Assessor do Papa Francisco também é impedido de visitar Lula


Foto: Eduardo Matysiak/Agência PT
 
Jornal GGN – Além do dia de audiências com Sérgio Moro incomodado, vendo FHC respaldar a defesa de Lula e recebendo críticas do jornalista Fernando Morais, que registrou todas as palestras realizadas pelo ex-presidente em obra bibliográfica, outros incômodos surgiram no lado das Execuções Penais.
 
Nesta segunda-feira (11), o assessor do Papa Francisco para assuntos de Justiça e Paz, Juan Gabrois, foi impedido de visitar o ex-presidente na cadeia. Ainda que representando o Papa, Gabrois foi barrado na Superintendência da Polícia Federal de Curitiba.
 
O argumento usado foi de que ele não seria um líder religioso. Impedido de entrar, Juan Grabois deixou o rosário levado pelo Papa Francisco, juntamente com uma carta de Juan com palavras de apoio. Após o incidente, o consultor de Justiça e Paz do Papa particiou de uma entrevista realizada pela Casa da Democracia. 
 

O rosário deixado pelo Papa Francisco a Lula – Foto: Claudio Kbene
 
No programa de entrevista transmitido ao vivo, o assessor comentou sobre sua tentativa de visitar Lula e ter sido barrado. Acompanhe:
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Advogados defendem inconstitucionalidade de decreto de Bolsonaro que extingue colegiados

27 comentários

  1. O Papa esqueceu

    que o divino Moro é Deus, portanto, se Juan Grabois é representante do Papa e sendo este o representante de Deus na terra, a divindade de Curitiba está acima do próprio pontífice. 

  2. Vai dar no jn?

    Se não, é porque não aconteceu. Como é bom viver num país onde a imprensa é livre, sem censura.

    Esperamos a visita do próprio Papa Francisco!

  3. Um dos momentos mais

    Um dos momentos mais vergonhosos de nossa história. Mas isso vai ter um efeito positivo: a tese de que Lula é um perseguido político tem o respaldo de acessor do Papa. Isso terá repercussão mundial. A ignomínia fircará marcada para sempre na testa dos coxinhas, nesses juízes de m**** e todos que apoiaram o golpe.

    • Não é religiosa a motivação

      Não é religiosa a motivação contra o Vaticano, é a maçonaria que age como cola a juntar as partes do golpe e os interesses maçons são de controle do poder e do aparato econômico da sociedade, nisso reside sua ação política.

      • O “com tudo” referido pelo

        O “com tudo” referido pelo Jucá deve obediencia a esta entidade.

        Militares, Judiciário, Mídia, Polícias, empresariado = “com tudo”

    • Excomunga o Temer, Chico!

      Espero que sim.

      Alguma nota da Nunciatura? As autoridades do Vaticano conversaram com o embaixador brasileiro?

      Sinceramente espero que o Papa tome uma atitude. Quanto mais drástica melhor.

  4. Esse pessoal não tê, noção da

    Esse pessoal não tê, noção da figura histórica de Lula….

     

    O ódio e o preconceito os cegam,talvez até inveja……..

    Não me espantaria se algum dia o próprio papa aportasse por lá para visitar Lula……

     

    Lula com todo o ódio que parte do Brasil lhe devota será lembrado na História, ja esses daí…………………….

  5. Esse pessoal não tê, noção da

    Esse pessoal não tê, noção da figura histórica de Lula….

     

    O ódio e o preconceito os cegam,talvez até inveja……..

    Não me espantaria se algum dia o próprio papa aportasse por lá para visitar Lula……

     

    Lula com todo o ódio que parte do Brasil lhe devota será lembrado na História, ja esses daí…………………….

  6. E eu ?
    É fácil explicar … Se eu, um simples e humilde católico, for até o Vaticano eu serei recebido pelo Papa ? … E olha que o Papa é um homem livre, imagina então uma pessoa presa …

    • Não mistura

      Se você, como assessor do Presidente da República Federativa do Brasil, for enviado pelo presidente da república para falar com o Papa, você será recebido.

      Aqui o seu cérebro. Vê se não esquece de novo.

    • Jesus salvará quem visitar os presos, não quem visitar os livres

      Qual a sua relevância, para que o Papa o receba?

      Já imaginou se todos os Ronaldões decidissem ir visitar o Papa? Ela não teria tempo nem mais para cagar.

      Um Cabra como você tem que ir visitar o Eduardo Cunha.

  7. A vitória do judiciário sobre o Lula é uma vitória de Pirro

    Hoje é mais um daqueles dias em que eu estou profundamente possuído por um cheiro lisérgico que parece exalado do meu próprio corpo.

  8. Por falar em Lula…

    ontem eu fui à feirinha do bairro à procura de alças para a sandália e escuto um rádio que está na frente de uma lojinha:

    “Tem algo de errado nessa pesquisa, pois do contrário, como Lula teria caído se ninguém subiu?”

  9. As pessoas no mundo tomam consciência

    de que o possível impedimento de Lula disputar eleições não é porque foi preso mas sim que foi preso para ser impedidio de disputá-las.

  10.  
    ‘Assessor do Papa’ que

     

    ‘Assessor do Papa’ que veria Lula é de dicastério extinto

    Da ANSA – Agência Italiana de Notícias

    11/06/2018

    (ANSA) – A Polícia Federal impediu nesta segunda-feira (11) o advogado argentino Juan Grabois, assessor do Pontifício Conselho para a Justiça e a Paz, órgão que foi extinto em 2017 e incorporado ao Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, de visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

    A página do conselho permanece ativa, mas não é atualizada desde novembro de 2017. Grabois, cofundador do Movimento dos Trabalhadores Excluídos e da Confederação da Economia Popular, além de professor universitário, foi nomeado pelo papa Francisco como um dos 15 consultores do Pontifício Conselho para a Justiça e a Paz em 11 de junho de 2016. Ele é presença frequente no Vaticano em encontros de movimentos sociais.

    No entanto, com um “motu proprio” de 17 de agosto do mesmo ano, o Papa determinou o fim do órgão a partir de 1º de janeiro de 2017 e sua incorporação ao novo Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral.

    “A partir dessa data, deixam de exercer suas funções e serão abolidos o Pontifício Conselho de Justiça e Paz, o Pontifício Conselho ‘Cor Unum’, o Pontifício Conselho para a Pastoral dos Migrantes e Itinerantes e o Pontifício Conselho para a Pastoral no Campo da Saúde”, diz o estatuto da pasta.

    Em sua página oficial, o Instituto Lula descreve Grabois como “emissário do papa Francisco para assuntos de Justiça e Paz” e diz que ele pretendia levar ao ex-presidente um rosário mandado pelo próprio Pontífice.

    Preso na carceragem da PF desde 7 de abril, Lula pode receber visitas para ajuda espiritual às segundas-feiras, mas o advogado argentino foi barrado por não ter função religiosa. Segundo o Instituto Lula, ele entregou o rosário às autoridades, que prometeram dá-lo ao ex-mandatário.

    Por meio de sua assessoria de imprensa, a PF negou a existência de qualquer presente para Lula. O Vaticano ainda não se pronunciou. (ANSA)

    Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

    http://ansabrasil.com.br/brasil/noticias/vaticano/noticias/2018/06/12/assessor-do-papa-que-veria-lula-e-de-dicasterio-extinto_7143df99-60cc-4f38-891c-05c8c55594d6.html

     

    • VATICANO CONFIRMA

      VATICANO CONFIRMA GRABOIS-LULA

      https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2018-06/precisacao-sobre-caso-grabois-lula.html
       

      Correção sobre o caso Grabois-Lula – Vatican News

      Correção sobre o caso Grabois-Lula

      Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros.

      Cidade do Vaticano

      Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros. Abaixo apresentamos a notícia correta.

      O advogado argentino Juan Gabrois é Consultor do ex-Pontifício Conselho Justiça e Paz, que passou a fazer parte do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, e é o coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o Papa Francisco.

      Grabois concedeu uma entrevista (https://youtu.be/A7F-C1Bi5Q0) depois de ter sido impedido de visitar o ex-presidente Lula no Cárcere de Curitiba, onde está detido há mais de dois meses. Grabois definiu inexplicável a rejeição de não ter podido se encontrar com Lula a quem queria levar um Terço abençoado pelo Papa, as palavras do Santo Padre e as suas reflexões com os movimentos sociais e discutir assuntos espirituais com o ex-chefe de Estado.

      Grabois disse que está muito preocupado com a situação política no Brasil e em vários países da América Latina. Enfim, disse estar muito triste pela proibição de realizar esta visita, mas que o importante é ter conseguido levar a Lula o Terço.

      13 junho 2018, 00:51 

       

  11. VATICANO CONFIRMA GRABOIS –

    VATICANO CONFIRMA GRABOIS – LULA

    https://www.vaticannews.va/pt/vaticano/news/2018-06/precisacao-sobre-caso-grabois-lula.html
     

    Correção sobre o caso Grabois-Lula – Vatican News

    Correção sobre o caso Grabois-Lula

    Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros.

    Cidade do Vaticano

    Corrigindo um nosso serviço precedente sobre o caso Grabois-Lula, devemos ressaltar que havia imprecisões na tradução e nas transcrições que induziram a alguns erros. Abaixo apresentamos a notícia correta.

    O advogado argentino Juan Gabrois é Consultor do ex-Pontifício Conselho Justiça e Paz, que passou a fazer parte do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral, e é o coordenador do encontro mundial dos movimentos sociais em diálogo com o Papa Francisco.

    Grabois concedeu uma entrevista (https://youtu.be/A7F-C1Bi5Q0) depois de ter sido impedido de visitar o ex-presidente Lula no Cárcere de Curitiba, onde está detido há mais de dois meses. Grabois definiu inexplicável a rejeição de não ter podido se encontrar com Lula a quem queria levar um Terço abençoado pelo Papa, as palavras do Santo Padre e as suas reflexões com os movimentos sociais e discutir assuntos espirituais com o ex-chefe de Estado.

    Grabois disse que está muito preocupado com a situação política no Brasil e em vários países da América Latina. Enfim, disse estar muito triste pela proibição de realizar esta visita, mas que o importante é ter conseguido levar a Lula o Terço.

    13 junho 2018, 00:51 

     

  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome