IBOPE: Pobres e Nordeste votam em Haddad e Brancos, ricos e Sul votam em Bolsonaro


Fotos: Reuters
 
Jornal GGN – Os últimos resultados da pesquisa IBOPE, divulgada na noite desta quarta-feira (04), traçam o perfil dos eleitores dos presidenciáveis Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL). Enquanto o candidato do PT obteve maior representatividade entre os mais pobres e com baixa escolaridade, Bolsonaro teve maior peso entre maior escolaridade, brancos e os mais ricos.
 
Desta vez, o levantamento mostra um equilíbrio dos dois candidatos entre o gênero feminino, mas Haddad obteve um pequeno aumento entre os homens, enquanto Bolsonaro estagnou. Jovens votam mais no candidato da direita e Haddad está equilibrado em todas as idades. A região Nordeste prefere Haddad, enquanto o Sul prefere Bolsonaro.
 
Acompanhe, abaixo, a análise da pesquisa IBOPE por categorias:
 

GÊNERO
Entre as mulheres, Haddad e Bolsonaro estão equiparados, com 22% e 26%, respectivamente e ambos tiveram um aumento de dois portos percentuais no sexo feminino, em comparação aos dados de dois dias atrás.
 
Já entre os homens, apesar de Bolsonaro seguir na liderança (39%), foi o candidato do PT que apresentou um aumento de três pontos percentuais, atingindo 24%, em apenas dois dias.
 
IDADE
Quanto à faixa-etária, o melhor desempenho do candidato da extrema-direita está nos adultos jovens (25 a 34 anos), aonde obtém 37% das expectativas. E o presidenciável escolhido por Lula apresenta índices similares em todas as idades, com variação de 22% (16-34 anos) até 24% (35-44 anos).
 
ESCOLARIDADE
Mas é a escolaridade que mostra maior discrepância de preferências entre os eleitores. O ex-prefeito e candidato do PT tem o melhor resultado entre os que concluíram a 4ª série do ensino fundamental: são 34% dos que votam em Haddad, vencendo Bolsonaro, que obtém somente 17% neste setor.
 
Haddad também vence por 28% contra 25% de Bolsonaro, entre os eleitores que concluíram da 5ª até a 8ª série do ensino fundamental. 
 
Já a vantagem de Bolsonaro é marcada, principalmente, entre os eleitores que têm o ensino superior, com 43% deles afirmando votar no candidato do PSL e 14% declarando voto ao candidato do PT.
 
Os níveis que os dois candidatos atingem no acumulado de votos estão mais representados nos eleitores que completaram o ensino médio, aonde Bolsonaro tem maioria de 36% e Haddad 21%.
 
RENDA
Por seu programa de governo, o candidato do PT tem destaque entre as classes sociais mais baixas, com até 1 salário mínimo, aonde vence com 33% contra 19% de Bolsonaro.
 
Os que recebem entre 1 a 2 salários mínimos estão dividos: 24% votam em Haddad e 27% votam em Bolsonaro. Já os com maiores rendas, mais de 5 salários mínimos, garantem maioria (51%) ao candidato da extrema-direita.
 
RAÇA/COR
Os extremos também são identificados na raça/cor que afirmaram os eleitores: 37% dos brancos votam em Bolsonaro, contra uma minoria de 18% deles em Haddad. Já os que informam ser de cor preta/parda há um empate técnico de 29% votando em Bolsonaro e 26% votando em Haddad.
 
RELIGIÃO
Os eleitores que se dizem católicos empatam 27% para ambos os candidatos e a grande parte dos eleitores de Bolsonaro são evangélicos.
 
REGIÕES
Nas regiões brasileiras, Fernando Haddad vence por 36% contra 21% de Bolsonaro no Nordeste, e o candidato da direita tem maior diferença de votos na região Sul, com 40% contra 14% do candidato do PT.
 
 

 

Leia também:  Financial Times: investidores estrangeiros se afastam do Brasil, por Cesar Locatelli

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

4 comentários

  1. Tem muito ignorante, rico

    Tem muito ignorante, rico (com o dinheiro alheio ou não), branco (por opção ou não) e até com nível universitário (comprado ou não), que cai como um patinho no título TENDENCIOSO do tal de ibope.

    Pensam estar comprando a carta de alforria quando deveriam exigí-la, pelo cumprimento das Leis a todos imposta e que atualmente não são cumpridas.

  2. Hoje tem debate… Haddad já começa errando em ir!

    1-BOLSONARO ESPERTO E MALANDRO X PT INGÊNUO 

    Bolsonaro tira o corpo fora do debate… sabe que só tem a perder. O ponto negativo de não ir no debate é não poder se defender de ataques… mas Haddad vai para servir de para-raio e proteger Bolsonaro.

    2-GLOBO SERÁ ANTI-PT E ANTI-ESQUERDA COMO SEMPRE

    Perde uma ótima oportunidade de dar uma alfinetada na Globo e de deixar a emissora na mão, fazendo um debate irrelevante com os candidatos menores. Poderia ainda se manifestar dizendo de forma clara: “Globo não oferece imparcialidade suficiente para promover um debate democrático, por isso não vou!”.

    3-CANDIDATOS DESESPERADOS ATACARÃO HADDAD PARA SE PROMOVER

    Haddad ganha o que ao bater boca com o inútil Alvaro Dias e com o cômico Daciolo??? NADA! Além disso vai sofrer com o rancor da Marina e desespero bipolar do Ciro.

    4-MELHOR SERIA APRESENTAR PROPOSTAS NUM PUTEIRO!

    Acho que o pior lugar do mundo para apresentar propostas seria um debate da Globo… chega a ser cômico ver alguém falando de comércio internacional após ser perguntado sobre os “planos da URSAL” ou de alguma teoria de Olavo de Carvalho.

    5-HADDAD NÃO SE PREPARA PARA ATACAR… APENAS PARA SE DEFENDER

    Existe alguém em sã consciência que acha a estratégia de ficar se defendendo o tempo todo uma boa jogada??? Todo mundo ao redór de Haddad deve dizer a mesma coisa: VOCÊ TEM QUE ATACAR OS ADVERSÁRIO!… a conclusão que eu cheguei é que Haddad simplesmente é incapaz desse tipo de coisa… logo, o melhor seria não ir nos debates! SIMPLES!!! Bolsonaro não tem capacidade intelectual de participar dos debates… e não vai… Haddad não tem capacidade de ser ofensivo… basta não ir… pronto!

     

    DEPOIS DO DEBATE… QUEM VIER DIZER QUE A GLOBO É PARCIAL… SINCERAMENTE É UM IDIOTA!!! Quem for contar interrupções feitas a Haddad… ou for dizer que Haddad foi perseguido… sinceramente… se mata!

    “CIRO E MARINA ATACARAM HADDAD”… pô… mas não é óbvio que isso vai acontecer??? 

    “CIRO DEVERIA ABRIR MÃO DA CANDIDATURA”… isso nunca vai acontecer na história do universo!!! Existe dinheiro aplicado na campanha, existem vários acordos por trás de cada atitude… é óbvio que Marina sabe que não vai ganhar… mas vai ficar lá até o fim, representa um partido e dezenas de candidaturas.

  3. Então
     

    O Haddad está eleito.

    O que mais temos no país são pessoas pobres.

    A minoria cheirosa pensa que o brasil é rico porque só sai do seu quarteirão de automóvel e viaja em férias para os “esteites”.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome