Diante de Moro, Lula nega responsabilidade sobre nomeações na Petrobras

Apesar de ter a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre o papel de Lula como “maestro da propinocracia”, Sergio Moro decidiu não fazer perguntas

Jornal GGN – Em depoimento ao juiz Sergio Moro nesta quarta-feira (30), no processo em que Eduardo Cunha (PMDB) é acusado de se beneficiar de desvios na Petrobras, o ex-presidente Lula negou que tenha sido responsável por nomear indicados por partidos e aliados políticos para diretorias da estatal. Segundo ele, o Conselho Administrativo da companhia de petróleo tinha o verdadeiro poder nesses casos.

As perguntas a Lula, feitas pela defesa de Cunha e pelo Ministério Público Federal, foram centradas na participação do ex-presidente da República nas nomeações para a Petrobras. Esse viés obrigou o petista a esclarecer pontos de outras acusações da Lava Jato, como a do caso triplex, no qual ele é acusado de receber propina da OAS.

Para sustentar que Lula sabia da corrupção na Petrobras e que beneficiava a OAS com contratos da estatal, o MPF o acusa de ter acompanhado de perto as indicações, ter conhecimento da cobrança de propina nas diretorias e de se beneficiar direta (com o triplex e outras vantagens indevidas) e indiretamente (com governabilidade, por exemplo) desse esquema. Para os procuradores da Lava Jato, Lula era o “maestro” da chamada “propinocracia”.

Curiosamente, mesmo tendo oportunidade de avançar sobre essas questões, o juiz Sergio Moro preferiu não fazer perguntas a Lula nesse processo.

A defesa de Cunha abriu a audiência perguntado especificamente sobre como se deu a nomeação de Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras. Lula, então, atribuiu a responsabilidade a seus ex-ministros e à cúpula da Petrobras.

“A nomeação de Cerveró se deu da mesma forma que outros membros da Petorbras, ou seja, a indicação foi feita em alguma conversa de um ministro da área com um partido ou a bancada do partido que fez a coalizão com o governo. Essa pessoa vem através do ministro das Relações Institucionais da Casa Civil, que manda para ao GSI. Se não tiver nada contra essa pessoa, ela é indicada para o Conselho Administrativo da Petrobras, que é quem nomeia, na verdade, o Cerveró ou qualquer outro dirigente”, respondeu.

Leia também:  Dilma denuncia: o pré-sal está sendo desnacionalizado por Bolsonaro e Guedes

Mais à frente, quando questionado se Michel Temer estava por trás da nomeação de Jorge Zelada para a diretoria Internacional, em substituição a Cerveró, em meados de 2007, Lula negou a informação.

“Eu acredito que [quem indicou Zelada] tenha sido o PMDB, da mesma forma que o Cerveró foi indicado. (…) Só tem uma exigência que nós fazemos para indicar alguém: ‘que a pessoa seja tecnicamente competente. Que ela tenha conhecimento da atividade que vai fazer. Todos eles que foram indicados têm competência e história dentro da Petrobras.”

Confira o vídeo abaixo, disponibilizado pelo Estadão.

https://www.youtube.com/watch?v=FAcifrR_d5A width:700 height:392

 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

24 comentários

  1. Simples

    Nível estratégico com nível estratégico e daí para baixo!…Moro e o MPF não entendem de gestão organizacional pública!…

    • Realmente não entende de nada que não esteja na apostila …..

      Realmente não entende de nada que não esteja na apostila para o concurso.

      Pior que isto não é uma provocação nem um desaforo, é uma mera constatação.

      As testemunhas de acusação contra Lula chegaram ao absurdo de chamar um engenheiro que simplesmente fez o cálculo estrutural para furar a laje e reforçar com uma estrutura metálica.

      Deveriam pagar por utilizar o dinheiro público em PALHAÇADAS, só faltou o advogado de defesa perguntar ao engenheiro:

      – O senhor teria alguma noção porque o Ministério Público lhe arrolou como testemunha?

  2. As imputações do Ministério

    As imputações do Ministério Público são claramente forçadas e forjadas. Simplesmente alegar que o presidente sabia do esquema na Petrobras porque a nomeação dos diretores envolvidos eram feitas com bases também em critérios políticos(indicação de partidos) não implica em nada. Eles teriam, ou tem, de apresentar provas concretas, irrefutáveis, e não ilações. 

    Agora ridículo mesmo é essa denúncia de que o ex-presidente se beneficiou diretamente via reforma de um triplex que este escriba até poderia comprar(financiado e em 20 anos pela PREVI) e o custeio da guarda de quinquilharias que recebeu como presidente da República. Isso tudo no contexto(apud Dr. Moro) de um esquema considerado o maior do Mundo e da História. 

    Se Lula tiver de ser condenado e preso deve ser por burrice. Num esquema que distribui centenas de milhões de dólares, do qual é acusado de chefiar, receber as merrecas citadas(equivalente, talvez, a 0,0001% do total) é coisa de desmiolado. 

    Quanto a alegação da “governabilidade”,  qual o problema? Não foi ele que inventou a arquitetura política que herdou. Mesmo assim, que culpa teria se os nomeados eram ladrões?

  3. Não sei se é uma impressão,

    Não sei se é uma impressão, mas a galéra aqui acha que o Lula é o tipo de cara que atrai a mulherada, mas tambem atrai a gueizada. A galera sacou esse lance, quando publicamente aconteceu aquele ataque tresloucado do robert jeffers, gritando desvairadamente pelos corredores do congresso: “genteeeee! eu ví!!! o rei está nú!!!…  

  4. Essa audiência é o pinpoint,

    Essa audiência é o pinpoint, ou seja, a cúpula e a confirmação cabal desse momento histórico grotesco.

    Resume bem o tipo de paiseco mequetrefe, e por extensão, das insituições vendidas a que ele pertence.

  5. Parem para pensar e percebam:

    Parem para pensar e percebam: desde quando na história do Brasil um ex-presidente é alvo diuturno em investigações, sendo o próprio o centro? Ainda que no caso em tela não o seja de modo direto.

    Não é de se estranhar que os desdobramentos, o rol de testemunhas intimadas, da apreesão de documentos, das inúmeras prisões e delações premiadas, do modo do MP forçar as oitivas numa só direção (aquela que é a conveniente), fazendo certas perguntas e deixando de perguntar outras?

    Todo esse escarcéu de buscas de provas com lupa, ou seja, se escarafunchando os mínimos detalhes de tudo o que possa incriminar Lula (por fragilizadas que sejam as eventuais “provas” que se encontrem) é a evidência de que o MP e Moro agem de modo predeterminado e não são, em nenhum grau, agentes inertes e desinteressados, pois atuam de maneira partidária e unilateral.

    E esse modo de agir dos agentes da Lava-Jato, se omitindo em investigar outros períodos e outros agentes políticos (outros ex-presidentes que também faziam indicações a diretorias e outros cargos em estatais) e não se interessarem minimamente em saber do período pregresso ao dos mandatos de Lula. O que acham?

    É uma inversão dos estado natural de coisas, quando não é a forte suspeição de ilícito que move as investigações, mas o desejo puro e simples de condenar a priori.

    O alvo já foi eleito. O que o MP e o Moro pretendem é embasar essa narrativa, juntar elementos mil que deem sustentação a tese inicial que Lula deve ser condenado. Ponto.

    Qualquer chimpanzé com um pouco de discernimento sabe que essa operação, o desenrolar das investigações e o modo como a “força tarefa” conduz o processo, é enviesado e dissimulado.

    • De fato é operação farsa a

      De fato é operação farsa a jato, e está acabando com o Brasil. Mas com relação à pegação no pé do Lula, vale observar que o problema é que o “indivíduo” é o melhor e práticamente o único presidente que o Brasil teve! Continua uma assumidade mesmo depois de ter deixado a presidencia ha anos. Lula gera ibope e emprego para vários acéfalos sem brilho individual! No Brasil não existem ex-presidentes que dariam ibope,  manchetes e as polêmicas que êsse brasileiro de verdade proporciona! O cara é tão bão, que os norte americanos com a ajuda dos seus testa de ferro vira latas querem por que querem desedificá-lo, mas é como dizem, o cara é que nem massa de pão, quanto mais bate mais cresce!… E fora fhc bastardo filhodaputa ladrão vendilhão apátrida lambedor de saco de americano corno bunda móle medroso cagão safado dedo duro alcoviteiro boca mole dedo duro vérme vira lata…. no melhor sentido das palavras e com todo o respeito ao nobre sociólogo…. filhodaputa.

  6. Não entendi! Uma testemunha

    Não entendi! Uma testemunha arrolada em um processo pode responder sobre outros processos em que é reu?

    Não tem que se ater aos autos?

    Como é isso?

  7. Não treme não, autoridades.

    Faltou coragem e provas de Moro e do MP para enfrentar a Lula e a coragem dele em comparecer e responder, cara a cara, a todas as perguntas no depoimento. A covardia, a falta de coragem e a hipocrisia do ser humano é algo que fica flagrantemente estampado em sua testa, em seus olhos temerosos e em sua fala gaguejante.

  8. Tese do “domínio final do fato” cada vez mais ridicularizada

    Para a maioria das pessoas, a obsessão por acusar Lula contrasta com a inércia em face dos crimes durante a chamada Privataria. E a falta de provas vai demonstrando que o MPF está perdido. É possível até que peça a absolvição do acusado Lula, demonstrando profissionalismo. Não há como condenar alguém apenas por convicção pessoal, ideologia ou vontade pessoal, Mas haverá juízes em Berlim?

  9. O  Moro tinha obrigação, em

    O  Moro tinha obrigação, em se tratando da Petrobras, de convocar FHC e Sarney para depor.

    Eles também conhecem como fucionam as indicações  de cargos na Petrobrás.

  10. Lula e os delatores nunca serão perguntados: “quem é o chefe?”

    A teoria principal do Moro é que Lula é o chefe. Logo, ele deveria estar perguntando isso a todos os delatores… mas o que se vê é que ele tem medo de perguntar e sua tese ruir. 

    Os advogados do Lula deveriam aproveitar as oportunidades para perguntar aos delatores: “Você sabe dizer se havia algum chefe de tudo?”, “alguém apontou Lula como chefe de esquemas da Petrobrás?”

    Vale lembrar que o chefe do esquema em Furnas foi bem destacado pelos delatores… assim como a liderança de Cunha no esquema… por que então eles haveriam de não saber da liderança maior de Lula???

  11. Uma pergunta que gostaria de

    Uma pergunta que gostaria de fazer diretamente,cara a cara com o moro.Sera que o Lula merece estar passando por tudo isso?

  12. O plano

    Concluindo com todo êxito o plano da CIA.

    O País inteiro dividido, tanto os cidadãos como a quadrilha inteira que se apossou do poder.

    O Brasil esgarçado, despedaçado, vilipendiado, estuprado…

    No horizonte só miséria, insegurança e desesperança.

    A agonia de um projeto de nação.

  13. constrangedor

    tudo que o juiz queria era um “vou me abster de responder” que virasse manchete no dia seguinte. recebe o oposto na primeira fala do lula.

    já o resto… politica explicada às criancinhas. relevância zero.

     

    já o barato mesmo é a pose de batman e a voz de cana rachada exalando insegurança.

     

    • Tive que comentar. Excelente

      Tive que comentar. Excelente observação. Deve ter sentido calafrios nos menbros inferiores e suado o bigode. E ninguém levou nem um copinho de água p ele. Isso explica o pedido de asilo camuflado para os EUA.

  14. !

    Já passou pela cabeça de alguém que no meio dessa patacoada golpista toda , uma das coisas possíveis de acontecer é Moro ser elevado para algum tribunal superior ? Sobretudo se acabar se concluindo a estratégia golpista  de FHC assumir o poder no ano que vem .

    Moro encerra a Lava Jato condenando Lula , vai passar um tempo nas states , e na volta é indicado ministro do supremo a mando dos americanos . E FHC sempre faz o que os americanos mandam . 

    • Também percebi isso

      Acredito que ele estava “vacinado”…

      Sabia que o vídeo seria logo divulgado. Então, tomou mais cuidado com o tratamento ao Lula.

  15. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome