A referência fascista no passeio de moto de Bolsonaro

Presidente brasileiro emula passeio de Mussolini com apoiadores, realizado em junho de 1933 em Roma, capital da Itália

Presidente Jair Bolsonaro durante passeio de moto pelas ruas de Brasília no Dia das Mães (09/05). Foto: Marcos Corrêa/PR

Jornal GGN – O bolsonarismo sequer foi original no passeio de moto promovido por apoiadores de Jair Bolsonaro, e que contou com a presença do presidente, na cidade do Rio de Janeiro na manhã deste domingo.

Em junho de 1933, o líder do Partido Fascista da Itália, Benito Mussolini, realizou passeio de moto com seus apoiadores pela cidade de Roma, o que foi igualmente repercutido pela imprensa na época, como é possível ver na imagem abaixo.

Imagem
Imagem do semanário italiano “La Tribuna Illustrata” – fonte: Fernando L’Ouverture via twitter

“O fascismo é o primeiro movimento político a ser equipado com uma milícia paramilitar, que corresponde exatamente a seus seguidores”, diz o escritor italiano Antonio Scurati, em entrevista à BBC News em setembro de 2020. “O problema é quando essa violência minoritária e quase profissional chega ao poder e se torna objeto de desejo político”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. A nossa esperança é pensar como tudo terminou, com Mussolini pendurado em praça pública de cabeça para baixo.
    Ao contrário do Duce, o Genocida daqui não passa do primeiro mandato, se tanto.
    Por aqui só faltou o anauê.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome