Filho de Mourão vira assessor do presidente do Banco do Brasil e triplica salário

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do vice-presidente Hamilton Mourão, foi promovido a assessor especial do presidente do Banco do Brasil e terá o salário mais que triplicado, segundo informações da Folha de S. Paulo desta terça (8). 
 
Rossell é funcionário de carreira do banco há 18 anos. Há 11 anos ocupa a mesma função como assessor da área de agronegócio, e para isso ganhava R$ 12 mil. Agora, receberá R$ 36,3 mil por mês para exercer a “mesma função”, segundo apurou a Folha, mas lotado no gabinete da presidência, assessorando diretamente Rubem Novaes.
 
Mourão compareceu na posse de Novaes como presidente do BB – mas não comparecer à posse de outros dirigentes de bancos públicos.
 
O jornal observou que “a forma como o filho de subiu na carreira foi considerada inusual por funcionários. A ascensão, segundo eles, costuma ser progressiva.” 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Manifesto de ex-dirigentes da Andifes em defesa das universidades federais

12 comentários

  1. Finalmente entendi o conceito……….

    Meritocracia definição: Ter papai “bem posicionado”……..na hora e no lugar certo…….simples assim

  2. É isso aí
    O pimpolho tem QI

    É isso aí

    O pimpolho tem QI (quem indicou)

    9 deputados que levaram um chute no traseiro e não se re-elegeram recebem cargos no segundo escalão (na surdina)

    o astrólogo, reserva intelectual do governo bolsonaro, diz que a Terra é Plana e o heliocentrismo é coisa de comunistas

    Realmente, viemos para acabar com a corrupção e libertar o Brasil do marxismo. Infelizmente, para cumprir isto, vamos jogar o Brasil nas Trevas 

  3.  Os amigos e patentes do

     

    Os amigos e patentes do vagabundo Jair bolsonaro e do general-vice enchem as algibeiras. Os trouxinhas de classe média que fizeram passeatas e dancinhas sincronizadas para derrubar Dilma e eleger o Bozo pagarão juros maiores quando forem pedir financiamento imobiliário num Banco. Eles fizeram por merecer. A gasolina era 2,34 já está quase 6 reais.

    O silêncio do general-vice custou apenas 30 mil reais? Isso é uma ninharia. O motorista do Sub-Coiso ganha mais que isso. Mourão enganou todo mundo que acreditou que ele seria patriota (ou ambicioso) o bastante para derrubar o vagabundo o Bozo a fim de controlar o cofre.

    O  crime foi reorganizado “com o STF com tudo”. Agora o crime é militarizado. Os ladrões comprados baratinho por Bolsonaro tem patente: coronel, general, capitão, etc…

    Entre os realmente ricos (e donos do novo regime) a alegria é grande. Eles vão abocanhar tudo: bancos públicos, aeroportos, rodovias, o que restou do petróleo, Petrobras, Eletrobrás, Universidades Federais, etc…

    Os banqueiros não apoiaram o golpe de 2016 e a eleição do vagabundo Bolsonaro para ter prejuízo. Isso eles terão quando o povo perder a paciência e começar a incendiar agências bancárias pelo simples prazer de ver o dinheiro dos bancos pegar fogo.

  4. Eu tinha comentado há um

    Eu tinha comentado há um tempinho que esse jogo não é só um jogo de cargo no nível político, é algo mais “família”, bem mais “antiquado”, do amigo e do colega. 

    Claro, e, de quebra, também a “despetização” do Lorenzoni cria uns carguinhos para a distribuição. Sob quais critérios? Bem…

  5. Meu garoto

    Meu garoto

    Já estamos começando a entender esse negócio em familia. Um carguinho pra cá um super salário para lá. Sem falar que se o assessor está ganhando 36 mil quanto não ganha o presidente do BB. É só bocada e mais bocada. E haja óleo de peroba. E vaselina também

  6. Sou funcionário aposentado do BB. . .

    Sou funcionário aposentado do BB, e nunca soube de nomeações desse tipo no governo do PT. E ainda que tivesse havido, essa nomeação não se justifica, pois ontem mesmo o presidente eleito falou: “No meu governo as nomeações do segundo escalão serão técnica, não haverá nomeações políticas”.

  7. Talvez terá que ceder uma parte do salário para a Michelle Bolsa

    Acho que o Mourão Jr. terá que fazer rachid com a família do Bolsonaro. Não demora o Queiroz passa lá no filho do Mourão para recolher parte do seu salário.

  8. O governo Bozo vai restaurar os valores familiares

    “É chegado mais um Natal, momento especial onde relembramos e celebramos com nossas sagradas famílias o nascimento de Cristo Jesus, nosso Senhor. É com este sentimento de esperança, inspirado na família simples que recebeu em um humilde presépio a encarnação do próprio Deus, que contemplamos também a chegada de um novo Brasil.

    Com humildade, sempre dispostos a aceitar quem tem no coração a vontade de construir um Brasil melhor, buscaremos nos próximos anos restaurar o sentimento familiar há muito desgastado em nossa sociedade, bem como a paz dentro de nossos lares”. Jair Messias Bolstonaro

  9. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome