Com supersalários, CNJ não tira do papel investigação sobre o teto de juízes


Foto: Gláucio Dettmar/Agência CNJ
 
Jornal GGN – A presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Cármen Lúcia, não “tirou do papel” a investigação sobre os supersalários da magistratura. A informação é da coluna de Andreza Matais, do Estadão, que divulga que o caso está paralisado no CNJ.
 
O anúncio de que os salários de juízes seriam investigados pelo Conselho foi dado pela ministra, que é presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e, portanto, também do CNJ, em agosto do ano passado. Á época, Cármen determinou que todos os tribunais enviassem os dados de remunerações dos magistrados.
 
As informações também foram publicadas no site do próprio Conselho, como forma de transparência. A Corregedoria do CNJ é quem deveria iniciar as apurações de irregularidades ou abusos e até mesmo criaria uma comissão para o trabalho. “Mas as promessas não saíram do papel”, publicou Matais.
 
No ano passado, pelo menos 14 membros do CNJ receberam remunerações acima do teto constitucional, que é de R$ 33,7 mil. De acordo com a colunista, apenas o conselheiro Aloysio Corrêa da Veiga, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), teria desembolsado R$ 110 mil no mês de dezembro. Mas eles negam as irregularidades e o próprio Conselho não se manifetou a respeito.
 

10 comentários

  1. Esse Conselho, assim como o

    Esse Conselho, assim como o do MPF, deveria ser formado por membros de diferentes setores da sociedade civil, todos com mandatos breves e não reelegíveis. Está mais do que provado que esse modelo onde os pares se “fiscalizam” só serve aos próprios pares.

  2. ISSO É COISA DE GENTE VADIA….

    Como pode a ministra presidentA do Supremo não tomar uma providência séria quanto à investigação dos supersalários do Judiciário?   Aliás, ela já tirou a bunda de cima do processo que decidiria sobre a quebra de patentes de medicamentos, coisa esta que está encarecendo os preços dos medicamentos para o SUS e para a população em geral?    Gente vadia é vagabundagem da grossa e como pode uma ministra presidentA ser vagabunda, vadia?   Tome VERGONHA NA CARA, SUA VÍBORA……     O JUDICÁRIO É O PODER MAIS PARCIAL, MAIS CARO E MAIS INEFICIENTE DO PAÍS E ESSA VADIA NÃO TOMA PROVIDÊNCIA PARA MORALIZAR A QUESTÃO…………..LADRÕES, BANDIDOS, RATOS FILHOS DA PUTA……

  3. Depois de destruir o país

    Depois de destruir o país em todos os aspectos com o indecente golpe acho até que estes supersalários são café pequeno.

    Com o golpe ele, o stf, destruiu o país.

  4. Depois de destruir o país

    Depois de destruir o país em todos os aspectos com o indecente golpe acho até que estes supersalários são café pequeno.

    Com o golpe ele, o stf, destruiu o país.

    • capivara ….

      peculato, prevaricação, organização criminossa …. uma capivara sem fim.

      curioso é que, pela legislação, gorjeta é salário, mas auxílio moradia para marajá é ‘indenização’.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome