Governo Bolsonaro minimiza pesquisa Ibope: “é momento”

Pesquisa mostrou que Jair Bolsonaro é o presidente da República pior avaliado entre todos no início de governo. E também sofreu quedas bruscas em todos os cenários positivos

Foto: Antonio Cruz/ABr

Jornal GGN – Após a pesquisa Ibope mostrar que Jair Bolsonaro é o presidente da República pior avaliado entre todos no início de governo, o mandatário não respondeu e, em seu lugar, o porta-voz Otávio do Rêgo Barros tentou minimizar a imagem negativa de Bolsonaro.

A jornalistas, Rêgo Barros disse que pesquisas de opinião são somente “fotografias de momento” e que “devemos qualificá-la apenas nesse momento”. E caracterizou a má repercussão de Bolsonaro junto à população brasileira como algo necessário para “avançar” o país.

“Nós vamos analisar. Não obstante, pesquisas são fotografias de momento, e como são fotografias de momento, apenas nesse momento nós devemos qualificá-la”, disse o porta-voz de Bolsonaro.

“Nosso presidente tem um projeto, nosso presidente tem um pensamento claro, e eventualmente precisa enfrentar algumas vicissitudes para avançar e tornar o nosso país, tenho dito sempre isso, o país do presente, não mais o país do futuro”, continuou, na defesa.

Em todos os cenários, Jair Bolsonaro saiu em desvantagem na pesquisa de opinião do Ibope sobre a aprovação do novo mandatário. Ele sofreu queda brusca em todas as perguntas positivas desde janeiro deste ano até março. Em apenas 60 dias, Bolsonaro teve uma redução de 13 pontos percentuais sobre a confiança dos brasileiros em relação ao seu governo.

Em janeiro, 62% das pessoas confiavam em Bolsonaro. Hoje, são 49%. Ao mesmo tempo, para não restar dúvidas sobre a visão negativa, aumentou em 14 pontos percentuais o número de brasileiros que desconfiam de Bolsonaro: passando de 30% para 44%.

Ainda, o presidente perdeu 15 pontos percentuais entre os que o consideravam “ótimo ou bom”, passando de 49% em janeiro, para 34% agora em março. E no registro histórico do Ibope, os ex-presidentes Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma iniciaram o seus respectivos governos com saldos maiores que 34% de aprovação, que obteve o mandatário.

Mas para o porta-voz do governo, seria apenas uma fase, “uma fotografia de momento”.

7 comentários

  1. “Nosso presidente tem um projeto, nosso presidente tem um pensamento claro…” Hehehe, nem ele sabe qual seu projeto, muito menos concatenar pensamentos por mais de cinco segundos.

  2. O Bolsonaro tava menos feio na penúltima foto. Será que na próxima fotografia ele estará num momentos mais feio ainda?

  3. A neurociência reza que o cerebro humano está completamente desenvolvido após os 21 anos .considerando essa pesquisa científica posso afirmar que os eleitores de 16 a 21 anos que votaram no ex deputado inútil são normais.os demais acima dessa faixa etária que votaram nesse inútil são dementes .

  4. Uma parte da população tem analfabetismo político, não conseguem diferenciar o alho do bugalho, é o caso dos comentários das pessoas de esquerda aqui!

    • Oldimar, você sabe porque as fezes de carneiro são esféricas?

      Se você não entende nem de merda, como vai diferenciar alho de bugalho?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome