Unasul desmente TSE sobre veto a Nelson Jobim

Da Agência Brasil

Unasul diz que nome de Jobim não foi vetado pela Venezuela

Por André Richter

A União das Nações Sul-Americanas (Unasul) informou hoje (23) que o nome do ex-ministro Nelson Jobim não foi vetado para chefiar a missão do bloco para acompanhar as eleições parlamentares na Venezuela, marcadas para dezembro. Em sua conta no Twitter, a Unasul disse que o nome do jurista é avaliado junto com outras indicações de países do bloco.

A manifestação da Unasul foi motivada pela decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que se retirou da missão que pretende acompanhar as eleições venezuelanas. Em nota divulgada na terça-feira (20), o tribunal alegou que Jobim foi preterido por autoridades da Venezuela.

O TSE explicou que Jobim foi escolhido para chefiar a missão pelo fato de ser uma autoridade pública “com amplo conhecimento da lide eleitoral e de reconhecida isenção”. Além de alegar que houve veto ao nome de Jobim, o tribunal disse que a demora Conselho Eleitoral da Venezuela para assinar o acordo que permitiria o processo de observação das eleições inviabilizou sua atuação na auditoria do sistema de votação.

A missão eleitoral da Unasul tem objetivo de acompanhar as eleições nos países do bloco para garantir a transparência do pleito. A missão é formada por órgãos eleitorais dos 12 países-membros.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Prefeitura de SP reconhece distribuição de cestas; Boulos tomará "medidas cabíveis"

10 comentários

  1. A policalha(política canalha)

    A policalha(política canalha) que grassa no país está se expandindo para o exterior; para as relações internacionais do país.  O que é mais do que lamentável: é perigoso. 

    Quinta, assisti, pasmo, no Senado Federal vários senadores de oposição atacarem sem nenhum pejo o governo venezuelano por conta desse suposto veto. Tudo, claro, insuflado pela mídia mentirosa e inimiga da Unasul. 

  2. Não houve há algum tempo um

    Não houve há algum tempo um convescote de golpistas sul-americanos? Todos sabemos que aos ianques interessa demolir os governos não submissos a Washington, inclusive na América do Sul. Até onde esta conspiração teria chegado? É preciso identificar e marcar homem-a-homem os quintas colunas que existem pelo mundo a serviço de washington. 

  3. big brother deslumbrado
    Dizem, um garotinho que passava frente o STF batia pé e aos BERROS proclamava: jojo é o chefe, jojo é o chefe…falava grosso mas, não colou.
    Desde então está com uma ideia fixa. Vai mandar o jojo para chefiar a OEA. Vai que cola.

  4. https://www.project-syndicate

    https://www.project-syndicate.org/commentary/venezuela-election-observers-by-kevin-casas-zamora-2015-10

    A Venezuela não aceita nenhum dos onservadores internacionais usualmente convocados para observar eleições como  a OECD, o Centro Carter, a OEA, só aceita a UNASUL e dentro desta escolhe quem faz parte da missão.

    O Centro Carter observou e validou a eleição de 2006 mas depois disso não foi mais convocado. Não aceita a OEA apesar da Venezuela fazer parte da cupula da Organização.

     

  5. Além da mídia golpista, o TSE

    Além da mídia golpista, o TSE também virou um partido de oposição.

    Inventam coisas para abrir conflitos entre o Governo Brasileiro, a Unasul e a Venezuela.

    Além do objetivo explícito de tentar impugnar a chapa Dilma/Temer, mesmo sabendo que a ação de impugnação proposta pelo PSDB é inconstitucional, como demonstrou em seu voto a Ministra Maria Thereza, o TSE, agora, toma decisões sem ouvir e atropelando a competência do Ministério das Relações Exteriores.

    A estupidez e a barbárie estão tomando conta da oposição política neste país e de diversos órgãos do Estado Brasileiro.

  6. A pelegada que sempre esta a

    A pelegada que sempre esta a serviço do partido e nao do pais ( apesar de viver acusando os outros de entreguista ) vai obviamente ficar com a palavra da Unasul que é nada mais nada menos que um clubinho bolivariano criado sob medida para atender seus interesses em detrimento ao TSE que é um orgao brasileiro.

    As acusaoes sao as mesmas de sempre, falou algo contra o PT ou seus amigos bolivarianos é golpista, comprado, mentiroso, louco etc etc etc

    rs

  7. Muito interessante a confusão

    Muito interessante a confusão que tentam propagar. Mesmo que não se tratasse de uma descarada mentira de senadores tucanos desocupados. A aceitação ou recusa de nome de representante internacional, seja lá de que mmerda for, é prerrogativa do governo do país receptor. A não ser no caso de agrupamentos colonizados. O que não é a situação atual da Venezuela. Aliás, quiçá seja essa a explicação pra tanto grunhido dos desocupados.

    Recentemente o governo brasileiro recusou o nome indicado por Israel para chefiar sua representação diplomática no Brasil. Provavelmente desagradou a muitos.  E olhe que ó nome indicado pelo Estado judáico não tinha contra ele nenhuma indicação de ter cometido trapaça criminosa de enxertar de contrabando, texto não discutido pelos demais constituites.

    Orlando

     

     

     

  8. Ana Amélia faz o que

    Não aguento ver a sem-noção, tagarela, gazeteira e derrotada da Senadora Ana Amélia atacando a Venezuela, o Porto de Cuba e toda e qualquer política sul-Americana

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome