CUT/Vox: Com 39% das intenções de voto, Lula vence no primeiro turno

da CUT

CUT/Vox: Com 39% das intenções de voto, Lula vence no primeiro turno

por Marize Muniz

Mesmo preso há 52 dias e atacado ferozmente pela mídia golpista, o ex-presidente Lula mantém a vantagem sobre os demais candidatos a presidente da República e seria eleito no primeiro turno se as eleições fossem hoje. E se houvesse segundo turno, Lula também derrotaria qualquer adversário por ampla margem de votos.

No cenário estimulado, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, Lula alcançou 39% das intenções de voto contra 30% das soma dos adversários, mostra pesquisa CUT/Vox Populi, realizada entre os dias 19 a 23 de maio e divulgada nesta segunda-feira (28).

O diretor do Instituto Vox Populi, Marcos Coimbra, chama a atenção para o pífio desempenho dos candidatos ligados ao ilegítimo Michel Temer (MDB-SP) que, juntos com o presidente, deram o golpe de estado e levaram o Brasil para o caos atual.

“Apesar do proselitismo de parte da imprensa brasileira, eles patinam em índices muito baixos. Entre eles, o que mais chama a atenção é o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), que está aquém do que alcançaram outros candidatos tucanos no passado”.

“Parece que a opinião pública não perdoa o comportamento do partido de 2014 para cá”, diz Coimbra.

Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, os brasileiros não esquecem que Lula aqueceu a economia, gerou mais de 20 milhões de empregos e distribuiu renda, apesar da crise de 2008 que derrubou bolsas em todo o mundo e levou a economia da Europa e dos Estados Unidos à bancarrota.

Leia também:  TV GGN 20hs: o PT apresenta seus projetos de país

“O que temos agora são quase 14 milhões de desempregados, fora os subempregados, aumentos absurdos da gasolina, diesel e gás de cozinha e um governo acuado, desacreditado e sem capital político sequer para negociar o fim de uma mobilização de caminhoneiros”, pontua Vagner.

Na pesquisa estimulada, o segundo colocado, com praticamente um terço das intenções de voto de Lula, está o deputado Jair Bolsonaro (PSL), com 12%; seguido de Marina Silva (Rede), com 6%; Ciro Gomes (PDT), com 4%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 3% e Álvaro Dias (Podemos), com 2%.

Henrique Meirelles (MDB-GO), Manuela D’Ávila (PC do B) e João Amoedo (Novo-RJ) têm cada um 1% das intenções de votos. Já Flávio Rocha (PRB-RN), Guilherme Boulos (Psol-SP), João Vicente Goulart (PPL), Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Paulo Rabelo de Castro (PSC) não pontuaram. O percentual dos que não vão votar em ninguém, brancos e nulos totalizou 21% e não sabem ou não responderam, 9%.

No Nordeste, Lula tem 56% das intenções de votos, contra 7% de Bolsonaro e Ciro, que empatam na Região; Marina tem 6% e Alckmin apenas 1%. Os demais não pontuaram. No Sul, 31% dos entrevistados votariam em Lula, 18% em Bolsonaro e 10% em Álvaro Dias; Marina e Ciro empatam, com 4% cada e Alckmin aumenta para 2%, empatando com João Amoedo. Meirelles, Manuela e outros têm 1%.

Pesquisa espontânea

No cenário espontâneo, Lula também está bem na frente dos demais candidatos. O ex-presidente tem 34% das intenções de votos, Bolsonaro surge em segundo lugar, com 10%; Ciro e Alckmin voltam a empatar, com 3% cada; Marina e Joaquim Barbosa, que desistiu da candidatura, surgem com 2% cada; e Álvaro Dias, com 1%. E 5% dos entrevistados disseram que vão votar em outros, 25% ninguém, brancos e nulos, e 16% não sabem ou não responderam.

Leia também:  Em estratégia bolsonarista, Russomanno procura um militar como vice

Segundo turno

Nas simulações de segundo turno, Lula venceria todos os adversários com larga vantagem. Venceria Marina com 45% contra 14% da candidata da Rede; Já contra Alckmin e Bolsonaro, Lula alcançaria 47% dos votos contra 11% e 16%, respectivamente.

A pesquisa CUT/Vox Populi foi realizada com brasileiros de mais de 16 anos, residentes em áreas urbanas e rurais, de todos os estados e do Distrito Federal, em capitais, regiões metropolitanas e no interior, de todos os estratos socioeconômicos.

Foram ouvidas 2.000, em entrevistas feitas em 121 municípios. Estratificação por cotas de sexo, idade, escolaridade e renda.

A margem de erro é de 2,2 %, estimada em um intervalo de confiança de 95%.

Confira a pesquisa na íntegra, clicando aqui.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

7 comentários

  1. Lula venceu!

    Esse homem cuja intenção de voto lidera de forma avassaladora em TODAS as regiões do Brasil, que um dia fez desse país uma potência está bem ali, em Curitiba encarcerado por obra de um juizeco sem vergonha, enquanto a verdadeira quadrilha ARRASA e DESTRÓI o país. Até quando vamos permitir uma barbaridade dessas?

  2. Vitória no 1º turno? No

    Vitória no 1º turno? No segundo turno contra Bolsonaro vitória com 47% contra 16%? Contra Alckmin, 47% a 11%? Falando sério, alguém acredita nestes números? Estes “fatos” ajudam em quê? É para manter o pessoal animado?

    Lula no auge de sua popularidade, nos aureos tempos, com o país crescendo até 9% ao ano, nunca ganhou uma eleição em primeiro turno, agora com PT destroçado (vide últimas eleições municipais) com líderes presos, bombardeado dia sim e outro também com denúncias, vai dar este passeio? 

     

     

    • Números nos quais não estão prestando atenção

      Se você pega os votos nulos, brancos e indecisos da pesquisa, a soma dá 41%.

      Uma eleição em que quase metade do eleitorado diz não querer votar em ninguém ou não saber em quem votar, pode ter qualquer resultado, mas a turma prefere continuar acalentando fantasias sobre uma eleição do Lula…

      O cidadão preso e abandonado e o pessoal achando que ele vai ser o próximo presidente do Brasil!

      É muito delírio, socorro!

  3. Chamem o Lula para tirar o país do atoleiro
    PESQUISA VOX POPULI

    No voto espontâneo o resultado é ainda mais devastador. Enquanto 34% citam Lula como seu candidato, apenas 26% citam outros candidatos. Bolsonaro é o segundo colocado com apenas 10% das citações.

    As simulações de segundo turno são impressionantes. Os adversários de Lula estão praticamente mortos.

    Marina Silva perde de Lula por 45% a 14%

    Bolsonaro perde de Lula por 47% a 16%

    Alckmin tem o pior resultado contra Lula, 47% a 11%

     

  4. E ainda há imbecis q tentam convencer os petistas a se dispersar

    Nao acho que ganhar eleiçoes, sobretudo para o executivo, seja o mais importante agora, mas a ÚNICA chance de se conseguir um resultado favorável é todo mundo votar, senao em Lula, que será provavelmente impedido, mas em quem ele indicar. Mas há traíras que se dizem petistas e ficam tentando enfraquecer a posiçao do partido e convencer os petistas a dispersar o voto. Fazem o jogo dos golpistas.

    • Concordo

      A estratégia do PT está correta como oposição consistente ao golpe, em tudo o que isso significa. A eleição será uma consequência, que acho será favorável ao candidato que Lula indicar na última hora, se definitivamente não conseguir ser candidato. Embora manter a candidatura Lula seja hoje indiscutível, acredito que devam ser feitos esforços conjuntos da esquerda para garantir uma boa bancada no congresso. Acho isso relevante.

  5. Gente…. Com essa margem de

    Gente…. 

    Com essa margem de voto não precisa nem de eleição…. é só entrar na cadeia, pegar o lula, carregar ele até brasília, botar ele na cadeira do palácio do planalto e falar: “Agora conserta essa bagunça !” 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome