Delatores “não têm conhecimento” de crimes de Lula em triplex

 
Jornal GGN – Apesar de todos os delatores da Operação Lava Jato, convocados pela própria força-tarefa, isentarem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex no Guarujá, no segundo dia de audiências nesta quarta-feira (23), Sérgio Moro antecipou juízo contra Lula.
 
“Mais uma vez, a defesa foi interrompida, impedida de fazer os questionamentos na forma que a lei processual penal estabelece e, por isso, nós fizemos os devidos protestos. Chegou num momento, inclusive, em que o próprio juiz Sergio Moro antecipou juízo de valor, fez o novo pré julgamento no curso da audiência, que foi objeto de registro pela defesa”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins.
 
Na audiência, foram ouvidos os delatores Pedro Corrêa, Paulo Roberto Costa e Pedro Barusco, que negaram a realização de qualquer reunião com o ex-presidente, em que ele tenha solicitado ou recebido vantagem indevida, e também qualquer relação de Lula com o triplex no litoral paulista.
 
“Nenhuma das testemunhas arroladas pelo próprio Ministério Público Federal confirmou a tese acusatória. O que nós estamos vendo aqui é que aquela obsessão em incriminar o ex-presidente Lula está ruindo através dos próprios delatores da Lava Jato. Fica claro que Lula não praticou qualquer crime”, continuou Zanin.
 
https://www.youtube.com/watch?v=q8OKIrz1Nu0 height:394]
 
Entre os depoimentos mais esperados estava o do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Como testemunha de acusação contra Lula, deveria acusar o ex-presidente em seu 207º depoimento.
 
No final da audiência, a defesa de Lula fez cinco perguntas sequenciais a Costa: 
– Tem conhecimento que o ex-presidente Lula solicitou vantagem indevida em razão do caro?
– Tem conhecimento que o ex-presidente Lula aceitou promessa de vantagem indevida em razão do cargo?
– Tem conhecimento que o ex-presidente Lula recebeu vantagem indevida em razão do cargo?
– Tem conhecimento que a OAS, por seus executivos Léo Pinheiro e Agenor de Medeiros, teria oferecido vantagem indevida em razão do cargo ao ex-presidente Lula?
– Tem conhecimento que os executivos Léo Pinheiro e ou Agenor Medeiros teriam prometido vantagem indevida em razão do cargo ao ex-presidente Lula?
 
A resposta de Paulo Roberto Costa para todas as cinco perguntas foi repetidamente: “Não tenho esse conhecimento”.
 
[video:https://www.youtube.com/watch?v=GvLw-ljoTdI height:394
 
Durante a audiência, o ex-executivo da Petrobras também negou que teve qualquer reunião sozinho com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, sobre qualquer conversa a respeito de atividades fraudulentas e negou que tenha sido alguma vez chamado de “Paulinho” por Lula, como amplamente divulgou a imprensa.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Aberto novo PAD contra desembargadora do Rio que divulgou boatos contra Marielle

20 comentários

  1. “negou que tenha sido alguma

    “negou que tenha sido alguma vez chamado de “Paulinho” por Lula, como amplamente divulgou a imprensa”:

    Oh, mais um grampo ilegal no Lula, heim?  Bom saber.

    E OS DO TEMER?

    Ninguem sabe, ninguem viu.

  2. Em outra matéria veiculada

    Em outra matéria veiculada hoje, no GGN, diversas atitudes descabidas do juiz Moro são ainda tratadas como “erros”.

    Já há algum tempo venho insistindo – e não só eu, outros articulistas e comentaristas também – que não são erros, são desconstruções deliberadas do processo legal. Qualificar tais atos como “erros” siginifica dar ao juiz, comprovadamente parcial, uma aura de “inocência”, de imparcialidade. Em outras palavras, ele não cumpre um plano pré-determinado, apenas comete, inadvertidamente, erros que, eventualmente, prejudicam a defesa.

    Quando foi que o juiz de 1ª instância cometeu um “erro” que tenha prejudicado a acusação?

    Não é essa a verdade!

    Esse juiz conduz o processo com um viés pré-determinado, que todos sabemos qual é!

    Também os atos administrativos de agentes como o  ex-ministro Levy, e do hoje ministro Meirelles, são igualmente tratados como “erros”, quando na verdade são atos pensados, deliberadamente adotados para favorecimento de interesses específicos, a saber, o cassino financeiro ao qual estão ligados.

    De uma vez por todas, vamos dar nome aos bois!

  3. “Mais uma vez, a defesa foi

    “Mais uma vez, a defesa foi interrompida, impedida de fazer os questionamentos na forma que a lei processual penal estabelece e, por isso, nós fizemos os devidos protestos”:

    Vai fazer devidos protestos na casa do caralho, porra!  Em qualquer pais do mundo Moro ja seria presidiario, nao juiz.  Ele ta tirando “jurisprudencia” do olho do cu, isso sim.

  4. mais um pinel na lona

    Grande mestre meu me alertava nas reuniões técnicas a não fazer perguntas das quais não existisse uma resposta ou uma alternativa. Os burros presunçosos não trilham este caminho, não tem plano B, são prisioneiros das próprias convicções, são atropelados e desmoralizados por logicas cartesianas.

    A presunção é nas apresentações power point, na confiança do apoio do pig do qual não sabem intender os interesses, da certeza de não serem repreendidos pelos superiores, enfim na soberba e considerar-se um ser superior.

    Menino moro, teus beatos a tua pf e a tua alucinada perseguição ao Grande Presidente Lula, todos estão já na fila do esquecimento e em segundo lugar, o primeiro é daquele outro menino pobre afro descendente com casa em Miami.

  5. é tudo muito engraçado…

    tá tudo ao contrário em determinada fábrica americana de condenações……………………………..

    o próprio domínio do fato foi invertido por um “processista” no afã de elaborar um plano executável com base em mentiras jornalísticas

    • Eu tenho inundado de comentários

      copiando e colando notícias como estas, lá no ClicRBS, braço da globo. Pelo menos eles publicam. Se os coxinhas e paneleiros vão ler, não sei.

  6. Quero ver Moro fundamentar

    Quero ver Moro fundamentar sua condenação, mesmo com testemunhas e delatores inocentando o ex-presidente.

    “Tenho convicção que Lula recebeu propina” ??? Vai ser assim, Dr. Moro?

  7. Bem, o desMoronado manda,

    Bem, o desMoronado manda, pinta e borda sobre a pf, o mpf e o judiciário em geral; agora, pela “nota oficial”, usando-se como juiz em papel timbrado da justiça federal, também passou a mandar no congressito (des)nacional. Doutro lado, como o temerista e os líderes das gangues (im)parlamentares disseram que acreditam mais no geddel-boca-de-jacaré do que em nosso senhor jesus chiste, vê-se o nível apodrecido de todos juntos embalados: bando é pouco.

  8. Lula deveria ajudar esse

    Lula deveria ajudar esse pessoal. Assim não é justo a gente não aguenta !! Lula assuma os 450Kg de pasta base de cocaína; assuma os aeroportos de Cláudio e Montesuma; assuma o tripléx de Parati; assuma a lavagem de dinheiro da era FHC; assuma que matou Odete Roitman, e acabe com essa novela, por favor !!!!

  9. A caneta sempre a espada

    A caneta dos advogados do Lula é mais poderosa do que a espada do Sérgio Moro.

    In dubio pro reo. O Sérgio Moro vai acabar enfiando um cabo de vassoura na própria cloaca.

  10. Não vai dar tempo de prender o Lula.

    A sucessão dos fatos que denunciam o total apodrecimento do governo Temer, está anunciando que a prisão de Lula não chegaria em tempo de “salvar” o governo dos golpistas.

    A velocidade com que um ex-ministro fez sua denúncia na Polícia Federal demonstra a fragildade dos golpistas, se um ex-ministro ficou com medo de ser envolvido em negócios ilícitos que se pode deixar para um motorista ou uma secretária que só carrega a muamba e não recebe nada de extra por isto.

    O governo Temer está parecendo aqueles governos corruptos que caem por si mesmo, os escândalos se sucedem, e numa aceleração incontrolável que simplesmente isolam o grupo palaciano de seus assessores, e por mais experiente que seja um Gedel, para carregar uma mala cheia de dinheiro precisa ter força no braço, e eles não tem.

    • Como escreveu no jornal Folha

      Como escreveu no jornal Folha de São Paulo, o professor Emérito da Unicamp: Moro um juiz absolutamente parcial e protetor das elites dominantes. E agora Moro, como prender o Lula? 

    • Dilma foi deposta pq roubava. Parece que temos que chamar a ladr

      Parece que a ladrona roubou menos do que a polícia.

      Chico Buarque, chama a Dilma e taca o pé na bunda da polícia, meu Camarada

  11. Prova cabal

    Como ninguém sabe de nada e quem poderia acusar nega isto é a prova cabal de que o diabólico réu, odiado por onze entre dez “midiotas” brasileiros, é de fato proprietário oculto do triplex e de todos os outros bens de que já lhe apontaram ou ainda vão apontar a propriedade. Mas não há power point que consiga confirmar essa prova. Por isso, cumpra-se o objetivo: condene-se assim mesmo. Na AP470 não foi assim?…

  12. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome