Empresário encontrado morto em Olinda foi envenenado

Jornal GGN – O empresário que foi encontrado morto, em Olinda, foragido da Operação Turbulência, morreu por envenenamento. Esta foi a causa da morte confirmada hoje, dia 30, pela Polícia Científica de Pernambuco, que analisaram o corpo de Paulo César de Barros Morato.

A conclusão se deu através de exames de DNA, hitopatológico e toxicológico realizados nas vísceras do empresário e, segundo a polícia, ainda não é possível determinar se ele foi envenenado por alguém ou se tomou veneno por sua conta.

Tecnicamente, de acordo com a Polícia Científica, o termo que indica o envenenamento, no laudo, é “intoxicação exógena”. A substância encontrada é o organofosforado, presente no inseticida que se conhece por chumbinho.

As informações foram dadas por meio de nota e nenhum representante deu entrevistas sobre o ocorrido, nem da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS/PE) nem da Polícia Científica. Ainda faltam perícias das imagens das câmeras de segurança e de impressões digitais, química, tanatoscópica e do local da morte, que têm prazo de 10 dias.

Segundo a nota, o corpo de Paulo César poderá ser liberado para a família amanhã, dia 1º.

Histórico – Paulo César foi encontrado morto em um quarto de mote, na cidade de Olinda, em 22 de junho. Ele era investigado na Operação Turbulência e estava foragido da Polícia Federal. Segundo as investigações, ele era testa de ferro de uma organização criminosa de lavagem de dinheiro que movimentou cerca de R$ 600 mil~hoes desde 2010.

Leia também:  Wassef reaparece e Flávio quer suspender julgamento de foro no Rio

A informação é de que a rede atuava como financiadora de campanhas políticas, sendo que a do ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência Eduardo Campos, do PSB, está incluída. O avião usado por Campos nas eleições e cuja queda o matou, e a mais seis pessoas, está na lista do empresário encontrado morto.

(Com informações da Agência Brasil)

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

9 comentários

  1. Se foi suicidio, escolheu uma

    Se foi suicidio, escolheu uma forma bastante dolorosa e agonizante de concretizá-lo segundo o que se lê em matérias acerca do tema. Esse detalhe já pode ser um indício para que a hipótese de assassinato não seja descartada de pronto. 

     

  2. Será que entre um belo acordo

    Será que entre um belo acordo de delação premiada e uma dose de chumbinho, o empresário escolheu morrer bebendo ao invés de dedando?

  3. A empresa CAMARA &

    A empresa CAMARA & VASCONCELOS – LOCACAO E TERRAPLENAGEM LTDA ME, de propriedade de PC Morato, havia sido descredenciada pela Secretaria da Fazenda de Pernambuco, conforme “EDITAL DE DESCREDENCIAMENTO ANTECIPAÇÃO TRIBUTÁRIA 175/2014″

     

    0565734-21 CAMARA & VASCONCELOS – LOCACAO E TERRAPLENAGEM LTDA ME

    ..

    Anteriormente, a empresa já havia sido intimada para regularizar seus débitos fiscais.

    0565734-21 CAMARA & VASCONCELOS – LOCACAO E TERRAPLENAGEM LTDA ME

    https://goo.gl/59iNmM

    É muito estranho que Micro-Empresa possua faturamento capaz de adquirir e manter uma Cessna Citation…

    A morte de PC Morato é um aviso aos demais laranjas de Eduardo Campos, parceiro de Blá-blá no PSB.

    Marcela Moreira Lopes, advogada do empresário PC Morato, afirmou conhecer tentativa de suicídio dele, mas será desconhecia as atividades ’empresariais’ do cliente?

    Ou ela apenas plantava uma informação a ser referendada por “perícia” policial?

     

  4. Seguindo duas hipótese:
    O

    Seguindo duas hipótese:

    O cara saiu de casa predestinado a se matar num motel; Neste caso, precisa a prova de ele entrou sozinho e não foi perturbado por ninguém;

    O cara saiu de casa para um motel, a fim de fugir da justiça, mas alguém deu cabo dele por envenenamento. Neste, alguém o seguiu e fez o serviço lá dentro saindo em seguida.

    Espero que não convidem aquele perito metido a sabido, que concluiu que PC Farias matou a mante e se matou em seguida, porque ninguém acreditou naquela hisória. 

    Nessas alturas do campeonato, se não encontrarem imagens para detectarem a presença de outros naquele quarto de motel, que as investigações sobre os donos do estabelecimento se aprofundem. 

    Por fim, cadê Marina.

  5. Se esse cadáver estivesse pro

    Se esse cadáver estivesse pro lado do PT, já saberíamos o que o cara tinha tomado de café da manhã naquele dia, qual era o número da sua suíte, teríamos fotos da perícia vazadas (a la PC Farias), e certamente o juiz Dredd de Curitiba já estaria na mídia tomando providências.

    É que alguns cadáveres fedem mais que outros.

  6. E os objetos?

    Alguém que pretende se matar leva consigo ao quarto onde decidiu morrer “três aparelhos celulares – iPhone 5, iPhone 6 e um da marca Blue -, vários óculos de grau e sol, três carteiras de couro marrom, três cheques em branco, além de 53 envelopes vazios para depósito do Banco do Brasil, R$ 3 mil em espécie, R$ 4,95 em moedas, sete pendrives e um boneco do Homem-Aranha”?

  7. “Empresário” é uma invenção
    “Empresário” é uma invenção do PIG, que quer sepultar esse assunto o quanto antes.

    O cara tinha uma lojinha que vendia chip de celular, em uma cidadezinha a 100 km de Recife. Quando muito, era um Microempreendedor Individual (MEI), como o pipoqueiro ou a tiazinha que vende Yakult na rua.

    Como é que um cara simples como esse, um MEI lutando pra sobreviver, poderia ser dono de um avião?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome