Fórum Brasilianas-Cemig “Indústria Criativa Mineira”

Como estabelecer estratégias de fortalecimento no segundo estado brasileiro que mais emprega na economia criativa? 
 
 
Jornal GGN – Indústrias criativas são “aquelas que têm origem na criatividade, capacidade e talento individuais, e que potencializam a criação de riqueza e de empregos através da produção e exploração da propriedade intelectual” (Creative Industries Mapping Document, 1998), por isso incluem áreas que vão de artes e antiguidades, artesanatos aos softwares, aplicativos, música e artes performáticas. 
 
A proposta do Workshop “Indústria Criativa Mineira”, realização Cemig e Plataforma Brasilianas, é conhecer o perfil da indústria criativa no Estado, destacando o papel da produção de audiovisual e tecnologia da informação na difusão desse mercado. Segundo estudo inédito da P7 Criativo, doze em cada 100 negócios da economia no Brasil estão em Minas Gerais, levando o estado a ser o segundo do país que mais emprega no setor. 

 
O evento será dividido em três painéis: o perfil da indústria criativa mineira; a produção de audiovisual em Minas Gerais; e a produção de TI em Minas Gerais. Veja a seguir a programação e se inscreva pelo brasilianasforuns@gmail.com. Entrada franca.
 
 
Indústria Criativa Mineira 
Realização Plataforma Brasilianas e Cemig
Data: 4 de Dezembro, terça-feira
Horário: 14h – 18h
Local: Auditório P7 Criativo – Av. Afonso Pena, 4000, 4º andar, Cruzeiro, Belo Horizonte
Inscrições: brasilianasforuns@gmail.com 
 
14h – Abertura 
 
– Thiago de Azevedo Camargo, Diretor de Relações Institucionais e Comunicação da Cemig
 
– Marco Antônio Castello Branco, Presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemge)
 
– Luis Nassif, Editor Chefe do Jornal GGN, idealizador e coordenador da Plataforma Brasilianas
 
15h: 1º Painel – O perfil da Indústria Criativa Mineira 
O objetivo desta mesa é conhecer as potencialidades do Estado de Minas e estratégias de fortalecimento da sua indústria criativa. 
 
– Angelo Oswaldo de Araújo Santos, Secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais;
 
– Leonardo Guerra, Diretor Presidente da P7 Criativo, Agência de Desenvolvimento da Indústria Criativa de Minas Gerais, associação independente sem fins lucrativos que une Governo de Minas Gerais, Codemge, Sebrae Minas, Sistema Fiemg e Sedectes;
 
– Fernanda Machado, Superintendente Executiva da Associação P7 Criativo 
 
16h20: 2º Painel – A produção de audiovisual em Minas Gerais
Minas detém hoje um dos polos audiovisuais em desenvolvimento no país, localizado na Zona da Mata. O objetivo desta mesa é avaliar o potencial desse setor da indústria criativa e seu efeito multiplicador para outras áreas da economia.
 
– Helder Quiroga, Coordenador da ONG Contato (Centro de Referência da Juventude) e Mestre em Cinema pela UnB.
 
– Rodrigo Silva Fernandes, Diretor Consultivo Titular da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg)
 
17h: 3ª Painel – A produção de TI em Minas Gerais 
A proposta desse painel é conhecer o ecossistema de inovação, ciência e tecnologia no Estado e as estratégias público-privadas para melhorar a competitividade dos empreendedores locais. 
 
– Leonardo Fares Menhem, Presidente da Fumsoft – Sociedade Mineira de Software;
 
– João Luiz Silva Barbosa, Superintendente de Tecnologia da Informação e Telecomunicações da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig)
 
– Marcos Távora, Presidente da Assespro-MG (Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação em Minas Gerais)
 
 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome