Home Editoria Cidadania Militar é preso com 39 kg de cocaína em avião da FAB, da comitiva de Bolsonaro

Militar é preso com 39 kg de cocaína em avião da FAB, da comitiva de Bolsonaro

Militar é preso com 39 kg de cocaína em avião da FAB, da comitiva de Bolsonaro

Jornal GGN – Foi preso em Sevilha, na Espanha, um militar da delegação de Bolsonaro, por tráfico de drogas. Além do militar, foi preso um membro da comitiva que acompanha o presidente em uma viagem para o Japão. A polícia de Sevilha apreendeu uma mala com 39 quilos de cocaína.

O sargento da Aeronáutica foi preso no aeroporto. O Ministério da Defesa, através de nota, diz que os fatos estão sendo apurados e que foi determinada a instauração de Inquérito Policial Militar (IPM). O militar não teve o nome divulgado.

Segundo o jornal El País, fontes da Guarda Civil informaram que a detecção da droga e posterior detenção do militar ocorreram quando os membros da tripulação e suas bagagens passaram pelo controle alfandegário obrigatório. Ao abrir a mala de mão do sargento, os agentes encontraram 39 tijolos de um quilo cada. As autoridades espanholas querem, agora, saber qual era o destino final da droga.

O militar foi levado para o comando da Guarda Civil e, a partir desta quinta ficará à disposição da justiça para responder por ‘crime contra a saúde pública’.

A comitiva de Jair Bolsonaro mudou a rota de viagem após o evento. Ele sairia de Brasília rumo a Sevilha, para seguir depois viagem ao Japão, para a reunião do G20. No fim da noite de ontem, segundo noticia a Folha, a agenda oficial do presidente mostrou Lisboa como local de escala, sem explicação de motivo.

Bolsonaro se manifestou pelo Twitter, dizendo que foi informado do ocorrido e determinou ao ministro da Defesa ‘imediata colaboração com a Polícia Espanhola na pronta elucidação dos fatos, cooperando em todas as fases da investigação, bem como instauração de inquérito policial militar’.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

20 COMMENTS

  1. Além de Miliciano, o governo também é traficante.

    Soy Latino Americano
    (Zé Rodrix)

    Não acordo muito cedo
    mas não fico preocupado
    muita gente me censura
    e acha que eu estou errado
    Deus ajuda a quem madruga
    mas dormir não é pecado
    o apressado come cru
    e eu como mais descansado

    Soy latino americano
    e nunca me engano, e nunca me engano
    Soy latino americano
    e nunca me engano

    Meu caminho pro trabalho
    é um pouco mais comprido
    eu vou sempre pela praia
    que é muito mais divertido
    chego sempre atrasado
    mas eu não corro perigo
    QUEM DEVIA DAR O EXEMPLO
    chega atrasado comigo, e diz…
    Soy latino americano
    e nunca me engano, e nunca me engano

  2. Praticante de “crime contra a saúde pública” ao invés de milico traficante da comitiva presidencial. O Brasil não merece ser esculhambado desta maneira..

  3. num governo de apoio e vista grossa aos milicianos, os quais em grande parcela são ex-militares que se envolvem em crimes, nada estranho, ter um militar meliante na comitiva presidencial.

  4. Narco Estado?

    Laudo acha cocaína no corpo de Ariosto
    Márcia Marques
    Da Sucursal de Brasília

    Os médicos do Instituto Médico Legal de Cartagena encontraram vestígios de cocaína nas vísceras, rins, fígado e bílis do sobrinho do presidente Itamar Franco, Ariosto Franco.
    Segundo laudo ditado por telefone à Folha por Oscar Prada, que é fiscal (procurador) da Fiscalía General (espécie de Procuradoria), o infarto que matou Ariosto “pode ter sido produzido por ingestão de cocaína, como mostram exames do laboratório de toxicologia”.
    O laudo do instituto foi enviado à Fiscalía, que é o órgão responsável pelas investigações, no dia 7 de julho.
    O diretor do Instituto, Germán Vanegas, que revisou o laudo, disse à Folha por telefone que os resultados seriam encaminhados ao governo brasileiro.
    A conclusão diz que “adulto do sexo masculino faleceu por arritmia cardíaca que pode ter sido produzida por ingestão de cocaína”.
    Quando Ariosto morreu, os médicos responsáveis pelos exames do corpo pediram as análises das vísceras porque consideravam que havia suspeita de que o infarto tivesse como causa a ingestão de drogas, medicamentos ou veneno.
    Ariosto passou mal durante a noite e chegou a ser atendido pelo médico particular do presidente, Saulo Moreira, com quem dividia o quarto no hotel Caribe.
    A descrição do exame do corpo informa que não há sinal externo de violência nem de qualquer outro tipo de alteração.
    Arritmia
    A conclusão diz que o “adulto do sexo masculino faleceu por arritmia cardíaca que pode ter sido produzida por ingestão de cocaína”.
    O resultado dos exames informa ainda que “na mostra de sangue não se encontrou álcool”.
    O diretor do IML não quis confirmar o resultado dos exames, justificando que deveria manter sigilo e que o documento havia sido enviado à Fiscalía.
    Ariosto morreu em Cartagena de Indias (norte da Colômbia), dia 15 de junho.
    Com a morte do sobrinho, o presidente Itamar Franco cancelou sua viagem à Colômbia, onde participaria do encerramento da “4ª Conferência Ibero-americana de Chefes de Estado e de Governo”.
    Com agências internacionais

  5. Enquanto Moro passeia pela FDA nos estaites.

    Agora, imaginemos as fakes da tchurma: Sevilha é governada por Juan Espadas, do PSOE – socialista – cujo presidente Pedro Sanchez – que defende a liberdade para Lula – é… do PSOE.

    Ai, ai.

  6. Nassif: a prisão do militar é injusta. Pura perseguição ao subalterno. Ele só tava levando material que lhe entregaram, dizendo que era para o Presidente. Você sabe que os de AsaDura carregam a maleta do Bambambam. São da Arma mais nova. Antes, no tempo do Império, eram os VerdeSauvas. Tanto, que foi um deles o alcoviteiro da Proclamação. A ele compete somente levar pro Hôme. Se era pra consumo ou para presente, isto escapa da sua alçada. Talvez até o Queiroz, querendo se redimir perante o chefe, tenha preparado o farnel, a mando das Milícias do Tanque. Esse pessoal é fogo. Sinceramente, acho que esse miliquito não é o pai da criança. E você?

  7. Aaaah se fosse o avião da comitiva Lula…
    A Veja iria fazer uma capa com o Lula cheirando os 39 quilos.
    A Globo dedicaria o JN inteirinho ao assunto.
    O Bozo é um “sortudo”. Vive cercado de bandidos, laranjas, funcionários fantasmas e, nada acontece com ele.

  8. Com a parceria de DEA e FBI ficou difícil traficar a partir do Brasil. Não é que agora, a PF precise encontrar a tal da COCAÍNA ( algo que até o ano passado não encontrava de jeito nenhum. As apreensões era sempre da “barata” maconha) É que agora precisa encontrar e precisa DEVOLVER. Malditos NorteAmericanos !!!!! E não adianta mudar a rota para a Argentina. Eles ‘dedam’ do mesmo jeito !!!!! Não adianta falar que a culpa é do Paraguai, que os tais FUZIS vem do país vizinho ( que na verdade é vítima da criminalidade, corrupção e incompetência brasileira) O tal Serviço de Inteligência Estrangeiro manda que a PF abra os ‘Ar-Condicionados Importados’ no Aeroporto do Galeão. Malditos NorteAmericanos!!!! Justamente no dia que os scaners da PF não estavam funcionando. Tudo Coincidência !!!! Eles ‘dedam’ as Aeronaves de Deputados, Senadores, Presidente da República !!! Malditos NorteAmericanos !!! O que você acha disto, caro Aécio Neves? “Assim não pode, assim não dá ” Não parece até o FHC. É apenas um ‘crimizinho desculpável’ na visão do Presidente. País de muito fácil explicação.

  9. Agora entendemos porque o vagabundo Jair Bolsonaro disse que virou a Rainha da Inglaterra. A Royal Family está no ramo do tráfico de drogas desde a Guerra do Ópio. A familícia Bolsonaro apenas estreou no mercado Europeu com uma droga de outra procedência.

  10. Nassif,
    Não é possível que um subalterno carregasse 39 kg. de cocaína sem que ninguém soubesse, é uma quantidade bem significativa para ter passado direto pela vigilância da Base Aérea de Brasília.
    Em minha opinião o sargento era, tinha que ser a “mula” para os mais de 10 milhões de dólares que carregava em forma de cocaína, mas a verdade jamais será divulgada, sobrou para o sargento.

  11. Provavelmente, por causa do “nosso país deles” estar uma balbúrdia (sic), o pessoal varonil baixou a guarda.
    Aí, descobriu que alguns países ainda “funcionam”.
    Mas vejam pelo lado bom: não foi na Indonésia (algo me diz que o Boça ainda se inspirará pelo ignóbil que ali governa).

  12. Segundo Lula:

    “Os verdadeiros narcotraficantes não são encontrados nas favelas, onde as pessoas são ‘oprimidas e induzidas ao crime para conseguir o pão de cada dia’. Isso é chamado de justiça de classe, uma justiça que favorece uma classe.
    A sociedade brasileira tem consciência de que hoje não estamos enfrentando mais o ladrão de galinha. Aquele cidadão que roubava uma galinha era preso e solto. E no dia seguinte, ele roubava outra galinha, o galo, e até os ovos. Mas não era uma figura tão violenta, tão bruta com a sociedade. Hoje não. Hoje nós enfrentamos uma indústria, que eu diria até multinacional, do crime organizado. Ele tem o seu braço na política, tem o seu braço na Polícia, tem o seu braço no poder Judiciário, tem o seu braço nos empresários, tem o seu braço internacional. Então é uma coisa muito poderosa, que de vez em quando nós vemos na televisão: “Polícia consegue apreender a maior quantidade de cocaína já vista no Brasil”. Aí o que apresenta a televisão? Cinco ou seis “bagrinhos”. Para onde ia e de onde veio, quem vendeu e quem comprou a droga, não aparece. Aparecem os “bagrinhos”, ou seja, é sempre a mesma história.”
    Nós só vamos combater o crime organizado quando a gente resolver pegar quem compra e quem vende, e não apenas quem está no processo de intermediação, que muitas vezes são pobres coitados, induzidos, para ganhar o pão de cada dia”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Sair da versão mobile