então vamos deixar os políticos de lado e vamos votar nos outsiders: Doria, Joaquim Barbosa, Huck, Trump.

      O problema são os políticos, a solução são os empresários, inclusive os Outsiders

  2. E cirinho…igual o irmãozinho…Joga a CULPA no PT…SEU vgb…
    O GGN …(Detectado comentário repetido; parece que você já disse isso!)))…

    QUANDO??????????????????????

    1
    2
  3. Se era uma minoria,como afirma o boquirroto do Ceará, porque não deixar que a própria PM resolvesse o caso?
    Ou será que,apesar de minoria,o comando estava fazendo vista grossa e corpo mole?
    De qualquer forma, o acusado pelo boquirroto e ele próprio são ramos da mesma árvore, daí a semelhança na forma de agir.
    É preciso parar de dizer que este tipo de atitude é valentia. Se persistirmos nesse erro estaremos dando o sinal verde para os fascistas do poder ( como se eles precisassem) para,por exemplo, juntar seus milicianos enrolados na bandeira pátria, para acabar com a greve dos petroleiros e,por favor,não venham dizer que eram bandidos encapuzados e armados. Eram e todo mundo sabe e viu isso.
    Agora,contra bandidos se usa a polícia e não um destrambelado pilotando uma retroescavadeira. O resultado para o destranbelado foi bom,para não dizer ótimo.
    Posou de vítima, de valentão (muito parecido com o ocupante da cadeira da presidência da República) é por sorte,mera sorte,não atropelou aqueles que estavam a sua frente que,caso tivesse ocorrido,mudaria completamente está retórica do valentão.
    Pior de tudo é ter gente ainda considerando que esses coroneizinhos ainda fazem parte do campo democrático.
    Não fazem e nunca fizeram. O máximo que fizeram foi aproveitar-se da democracia para amealhar poder para seus projetos pessoais.

    1
    2
  4. Foi muito bem na entrevista e falou o correto. Com foco no banditismo fardado de bozo e sua gangue. Mas ele tb teve relevante erro, a exemplo da esquerda elegante que acertadamente detona. Fascismo, de fato, não se combate com flores. Mas tb não se evita lavando as mãos, lambendo feridas ou fazendo choramingos em Paris.

  5. Fascismo se combate de Paris.

    Além de tudo é burro. Ao tentar atropelar os amotinados com o trator deu a eled a tese da legítima defesa.

    E pior…usurpou o papel das autoridades constituídas.

    Briga de milicianos. Pobre Ceará.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome