Tempestade perfeita: até o governo Temer admite frustração com a economia

Jornal GGN – Em meio a uma grande crise institucional – guerra entre o Ministério Público e Congresso, Congresso com Judiciário, e Judiciário com Executivo – os resultados da economia têm ficado muito abaixo das espectativas até para o próprio governo Temer, que admite a frustração com os resultados desse trimestre. Nesse cenário, Henrique Meirelles está novamente na berlinda.

É destaque no Painel desta sexta (2) que o Ministério da Fazenda é pressionado a criar novas medidas para recuperar a economia, pois as que foram anunciadas até agora não produziram o efeito esperado.

“A pressão para que a equipe econômica tire da cartola medidas para retomar o crescimento ganhou força após o decepcionamente recuo de o,8% do PIB no terceiro trimestre. Os investimentos caíram e provocaram onda de queixas ao presidente. Cobra-se mais criatividade da Fazenda.”

Folha definiu assim a frase de agentes que têm feito essa pressão: “A equipe dos sonhos não está conseguindo entregar os sonhos da equipe.”

Mesmo o governo Temer admite a frustração: “Palacianos estão frustrados. Esperavam que a estabilização da atividade econômica tivesse se confirmado agora.”

“Para o mercado, enquanto houver forte desarranjo institucional (…), os investimentos de longo prazo não chegarão.”

Em meio à criação de uma tempestade perfeita – com protestos na rua à vista, crise econômica e institucional – Temer se segura com o apoio do Congresso, mas ainda vem demonstrando pontos vulneráveis na grande mídia, além de estar na mira do Tribunal Superior Eleitoral.

Cresce, por outro lado, a influência do PSDB no jogo, com ameaças de abandonar o navio de Temer caso as demandas de governo a ele colocadas não sejam entregue.

Inclusive, há a informação, do jornal O Globo, de que Temer, após encontro com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e com o senador Aécio Neves, aceitou que Armínio Fraga, ex-presidente do Banco Central, seja mais ouvido pela equipe econômica.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

34 comentários

  1. Dâmocles

    Enquanto isso, a turma golpista sabe colocar a espada de Dámocles no pescoço certo, na hora certa, assim como acontece agora com o Renan.

    Vai Renan, continua presidindo o congresso, mas, te esperamos la fora…!!!(assim como no filme)

  2. Somente um completo imbecil

    Somente um completo imbecil destrói ativamente os pilares da economia do país e depois reclama que não consegue fazer a economia melhorar “magicamente” como os livros de política (não economia) dele disseram que aconteceria.

     

  3. Êsse blá blá blá de golpistas

    Êsse blá blá blá de golpistas filhosdaputas não nos interessa! Quem tinha que estar aí lamentando-se dos maus resultados era nossa digníssima Presidenta Dilma Roussef e sua grandiosa equipe! Vocês roubaram o Brasil! Vocês roubaram a maioria do povo brasileiro, diga-se de passagem a maioria humilde desarticulada! meirelles, temer, fhc… tudo apátridas bastaaaardos! Fora Cambada de filhos da puta! Devolvam os nossos votos! Queremos a nossa democracia de volta! (peço desculpas pelas palavras à grande quantidade de fhcs golpistas ditadores enrustidos aqui no do blog… hoje em dia, nem homossexual é mais enrustido, mas golpista demotucano só fala de Lula e PT e não diz qué é golpista do fhc)… filhodaputa nenhum é mais do que nós para roubar os nossos votos! Vamos lutar para devolver a Dilma Roussef o que lhe é de direito constitucional! Abaixo o golpe e os ditadores!…

  4. Adotar políticas de arrocho

    Adotar políticas de arrocho fiscal neoliberal em período de intensa crise só pode ser explicada por três possíveis causas:

    1. Devido a mais profunda burrice das autoridades econômicas;

    2. Devido a mais profunda ingenuidade acadêmica, fé cega mesmo nas teorias neoliberais;

    3. Devido a mais profunda filhadaputice dos governantes.

    Acho que a explicação para o caso brasileiro é dado pela alternativa “3”.

    O pior é que acho que Temer está sendo sincero quando diz está decepcionado com o que vem acontecendo com a economia. A estupidez dele em assuntos econômicos parece ser bem autêntica. Se é que esse falso tem alguma coisa de autêntico…

  5. https://jornalggn.com.br/notic

    https://jornalggn.com.br/noticia/a-economia-da-circunstancia-por-andre-araujo

     

    Há um ano e um mês cantei a bola do que iria acontecer, qualquer um poderia ver que a politica de juros altos e Real valorizado iria levar ao aprofundamento da recessão porque não exitia como não existe NENHUMA medida de estimulo à economia produtiva,  não há instrumentos para o Pais sair da recessão, Meirelles e Goldfajn não tem a minima capacidade

    para isso, não há na cabeça deles nenhuma criativdade, ideia, interesse ou preparo para outro tipo de economia que não seja a satisfação dos interesses rentistas, esta é a continuação com muito maior enfase da politica recessionista que já vinha da gestão passada do BC, JUROS ALTOS PARA COMBATER A INFLAÇÃO E VALORIZAR O REAL, é o mapa para a porta do cemiterio da economia.

    • É fato que vc alertou, cantou

      É fato que vc alertou, cantou essa pedra bem antes. Mas a turma que ora comanda a economia está aí para satisfazer rentistas da banca, os “banksters”. Nessa missão, que não contempla o país, são um sucesso. O riso do Meirelles não é a toa. Igualmente bem sucedida é a missão do “especialista” Pedro Parente. A Petrobras esquartejada, alijada do pré sal. Enfim, no que tange aos objetivos do golpe, tudo segue à risca o planejamento dos mentores da “empreita”, que querem mesmo é que o Brasil se exploda.

      E o Mr. Trump avisou que os EUA não vão mais derrubar governos. Pra nós, se verdadeira, decisão sem efeito algum.

       

       

       

       

      • Concordo. É simplesmente

        Concordo. É simplesmente incompetência demais para ser genuína, é bem mais plausível que na verdade seja uma sabotagem consciente visando maximizar a transferência de recursos para o mercado financeiro (os garotos de Wall Street, meus nêmesis). O que eu não entendo é o que eles pretendem fazer quando a situação chegar inevitavelmente no ponto sem retorno aonde até um povo bovino como o brasileiro irá se revoltar violentamente, não é uma estratégia sustentável.

    • Desculpa um aparte aí AA…

      Desculpa um aparte aí AA… acreditamos que são muito criativos com muitas idéias. O que falta-lhes é total legitimidade e escassez absoluta de carisma. Se você não for o pai da criança e/ou não amá-la, nem morrendo de fome ela comerá da sua mão… sairá correndo de você… e eles sabem disso, golpistas que são, e é por isso que trabalham somente com / para aqueles com os quais fazem troca de figurinhas, e em muitos, casos tróca-tróca.

      • Meirelles Criativo? A piada da semana.

        Nem para maldades o Meirelles é criativo ele age, como sempre foi, um operador de mercado, em quem é um operador simplesmente opera de acordo com os cenários são criados, ele não cria cenários, aí que é o grande erro, na era Lula quem criava os cenários era Lula e ele operava.

  6. O Brasil é o primeiro pais no

    O Brasil é o primeiro pais no mundo governado explicitamente pela corrupção…

    Você vai gastar, investir numa situação desta?

    Este governo está governando para a desconstrução!

    Vão desconstruir a saúde, educação – vão transformar as federais em Fiés – e a previdência…

    O que ele chama de sucesso vai ser quando 35% da população se estabilizar na economia…

    Até chegar ai, milhões perderão o emprego, milhares de empresas vão quebrar…

    Uns 40% vão viver de bico, no salve-se quem puder…

    E os 25% restantes voltarão a pobreza…

    Parte das industrias que para cá vieram acreditando em nosso mercado, terão que sair por que os EUA voltarão a produzir em seu território e certamente mais equilibrado que o Brasil, oferecerão condições melhores de acesso ao mercado sul americano, do que o Brasil.

    Estou exagerando?

  7. Tudo errado, como previsto

    Está tudo errado, do princípio até o fim. Essa besta do Meirelles e sua equipe de canalhas nada tem a fazer para o país, apenas para os próprios bolsos. Suas diretivas partem de equívocos conceituais, suas premissas são fraudulentas, suas práticas são nocivas. Está falido o modelo administrativo dos cabeças de planilha do capitalismo financeiro. Urge um nova ordem mundial posta de baixo para cima, do Hemisfério Sul sobre o Hemisfério Norte. Ou se apresenta o novo, ou o naufrágio universal estará concluído, e sem Arca de Noé para salvar ninguém: nem o rico ladravaz.

  8. E nem vai melhorar tão cedo

    E nem vai melhorar tão cedo. 

    Durante o golpe, os políticos que perderam a eleição de 2014, os congressistas que queriam por um freio na lava-jato por interesses próprios, e a mídia oligopolizada construíram a narrativa de que o único culpado pelas dificuldades econômicas era o governo Dilma, omitindo os importantes fatores externos que contribuíam para a crise: a enorme queda dos preços internacionais das commodities. 

    Deu no que deu, o afastamento sem crime de responsabilidade de uma presidente eleita, num processo irresponsável, jogando o país num vale-tudo institucional e abrindo brechas na nossa tão frágil democracia.

    Entretanto, o cenário interno não mudou. E vai ficar cada vez mais clara a grande influência que tiveram e estão tendo os fatores externos nas dificuldades econômicas que estamos passando, sem sinais de melhora significativa no curto prazo.

    Nem a mídia nem as milhões de pessoas que foram às ruas para pedir o afastamento da Dilma vão reconhecer que apoiaram um movimento irresponsável, para mudar a condução econômica do país sem o respaldo das urnas, e que trouxe insegurança jurídica, sem trazer nenhuma melhora econômica no cenário interno. 

    Bando de irresponsáveis. Infelizmente, nunca deixamos de ser uma República de Bananas. 

  9. Só tem um jeito de resolver

    Só tem um jeito de resolver tudo isto

    1 – Restaurar a Democracia, roubada pelos golpistas do MPF, do STF, PF, pelo PMDB e PSDB e os outros partidos nanicos de aluguel e o DEUS-DEMONIO Mercado e a MIDIA representante direta do inferno.

    2- Reemposar a Presidenta Legitimamente eleita, que foi ilegitimamente tungada, pelos atores mencionados do item acima.

    3 – Fazer um pacto em torno da presidenta para que ela termine seu mandato legitimo e convoque uma assembleia nacional constituinte:

    –  eleita somente para este fim

    – composta por pessoas que representem e a diversidade da sociedade

    – se possível sem nenhum integrante direto da classe política

    que teriam a função de fazer:

    – a reforma política ampla

    – a reforma tributária

    –  regular o sistema economico financeiro contra abusos de bancos e empresários

    – reformar o ministério  público para que este trabalhe visando a justiça e proteção do país, sem perseguições de qualquer especie.

    – quebrar o monopólio da informação, distribuindo os recursos de propaganda equitativamente evitando-se armadilhas tais como midia técnica.

    – acabar com super-salários e aposentadorias integrais do serviço público

    FORA GOLPISTAS, FORA TEMER

     

  10. Caraca, não entendo nada de

    Caraca, não entendo nada de economia, mas o que vem acontecendo no país, até eu percebo.

    Se houvesse mais incentivo e investimento nas industrias, no setor de construção cívil, na infra estrutura, aos micro, pequeno e médios empresários, acredito que a situação estaria melhor.

    Eses turma só pensa em cortar, cortar, cortar investimento. Esse babaca do Temer ainda pede paciência ao povo.

    Ontem o Moreira Franco foi claro, o desemprego vai aumentar. Como um governo como esse pode prosperar.

    Acho que um bom contador, faria melhor no lugar desse Meireles

  11. Chamem logo aaquele moleque

    Chamem logo aaquele moleque irresponsavel  do Gustavo  Frnaco e seus juros de 45% ano , o mesmo que quer acabar com resrvas cambiais, o mesmo que é contra empresas nacionais !  acabem logo com o pais chega de agonia !

    • Ao contrario de Arminio,

      Ao contrario de Arminio, Gustavo Franco é incapaz de reconhecer qualquer erro, quem não tem duvidas e acha que está sempre certo não pode ser considerado inteligente, a primeira qualidade do sabio é saber que não sabe tudo.

  12. A solução já tá vindo: Temer ouvirá Arminio Fraga e PSDB

    Não há nada tão ruim que não possa piorar. Agora o Michel Temer vai ouvir a opinião das raposas sobre como administrar o galinheiro: vai ouvir consultar o Arminio Fraga e o PSDB.

    Ora, virá mais do mesmo: Mais medidas impopulares e mais arrocho salarial:

    O Arminio Fraga dirá sobre os salários:

    “É outro tema que precisa ser discutido. O salário mínimo cresceu muito ao longo dos anos. É uma questão de fazer conta. Mesmo as grandes lideranças sindicais reconhecem que, não apenas o salário mínimo, mas o salário em geral, precisa guardar alguma proporção com a produtividade, sob pena de, em algum momento, engessar o mercado de trabalho”.

    Em outras palavras, para reduzir o desemprego, o Arminio Fraga vai propor a redução dos já reduzidos salários, que ele acha que estão muito altos. Assim, o capitalista baixa o salário do seu empregado pela metade e contrata outro trabalhador com a outra metade do salário. Assim ele vai desengessar o mercado de trabalho.

    O Aécio Neves dirá ao Temer:

    “Eu conversava com o Armínio Fraga e ele me perguntou: ‘Mas é para fazer tudo o que precisa ser feito? No primeiro ano?’. E eu disse: ‘Se der, no primeiro dia’. Eu estou preparado para tomar as decisões necessárias por mais que elas sejam impopulares.”

    Essas burras de viseira vão tentar apagar incêndio com gasolina

    • O problema é que o Temer não

      O problema é que o Temer não lê o GGN.

      Não seria necessário escutar o Armínio, era só ler os comentários de Romeo RJ e Li de Brusque.

    • Arminio é da mesma linha MAS

      Arminio é da mesma linha MAS é incomparavelmente mais capacitado e com muito maior visão politica do que esse dupla

      de trastes que está levando a economia para o fundo do abismo, sendo que o Brasil tem CONDIÇÕES UNICAS de crescimento:

      1.Enormes recursos naturais

      2.Auto suficiencia em COMIDA.

      3.Auto suficiencia em combustiveis.

      4.Enormes reserva internacionais

      5.Imensa disponibilidade de mão de obra, da mais especializada em engenharia, agricultura, energia até um exercito de mão de obra para infra estrutura e construção..

      São não cresce por uma ABSURDA POLITICA MONETARIA, CAMBIAL E DE CREDITO operada com maxima incompetencia

      por mediocres sem noção de Pais, sem nenhum contato com a população.

      A grande pergunta: quem indicou e bancou essa dupla? Todas sabemos que a FEBRABAN está plenamente satisfeita mas

      pra indicar Ministro e Presidente do BC é preciso mais que a FEBRABAN, quem empurrou essa dupla para Brasilia, quem assinou em baixo da indicação?

      Nos EUA o Senado precisa aprovar o nome dos Ministros, isso deveria ser obrigatorio no Brasil.

      • Eu endosso a sua análise. E

        Eu endosso a sua análise. E adiciono que vocês também não avançam como poderiam porque os seus empresários têm uma mentalidade escravocrata e medieval que simplesmente não combina com o século 21, vocês socialmente falando ainda agem e pensam como se o Brasil fosse um império com um rei, uma nobreza e uma plebe. Não é possível um país moderno quando os mandantes acreditam que é direito de berço deles se apropriar da coisa pública e fazerem o que quiserem.

      • Caro André, o Arminio é muito

        Caro André, o Arminio é muito mais competente do que o Meireles, voce tem razão, só que uma raposa muito mais competente.

        Coitadas das galinhas! 

      • André Araujo, pelas votações

        André Araujo, pelas votações da PEC 55 e do impeachment, pode se ver que se Temer indicasse o Tiririca para ministro da fazenda, o Senado o aprovaria…

      • Caro André, admiro teu

        Caro André, admiro teu conhecimento, mas às vezes você posta bobagens inacreditáveis.

        São todos canalhas monetaristas neoliberais. Daí não sai absolutamente nada que preste.

        Não me faça rir.

  13. Respeito

    Fico pensando se uma companhia estrangeira que antes tinha pudores para investir no Brasil, sem “chegar chutando o balde” com as leis e instituições brasileiras, agora, com um golpe/impeachment que arrasou a democracia local, virá apenas para explorar o que puder no tempo mais rápido sem a menor preocupação com leis ou instituições.

    De certa maneira, o golpe foi um tiro no pé da classe média que se sentia rica por possuir meia dúzia de ações na bolsa de valores, e que, provavelmente serão desrespeitados como acionistas minoritários, levando ferro a todo instante. A confeirir.

  14. pior é o seguinte…

    desemprego até podemos contornar, ou se virar com outras ocupações, o que vai pegar mesmo, geral, mas principalmente para a classe média, será o fato, segundo certos indicadores, é que o desemprego será prolongado………………….

    um bom tempo no maior sufoco sem qualquer indicador confiável

    golpe foi para destruir o Brasil mesmo. Ordens

  15. A grande rempestade ainda não chegou

    Ela vem por aí e promete ser bastante longa.

    Ela decorre da quebra do pacto, costurado por Tancredo Neves, avalizado pelo Globo, pelos militares e pelo PMDB do Sr. Ulysses Guimarães e que permitiu a saída “lenta gradual e segura” da ditadura”.

    Foi um pacto que permitiu a impunidade dos responsáveis pelas mortes, torturas e demais violações dos direitos humanos nos 21 anos precedentes e que também abriu espaço para um Congresso Constituinte (ao invés de uma assembléia livre e soberana como seria de se desejar).

    Neste período de 31 anos, desde a saída do último general, brincamos de democracia.

    Houve espaço para Sarney, para a aventura Collor, para o ensaio neo-liberal de Itamar/FHC e, até mesmo, para dar a impressão de “fair play” das classes dirigentes, um espaço para um operário demonstrar sua incompetência e enterrar de vez a veleidade de ter um partido de trabalhadores assumindo a presidência da república.

    A demonstração de civilidade prevista para durar menos de um mandato, entretanto, não saiu como dela se esperava.

    O partido dos trabalhadores imprimiu uma série de pequenas ações na vida do trabalhador comum que, mesmo sendo de caráter muito pouco ambicioso, constituíam, para o padrão corrente de mediocridade de nossa classe dirigente, uma verdadeira revolução aos olhos, não só dos brasileiros como também do mundo.

    O que era para durar menos de um mandato presidencial prometia uma vida longa sem a menor perspectivas de definhamento. Inicialmente foram 4 anos; depois oito; doze, e mais um novo mandato, levando a 16 o período de abstinência do poder de quem sempre se julgou dono do Brasil.

    O operário Lula tinha dado lugar a uma mulher e esta seguia demonstrando que quando se governa para todos, a população reconhece.

    As tentativas de quebrar o pacto estabelecido no pós ditadura foram várias.  Começaram com o baixo nível da campanha de 2010 que se intenficou na campanha de 2014.

    Apesar do vale-tudo empregado, mais uma vez as forças conservadoras se mostravam distantes dos anseios da população.

    Em uma inédita conjugação de esforços, unindo todo o espectro da direita e da extrema-direita, contando até mesmo com a colaboração “ingênua” de alguns setores de esquerda, armou-se o quadro para a quebra do pacto.

    Pela primeira vez um resultado das urnas é questionado formalmente por parte do bloco perdedor.

    A matilha se lança ferozmente contra a legítima presidenta eleita e alcançam o seu objetivo de apear o Partido dos Trabalhadores do poder. Desta matilha fazem parte desde os pitt-bulls e dobbermans de raça bem cuidados, até os vira-lata sem dono que salivam ante o cheiro de sangue da vítima ferida.

    Após o tão almejado êxito, vem a parte mais difícil. Como conciliar os interesses de uma matilha tão heterogênea e tão desprovida de um mínimo de boas-maneiras à mesa?

    É isso o que assistimos agora.

    Consigo entrever no meio da poeira, ao menos quatro facções, entre os “vencedores”, se devorando entre si. É impossível deixar de perceber que é briga de cachorro grande. Literalmente.

    Essas quatro facções mais visíveis são compostas por:

    – Carmem Lúcia + República de Curitiba + Organizações Globo + Mainardi;

    – Gilmar Mendes + Reinaldo Azevedo (em voo solo ou acompanhado da Veja?) + Tucanos;

    – Temer + PMDB + Centrão + Renan;

    – E, mais fraquinhos, Bolsonaro + Olavo de Carvalho + MBL.

    Das quatro facções, a mais acuada é a do presidente decorativo. A única que se enconta desdentada. Sua sobrevivência depende exclusivamente da boa vontade das demais.

    A facção Bolsonaro/Carvalho/MBL não têm muitas expectativas, além de fazer alarido para, quem sabe, um futuro ainda incerto.

    Já as encabeçadas por Carmem Lúcia e por Gilmar Mendes encontram-se em luta feroz de vida ou de morte. Ao que indicam, a guerra já foi declarada e nenhuma das duas aceita dividir o butim com a outra.

    Não excluiria deste cenário uma possibilidade de que a facção tucana também estivesse em francas hostilidades mútuas.

    Evidentemente, do ponto de vista do Brasil e dos brasileiros, ou seja nós que assistimos de longe, esse quadro é terrível. Principalmente por que não há nenhuma expectativa de que um novo pacto esteja ao alcance do radar para os próximos anos.

    Embora exista uma perspectiva interessante de que todas essas facções se anulem mutuamente, receio que este quadro de vale-tudo para o assalto e tomada do poder, sem regras, sem um mínimo de civilidade e de compostura, tenha consequência, como aliás já está acontecendo, extremamente danosas e prolongadas para o país.

    A tempestade mal começou.

     

  16. É uma gota no oceano, mas….Boicote total aos conspiradores !!

    Já decidi que, até a queda dos golpistas e o retorno da democracia ao Brasil, boicotarei amplarmente todas a empresas e governos que participaram da criminosa conspiração.

    a) Em minha casa não entra nada televisionado e também não utilizo emissoras de rádio .

    b) Não faço compras em grandes redes de supermercados .

    c) Não compro produtos patrocinadoras da porca mídia, substitui todos os produtos por outros similares que não veiculam propagandas na porca mídia .

    d) Compro apenas o essencial para o consumo diário .

    e) Suspendi o pagamento de taxas da prefeitura e do governo do estado, IPTU, IPVA, IR… pagarei apenas quando for intimado judicialmente, e mesmo assim, tentarei parcelar a perder de vista.

    f) Já estou aprendendo a fazer cerveja artezanal para evitar a ambev do golpista Lehman.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome