Racionamento, já!

Há duas alternativas para a falta de água em  São Paulo: racionamento controlado ou racionamento selvagem.

São Paulo está caminhando para a segunda opção – o racionamento selvagem – com consequências imprevisíveis. Corre-se o risco, inimaginável em outros tempos, de uma das maiores metrópoles do mundo exposta a surtos de epidemia, a transtornos sociais, à violência generalizada provocada pelo desespero da falta dágua.

Tem-se no governo do estado um governador irresponsável paralisado pela própria mediocridade, que chegou ao cúmulo de comemorar o uso do volume morto de uma represa, como se fosse um feito técnico. 

Alckmin só se guia pelas manchetes. Sua única preocupação é encontrar a desculpa adequada, dividir responsabilidades, terceirizar a culpa. Depois de dois anos dormindo para o tema, os jornais limitam-se a narrar os problemas de abastecimento sem ousar chegar ao ponto central: a necessidade urgente de implantar o racionamento.

Inibido pela falta de repercussão do tema, o Ministério Público Estadual demorou a agir. Quando agiu, alguns procuradores tentando segurar o aumento de captação do Sistema Alto Tietê, para impedir o futuro racionamento selvagem, foram impedidos por um juiz desinformado, que alegou que “não vê como os atos impugnados (a autorização do DAEE para aumentar a vazão) que têm em mira a garantia de fornecimento de água à população, possam ser classificados como inadequados ao interesse público”.

Cáspite! Esse nível de ignorância – em um magistrado  – foi plantado pela insuficiência de informações fornecidas pela mídia, sonegadas à população em nome de um projeto político que cegou a todos. Só irá entender quando houver só lama para ser retirada.

A ANA (Agência Nacional de Águas) condenou a estratégia paulista. Bastou acusá-la de aparelhamento para que os alertas fossem ignorados. Em plena CPI da Câmara, a presidente da Sabesp informou que a empresa foi proibida, por ordem superior, de ampliar a campanha de esclarecimentos da população. A reação do Palácio Bandeirantes – aceita acriticamente pelos jornais – foi de que ela seria afastada no final do mundo por ter perdido a liderança dos seus. Vaza para as redes sociais uma gravação de conversa da Sabesp apontando os riscos enormes da estratégia de Alckmin. Basta dizer que a fala foi montada para varrer o alerta para baixo do tapete.

Nesse momento, os procuradores que ousaram interferir na marcha da insensatez devem estar sendo pressionados pelos seus colegas, tratados como impetuosos querendo aparecer.

E não há uma liderança de peso no Estado capaz de fazer o contraponto e interromper essa loucura.

Nessas horas, não existe Procurador Geral do Estado, presidente do Tribunal de Justiça, Ordem dos Advogados. E não existe por receio de serem atacados pela imprensa, se ousarem apontar o desastre que vêm pela frente.

O governador Geraldo Alckmin está incorrendo em um crime de responsabilidade. E age sem medo por ter a certeza de que todos os poderes do Estado o acobertarão.

São Paulo chegou ao nível mais baixo de enfraquecimento das instituições públicas e das vozes da sociedade civil em toda sua história.

O sertão é aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

128 comentários

  1. Nassif,
    Tem mais, as opiniões

    Nassif,

    Tem mais, as opiniões dos técnicos estão sendo desprezadas como nunca antes na história deste país. Pra que o Estado de São Paulo fez a USP, a Unicamp, a UNESP?

    O Prof. Julio Cerqueira César vem martelando na questão do racionamento anos antes da eleição.

    Deu várias entrevistas ao Viomundo e tem um site próprio na internet (http://www.juliocerqueiracesarneto.com).

    É um cara respeitabilíssimo, sem ligação com PT nem nada, e a grande mídia simplesmente o ignora.

    O magistrado que você citou acima, mesmo, não deveria convocar um perito antes de tomar uma decisão destas?

    É o procedimento óbvio para a justiça pedir a opinião de um perito técnico.

    Tá na cara a falta de vergonha na cara destas pessoas, é tudo uma grande manipulação política.

    Fosse o PT no poder ou ainda outro partido qualquer, exceto o PSDB e seu ilustre governador Geraldo Alckmin e a situação seria de um linchamento político sem precedentes.

  2. a culpa é de São Pedro

    Nassif, ao final vão continuar culpando São Pedro, fechando os olhos para a não existência de um gerenciamento dos recursos hidrícos em São São Paulo, o que representará uma tragédia ainda maior para os mais pobres.

  3. a culpa é de São Pedro

    Nassif, ao final vão continuar culpando São Pedro, fechando os olhos para a não existência de um gerenciamento dos recursos hidrícos em São São Paulo, o que representará uma tragédia ainda maior para os mais pobres.

  4. Lembrando o que nao esta no

    Lembrando o que nao esta no texto:

    “Inibido pela falta de repercussão do tema, o Ministério Público Estadual demorou a agir. Quando agiu, um dia apos as eleicoes, alguns procuradores tentando segurar o aumento de captação do Sistema Alto Tietê etc”

  5. Peço antecipadamente

    Peço antecipadamente desculpas às crianças, que não podiam votar e nem influenciar o voto das pessoas que deveriam zelar pelo seu bem estar.

    Também peço desculpas a todos os que não votaram no candidato que foi reeleito. A vontade da maioria deve ser respeitada, mesmo que essa maioria seja teleguiada pela mídia, infelizmente.

    Para todos os demais, principalmente àqueles que continuam defendendo esse governo, mesmo com o agravamento da falta de água e com o tardio e ainda tímido alerta da imprensa, quero mais é que aprendam a lição. Vão ver o que é ficar sem água. Vão ter uma vaga ideia do drama sentido pelo povo do sertão nordestino durante todas as décadas passadas. Quem sabe possam adquirir um pouco de solidariedade, sentindo na pele o que os “vagabundos”, “burros” e “ignorantes” sentiram por tanto tempo.

  6. NassifE o estado não poderia

    Nassif

    E o estado não poderia sofrer uma intervenção federal, já que aqui tudo é dominado pelo tucanato?

    Se há indicio de Crime de Responsabilidade, cadê o MPF e o PGR para entrar no caso?

      • Como assim? Quer dizer que o

        Como assim? Quer dizer que o MPF e o PGR, aparelhados pelo PT não invetigam os malfeitos do psdb? E onda anda o Tribunal de Justiça de São Paulo, O Tribunal de Contas de São Paulo, a OAB – seçao de São Paulo? A mídia?

        Estão todos eles também aparelhados pelo PT?a propósito, existem cervejas nacionais baratas que são muito boas. Melhor que as budweiser da vida.

         

  7. Nassif, Nassif, eu tenho dito
    Nassif, Nassif, eu tenho dito aqui quesse pessoal da oposição já passou do ponto de retorno há tempos. Vão cair atirando. Daí pro golpismo eh um passo. Essa suspeição sobre o resultado oficial da eleição e um sinal do que já está em marcha. Ja passou da hora das pessoas responsaveis isolarem essa insensatez…

    • Lucinei, está mais do que

      Lucinei, está mais do que claro os objetivos dessa “suspeição” sobre o resultado das eleições.

      Todos sabemos (pelo menos o pessoal que frequenta os blogs “sujos”) que essa arguição tem outra finalidade que a recontagem dos votos. É apenas mais um “argumento” para insuflar as viúvas da udn.

      Senão, vejamos:

      – estava previsto que o “papelzinho do Brizola” seria utilizado a partir da eleição de 2014,

      – aí, veio o STE e vetou a utilização e ninguém falou nada. Apenas o STE, sabe se lá por que razões, gastou uma nota preta em propaganda para induzir a população de que as urnas eram invioláveis, Aqui mesmo no blog, o Nassif colocou duas matérias sobre a vulnerabilidade dessas urnas. Todo mundo quieto.

      – por coincidência, os candidatos do psdb (assim mesmo, caixa baixa) tiveram votações surpreendentes em sumpalo, apesar dos problemas que São Paulo enfrenta e vai enfrentar. No caso da falta d´água, entendo que ainda não avaliaram completamente o cenário. Vai ser um pouco pior do que está sendo colocado, caso as chuvas não aconteçam no nivel que seria necessário. E mesmo se isso acontecer neste verão, o resto do ano vai ser uma barra.

      – sem o tal de comprovante do voto, vai fazer recontagem como? Chamando todo mundo para votar novamente?

      Aí, me aparece o indefectível deputado Carlos Sampaio com essa questão da suspeição.

      E aí, PT paulista, principalmente, vai ficar quieto como sempre? 

  8.  Em São Paulo não falta água,

     Em São Paulo não falta água, nunca faltou e tomara, nunca faltará.

    Tanto água superficial, de rios ou lagos, quanto águas profundas, do aquífero guarani, em São Paulo é e sempre abundante.

    Só que a população não consome água bruta, direto dos rios. Muito menos água subterrânea.

    A população precisa da tecnologia de saneamento de abastecimento de água que inclui: CAPTAÇÂO, TRANSPORTE, ARMAZENAMENTO, TRATAMENTO e DISTRIBUIÇÃO de água à população. Essa tecnologia é totalmente conhecida.

    Mas é preciso implementá-la, é preciso investimento, é preciso um planjemento estratégico de longo prazo mas também de médio prazo para viabilizar esses investimentos, para que não falte água á população.

    Nâo tem como o psdb alegar falta de responsabilidade pois estão no governo do estado HÁ 20(VINTE) ANOS !!!

     

  9. A Locomotiva está parando…

    Nassif,

    Acompanho sua página há anos e sempre me surpreendo com a lucidez e responsabilidade que os temas são tratados..

    Assistimos nos últimos dias manifestações que deixam claro alguns comportamentos por partes dos Paulistas:

    – Falta de respeito por pessoas que pensam diferente e tem uma visão da “vida como ela é”;

    – Sentimento de posse ou poder que suplanta os interesses coletivos em prol do individual;

    – Rancor e ódio que ultrapassa os limites do SER e atinge o TER, uma vez que o progresso, antes restrito ao Estado migrou para regiões do País antes submissas e “inferiores”…

    – Falta a eles a crítica sincera que o País melhora quando melhoram as condições de todos;

    – Falta admitir que a realidade do País hoje é diferente de trinta anos atrás onde eram os “Todo Poderosos” e os demais meros coadjuvantes no desenvolvimento;

    – As pessoas não querem mais ser humilhadas, trabalhar a preço de banana e ainda contribuir para o desenvolvimento de um Estado que não serve ao Cidadão, preferem ficar em sua Região e Prosperar silenciosamente, prova disto é que a “Guerra” não teve réplica da parte deles, ficando restrita às redes sociais por pessoas que não compactuam do sentimento espúrio declarado nas redes sociais….

    – Há algum tempo fizeram uma pesquisa sobre a visão que os demais Países tem do Povo Americano e a conclusão foi devastadora para eles, que achavam que estavam “abafando”. Imagine hoje uma pesquisa no restante do País sobre o que acham dos moradores deste grande Estado. Não falo daqueles educados, silenciosos que respeitam os demais, mas daqueles que “se acham” e demonstram isto no dia a dia quando saem pelo País, seja dirigindo como Loucos pelas Estradas, seja destratando e “aparecendo” por onde passam pelos rincões brasileiros..

    -Como esperar que estes cidadãos que não respeitem ao próximo possam admitir que enquanto “enxergam o cisco no olho do próximo” não “vêem a trava que está no seu”, afinal corrupto, ignorante, mal informado é o outro, somos cheios de razão e não admitimos que outros venham nos ensinar alguma coisa…

    Assim a Locomotiva vai parando, suas engrenagens já não são oxigenadas de novas idéias, as falhas são ocultas e maquiadas…

    Ora, sabemos que um avião não cai por um erro apenas, mas por uma sucessão de erros, quando acordarem poderá ser tarde demais…

    Com relação ao Sertão, parece uma dádiva de Deus, enquanto o progresso vai chegando a regiões antes áridas, a seca vai chegando por aqui… será uma simples coincidências?

    Abs,

    José Aparecido..

     

      • Era isto que eu queria dizer..

        Atrás de aparentes ataques ao “SER” tem muitos interesses relativos ao TER, uma vez que à medida que outras regiões se desenvolvem os atores ficam independentes, é a mesma liberdade que o Bolsa Família permite a pessoas, antes dependentes do coronelismo e da indústria da seca, passam a ter quando reassumem a sua identidade.

        Partindo de um ciclo virtuoso onde o desenvolvimento gera emprego, que gera renda, que gera consumo e assim por diante, o progresso também leva à sua libertação. Hoje o fluxo migratório se inverte. Assim estes povos passam também à ser atores do seu próprio desenvolvimento.

        Podemos também concluir, à medida que evoluímos que a recíproca também pode ser verdadeira..

  10. Infelizmente regredimos,
    Infelizmente regredimos, enquanto vivem apontando o dedo para o governo federal fecham os olhos para os proprios problemas e vícios, aqui sim precisamos de oxigenar o governo, as capitanias hereditarias são do passado, até que enfim um jornalista de peso teve a coragem de por o dedo na fétida, e não é só o problema da agua, quase tudo segue a mesma toada.

  11. As consequencias para a

    As consequencias para a economia podem ser desastrosas, sem falar na questão sanitária que o Nassif apontou.

    Parabens à população que elegem esses incompetentes há 20 anos.

    E parabens à mídia, que não cumpre seu papel básico, de informar corretamente o que ocorre à população.

  12. Governo tucano irresponsável.

    Governo tucano irresponsável. Escamoteou o problema da falta de água, por motivos eleitorais. 
    No ano passado, já havia muitos indícios desse problema como o fato da represa da cantareira estar com apenas 37%, nessa mesma época. Hoje, está no lodo. E o que será no ano que vem, se sobrevivermos?

     

  13. Há uma enorme incoerência em

    Há uma enorme incoerência em São Paulo! Aplaude-se a venezuelização da oposição ao pedir recontagem de votos com base no Facebook (vergonha alheia é pouca), mas crítica-se qualquer tentativa de esclarecer a situação da água no Estado. Qualquer questionamento é descaracterizado, conheço pessoas que aplaudiram a sonegação de informação para que o “partidinho” não assumisse o governo! Entretanto, no supermercado Pão de Açúcar noto que os carrinhos de compra estão lotados de água. Se a eleição fosse entre os “clientes Mais”, os tucanos teriam mais de 80% dos votos, mas nem eles acreditam de fato nas mentiras que se esforçam para acreditar. Sei não, acho que jogaram LSD no volume morto e o pessoal está doidão, não vejo outra explicação racional.

  14. Ênupla “sertanojo”

    A fauna bacteriana (a mesma responsável por transformar cocô em lodo nas estações de tratamento) estão mortas nas represas secas, o que compromete a qualidade da água que virá; as plantas que crescem vão produzir material orgânico que demandará oxigênio e atrapalhará a recuperação dessa mesma fauna, além de produzir fragmentos que atrapalharão a futura adução da água que será reservada, talvez ainda não este próximo ano, haja vista que o oceano  está quente e reforçará  o bloqueio das frentes frias ao associar-se ao El Niño fraco. Sem água para construção civil, combate a incêndio, atividade industrial, agrícola e  serviços não será o caos? E o paulista ainda cai na conversinha de pedido de voto por dupla sertaneja

  15. Todas as instituições de SP

    Todas as instituições de SP são tucanas e brindam o Governador que deita e rola  no que fala e faz!São Paulo seria o caso de  cadeia para os que esconderam do povo  a tragédia, crime contra    a humanidade!

    A CBN  radio global  toda hora fala da água porque seus ouvintes congestionam  no   whattsap e  emails para falar da água!!!!Bandidada de sp!!!!

  16. a justiça tarda, mas…

    Detonaram com os nordestinos, detonaram com a Dilma, com o lula e com o PT. Ganharam no primeiro turno com o apoio da mídia, do ministério público e dos empresários. Tudo em  nome de uma colossal mentira.

    Vergonha.

    Sacrificaram a cidade, o estado e deram um tapa na cara daqueles que que neles depositaram sua confiança: o povo do estado de SP.

    O segundo turno de Alckmin e dos que esconderam essa catástrofe será agora, pois a máscara deles e de todos que os apoiaram cairá, sobretudo quando tiverem que recorrer ao governo Dilma para desfazerem a maior m… da história de SP.

    Pasmem vocês: a Globo está tentando dizer que essa catástrofe também assola o Rio de Janeiro, numa clara tentativa de tirar o corpo fora por ter apoaiado a mentira de Alckmin. Ela teme pagar um preço alto igual a Veja por ter alimentado essa lorota de que não faltaria água para os paulistas. Ela quer empurrar goela abaixo do povo que a seca é um problema climático de todo o nosso país e do Planeta.

    Mentira, mentira, mentira.

    Na primeira página do Jornal Extra-O Globo de ontem, estamparam um lago artificial da Quinta da Boa Vista completamente seco, como se isso fosse um indício de que o Rio corre perigo de uma seca igual a de SP, porque o espelho d’água do lago, menor que o da piscina da mansão da  família Marinho, está vazio. Palhaçada midiática, pois aqui todos sabem que isso é praticamente impossível, já que a hidrografia da cidade e do estado, além da densidade demográfica menor, permitem maior flexibilidade na distribuição de água por todo o território fluminense. Essa é uma afirmação da COPPE – UFRJ e não dos “técnicos” do Jornal Nacional. 

    Ironicamente esse caos anunciado surge no momento que tentam ressuscitar a “República de São Paulo”, um projeto que fracassou com uma guerra civil há 80 anos e que fracassará de novo ressequido pelo egoísmo e pela incompetência da elite insepulta da ex- Terra da Garoa.

  17. Lavagem cerebral sim.

    Pobre Estado de São Paulo.

    Sobre a água, eu leio desde o final dos anos 70, que o Cantareira iria se esgotar, pois ele abastecia não só a grande SP, como as regióes de Campinas e Piracicaba. Todas as regiões cresceram muito nesses últimos 35 anos. O futuro chegou ao Cantareira. 

    Quando os tucanos chegaram ao poder aí, eram os competentes administradores que iriam enxugar o Estado e implantar a eficiência. É o que se vê.

    Hoje vejo uma lavagem cerebral implementada pela mídia. Os paulistas só acreditam no JN, Veja, jornais, IstoÉ, Época, CBN, a maravilhosa, Globo News, BandNews. Fica difícil. Quando estive aí antes do primeiro turno eu argumentava dos escândalos dos tucanos e o comportamento suspeito da mídia. Eles ficavam mudos por alguns instantes, parecendo não acreditar, e logo retrucavam da corrupção desenfreada do PT na Petrobrás, o mar de lama. 

    Não adianta falar nada pra eles, por mais prova que se apresente, por mais que se demonstre que a mídia tem lado e protege os tucanos, assim como boa parte do MP, PF, tribunais, eles não admitem, ignoram. Logo, pra mim, é uma lavagem cerebral que está implantada.

    Não há outra maneira de ver isso. A reeleição do Alckmin prova. Se SP fosse do nordeste, o que diriam?

    Tenho dois filhos ainda crianças aí e peço a Deus todos os dias que eles saim daí o mais rápido possível.

     

  18. Jornais e Portais da Mídia

    Jornais e Portais da Mídia corporativa  dão a mesma nota, orquestram juntos  uma notícia só, em pró  do que lhes é oportuno.Por isso temos que ter um jornal da  massa.!!!Nassif , vc e seus  colegas   da Mídia alternativa   façam isso, urgente!!!!!

    • Concordo.

      Exatamente. É preciso termos um contraponto na mídia. Precisamos de um grande portal estilo uol, etc, para termos mais voz. Isso é mais urgente do que reforma política, porque como todos esses meios de comunicação nem o governo consegue governar direito. Lembrem-se, se fosse o pt que tivesse no estado de SP o jornal nacional estaria sendo transmitido ao vivo da cantareira, mais ainda, não iam ficar fazendo essas reportagens em condomínios que disperdição água, iam acha algum órgão do governo que tem vazamento nas torneiros só para colocar a população contra – ou eu estou exagerando?

       

  19. Enquanto isso, direto do Projac da Globo e da redação da óia…

    o PSDB protocola um pedido de auditoria da eleição no 2º turno num claro sinal de golpismo explícito por não aceitar Dilma reeleita, e Aécio posando de bom moço ao lado de Luciano Huck.

    Nassif, esse cabra é mil vezes mais ardiloso e vil do que o Serra; não demora e ele vai liderar uma multidão de ensandecidos e ensandecidas fãs para golpear sordidamente a nossa democracia, a cara de pau dele não tem limites, tem uma aura de psicopata político em volta dele, um Darth Vader bem nutrido e estelionatário barato… ladrão de doces de crianças e de sonhos e anseios adultos, é isso que ele é.

    Tem horas que ainda me pergunto como uma pessoa como você, bem informado e de bom coração, chegou um dia a acreditar que o PSDB era parte de um novo horizonte progressista para o Brasil, não são e nunca foram Mouro, esses caras e essas moçoilas e coroas cheirosas são a treva meu caro, a treva que pode nos levar, em pleno Século XXI a um passado repleto de coisas terríveis.

    • Não à toa todos os bem
      Não à toa todos os bem nutridos torceram por ele; um amigo americano me deu condolencias pelas elections ao q respondi q estava feliz: Se Won! Ele respondeu q estava surpreso e q as nossas eleições tiveram grande cobertura por lá, fico imaginando o que diziam o pig pig de lá sobre oPT.

    • Aécinico

      Na minha opinião, já escrivi isto anteriormente, é fundamental que o eleito governador de Minas, após empossado, inicie imediatamente uma varrição naquele estado para desconstruirmos o Aécinico. Precisamos colocar um teto de vidro nele que nem para síndico ele possa se candidatar. O PT precisa fazer este trabalho sob risco de vermos esse crápula novamente em campanha daqui a 4 anos.

  20. Infelizmente é merecido

    Nos últimos meses, cansei de ouvir que a falta de água era um preço razoável a se pagar para evitar que o PT governasse o estado… e olha que o candidato do PT nem era competitivo, a disputa foi mesmo entre Alckmin e Skaf.

    Ou seja: sim, eles sabem do problema e o aceitam como “mal menor”… logo merecem o que está acontecendo.

    Lamento apenas por aqueles que não endossam essa loucura (como eu)…

  21. Caos

    Ontem assisti desavisado uma entrevista de uma especialista em agua com o sergio conti. Entrevista pó de arroz onde a entrevistada disse a certa altura que se não chover em novembro ( e adiantou que no ano passado não choveu em nov, dez e jan) seria o caos. A entrevista seguiu a frente como se isso fosse banal; depois perguntada sobre o reflexo da eleição na tomada de decisão ela disse que houve a omissão e que se ele houvessse feito o racionamente o problema iria ser adiado, mas também aqui a a entrevista segue em frente e passam para o “saber tomar banho”, etc. Entrevistadora constrangida e entrevistador perguntando e indo a frente frio e sem qualquer crítica a ninguem. Trabalho do pig/psdb.

    Conclusão Se acontecer o caos a responsabilidade será é claro do alkimim que não tomou medidas preventivas anos antes e grotescamente escondeu o problema este ano, mas o pig, o mp e os especilaista do assunto que ficaram calados ou ficaram bordando sobre o assunto sem apontar o que era claro, a omissão do alkimim, para não “atrapalhar” a eleição do psdb, também tem culpa muito grande. Depois do alkimim é dificil achar quem é menos culpado. Enganaram o povo mais uma vez.

  22. D.I.P. , aliás P.I.G.

    É surreal o efeito da mídia tucana, me sinto na Berlim da década de 30. Falar que a culpa é do Alckmin è um contrasenso gigantesco nas mentes dos paulistas e vai debater… Vão  te enxergar como comunista e te jogar no gueto, aliás beco. O jeito é esperar pelo julgamento de Nuremberg, se ele vier.

  23. Meus parabéns para o povo de SP

    que elege os tuCANALHAS  há 20 anos. Agora vocês recebem o prêmio: não vai ter água, só areia.

    Podem ter certeza que o estado de SP vai quebrar e os paulistas vão ter inveja do Nordeste, pois os próximos apagões serão no transporte público e na segurança pública.

    Parabéns paulistas, pois vocês são os bem INFORMADOS.

     

    • Concordo Franbeze,
      O povo

      Concordo Franbeze,

      O povo paulista tem responsabilidade também pelo que acontece. Não tem mais jeito. A bomba relógio está ativada e irá explodir a qualquer momento. Quero ainda ter o privilégio de ver os PSDBostas das áreas nobres de São Paulo não terem água para dar banho nos seus “tótós e lulus” e seus caros importados. Fico imaginando a elitezinha visitando os shopping Morumbi, Cidade Jardim, etc com os banheiros fedorentos. Vai ser engraçado.

      Nem ajuda governamental ajuda mais nesta situação. Estamos chegando ao fim do túnel sem lanterna. Parabéns ao povo paulista pela grande escolha no último dia 05.

    • Sem generalizações!

      Amigo, não se esqueça que mais de 8 milhões de pessoas votaram na Dilma em SP. Não queremos ser colocados no mesmo saco dos poucos tucanos e muitgos ignorantes apartidários que votaram no playboy.

  24. Governo paulista e a nau dos

    Governo paulista e a nau dos insensatos.

    Nesses tempos de paranóia tenho direito às minhas. Noto ultimamente a imprensa sudestina bater numa tecla insistentemente: o problema da seca em São Paulo está diretamente ligado ao desmatamento da Amazônia nesses últimos anos. 

    Bem, Cantareira está seca por falta de chuvas, obviamente, então……..a culpa é do gestor responsável pelo desmatamento que por coincidência é o………governo federal.

    Como o povo paulista se deixa levar na conversa desses tucanos. Como embotaram seus sensos críticos ao ponto de não perceberem as incúrias de um esquema que há vinte anos administra o estado mais rico da federação.

    Mas os burros, os incautos, somos nós nordestinos. 

     

     

  25. E a gente sabe o que vai

    E a gente sabe o que vai acontecer. Culpar o governo federal por ter feito o desvio do são francisco para os nordestinos, deixando SP sem água. A culpa ja sabemos onde vai cair. Devem estar forçando intervenção federal pra confirmar o “bolivarianismo”.

    Porque o PT tem tanto medo de falar? É rabo preso?

    A militância não aceita mais 4 anos de passividade não. Abram a boca.

  26. “Racionamento, já!”carma seu

    Racionamento, já!

    carma seu nassif! muito karma nessas horas sedentas de amargor

    baixaria pânico na tv no melhor da tarde é nossa passa em outros canais…

    nada de medidas heroicas épicas alopradas insuflantes da massa podre da vovô…

    faremos um racionamento escalonado pelo crítério da responsabilidade político-administrativa, a saber:

    primeiro, racionamento no palácio do governo, na residência dos secretários e dos políticos em geral, e na do segundo escalão do estado

    segundo, racionamento no board e no conselho lucrativo da sabesp e da bolsa de valores… lá onde o ceo é o limite da ganância e da irresponsabilidade burra

    terceiro, racionamento na casa dos vizinhos sem-noção a se esbaldar no lava jato da calçada, do cachorro, do carrão

    quarto, racionamento racionalizado politicamente correto nos bairros diferenciados de sampa que são limítrofes das faixas de gaza espalhadas pela megalópole em perdição sem lei e conurbação pornográfica

    quinto dos infernos, racionamento isperto ligero na casa do outro!

     

     

     

  27. povo de SP

    colocado em risco gravíssimo por um Governo incompetente, corrupto e inapto o que nos diz a Constituição sobre isso? aos jusiconsultos do blog pergunto: é ou não é caso de INTERVENÇÃO FEDERAL?

  28. São Paulo, a locomotiva parou.

    Fico aqui pensando, depois de ver tantas informações de desvios de condutas, de serviços não prestado, mal-feitos, danosos, de prejuísos ao dinheiro público, dos casos de corrupção sem fim, onde a impunidade parece ser um fato certo e aceito aos olhos das pessoas que vivem nesse lugar, onde a justiça não é bem vinda, a solidariedade não é bem vinda;  fico aqui comigo a pensar, a pensar e achar que a democracia ainda não chegou no mais rico estado Brasileiro, São Paulo.

  29. A água e o Governador

    Caro Nassif, agora não tem mais o que fazer.

    É como se velassemos o defunto.

    Enquanto podiamos, digo autoridades, fazer algo, não fizemos ou não fizeram, como queira.

    A presidente da Sabesp deixou clara a determinação de seus superiores, leia-se Alkmim, de não contar a verdade ao povo paulista.

    OdDesmatamento na Amazônia e nas zonas de mananciais, bem como sua ocupação desenfreada, nos levou a este cataclisma hídrico.

    Tudo anunciado pelos “eco-chatos” como a mídia gostava de chamar todo aquele que se punha em defesa de nossas matas e rios.

    Chegaram a diminuir a zona de proteção em torno dos mananciais,se não me engano, em projeto patrocinado por um filho da puta catarinense.

    O Haddad propôs a ocupação de mais zonas de proteção ambiental….agora não fala mais nisso.

    Nossos políticos são os únicos responsáveis por esta crise anunciada.

    Seja por falta de esclarecimentos ao público, por falta de campanhas elucidativas e pelo desleixo criminoso em tratar nossas florestas e mananciais.

    Abs.,

    Riva.

  30. Água mais cara que a gasolina

    Já começaram a estocar água mineral nas residências. Em pouco tempo a água estará mais cara que a gasolina.

    Impactos inflacionário, na saúde publica, na produção industrial e no emprego. Isso refletirá nos indicadores nacionais e, claro, a culpa será da Dilma.

    O surpreendente disso é que será a partir das mudanças climáticas que o governo do PSDB sofrerá um lento processo de desgaste durante quatro anos e finalmente poderá deixar de ser eleito em SP.

    Na história dos hominídeos as mudanças climáticas foram fundamentais. Sem elas não teríamos evoluído enquanto espécie e talvez não passássemos de chimpanzés nas árvores.

    Parece que o tempo outra vez fará a evolução caminhar, dessa vez no estado de SP.

    •   Isso não é mudança

        Isso não é mudança climática, é incompetência do Alckmin.

        Desde ao menos DOIS MIL E QUATRO se sabe que a coisa poderia ficar feia. Por outro lado no Nordeste, que historicamente sofre com secas, houve todo um PLANEJAMENTO e ninguém sofreu com as últimas estiagens.

        Mas tudo bem, vocÊ prefere culpar o clima. Será que nem por um momento vocÊ para pra pensar, sei lá, talvez, que o governo do Estado stá te fazendo passar por isso por INCOMPETÊNCIA???? Será que para o eleitor paulista atribuir a responsabilidade de um governo tucano ao PSDB é o mesmo que uma APOSTASIA??? 

        Evolução, se está para haver, que seja no voto. O resto é churumela.

  31. Habitantes da TUCANOLÂNDIA

     Aqui em NOVA CUBA, como vocês chamam, não falta água.

    Poderemos analisar pedidos de asilo para refugiados hídricos, com a condição de deixarem os tucanos aí.

  32. Ralo do Brasil

    Será o primeiro ralo sem água no Brasil?

    Não esqueçam que somos uma Federação e que os estados do Sudeste praticamente possuem todas as péssimas indústrias que pagam todos os impostos ao governo que sustentam todos os bolsas no país inteiro.

    Não sou paulista, nem carioca e muito menos gaucho. Morei em vários estados do Brasil e sou Brasileiro. Independente das ridículas brigas políticas de políticos sem moral nenhuma que tentam colocar na cabeça do povo que existem dois Brasis, o nosso e o deles? Quem são eles, quem somos nós. Quem é a elite brasileira neste momento? Os que governam com certeza e tentam escurraçar os demais. Qual o objetivo de se ter este descontrole semeado? Quem irá ganhar com isso? Só o governo mentindo e roubando de todos que ficam se degladiando por nada.

    Neste momento a única certeza que temos é que São Paulo, Rio de Janeiro, e outros estados sem água quem realmente sairá perdendo é o povo brasileiro que mais uma vez terá que se superar para poder sobreviver, se já não bastassem todas as misérias que vem carregando ao longo dos anos.

    O Governo Federal não tem dinheiro para pagar mais nada. Está com o maior défict da história recente. Por que enganaram todos nas eleições?

    Venderam mentiras que foram compradas por nada. Agora Brasileiros se preparem por que a bomba jogará estilhaços e alejará mais do que os odiados paulistas ou os famigerados cariocas ou os traiçoeiros mineiros. Será um país inteiro prejudicado e sem grandes condições de sobreviver. Podemos literalmente dizer que realmente sugaram tudo até a última gota e ninguém fez nada. Simplesmente gostaram e reelegeram todos para continuar como estava. Esta é a verdadeira erecompensa que o Brasileiro procurou e merece.

    Boa sorte a todos. Que Deus nos abençoe !!!

    • Ah! os Traiçoeiros Mineiros !

      Ah! os Traiçoeiros Mineiros ! Ou será que foram os que acordaram? Agora entendi qual é o seu partido e o pq do Chororô ! Que Deus te ilumine!

       

    • Que isso?

      O Rio não está sem água!   Há uma estiagem, mas tudo normal por aqui e o melhor do carnaval!!!!   Caro McLima, mesmo que chova muito em S. Paulo, infelizmente o problema não será sanado. Ninguém odeia paulistas! Somos solidários até àqueles paulistas que foram enganados e traídos por um ser irresponsável chamado Alckmin. Nós cariocas não somos “famigerados”, e mineiros não são traiçoeiros!  Somos todos pessoas conscientes e, que lamentamos muito o drama a que estão expostos nossos irmaõs paulistas, que literalmente foram manipulados por um governo irresponsável!!!  

    • água em São Paulo

      Ei Amigo!

      Está muito claro que você é um tucano, mineiros traiçoeiros…, até parece que você não sabe o quanto o seu governador fora alertado sobre a falta d`água, e ainda assim, a SABESP distribuiu “lucros” aos seus acionistas. Aqueles 4bi, seriam mesmo lucro ou deveriam ter sido investidos na recuperação e manutenção dos mananciais da região.

      Deve ser este o tipo de gestão que o psdb gostaria de implantar no Brasil, caso Aécio tivesse ganhado as eleições. 

      • Certo, Miguel!

        O “governador” dele, foi alertado há EXATAMENTE,  quase 10 anos que essa catástrofe poderia acontecer !   E o que fez? Nada!   Aliás, cabe a cobrança ao ao Serra também!   Eles nada fizeram. Golpearam sem dó o povo paulista!  

    • O problema de

      O problema de desabastecimento não é só em São Paulo, mas como aqui a administração é do PSDB o povo malha sem dó. Para quem não sabe TODA a região sudeste enfrente a pior estiagem dos últimos 70/80 anos. Fala-se em falta de investimento/prevenção, mas de onde tirar o maldito dinheiro? O estado de São Paulo é o que mais produz riquesas, mas fico com 9% (nove porcento do que produz), prejuízo de 2013, a bagatela de 262 bilhões. O estado tem que cuidar de uma população de  44,04 milhões… O povo pede segurança, investimentos na saúde, em educação, lazer e ou funcionalismo quer aumento de salário e o Governador tem fazer tudo isso com a magnífica verba de 23.619.534.746,0 (ano de 2013)

      Resumindo a ópera, as vezes penso que o Estado de São Paulo deveria ser uma país independente. 

      •   É difícil até de ler o seu

          É difícil até de ler o seu comentário, amigo. Não faz sentido.

          A Sabesp distribuiu BILHÕES em dividendos e ainda assim não teve dinheiro pra fazer nada??? O que resolve não é separar, mas ter um pingo que seja de raciocínio lógico.

          E onde é esse estado que o povo malha, o PSDB??? Mas por aí mal tocam no nome do Alckmin, o PRINCIPAL responsável!!! E o PT, no seu conceito, é o quê, isentado de críticas?

  33. Se não…

    … passou na Globo, não tem falta dágua em São Paulo, quem vai acreditar? senão passou na Globo; nem os paulistas acreditam, eu capixaba vou acreditar? Se por acaso alguem estiver com falta dágua em São Paulo, é por causa do aquecimento global, do el ninho, da convergência do atlantico sul, ou até mesmo porque”DEUS está provando”.

  34. Não vou entrar em méritos de

    Não vou entrar em méritos de gestão ou (in)competência até porque concordo em genero-numero-grau com o Nassif, uma irresponsabilidade sem tamanho do Alckmin – que TEM de ser responsabilizado. 

    Meu comentário é sobre a impressionante seca de chuvas aqui em São Paulo. Não Chove!

    Semana passada os estados do Sul sofreram com as fortes chuvas. Essa semana o Espirito Santo. E em São Paulo, no meio, não cai agua. 

    Nos meus quase 50 anos morando em São Paulo – a terra da garoa – nunca vi isso. Male-má caiu a “garoa”, e apenas em uns poucos dias, durante o ano todo. 

    Perfeita a colocação de que “São Paulo virou Sertão”. O clima, temperatura, humidade do ar estão quase lá.

    Mais uma prova do estrago que estamos fazendo ao planeta. E tem gente que ainda acha que não é verdade. Devem ser as mesmas pessoas que acham que o homem não foi á Lua e que Elvis não morreu.

    • Aqui no Rio, também…

      Há uma grande estiagem. Há meses que não vemos chuva normal. Mas por enquanto não sofremos com falta de água. Há quase um ano somos sabedores através dos excelentes artigos de Sérgio Reis, sobre toda essa tragédia descrita pelo Nassif. Cansei de apontar o governador Alckmin, como um incompetente que escondia dos paulistas a real situação, com o único objetivo de se reeleger. A míidia o protegeu não o denunciando e não acredito que a “Justiça” de S.Paulo aja diferentemente. Lamento, pois essa irresponsabilidade de Alckmin, atingirá  não somente os paulistas. O desmembramento desse episódio será grande. 

    • racionamento em sp

      Foi possível planejar o convivio com a seca no Nordeste, dependeu apenas de vontade política, se o governo fr São Paulo tivesse comprometimento com a população, e tivesse competência para planejar, essa seca não teria as consequências que já está tendo. É triste dizer isso mas talvez o povo paulista mereça estar passando por isso.

  35. ” ei psiti!!!”

    Acabei de ver uma reportagem sobre as chuvas o ES, no Jornal Hoje da Globo, a emissora deu uma dica para os paulistas, de como reutilizar a agua dos vasos sanitários; a dica é: Filtrar, e usar para lavar calçada, e, ou jogar num rio mais próximo, para ser filtrada novamente(coisa de louco) e ser consumida novamente pelos paulistas; já pensou? pois é, se todos tivesse agindo assim a dez meses atrás, o cantareira não estaria seco.

  36. O maior problema do Brasil é a imprensa bandida

    “Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil como ela mesma”

    O Brasil é mercenário, demagógico e corrupto por causa da imprensa que temos.

    Ou seja, ela é a causa de todos os males do país.

     

  37. Crise da água e rigor técnico.

    FOLHA DE SÃO PAULO – 31/10/2014

    TENDÊNCIAS/DEBATES

    Crise da água e rigor técnico

    O rigor no entendimento técnico da situação hídrica em São Paulo não afasta um debate honesto e racional sobre suas dimensões políticas

    “Senhor –falou o Cordeiro–, encareço a Vossa Alteza que me desculpeis, mas acho que vos enganais: bebendo, quase dez braças abaixo de vós, nesta correnteza, não posso sujar-vos a água.”

    La Fontaine, “O Lobo e o Cordeiro”

    Na fábula de La Fontaine, a explicação racional do cordeiro não aplaca a voracidade cega do lobo. No debate sobre a escassez hídrica em São Paulo, a racionalidade cada vez mais cede espaço à ideologia. No artigo “A responsabilidade pela crise da água”, publicado nesta Folha em 15/10, o vereador Nabil Bonduki (PT) alega suposta incúria das autoridades estaduais no enfrentamento da escassez de água.

    A argumentação política reflete orientação partidária do autor; a técnica merece exame mais detido.

    A vazão retirada do sistema Cantareira tem sido poupada nos últimos meses em cerca de 10 a 11 m3/s, ou um terço da vazão outorgada de 31 m3/s para oferta em São Paulo.

    Medidas de incentivo à redução de consumo, de controle de pressão na rede de distribuição e de transferências de água tratada entre sistemas, propiciadas por investimentos permanentes em controle operacional avançado e tecnologia de informação, têm promovido redução superior à que se poderia obter mediante racionamento em rodízio. Enquanto for possível operar a rede com menos água, mantendo o abastecimento próximo ao normal, é injustificável o racionamento.

    Sobre a alegada falta de investimentos anteriores, não se constrói, preventivamente, reservatórios dimensionados para abastecimento pleno em situação de escassez extrema. Investimentos sistemáticos na ampliação da oferta são baseados em probabilidades e em coeficientes de segurança controlados.

    Os estudos de 2010/11 sobre deficit de oferta, mencionados e não especificados, são provavelmente partes de análises técnicas que subsidiaram projeto do sistema São Loureço, hoje em obras.

    No âmbito da macrometrópole paulista, outros estudos e planos mais recentes apontam para medidas de grande alcance territorial no médio e longo prazo para a segurança hídrica da região.

    Sobre os investimentos em redução de perdas, quanto mais baixos os percentuais já atingidos, maiores são os custos de novos controles. Perdas físicas inferiores a 20% denotam um patamar médio a avançado de controle, segundo padrões internacionais, que reconhecem a redução de pressão noturna como procedimento válido. Em situações excepcionais de escassez é recomendável que a redução seja intensificada, como vem sendo feito.

    A redução mais intensa mantém a rede cheia, mas a padrões mínimos de pressão. Disso podem decorrer interrupções no preenchimento das caixas-d’água prediais por algumas horas. Mas o consumo final só é prejudicado se a descontinuidade ultrapassar o tempo de esvaziamento das caixas, de 24 horas, ou se a instalação predial não atender aos padrões de norma.

    As edificações adaptadas para uso com maior concentração de pessoas do que o previsto e aquelas nas quais, por diferentes razões, não tenham sido instaladas caixas-d’água com volume suficiente são as mais vulneráveis.

    Outras dimensões da escassez e das soluções aplicáveis poderiam ser discutidas. Por ora, são suficientes estas. O importante é compreender que o rigor no entendimento técnico da situação, que é grave, não afasta um debate honesto e racional sobre suas dimensões políticas, mas o legitima e o valoriza.

    RICARDO TOLEDO SILVA, 63, é professor titular da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. É assessor técnico da Assessoria Especial de Assuntos Estratégicos do Governo do Estado de São Paulo

    • Será??

      “Enquanto for possível operar a rede com menos água, mantendo o abastecimento próximo ao normal, é injustificável o racionamento.”

      Nem para evitar que usemos o lodo das reservas, esgotando TODA reserva emergencial do sistema, essencial para prevenir um colapso social?

      O custo politico do racionamento é tão alto assim?

       

    • Horseshit.

      A crise da água já superou todas as dimensões de antagonismo político. Trata-se agora de uma questão de sobrevivência, não só do estado mas de boa parte da nação. Sâo Paulo nunca teve o direito de matar de sede os seus cidadãos e de deixar o resto do Brasil em risco por conta do desejo do poder pelo poder, como parece ser o caso do desgovernador. Será que o governador considerou as consequências da inexistência de água numa região responsável por quase 1/4 do PIB da nação?

      Me lembro de um cartum do Henfil onde o Figueiredo atendia o telefone no planalto, procurando o presidente da república. Alguém podia remasterizar esse cartum pros tempos atuais, substituindo o presidente pelo desgovernador.

      • “Trata-se agora de uma

        “Trata-se agora de uma questão de sobrevivência, não só do estado mas de boa parte da nação”:

        Zarastro, eh sobrevivencia dos paulistas.  Essa eh a razao que o resto do Brasil esta segurando o riso.  Todo mundo sabe que se chegar a isso as industrias que puderem vao cair fora de SP, os residentes idem, e o PIB vai sofrer enormemente.  Mas…

        Quem lucra, brinca, e faz apostas com o PIB como ele eh medido hoje e agora?  Os paulistas, praticamente ninguem mais.  Alias, vai olhar a paulistada do “grupo secreto” do Copom pra ver o que eh bom pra tosse.  Eles querem eh afundar o Brasil pra propria sobrevivencia mesmo.  Consequentemente…  Sao Paulo vai afundar.

        Tem represas faltando 10 andares de agua, cara.  Nao da pra negar incompetencia assim.  E toda ela eh dos lideres de Sao Paulo, que ja afundaram o Brasil varias vezes com seu “tirocino” comercial e financeiro.  Entao ta…

        Sinto muito pelos inocentes, mas os votos errados deles nao lhes dao carta branca pra desgracar o Brasil fingindo que nao notaram -muito pelo contrario, os numeros nao mentem.

        Sim, se a seca durar mais, vai chegar ate a Minas Gerais.  Mas Minas nao tem o complexo de inferioridade que move os lideres de Sao Paulo.

        Ainda nao.  (o aecioporto nao conta, ele eh carioca)

    • Trata-se de um gênio

      Trata-se de um gênio esse Doutor Ricardo Toledo Silva. Em seu artigo ficamos sabendo que só faltará água se …faltar água !! 

      Ótimo este trecho:

      “Mas o consumo final só é prejudicado se a descontinuidade ultrapassar o tempo de esvaziamento das caixas, de 24 horas, ou se a instalação predial não atender aos padrões de norma.”

      Ficamos sabendo que só faltará água se… vier a faltar água !!

    • O falso cientificismo!

      Não tem sido raro que doutos professores/pesquisadores abusem do desconhecimento doutros para impor uma pseudo verdade, travestida como “ciência”.

      Não há necessidade de ser técnico para numa leitura acurada do texto e interpretá-lo sem esse caráter, a começar por “a técnica merece exame mais detido”.

      -Vazão: quando foi reduzida a vazão? quando não havia mais água para ser retirada do do nível adequado do reservatório?

      -“Medidas de incentivo a redução do consumo, controle de pressão, …, tem promovido redução superior a obtida pelo rodizio de racionamento”. Qual é o dado técnico que embasa essa afirmação? Se é possível fazer essa afirmação é porque ele existe um cálculo sobre. Acontece que em não se apresentando a informção técnica não há  como contestá-la.

      -“Investimentos em redução de perdas… .Aqui não precisa ser gênio para conhecer a lei dos rendimentos decrescentes. Cita 20% de perdas mas essa é a perda da SABESP? ou é 30, 35%? Mas quando um pesquisador é capaz de escrever algo do tipo: “Perdas físicas inferiores a 20% denotam um padrão médio a avançado de controle. Que medida é essa que varia de 5 a 10? Nem uma criança aceitaria isso. E, novamente, a volúpia da dissimulação: segundo padrões internacionais. Quais padrões internacionais se fala? Qual é o número que é aceito como padrão internacional?

      -Muito próprio um professor culpar as caixas d’águas e as edificações adaptadas.Mas dizer que essas são as mais vulneráveis é uma obviedade simploria demais.

      E a recomendação final dá dimensão da presunção com que o texto está escrito. “..outras dimensões”, “soluções aplicáveis”… “Por ora, são suficientes estas.” Dimensões”, “soluções”, quais dimensões do problema foram apresentadas? Que soluções foram cogitadas no texto e, ainda, “o rigor no entendimento técnico.”

      Em breve quando as torneiras  pingarem miúdas goticulas de algo parecido com água todos saberemos a verdade dos fatos não das palavras lançadas como cortina de fumaça.

       

       

       

  38. E hoje a CBN começou a

    E hoje a CBN começou a encampar a nova estratégia de defesa do chuchu: entrevistou um especialista (?) que afirma que a nova vilã da falta d´água em SP é (pasmem os senhores) O DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA!!!!

    E isso vai virar verdade, senhores! Basta uma materiazinha no JN pra empurrar…

    Falta de planejamento do governo? Sim, teve sim. Do governo federal, que não desonerou os impostos das empresas de saneamento. Realmente, que crime horrível, onde está a justiça desse país que não faz a búlgara escarlate pagar com a vida por submeter a inocente sabesp a tamanho sacrifício, meu Deus…

    Mas, vem cá: enquanto isso não rola nem um protestozinho, nada? Alô Boechat, MPL, sininho, cês tão aí ainda?

    E aquela peguntinha martelando na minha cabeça:

    E SE O GOVERNADOR FOSSE DO PT, HEEEEEIIIIINNNN?

    • racionamento em sp

      Pois é, “num” rola nem um protestozinho! Onde estão os defensores da sociedade paulista!

      O ferro de dá em chico não é o mesmo que dá em francisco. Para o Partido dos Trabalhadores a morte!

  39. A seca atingiu o CREA?

    Estou sentindo falta do CREA-SP nessa discussão. Segundo já ouvi muitas vezes, o CREA é um órgão que age em defesa da sociedade! Não se trata apenas de um órgão de arrecadação! E neste momento, onde as ações envolvem serviços de engenharia,como laudos, pareceres, estudos técnicos, planos diretores, projetos e obras, cujos responsáveis devem preencher, PAGAR e assinar suas ARTs (Anotação de Responsabilidade Técnica), não vi quaisquer movimento do CREA para apurar responsabilidade sobre esse desastre.

     

    Nenhum juiz, procurador, promotor, que são advogados, ou o governador, que é médico, poderia falar ou tomar decisões sem um estudo, laudo ou parecer de um profissional que possa assumir responsabilidade técnica sobre esse assunto. Estou entendendo que está havendo uma omissão criminosa do CREA sobre esse assunto. Vai ficar por isso mesmo? A justiça não vai exigir que os responsáveis técnicos LEGAIS pela operação da SABESP, que é uma empresa de engenharia, apresentem suas ARTs assinadas, atestando responsabilidades técnicas sobre suas ações nesse episódio, sejam chamados a juízo?

     

    Ou até o CREA foi abduzido pelo psdb? Se filiou também?

     

    A ver.

     

     

    • Não adianta, Mário

      Ainda em maio deste ano o Estadão, um jornal insuspeito para o PSDB publicou uma reportagem mostrando que já naquele momento a falta d’água estava afetando o comércio na Grande São Paulo (http://bit.ly/1u1kQAk). Em julho a prórpia FIESP – Federação das Indústria de SP, alertava que a falta d’água já causara 3 mil demissões em São Paulo (http://bit.ly/1wVqbFy).

      O colunista da Folha Vinicius Torres Freire (outro jornal insuspeito para o PSDB) afirma que a FIESP tem feito reuniões constantes para descobrir como cobrar uma posição do governo de São Paulo, (http://bit.ly/1u1viI3). A FIESP tem desde maio deste ano um estudo sobre como a falta d’água afetaria a indústria paulista (http://bit.ly/1n9Tpr).

      Se nem a poderosa FIESP conseguiu alguma posição, não será o CREA que vai conseguir algo…

  40. Que conversinha besta é essa de que não chove em SP?

    Em SP chove direto. O consumo é que aumentou muito e a caixa d’água permaneceu do mesmo tamanho, por irrresponsabilidade dos tucanos (custa caro, ne).

    • Infelizmente a seca é democrática

      Josimar, não se trata de ter pena ou não. Se trata de pensar como reduzir os efeitos de uma catástrofe social em potencial. E depois, as crianças não são culpadas de terem pais robotizados. Muitas boas pessoas (algumas, inclusive, muito próximas) foram cooptadas pelo ódio que a mídia vem propagando há tempos. Exceto pelos diretores de redação e a própria equipe técnica do governador, nós todos somos mais vítimas do governador do que cúmplices.

      Meu pai, por exemplo, precisa fazer hemodiálise 3 vezes por semana. Como ele, são mais dezenas de pessoas, só para um hospital em Piracicaba. O que essas pessoas vão fazer, quando a água acabar?

      • Não dá…

        Entendo perfeitamente o seu ponto de vista, mas o ódio gerado pela mídia interdita o debate e leva quem ousar questionar o Governador e suas decisões ser chamado de petralha… eu não sou petista e acompanho esse problema que não é nenhuma novidade para quem como nós prefermos ir buscar as informações e principalmente pensar sobre. O ódio cega e deixa surdo, mas não mudo pois não param de verbalizar esse ódio.

        • Dois lados

          Claudio, lamento te informar que o ódio existe dos dois lados. Se você ler os comentários deste post verá os termos tuCANALHA (escrito dessa forma) e PSDBosta.

          Em termos de ódio não fica atrás do “petralha”.

          E não adianta falar que foi o outro quem começou; a partir do momento em que o mesmo comportamento é adotado por ambos os lados, todos estão errados.

          • !!!

            Seria bom pararmos de repetir  tais mantras  para identificar petistas e tucanos,  pois tais adjetos  foram criados e incentivados por um certo jornalista de esgoto, chamado no principio de “maluco do chapéu”  e que como premio para suas baixarias,  faz parte dos times asquerosos da VEja e FSP….Argh !!

  41. A Globo tentou alentar a

    A Globo tentou alentar a populaçõa no Jornal Hoje, levando um “especialista” pra dizer que vai ficar tudo bem. Tiro no pé! Ele falou o oposto disso, que nem se chover o esperado, a situação se normaliza! Hahaha!

    • Isso não tem graça

      hahaha? Isso não tem a menor graça. O assunto é sério. Não é uma competição entre times ou partidos. Não importa quem está no comando , o que ele fez ou o que não fez. O que você está fazendo para ajudar na solução deste problema? Se fosse outra pessoa no governo do estado seu comportamento seria o mesmo? Se fosse a Dilma ou o Lula governando o estado e passando pelo mesmo problema? Estamos passando por um problema que afeta a vida de milhões de pessoas. Hahaha, sacou?

  42. Como será que o populacho irá

    Como será que o populacho irá se comportar quando a indústria e o comércio começar a demitir e os preços dos produtos começar a disparar, afinal má gestão cobra seu preço mais cedo ou mais tarde.  

  43. Perfuração desenfreada de poços pode agravar crise da água

    Perfuração desenfreada de poços pode agravar crise da água em São Paulo

    Por Maria Fernanda Ziegler – iG São Paulo |

    31/10/2014 10:00 

    Corrida por uso de água subterrânea pode trazer riscos de abastecimento futuro; especialistas criticam falta de planejamento e controle do Estado sobre uso de aquíferos

    A crise da água gerou uma corrida na perfuração de poços que pode ter ao menos duas consequências sérias. Em primeiro lugar, a quantidade é insuficiente para o tamanho da demanda. Além disso, há o risco de essa retirada interferir na vazão dos rios que fornecem água para os sistemas Cantareira, Guarapiranga, Alto Tietê e outros.

    “Já era um problema que estava acontecendo antes da crise hídrica no Estado e a gente via descaso do Estado em regular e planejar esta questão. É uma coisa que não aparece, né? Agora, com uma situação de corrida, vemos a situação como uma forma caótica”, afirma o geólogo Reginaldo Bertolo, diretor do Cepas-USP.

    Só na Região Metropolitana de São Paulo, estima-se cerca de 400 poços foram construídos em 2014, segundo dados de Centro de Pesquisas de águas Subterrâneas da Universidade de São Paulo (Cepas-USP). Os dados do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), que dá as outorgas para a criação de novos poços no Estado de São Paulo, são mais modestos. Eles mostram que neste ano foram perfurados 39 poços na capital e outros 1.717 no restante do Estado. Até setembro de 2014 existiam 2.082 poços outorgados na capital e 27.312 em todo o estado.

    Leia também: Água de poços domésticos  tem alto risco de contaminação por esgoto

    Especialistas afirmam, no entanto, que nem 30% dos poços existentes estão cadastrados ou autorizados. Os outros 70% seriam clandestinos. 

    Não tem para todo mundo

    Na região metropolitana de São Paulo, a água dos poços artesianos vem dos aquíferos Cristalino e Sedimentar. Calcula-se que eles teriam a capacidade de 16 mil litros/segundo – o equivalente ao sistema Guarapiranga, que serve para abastecer parte da cidade de São Paulo. A questão é que desse montante, estima-se que 10 mil litros/segundo já são retirados pelos 12 mil poços privados já existentes.

     

    Leia mais:
    ONGs formam aliança e propõem soluções para a crise da água em São Paulo
    MP denuncia Sabesp de captar mais água que o permitido do Alto Tietê
    Especialistas alertam: chuva será insuficiente para recuperar Cantareira

    Logo, achar que perfurar poço resolve o problema, não é verdade. Não tem água para todo mundo. Hoje, o abastecimento de água encanada na região metropolitana usa 67,7 mil litros por segundo. 

    “Estes uso já existente nunca é considerado nos planos de governo. Não é oficializado, mesmo sendo 60% do recurso total. O Estado precisa orientar sobre o assunto e planejar o uso das águas subterrâneas “, afirma Bertolo. 

    Além disso, ratifica o geólogo, a demanda é muito maior que o potencial de água subterrânea. “Mesmo porque a vocação da água subterrânea não é para o abastecimento público, porque as vazões de cada poço é pequena. Só seria interessante se usassem mil poços de uma vez, captassem a água e a levassem para a unidade de tratamento, sendo distribuída pelos canos da cidade. Mas isto é inviável. É muito caro. Exige muita obra”, diz Bertolo. O geólogo está fazendo um estudo de viabilidade para o uso da água do aquífero Guarani – mais a norte do Estado – para abastecer a região de Piracicaba, aliviando o Sistema Cantareira.

    Privatização da água

    Para o geólogo Luiz Fernando Scheibe, coordenador do projeto Rede Guarani/Serra Geral, a tendência é que até a normalização do abastecimento, mais poços sejam perfurados. ”Já faltou planejamento para a água superficial, para a água subterrânea é pior ainda. O Estado não tem se quer a dimensão total e o controle de quantos poços são perfurados”, disse.

    “Essa água subterrânea, assim como a superficial, é um bem comum para o uso de todos. Ao perfurar de forma clandestina, sem a autorização, a pessoa está privatizando um bem de uso comum”, afirma Scheibe. “Se fosse possível administrar o quanto de cada um está retirando de água subterrânea você teria uma divisão muito mais justa.”

    http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2014-10-31/perfuracao-desenfreada-de-pocos-pode-agravar-crise-da-agua-em-sao-paulo.html

  44. Muita gente ainda não se deu

    Muita gente ainda não se deu conta. Acham que daqui algumas semanas vi chover e tudo voltará ao nornal.

    Não vai.

    São Paulo está próximo da maior catástrofe de sua história e os reflexos disto no Brail inteiro será devastador.

    Dilma não pode ficar esperando por alguma “decisão” do Alckmin. Isso nunca vai acontecer. Ele é incapaz de fazer qualquer coisa. Um idiota inútil bancado e sustentado por uma mídia corrupta.

    Que Dilma convoque a Engenharia do Exército, disponibilize recursos e faça as obras acontecerem em SP.

    Se não for assim, o Brasil acaba mesmo em 2015. Responsabilidade do PSDB. Mas a culpa será transferida integralmente para a Dilma. 

    Aposto um copo de água.

    • Resposta a falta de água em São Paulo

      Caro Marco. Trabalho na área técnica de uma companhia de saneamento a 26 anos. Com base em minha experiência posso afirmar que São Paulo terá grandes problemas. Os prazos para solucionar problemas emergências em uma metrópole do porte de SP são grandes. Não há como executar um projeto do porte das necessidades que a cidade precisa em curto przao, muito menos executar as obras que sejam objeto do projeto. Penso que não faltará recursos tanto para o projeto como para a obra, o próprio governo federal já disponibilizou a verba para execução do projeto em jáneiro deste ano, porém, executar as obras e garantir segurança hidrica, vai demorar no mínimo 04 anos.

  45. crise séria da água

    Nassif: recorrer à justiça federal e solicitar que a mesma decrete o impedimento do governador, ou da burguesia que o elegeu. Quem devstou todo o territória paulista, desatando para realizar as monoculturas e produzir muita riqueza para os latifundiários e os burgueses paulistas. Quem construiu a riqueza paulista forma os trabalhadores nordestinos, mineiros, baianos. negros, pardos, etc. Quem depredou as terras paulista, inclusive a Amazônia, etc. foi a burguesia, em especial a de são paulo. Não adianta esbravejar, gritar, produzir muito ódio. O povo não tem culpa nenhuma, ou quase nenhuma. Quem mora e construiu casas de veraneio nas beiradas das represas? A buruesia fede e é culpada de toda esta desgraça. Quem mais sofre: o povo quke mora na periferia, os trabalhadores, seus familiares, seus filhos. Alkimim mostrou o desastre que é o psdb e a política neoliberal que este partido reacionário impos ao Brasil, liderados pelo FHC.

  46. Não é para ter intervenção federal

    e deixa os competentes tuCANALHAS com o seu choque de gestão.

    Se o povo de SP não aprender depois dessa, não saberei mais o que dizer.

    Um recado para os bem INFORMADOS de SP (segundo o fhhc): depois dessa gestão de choque dos tuCANALHAS vocês vão sentir na pele o que os nordestinos sentem na pele com a falta de água. Mas não é só isso. A segurança pública em SP também está sofrendo apagão. Por exemplo, os comerciantes estão desesperados, pois estão sendo assaltados quase todo mês.

     

  47. E QUEM O TIRARIA DO

    E QUEM O TIRARIA DO GOVERNO?

    Balas de borracha deve ter tido um aumento MONUMENTAL no estoque!

    A civilização só foi possível em torno da água, a falta dela ou dá em êxodo ou em pancadaria…

  48. Nao há como negar a culpa dos
    Nao há como negar a culpa dos governantes, no caso umas três ou quatro gestões tucanas.

    O que nao pode é serem totalmente responsáveis. Uma parcela menor, ou até ínfima se for o caso, deixem reservado para mudanças climáticas que amiude dificultam e oneram a elaboração de soluções.

    Beagá tem sofrido com temporais há alguns anos e a culpa não é apenas de sua intensidade, mas outrossim da impermeabilizaçao do solo ao longo de décadas.

    O prefeito pena. Seria obtuso pensar que a culpa é totalmente dele, guardadas as devidas proporções e diferenças.

    Acerca de três meses atrás ouvi da boca de insuspeito conhecedor do assunto que aqui estávamos a salvo em virtude de “lição de casa bem feita pela Copasa”.

    Agora já vejo por aí noticias preocupantes.

    O que quero dizer, é: parece muito que mudanças climáticas exigirão, alem de varias outras, habilidade extra dos gestores públicos.

    Quanto antes perceberem, melhor.

  49. Agora vejo que foi bom

    o Padilha não ter ganhando para o governo de SP, pois essa falta de água vai ser a pior catastrofe que SP vai enfrentar. Se o Padilha tivesse ganhado o PIG poria toda a culpa no PT e no Padilha.

  50. É uma vergonha o que os

    É uma vergonha o que os poderes públicos estão fazendo sobre a gestão da água. Irresponsabilidade total. Fico indignado por pessoas que deveriam estar fazendo a gestão para o povo e na realidade só pensam em seu lado. 

     

    Vergonha está o nosso Brasil.

  51. Racionamento JÁ

    Cáspite!!!! Bem dito, Luis Nassif, há tempos foi dado o alerta e essa múmia de governador, irresponsável a um ponto destes, procuradores peessedebistas, alô Produrador-Deputado Fernando Capez (psdb), responsável em dobro por essa insanidade!!!

    Esse sempre foi o meu medo, a selvageria e epidemias que a questão da água pode causar, e, não há mais tempo para reverter esta calamidade! Portando,  a verdade tem que vir à tona, sem demora, para que a situação não piore ainda mais!

  52. Interessante o fato do

    Interessante o fato do aumento da quantidade de reportagens na TV sobre o problema. Mais interessante ainda é o fato de que em nenhuma dessas reportagens ouve-se “alckmin”. O que passou mais próximo foi o broechart, dizendo que Dilma Roussef foi entrevistada por eles acerca da falta de água em SP, mas que ela disse que ainda não tinha nada de concreto para realizar e que ela simplesmente jogou o problema no colo do… governador! não fala alckmin nem que a vaca tuça!! Mas Dilma o pilantra fala direto e reto.

  53. Os jornais anunciaram que o

    Os jornais anunciaram que o Geraldo vai aceitar parceria com Dilma para fazer obras hídricas emergenciais… Ao ser perguntado sobre o assunto ele se limitou a dizer que o governo federal deveria tirar o imposto e 7% sobre a conta d’água.

    Pergunto eu: Quando é que ele vai tirar os 27% da conta de luz? Esse é um imposto estadual!! Que, alias, eles cobram imposto sobre imposto, o que é ilegal!!

  54. Se fosse em estado governado por petista…

    Estiagem atípica vai afetar o agronegócio do Brasil neste ano 17/02/2014 16p7 – “Mesmo a soja, que está indo muito bem, ainda, em Mato Grosso, nos estados onde a estiagem foi mais forte, como Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, vai quebrar  um pouco da safra”. 

     

    05/06/2012 às 15p6

    Para o TCU, agências reguladoras sofrem com falta de autonomia

    http://www.valor.com.br/brasil/2693230/para-o-tcu-agencias-reguladoras-sofrem-com-falta-de-autonomia#ixzz3HnPe41Cr

    Paulo de Tarso Lyra – Correio Braziliense

    Publicação: 23/10/2014 08:27 Atualização: 23/10/2014 08:31

    Os ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) vão criar uma auditoria para apurar uma “possível inércia” na atuação da Agência Nacional de Águas (ANA) e do Ministério do Meio Ambiente (MMA) na crise hídrica vivida pelo país. A proposta de fiscalização, aprovada na tarde de ontem, foi feita pelo ministro substituto André Luiz Carvalho. Ele alega que a falta de água não se resume apenas a São Paulo, tendo reflexos também em Minas Gerais e no Rio de Janeiro. Faltou o que? Investimento? O estado arrecadou em 2013  quase 286 bilhões, mas recebeu de volta da União menos de 24 bilhões/RJ arrecadou quase 142 bilhões e recebeu de volta menos de 19 bilhões / MG arrecadou 38 e recebeu 17 bi… O que se percebe é que os estados que mais produzem riqueza são os que recebem menos dinheiro para investir. Querem cobrar de alguém? Cobrem de dilma que gastou o que tinha e o que não tinha fora do Brasil e deixou a gente na merd* O povo de São Paulo entende MUITO bem qual é a jogada, mas aqui NINGUÉM quer o pt.

     

    • Pau que bate em Chico….

      Se fossemos nos aprofundar na tese do aparelhamento das instituições deste Brasilzão, o próprio TCU não escaparia da “lama”.   

      Este próprio José Jorge, é um dos  personagens mais fracos  que já vi na vida política. Lembro de alguns discursos do mesmo no gov. FHC… o cara foi indicado na cota do PFL…..É  mais travado verbalmente  que a própria Dilma….Parece algum daqueles coronéis semi-analfabetos do sertão que só detém algum poder  porque herdaram terras de seus antepassados…

      É o típico “o sujo  falando do mal lavado…..”  Me faça uma garapa, coroné !!!

  55. PROJETO: LONAS PLÁSTICAS CONTRA A SECA
    PROJETO: LONAS PLASTICAS CONTRA A SECA Caros amigos (as) não posso ver os meus irmãos paulistas sofrendo com a falta da água. No nordeste o povo aproveita água da chuva direcionando da sua casa,, do teto, para a cisterna, por que o governo de SP, não cria corredores de lonas plasticas para direcionar água da chuva para o Sistema Cantareira fazendo artérias para irrigar o sistema? Devemos  aproveitar cada gota de chuva que cair em SP. Não podemos perder esse bem tão precioso, isso é uma ideia de quem, quer ajudar o povo paulista, se eu estiver falando besteira me perdoem, só quero ajudar os meus irmãos paulistas.   Atenciosamente:
    Cláudio José, um amigo do povo e da paz.

    • Faltou um detalhe…

      Não sei se a legislação mudou, mas a Sabesp proibia  e multava  quem quer que se aventurasse a  captar água da chuva  sob  a  alegação de que iria fraudar o sistema de tratamento de esgotos, ou seja, entregaria  mais esgoto do que a entrada de água  régiamente computada  por seus  hidrômetros-ladrões (leem o ar que vem junto da água)….

      É só pesquisar  que você descobrirá  se  esta alternativa de sobrevivência  não acabaria te levando aos tribunais isentos da boa e velha Sampa…..

    • Cláudio José

      Nao vou discutir sua idéia.

      Apenas lhe dar parabéns, pelo “tapa na cara dos ignorantes de plantão com luva de pelica.” Foi educado, e em nenhum momento ofensivo, irônico, sarcástico.

  56. Parabéns pela novidade: posts com fundo musical !!!

    Só mesmo um blog do nível do LN  poderia trazer esta inovação…

    Como sugestão para fundo musical quando aparecer alguma reportagem sobre o Eduardo Cunha, o Renan Calheiros, o Henrique Alves, et caterva::  (Originais do Samba: “se gritar pega-ladrão”, não fica um meu irmão ) !!!

    rsrsrsrs

  57. é muita “competença” do psdb em sampa…

    Olha só o tamanho do  reservatório (de água mineral perrier) escondido sob as 4 patas dos governantes ” bem informados” de SP….  Santa ingnorança, batman !!!   Seria preciso apenas fazer uns furinhos no chão …

  58. Por que não ligar umas mangueirinhas da Billings para Guarapiran

    Bastar ligar umas manguerinhas da Billings que está transbordando água para a Guarapiranga, não precisa nem de 20 metros de tubos, enche a Guarapiranga e a usa para abastecer São Paulo?

    Não fazem porque não querem, vontade política.

     

    • Mangueirinhas de Alexandre Weber

      Alexandre, o Governador Alckmin disse que nesta temporada não vai faltar água na Baixada Santista. Você acreditou?

      Eu não. Há tantos anos tem falta de água na temporada, e todos os anos são as mesmas promessas.

  59. Fico me perguntado.
    E se São

    Fico me perguntado.

    E se São Paulo não fosse governado pelo PSDB, a imprensa e outros membros, outros setores da sociedade seriam imparciais?

  60. Há governo em São Paulo?

    O estado de São Paulo é governado pelo PSDB? 

    É de se perguntar: há governo no estado de São Paulo?

    Há governador? Ou, eleito, já tomou posse e começou a trabalhar? Onde está o governador? Miami?

    Cadê a imprensa responsável em São Paulo?

     

  61. Abandono

    Depois de 20 anos de admistração do PSDB, o que ficou de legado foi isto: falta u d’água,

     

    AcordaaSão Paulo!!!!!insegurança, educaçÃo ignorada e propaganda nas mídias vendidas. Triplicadas!!!l” e Eles são a salvação”!

    Acorda São Paulo!!!!!!!!!!

     

     

  62. “O sertão é aqui”

    Acho que a metáfora do sertão pode ser válida quanto ao fenômeno natural da escassez de água. Quanto ao tipo de enfrentamento  da situação, acho que a semelhança só valeria se a referência fosse a um sertão de muito tempo atrás e, ainda assim, deveria restringir-se à atitude dos políticos.  

  63. Politizar a crise climática é idiotice e mau caratismo do pt.
    A crise climática não estaria amenizada com qualquer governo que fosse, seria ainda mais acentuada se o governo fosse petista pois roubariam até nao poder mais. Dinheiro nenhum hoje evitaria o desabastecimento, me apontem uma providencia tomada por qualquer administração petista contra o racionamento em qualquer lugar do Brasil??????? Abraços

    • luiz do palpite infeliz

      luiz juniou, nem se esse é seu nome, mas vamos lá. Você já foi a Las Vegas? Como tucano bom de bico, tenho certeza de que você já foi. Entrou nos cassinos, jogou um dadinho, enfiou moedas nas máquinas caça-níqueis, apostou na roleta? Depois disso, de ter perdido seu dinheirinho suado (???), como ninguém é de ferro, deu um belo mergulho numa das maravilhosas piscinas de algum hotel da cidade. Mas como você não conhece Geografia, saiba, luiz infeliz, Las Vegas fica no meio de um deserto de verdade. E nunca faltou água na cidade. Antes de falar besteiras, cale-se, cálice, cale-se!

    • Seria irônico se nâo fosse

      Seria irônico se nâo fosse trágico. Mas a grande diaspora nordestina devida a seca, agora pode ter sua contra-partida com os paulistanos tenho que ir para o nordeste a procura de água. Será que estes irão discriminar seus irmãos sofredores desta nova movimentação populacional devido a seca? Será que o Nordeste aguenta? 😉

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome